Pub SAPO pushdown

A Pipoca responde... ou tenta, vá #51: fatos-de-banho para grávidas

quarta-feira, março 21, 2018
A pessoa engravida e, pumba, de repente parece que tudo à nossa volta gravita em torno deste tema. Só vemos grávidas, só falamos de bebés, e roupas de bebés, e carrinhos de bebés, e cenas de bebés assim em geral. E hoje, nem de propósito, a pergunta vem de... uma grávida, pois claro! 


“Pipoca,
Estou actualmente grávida de 19 semanas, sendo que daqui a umas 6 semaninhas vou passar uns dias fora e preciso... de um fato de banho! Confesso que não acho propriamente graça às minhas novas formas (eu sei, sou uma vergonha, é um estado de graça, é tão belo, etc.) e suspeito que com o passar das semanas a coisa não vá propriamente melhorar... Por isso... Preciso dos teus sábios conselhos!
Obrigada
Angélica Almeida”


 Cara Angélica, tendo eu sido uma grávida de Verão, bem sei o que foi este tormento de encontrar um fato-de-banho que:
a) tapasse devidamente a barriga;
b) não me obrigasse a um boob control a cada dois minutos, só para me certificar de que não andava pela praia com uma mama a dizer olá;
c) não parecesse ter sido gentilmente emprestado pela avó;

É um flagelo inexplicável este dos fatos-de-banho para grávidas. Aliás, é um flagelo que se estende a praticamente toda a roupa de grávida. Não sei porquê, mas alguém assumiu que grávida que é grávida tem de parecer um pequeno trambolho, quase como que um castigo de Deus. "Ai tiveste sexo? Tiveste sexo, sua porca? Então agora hás-de vestir-te como a Dina durante nove meses". E pronto, a pessoa chega a qualquer loja e depara-se com um cenário de miséria que inclui dois pares de calças e quatro camisas às riscas, largueironas, que alguém acredita ser tudo aquilo que uma grávida necessita. Ou isso ou aqueles vestidos de corte império, que mais não são do que sinais luminosos para as nossas imensas mamas, não vá dar-se o caso de alguém ainda não ter reparado que passámos de uma copa B/C para uma copa Y/Z. 

Mas pronto, vou deixar o tema "roupa gravídica" para outra ocasião, hoje vamos centrar-nos no que nos trouxe até aqui: fatos-de-banho. Sei perfeitamente o que é essa luta, porque também eu a vivi. Pessoalmente, não adoro ver barrigas gigantescas enfiadas em biquínis minúsculos (a menos que sejamos Carolinas Patrocínios desta vida e continuemos ali para as curvas... não foi o meu caso). Mais do que não adorar, não me sentia confortável, não gostava de sentir a barriga ali à torreira do sol. Também me fartei de usar biquínis, mas mais para o final preferia estar mais compostinha e os fatos-de-banho davam-me outro conforto. Mas só encontrava coisas à velha. Ou muito escuras. Ou com estampados super giros... em 1967. Então e coisas para grávidas mais modernas, mais dinâmicas? Nada? Pois, não foi fácil. E não sei muito bem porquê. Há umas 45 marcas portuguesas de biquínis, não dá para terem um, UM  modelo para grávida? Se cada marca tivesse unzinho que fosse, já se ficava com uma oferta simpática. E tenho a certeza de que seriam giros e um sucesso de venda. Levem a ideia, é grátis.

Penso que encontrei um ou outro modelo giro na La Redoute, mas o que me safou mesmo foi comprar fato-de-banho "normais", mas em tamanhos maiores, tipo o 40. Não é a mesma coisa, os encaixes para a barriga não são os mesmos, mas eu escolhia modelos que davam perfeitamente para disfarçar. E que eram GIROS, feitos para pessoas de trinta anos, não de 80. O ideal é tratar disso nos saldos, quando não custa tanto dar dinheiro por uma coisa que não voltaremos a vestir, mas agora também se encontram opções em conta. 

Há várias opções, que vão do fato-de-banho propriamente dito, àqueles que parecem vestidinhos (não adoro, lembram-me roupa interior safadona) ou os de top e cueca (práticos). Fiz alguma prospecção de mercado e deixo aqui o que encontrei, pode ser que dê para a Angélica tirar algumas ideias. Ainda assim, repito, vale sempre a pena passar os olhos pelos fatos-de-banho das "pessoas normais", fazem-se bons achados (o El Corte Inglés talvez seja o sítio com mais oferta).







116 comentários:

  1. Comprei normalissimos na primark, um tamanho acima. Como o forro era a única coisa que impedia que esticasse o suficiente, cortei o forro na zona da barriga. Baratos, giros, possivelmente servem depois da gravidez e se não servirem o prejuízo é pouco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual...

      Eliminar
    2. O prejuízo é para o bebe exposto aos raios ultravioletas por fatos de banho sem forro.Só esse.

      Eliminar
    3. Perdoe-me a ignorância, anónimo das 09:02, mas os UV atravessam as 3 camadas da pele da mamã?

      Eliminar
    4. Caro anónimo das 09:20, conte lá quais são os "prejuízo é para o bebe exposto aos raios ultravioletas"? Partindo do princípio que a grávida evita as horas de maior exposição, para o seu próprio bem. Conte lá... De preferência com estudos científicos e assim, não só o li no google! Faça-me esse favor. Agradecida!

      Eliminar
    5. ahahahah ó meu deus
      às vezes acho q é mesmo a pipoca a comentar estas parvoíces para fomentar a discussão
      (pipoca, n leves a mal, mas o nível de ridículo e comédia nestes comentários parece criação humorística e não opiniões sérias de pessoas adultas)

      Eliminar
    6. ...o forro evita a exposição aos raios ultravioleta? O FORRO?! lol

      Eliminar
  2. Não consigo ajudar muito porque não me lembro do nome da loja, mas quando estive grávida cheguei a encontrar uma loja online espanhola que tinha fatos de banho e tankinis giros e modernos... também eram super caros e na altura não tive coragem de dar 100€ por um que só iriam usar dois ou três meses, mas que estive quase a perder a cabeça estive!

    ResponderEliminar
  3. Nao percebo porque se tem de esconder a barriga na praia. Fica tão giro de bikini! Mostrem as barrigas caramba!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No meu caso não tinha a ver com "esconder". Barrigas feias existem sempre, grávidas e não grávidas. Tinha a ver com conforto e com o facto de gostar de sentir a barriga mais protegida, nomeadamente do sol.

      Eliminar
    2. Não existem barrigas feias. Existem barrigas.

      Eliminar
    3. Sim, sim. E também há unicórnios.

      Eliminar
    4. Eu pessoalmente não gosto de ver a barriga de grávida. Epah, não é nada pessoal, só parece que vai rebentar a qualquer momento e que não vai ser bonito de se ver.

      Eliminar
    5. Fuzilem-me, mas eu sou das que acha que alguma modéstia ainda tem o seu mérito. Não gosto de ver barrigas de grávida à mostra e também não andei a mostrar a minha. Também não gosto de ver pessoas muito acima do peso de bikini. Este discurso do "mostrar que o que é bom é para se ver" é ridículo. Há que ter bom senso, conhecer o corpo e as proporções. Se há tantas opções giras para todos os tipos de corpo, grávida e não-grávida, gorda ou magra, para que insistir sempre na mesma fórmula?

      Eliminar
    6. Anónimo, eu fiz uma lipo e quando estive grávida tinha um alto na barriga que odiava! Há barrigas feias e a minha era uma delas, mas só por isso. E honestamente acho muito bem proteger a barriga do Sol!!!

      Eliminar
    7. Tens razão... E também existem pessoas feias...

      Eliminar
    8. Claro que existem barrigas feias, como existem narizes feios e pernas feias. Esta mania de dizer que somos todos bonitos e que tudo em nós é maravilhoso parece-me um pouco iludida.

      Eliminar
    9. Não deve estar relacionado só com estética e sentir-se ou não bem com o corpo durante a gravidez...
      Tapar a barriga durante a gravidez é fundamental pois a pele esta fragilizada e não deve estar exposta a radiações solares pois pode trazer complicações ao nível tanto da saúde da gravida como do próprio bebê!! Por isso mamas, protejam as vossas barriguinhas (:

      Eliminar
    10. Então pela lógica da Pipoca uma pessoa feia vai cobrir a cara com um saco de plástico não?? eh pá que desilusão !

      Eliminar
    11. Caro anónimo das 17:06, lamento que padeça de problemas de interpretação da língua portuguesa. Eu disse (está ali escrito) que, no meu caso, tapar a barriga não tem a ver com querer esconder, mas com o facto de me sentir mais confortável e protegida. Mas sim, há efectivamente barrigas feias. E pessoas feias. Se fica desiludida com isto, está pouco preparada para a vida.

      Eliminar
    12. olha vocês cansam-me a beleza, eu comentei acima e percebi bem que a razão da pipoca não era o esconder mas como se falou e a pipoca também, em barrigas feias isso revoltou me mas pronto eu à noite olho o céu e percebo a nossa pequenez... feios e bonitos todos vamos pró buraco.

      Eliminar
    13. Valha-me Deus esse faz parte da série: Na internet qualquer perna de frango vira farofa e rende toneladas. Mas pq não deixam q cada qual use o que lhes apetece, seja magra, gorda, grávida, não grávida? O que o mau gosto ou bom gosto do vizinho da barraca da praia me interessa? O ser humano é mesmo pequeno.

      Eliminar
    14. Eu usei sempre bikini mas notava que, se exposição solar fosse maior ele mexia.se muito mais

      Eliminar
    15. Mas pesquisem bem, porque está provado que é bom para o bebé que a barriga esteja exposta ao sol. Falo de sol com juízo, ou seja, de manhã até às 11 e à tarde a partir das 16/16:30. Foi o que eu fiz, sempre bikini normal.

      Eliminar
    16. https://www.sciencedaily.com/releases/2013/01/130116131405.htm

      Eliminar
    17. Os fatos de banho para grávidas são reforçados na barriga também para impedir que os bebes sejam afetados nos olhos pelos raios ultravioletas. Já li imensos artigos a esse respeito e nunca estive nem vou estar grávida.

      Eliminar
    18. Eh pá os gostos são mesmo subjetivos, mas eu não consigo achar a barriga de grávida bonita...parecem bujões prontos a explodir. E não importa se a mãe é a Carolina Patrocínio, acho horrível na mesma e um bujãozinho na mesma só que mais pequeno. Pretendo esconder a minha o mais que possa... Não venham com coisas porque é simplesmente desproporcional, isso não invalida o milagre que se passa lá dentro e blá blá blá, sabemos que isso é tudo verdade mas é feio. É feio na mesma...
      Ah e já agora deixem-se de teses da treta que isto e aquilo e aqueloutro faz mal ao bebé. Já basta uma pessoa estar neste estado e ainda tem que andar a pisar em ovos?! Pelo amor de Deus, basta ter alguma consciência e pronto. É que tipo, vocês têm respirado o ar corrente? Ou têm saído de máscara de oxigénio?! Arre...

      Eliminar
    19. Fica muito giro o bikini! Concordo...Infelizmente há quem faça medicação injetável na barriga durante a gravidez para prevenir episódios tromboembólicos e se não quer ser alvo de olhares horrorizados na praia é bom que tape a barriguita...

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Desculpa?...São todos tão à avozinha!!!

      Eliminar
  5. https://www.seraphine.com/en-gb/maternity-clothes/maternity-swimwear.html

    ResponderEliminar
  6. Olá meninas!
    Espreitem aqui nesta loja portuguesa ��
    www.mamanavantgarde.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónima das 12.45 cada um com a sua opinião. Eu pessoalmente acho muito feio, e então no fim do tempo com o umbigo todo espetado, acho horrível. Mas cada um que ande como muito bem entender

      Eliminar
    2. Muito gostam vocês de generalizar... nem toda a gente fica com o umbigo "espetado". O meu não estava sequer para fora, estava muito idêntico ao que era antes de estar grávida.

      Eliminar
    3. Também não me lembro disso no meu umbigo!! Ainda assim usei sempre fato de banho, porque me sentia mais confortável, mas adoro ver grávidas com aqueles biquinis de folharecos na tanga e no peito, que ultimamente se usam. Acho que ficam mesmo muito giras!! O facto de usar um biquini, não quer dizer, que tenhamos que permanecer a torrar ao sol...

      Eliminar
  7. Adorei os da Asos que parecem tops :)

    ResponderEliminar
  8. Sinceramente não percebo "o drama" sobre o tema fatos de banho para gestantes...
    Atualmente com tamanha diversidade no mercado... O difícil é escolher! Depois, dependendo do barrigão, até um "Cantêzito" fica bem a uma grávida "maneirinha"!😉

    Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A palavra é magra

      Eliminar
    2. Mas há alguma gravida deste mundo que consiga enfiar o rabo num fato de banho dessa marca com uma certa dignidade?

      Eliminar
    3. Caramba Marta, não generalize...nem seja tão redutora, sabe, nem todas viram alheiras de Mirandela quando grávidas.Qualquer mulher que vista um 36/38 antes de engravidar e não engorde durante a gestação mais de 9/12kg, cabe perfeitamente num fato de banho L da Cantê! Não serei certamente a única, e garanto que não fiquei com o "rabo" de fora, nem fiz "figurinhas tristes"! E sim,
      desfilei e banhei-me todo o verão "gravidíssima" muito bem acondicionada nos meus fatos de banho, cantê e cia marítima com toda a dignidade do mundo!

      Teresa

      Eliminar
    4. Eu... que sem estar gravida ando sempre com dois/três quilitos a mais. Gravida fico seca que nem carapau, só de barriga empinada. Acabo a gravidez sempre com o mesmo peso que comecei, porque ano metade a perder peso e depois recupero alguns até ao final...

      Eliminar
    5. Tal e qual ... talvez como eu, que saí por duas vezes da maternidade dentro das minhas roupas de não grávida ou seja, calças 38 sem apertos! 😀
      Bem sei que não é para todas, talvez aconteça a cerca de 5% das recém mamãs, mas acontece! assim como, realizar a dilatação sem quaisquer dores...nem saber o que são contracções intra-uterinas, partos normais/vaginais finalizados em 3,5 e 3 horinhas(contabilizadas desde o check in na maternidade), dois lindos filhotes saudáveis!
      Pessoalmente, prefiro estar no pós- parto em modo "bacalhau seco" do que " alheira de Mirandela"(sem ofensa)!

      PS: Parabéns AGM pela gravidez e pela pequenita a caminho... as indisposições são normais e em regra passageiras, aconteceu-me igual na segunda gravidez, tomei "nausef" receitado pelo meu obstetra, e resultava.

      Maria do Mar

      Eliminar
  9. Eu passei parte da gravidez no Verão e fiz bastante praia e piscina. Optei por um modelo de cueca e blusa sem alças. Quando me apetecia destacava a barriga para apanhar algum sol e tapava quando queria. Era muito prático. Comprei na womensecret, sempre é um preço mais em conta para um artigo que não vamos usar sempre e tinham modelos e cores actuais.

    ResponderEliminar
  10. https://www.facebook.com/eggbeachwear/

    ResponderEliminar
  11. Compreendo quando fala da proteção a exposição ao sol. Na gravidez do meu filho passei o verão todo de pipão, nasceu em Setembro, só que em Agosto nem me apeteceu ir à praia.....mas quando fui levei um bikini “normal” da Decathlon mas tamanho bem grande e não decotado, era o cuecão e para cima um top. Tava composta, sentia-me confortável e mostrava a barriga linda de grávida. Mas protegia-me no guarda sol sempre.

    ResponderEliminar
  12. Pipoca a tua escolha é basicamente tudo o que disseste que não gostavas!! é um QED bastante óbvio ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente de acordo. Quando vi a imagem, no facebook, até pensei logo que a Pipoca ia mostrar os feios e não os aconselhados :D

      Eliminar
  13. A manequim da Asos da 3a foto engoliu o bebé ahaha

    ResponderEliminar
  14. Pipoca, que andas a ler? Para quando um post sobre isso? E sobre o cenas várias?

    beijinhos
    Marta

    ResponderEliminar
  15. Como engravidei no início do verão os meus fatos-de-banho normais serviram para o efeito por isso não enfrentei o desafio de precisar de um com um barrigão já enorme. Curiosamente senti-me melhor de fato-de-banho não só por proteger mais a barriga do sol mas porque de biquini, de certos ângulos, parecia só 'gorda', se é que me entendem, porque a barriga era ainda pequena e não dava logo a entender que estava ali um bebé no meio da banhoca :P

    No entanto, tenho uma dúvida existencial que talvez uma grávida que tenha apanhado todo o verão me saiba esclarecer: como se avalia o tamanho de um fato-de-banho para grávidas? Ou seja, entre que meses é que aquilo serve? Vai esticando e acomodando a barriga? Convém que o experimentemos e compremos no momento em que vamos começar a usar? Porque imaginando que até tentamos comprar uns meses antes, numa promoção, vá, como é que sabemos se serve? Porque não poderá também acontecer a barriga ainda ser pequena e aquilo ficar ali tudo largo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu cheguei a comprar quando estava grávida e na verdade aquilo vai adaptando... um pouco à semelhança das calças que têm aquela zona para ajustar na barriga. No início da gravidez sobrava um pouco o tecido, mas depois foi-se ajustando às necessidades da barriga, porque o tecido é muito elástico.

      Eliminar
  16. Eu usei sempre biquinis normais, gosto de ver a barriga, mas compreendo quem prefira o fato de banho.
    Nunca tive problemas com fatos de banho porque, lá está, nunca comprei, mas com calças, senhores! Há 16 anos, foi uma luta! Quem fazia as calças devia achar que o rabo crescia em proporção com a barriga! (Sim, às vezes acontece, mas nem a todas...).

    ResponderEliminar
  17. Não gosto daqueles que parecem vestidinhos para isso vestimos umas cuecas e uma camisola e lá vamos para a praia, não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi isso exactamente o que eu fiz. O bikini normal, um top de alças giro e praia. Quando a barriga estava enorme e tinha medo de perder aguma coisa para fora, levava dois tops, ia à água com um vestido, voltava para o chapéu tirava o e colocava a secar em cima do mesmo, e vestia o outro top.

      Não ia ter mais nenhum filho, o tempo de praia nem foi muito, mal empregado o dinheiro que me fazia tanta falta...

      Eliminar
  18. "Vestir-te como a Dina" ahahahah muito bom!!

    ResponderEliminar
  19. Li este post e depois no facebook apareceu-me esta página com...fatos de banho para grávidas! E bem giros :) A marca chama-se EGG.

    https://www.facebook.com/eggbeachwear/?hc_ref=ARQMQbSmc5rsbxr8t9zXjW9yiZ6X7RenGchtp96RGtUm1kDCx4ks0NibCeCRA0BwZ5A

    ResponderEliminar
  20. São todos horrorosos!!! Não há coisas giras para grávidas?

    ResponderEliminar
  21. A pipoca tinha um fato de banho branco com folhos na barriga que era lindíssimo. Esse era de onde? A minha irmã teve grávida o verão passado e até andei a ver se encontrava em posts antigos de onde era mas não encontrei. Um dia que esteja grávida e se for de verão, adorava ter um assim. Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Marta pCarvalho21 março, 2018 14:58

    O que ja ri:)

    ResponderEliminar
  23. São bem giros. Fui grávida de inverno e não usei nada disso. Usei biquini ainda a barriga era pequena, parecia só uma barriga de cerveja..

    ResponderEliminar
  24. Eu usei biquini mas também pouco fui à praia grávida e achei que não merecia o gasto. Dito isto... a sério que há quem fale em modéstia e que portanto ache que mostrar uma barriga grávida é coisa de desavergonhada? Minha gente, uma barriga de grávida é uma barriga na mesma. Se levo com barrigas de cerveja de homens peludos maiores que a minha com 9 meses de gravidez, ninguém morre no areal se eu mostrar a minha barriga de grávida, ok? Que uma gravida não se sinta bem, é uma coisa, agora falar em modéstia... grande LOL. Quanto à roupa, notei que da mais velha para o mais novo a oferta de roupa de grávida normal diminuiu imenso. A Zara por exemplo deixou de ter. O que me safou do 2º foi mesmo ter guardado as calças e saias mega giras da 1ª gravidez.

    ResponderEliminar
  25. De facto alguns lembram mesmo roupa interior safadona. Só tu!
    Mas há aqui alguns bem giros.

    ResponderEliminar
  26. Uma boa dica,
    comprem as cuecas altas da calzedónia. Dá para puxar tudo para cima e prender no soutien do bikini e assim fica fato de banho ou então enrola e temos bikini.

    ResponderEliminar
  27. Então e nós que não estamos grávidas, não temos direito a uma sugestão de fatos de banho para o verão 2018?

    ResponderEliminar
  28. Gostei tanto de algumas sugestões, que tive o pensamento contrário:será que posso usar destes sem estar grávida? Lol

    ResponderEliminar
  29. Na minha altura comprei um fato de banho de grávida na Asos, a preço acessível e que chegou rapidamente ao destino. Era ligeiramente diferente dos que são apresentados pela pipoca, mas que me serviu na perfeição e que ficava giríssimo com a barriga ;) também cheguei a usar biquíni, mas sentia mais conforto com fato de banho. Mas isso vai do gosto de cada mamã.

    ResponderEliminar
  30. A cria cá de casa veio em Setembro, por isso passei a época balnear pançudíssima!

    Não comprei nenhum bikini/ fato de banho - usei um já velho da minha mãe (que podia esticar e estragar sem stress) completamente preto, para quando me apetecia ir a banhos. Enquanto a barriga foi mais pequena, os meus bikinis normais funcionaram igual. Aliás, usei o maior uns 15 dias antes da piolha nascer.
    Há pessoas que gostam de mostrar a barriga, outras nem por isso. Há quem goste de ver, há quem não ache piada...

    A beleza está nos olhos de quem vê!

    ResponderEliminar
  31. Opa atentem no site da ASOS! Tem tudo! Não sabem o que andam a perder, grávidas, não grávidas, gordas, magras, feitas, bonitas, pirosas, ...,

    ResponderEliminar
  32. EGG - marca portuguesa e fatos de banho mesmo giros ;)

    ResponderEliminar
  33. A minha bebé nasceu em agosto, logo estava no meu auge aquando da época balnear. Fui a todas as lojas e mais algumas em busca de fato de banho... os que encontrei custavam uma pequena fortuna que quase dava pra entrada de uma casa.
    Até que já desesperada, no dia anterior a ir para um passeio com praia incluída, me lembrei de entrar numa loja de comércio oriental, vulgo loja dos chineses. Saí de lá com um fato de banho giro, confortável e por uns 10€.
    Os chineses são fud... lixados pah. Têm sempre de tudo. Lol
    Para as poucas vezes que precisei serviu perfeitamente e continua como novo... guardadinho, não vá precisar de novo.

    ResponderEliminar
  34. Não sou mãe mas leio sobre coisas da Maternidade e gosto.
    Ontem por causa deste post pus me a pensar no seguinte: " nunca vi um homem/pai a empurrar um carrinho de bebé." Pus me mentalmente a pensar em todos os locais possíveis, parques , shoppings, farmácias, cafés, transportes etc e são sempre as mães. Pode parecer parvoíce mas acho mesmo que nunca vi . Não é mesmo um hábito pelo menos aqui em Portugal. Tipo estar num parque e quem se vê a empurrar o carro de bebé? as mães. Haverá alguma razão que me esteja a escapar? Bjinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está a ver mal então
      O meu namorado sempre empurrou e o meu melhor amigo queria ele empurrar e adorava quando o fazia porque dizia que atraia futuras namoradas hahahhahah
      😂😂😂

      Eliminar
    2. Como assim, nunca viu um homem a empurrar um carrinho de bebé?! Basta sair de casa.

      Eliminar
    3. Ui!! Pois eu vejo muitas vezes pais e avós a empurrar os carrinhos. Aliás, os homens são cada vez mais participativos nisto da parentalidade:)

      Eliminar
    4. Nunca viu?! Bolas. Lol. Cada vez é mais e mais comum. Acho banalíssimo actualmente, até.

      Eliminar
    5. Humm....por acaso quando saímos juntos, o meu marido faz questão de empurrar o carrinho. Até me dá um "chega pra lá" quando eu tento levar :)E não me parece que seja o único, já vi imensos pais a fazerem isso. Nao sei que zonas do país costuma frequentar, mas não creio que posso dizer que não seja um hábito por cá.

      Eliminar
    6. Em Lisboa vê-se bastante! E aqueles homens saradões a correr em tronco nu enquanto empurram um carrinho? :D muito bom!

      Eliminar
    7. Anónimo das 06:57, por onde anda! Também quero ver isso!

      Eliminar
    8. Não sei por onde anda a passear, mas cá em casa, por exemplo, quando saímos os três a condução do carrinho é quase exclusivamente feita pelo meu marido. E temos vários amigos/colegas em que a situação é exactamente a mesma! ... quantas vezes saímos para tomar um café e vão os pais e as crias no carrinho de um lado e as mães na conversa de outro.

      Eliminar
    9. Que raio de comentário...
      O meu marido faz questão de empurrar o carrinho. E não é o único...

      Eliminar
    10. Não sei em que cidade vive, mas eu vejo pais a empurrar carrinhos diariamente e uma coisa que me aflige é vê-los ao fim-de-semana desportivo, com as crianças no suporte para bicicletas.

      Eliminar
    11. ahah é melhor começar a olhar em volta pois as ruas estão cheias de homens a serem PAIS (no verdadeiro sentido da palavra), a empurrarem carrinhos e (pasme-se!) a transportá-los em Babywearing (bote no google e pesquise).

      Eliminar
    12. Não é um hábito em Portugal? Não sei, mas todos os meus amigos com filhos empurram o carrinho na rua. E dão biberão na esplanada e andam com os miúdos ao colo... Na verdade, só não dão mama, porque não podem, tudo o resto eles fazem como a mãe, mesmo que não se veja...

      Eliminar
    13. Vinha dizer o mesmo que já foi dito. Anda a ver mal, talvez por ainda não ter filhos. O meu marido empurra o carrinho e farto-me de ver homens a fazer o mesmo, por exemplo, no shopping, onde andam sempre imensas famílias.

      Eliminar
    14. Além de não acreditar que nunca tenha visto um homem a empurrar o carrinho, o que mais gostei do seu comentário foi ter-se posto "mentalmente a pensar".

      Eliminar
  35. Marta PCarvalho21 março, 2018 22:28

    "Quem anda à chuva molha-se" e engravida. Depois o castigo é como diz, a maravilhosa roupa de gravida.
    É que há mesmo poucos modelos e opções, é tudo largueirão.
    Andei em modo números acima durante algum tempo (negação autentica), mas depois tive mesmo de ceder às fantásticas roupas de gravida (os castigos de quem anda na má vida:)).
    Relativamente aos fatos de banho não posso partilhar, porque não passei pelo mesmo, o meu filho nasceu no final de abril (felizmente).
    Mas estão opções giras, isto vai evoluindo, e claramente muito todos muito decentes (como se quer uma gravida:))
    Os dos vestidinhos percebo o que diz, há ali uns mais “atevidotes”:).. mas têm de ter cuidado porque senão depois ainda vêm mais nove meses de emoção:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso chama-se irresponsabilidade! Já só anda à chuva e se molha quem (e quando) quer, ou então quem não quer saber e a natureza encarrega-se de cumprir com o seu papel e a vida prossegue...pode até ser considerado um contratempo, mas não deixa de ser magnífico!

      Eliminar
    2. Às vezes chama-se riiresponsabilidade, mas nem sempre. Sabe que o unico metodo contraceptivo totalmente eficaz é: a abstinência?

      Eliminar
    3. Aqui nem percebeu que a anónima estava a brincar...chiça, gente arreganhada para tudo!

      Eliminar
  36. Sempre li e ouvi opiniões médicas no sentido de que as gravidas deviam proteger a barriga o mais possível com fatos de banho reforçados nessa área devido aos malefícios do sol para o bebé. Estranho ( e não o digo ironicamente, estranho mesmo) que as adeptas do biquini nunca tenham sido esclarecidas nesse sentido. Eu própria nunca usei fato de banho na vida, mas se engravidasse faria de tudo para proteger a barriga ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro que se ache que uma mulher grávida é automaticamente ignorante e precisa que lhe expliquem tudo, tipo que não deve apanhar sol forte na barriga ou que deve evitar sítios manhosos. Eu (por acaso adepta do biquini) tenho dois dedos de testa e por isso usei biquini mas fora das horas de maior calor e obviamente não me pus deitada na praia tipo lontra que engoliu uma bola de praia a trabalhar para o bronze. É isso e as pessoas terem filhos e ficarem autocaticamente lerdas e terem de perguntar tudo ao pediatra. Por favor, se precisam de perguntar ao pediatra se o bebé deve usar meias no verão (sim, sei de quem tenha feito esta pergunta), não tenham filhos, reservem essa tarefa para pessoas um nadinha mais abonadas ao nível dos neurónios

      Eliminar
    2. ah, e só naquela, se engravidar vai perceber que se lê e ouve muita coisa idiota quando se está grávida, inclusivamente da parte de médicos (não será o caso da proteção em relação ao sol) portanto não se fie em tudo o que lê e ouve

      Eliminar
    3. Já eu adoro gente arrogante.

      Eliminar
    4. Deve-se proteger a barriga como se protege a si... Duh!
      Protector solar, não apanhar sol nas horas de maior exposição, etc e tal e coiso! Não tem que proteger mais A BARRIGA, como se ela fosse explodir!!

      Eliminar
    5. Por amor de deus!! Fui mãe duas vezes, não sou burra nem negligente. Fiz praia como faço sempre, ou seja, de manhã até às 11 e à tarde a partir das 16, mas até faço mais de manhã, à velho, como me costumam dizer. Sempre usei bikinis normais. Até cheguei a comentar com a obstetra que referiu que era benéfico, uau!! Qualquer dia as grávidas têm que vestir burka e comer só pão e água!

      Eliminar
    6. Eu quando estive grávida não protegi a barriga do sol e sabem o que aconteceu? Nasceu preto (com todo o respeito aos negros).

      Eliminar
    7. Quando uma pessoa engravida e é mãe passa a ter de lidar com opiniões de TODA a gente. Até na fila do supermercado as pessoas acham que podem opinar sobre as opções que fazemos. Estive grávida duas vezes e cheguei ao meu limite. E o melhor ainda é que toda a gente que diz que não se deve fazer sopa com água da torneira ou não podemos comer sushi ou que o bebé tem de dormir x horas e nós é que estamos a fazer revira os olhos quando dizemos que o nosso filho tem uma alergia alimentar séria e grave ou uma doença rara e diz que são manias ou que vai passar. Por isso, Anónima das 15:32, desculpe o meu tom anterior mas isto mexe-me mesmo com os nervos. Toda a gente se acha no direito de dizer que é assim ou assado, não ajudam um car**** quando é realmente preciso e acham que se pode prever o sexo pela barriga mas já acham que doenças sérias e diagnosticadas são paneleirices de mãe ignorante... foi um desabafo

      Eliminar
    8. Lamento, mas isso de tapar a barriga para proteger o bebé é um grandessíssimo mito urbano. Se acham que o sol chega lá "dentro" imaginem como estará o fígado, pulmões... A barriga deve ser protegida pela nossa pele, tal e qual o resto do corpo.

      Eliminar
    9. Anónima das 10H40,
      Já me fartei de rir...o meu também nasceu assim, mas saiu ao pai.

      Eliminar
    10. Peço desculpa a todos os anónimos que ofendi.
      Não chamei burra, nem negligente, nem ignorante a ninguém.
      Apenas me questionei se as pessoas não eram informadas deste aspeto, não se estavam informadas.
      Isto porque eu, mesmo não tendo possibilidade de engravidar, já o li em diversos artigos médicos.
      Lamento que a minha questão tenha sido tão mal interpretada.
      Acho que não merecia respostas tão amargas.

      Eliminar
  37. Por favor...vejam na Nordstrom, tem uns lindos da JCREW!

    ResponderEliminar
  38. Procurem...há roupa para grávidas giriríssima e a bons preços! Fui grávida de inverno e a peça mais cara que adquiri foi um par de calças ajustáveis na Pré-Natal para trabalhar. De resto, com uns jeans-mamã da Zara, fazem-se maravilhas, com ponchos, coletes, malhas drapeadas, camisolas e túnicas XL e algumas "chinesices" à mistura, como: um colar grande, uma écharpe, uma pregadeira...Não me senti nada feia enquanto estive grávida, só mesmo lá para o fim quando os lábios e o nariz já dilatam!!

    ResponderEliminar
  39. https://www.facebook.com/eggbeachwear/

    ResponderEliminar
  40. No ano passado comprei na hm online! Não havia em loja nenhuma mas online tinham uns 3 fatos de banho de grávida, 25-30 euros, comprei um bem confortável e outro na la redoute!

    ResponderEliminar
  41. Ler os comentários de alguns posts ou publicações em geral (de Facebook etc), dá para ver o pior do ser humano. Até o comentário mais inocente é virado e revirado para dar intriga e peixeirada de alguidar. É esta a nossa verdadeira natureza? Procurar à espera de encontrar p destilarmos amargura, pseudo conhecimento k nos elevem etc? Sao fatos de banho, meu rei!!! De grávida! Como descarrilhou p barrigas feias, bebés assados no espeto dos UVB, etc...?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 100% de acordo com o seu comentário, anón. 14:32.

      Eliminar
    2. Concordo. Que cansativo, é só agressões a toda á hora, até pelos temas mais inocentes.

      Eliminar
  42. Eu andei de bikini, com o que já tinha. Quase em fim de gravidez.
    Protegi a barriga como sempre me protegi a mim. Acho que não preciso dizer mais nada!

    ResponderEliminar
  43. Pipoca, tu que és especialista em bom gosto e és Lisboeta, para quem vive no estrangeiro e vai a Lisboa passar 24h, o que achas indispensável fazer e restaurantes/cafés a não perder? Ajuda, por favor!

    ResponderEliminar
  44. Aos 6 meses andei sempre com os meus fatos-de-banho do ano anterior.
    Ainda comprei um na H&M mas nem era de grávida, mas obviamente que também não era um fato-de-banho txanannnnn.
    Não sou magra e mesmo assim não percebo o drama de encontrar um fato-de-banho para grávida porque um normal faz o mesmo.

    ResponderEliminar
  45. Gostei de todos e nem estou gravida.

    ResponderEliminar
  46. comprei um na www.enviedefraise.fr no ano passado. nao sei se entregam em Portugal, mas acho que sim. tem fatos de banho e roupa de gravida muito giros e a precos simpaticos.

    ResponderEliminar
  47. Como alguém aqui já sugeriu, o melhor é mesmo comprar umas cuecas de biquini altas da calzedonia e combinar com uma parte de cima de bikini que sirva nas novas mamocas gigantes. A cueca pode ficar para cima, protegendo a barriga do sol e da temperatura fria da água, mas tb dá para baixar, permitindo bronzear. Existem várias cores e são baratas. A cueca até dá jeito como cinta, qdo a barriga começa a ficar enorme e desconfortável na zona pélvica...
    DM

    ResponderEliminar
  48. Obgda Pipoca por este post, nem imaginas o quanto veio a calhar.

    ResponderEliminar
  49. Fatos de banho Egg swimwear , made in Portugal, qualidade, cores e padrões giros e exclusivos. Vão ver!

    https://www.facebook.com/eggbeachwear/

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis