Maratona solidária

27.2.15
A semana do euro está meeeeeesmo a acabar. Vamos lá, minha gente!


Diz que está na moda #16

27.2.15
Eu diria que as riscas nunca saem propriamente de moda, mas ano sim, ano não, lá vêm elas em todo o seu esplendor. Este ano, em qualquer loja que se entre, há riscas a saltar por todos os lados. Verticais, horizontais, misturadas, é à escolha do freguês. Não se fiquem pela convencional conjugação "azul marinho + branco" (pelo menos, não apenas em peças básicas), atirem-se para mais altos voos. Sem medos, hã?


Novidades fresquinhas #38

25.2.15
Os novos Nike Air Max 1, com padrões inspirados nas capitais da moda: Londres, Milão, Nova Iorque, Paris, Shangai e Tóquio. Há três padrões diferentes (em duas cores), cada um deles inspirado nas flores mais representativas de cada uma destas cidades. As rosas de Nova Iorque juntam-se aos lílios parisienses, os lílios de Milão juntam-se às flores de ameixa de Shangai, e as flores de cerejeira de Tóquio juntam-se às rosas de Londres. Resultado: quero todos, mas é preciso esperar. Só chegam às lojas a 8 de Março.




Blog meu, blog meu, haverá comentador mais parvo do que o meu? #22

25.2.15

Isto de ter um blog era muito mais fácil se não tivéssemos de lidar com gente estúpida. Sim, que se lixe o politicamente correcto, o certinho, o "olha que vais ofender as pessoas", porque é mesmo disso que se trata: gente estúpida. Alguma gente estúpida. Felizmente, a larga maioria dos meus leitores são normais. Gente normal. Podem gostar mais, podem gostar menos, podem não gostar de todo, mas manifestam-se de forma civilizada, que já é só o que peço. Civismo. Perguntam-me muitas vezes porque é que cada vez escrevo menos e a resposta é simples: porque não me apetece. Cada vez menos me apetece ter opinião sobre coisa alguma, porque ainda mal carreguei no botão de publicar e já tenho meia dúzia de idiotas - é este o nome técnico - a procurarem nas entrelinhas tudo aquilo com que poderão implicar. Merdinhas, mesquinhices, parvoíce de quem, claramente, tem demasiado tempo livre entre mãos. Há gente que pega com tudo, e quando eu digo TUDO é mesmo TUDO. É porque sim, é porque não, é porque talvez, é porque o raio que os parta. "Ah, mas quem quer ter um blog tem de se sujeitar a isto" dirão muitos. Não, não tem. Durante muitos e bons anos, os comentários, mesmo os negativos, não tinham a carga de ódio que têm actualmente. É disto que se trata muitas vezes. De um ódio e de uma crueldade que eu não sei de onde vêm. Possivelmente abriu alguma pós-graduação nos últimos tempos subordinada ao tema "Vamos Lá Aproveitar o Anonimato Para Sermos Imbecis em Blogs Alheios". Só isso pode justificar esta horda de idiotice desmedida. Já levo muito tempo disto, todo o santo dia aturo gente parva, comentários parvos, teorias parvas. E acho que cheguei ao ponto em que ou os mando ir foder, assim, todos os dias, repetidamente, ou vou só ficando mais calada, porque a vontade não chega para mais. Ter que pensar sempre, ao mais ínfimo pormenor, na maneira de escrever as coisas para agradar a gregos e a troianos tira muita da graça da coisa. Até porque se é difícil agradar a gregos e a troianos, agradar a imbecis é impossível. Toda a gente acha que isto de ter um blog é um festim, uma coisa muito fácil de levar. Dava-vos um mês a aturarem o que eu aturo. Eu até sou uma pessoa easy going qb e que consegue levar (ou ignorar) muita coisa na desportiva, mas há dias em que há gente mesmo a pedir para levar duas lambadas bem assentes na cara. Não lhas podendo dar, inscrevi-me no Muay Thai há um mês, que sempre dá para descarregar em algum lado.

Enfim, todo este bonito discurso a propósito de mais um brilhante comentário que me deixaram. Desta vez sobre a Missão Maratona Solidária. Prontinhos para ler poesia? Cá vai disto.

Let's get physical #3

24.2.15

Meninaaaaaas, só para relembrar que ainda se podem inscrever para a primeira edição do Luso de Fruta Fit Day. Os bilhetes para Lisboa já estão à venda na Ticketline, os bilhetes para o Porto estarão à venda ainda esta semana e eu gostava MUITO de vos ter por lá. Vai ser um dia cheio de actividade (a ideia é que saiam de lá a deitar os bofes pela boca), mas também com muita animação, boas experiências e... presentes! Muitos presentes para todas as participantes. 

Relembro-vos o calendário, só para o caso de estarem esquecidas: 


A isto podem ainda juntar uma aula de introdução à corrida com a Correr Lisboa e várias outras surpresas. Juntem um grupo de amigas e vamos embora malhar!



Adeus, Tutti-Frutti

24.2.15

Há menos de uma semana a Dra. Tutti-Frutti esteve comigo no Hospital da Estefânia. Nunca a tinha visto, mas se tivesse de apostar dinheiro diria que era uma pessoa feliz. Apaixonada pelo que fazia. Óptima no que fazia. Foi há muito pouco tempo, por isso tenho muito presentes as gargalhadas que provocou nos miúdos, nos pais, em mim, nas enfermeiras. E foi por isso, também por isso, que hoje fiquei absolutamente em choque ao saber que a Maria Zamora, a Dra Tutti Frutti, já não está cá, já não vai fazer rir ninguém, já não vai voltar a pôr o seu nariz vermelho. Penso nela a descer as escadas do hospital, a cantarmos juntas "vai sacudir, vai abalar, quando o meu amor passaaaaaar", a explicar-me como é que se fazia um cocktail de beijinhos... tão feliz que me parecia. Merda para isto. :(


A Pipoca está loucaaa #75

24.2.15
Porque o tempo está cinzento e porque precisamos de qualquer coisinha que lhe dê cor, esta semana, em parceria com a Swarovski, tenho para vos oferecer duas pulseiras lindonas e super shining. Uma é cinzenta, a outra azul, e ambas têm cristais de rocha incrustados numa faixa de pele. Acho que ficam muito giras misturadas com outras, de outros estilos.


Para se habilitarem, só têm de:

1- Fazer um gosto na página de Facebook da Swarovski;
2- Preencher o formulário abaixo até ao próximo domingo, dia 1 de Março (permitida apenas uma participação por endereço de e-mail, participações repetidas não serão consideradas);

O vencedor será escolhido aleatoriamente através do Random.org e anunciado aqui na próxima terça-feira, dia 3 de Março. Boa sorte a todos!

Sei que tenho vários resultados de passatempos para anunciar, prometo tratar disso ASAP! Juro!

Na minha pele by Avène #2

23.2.15
Não sei se sou a única a achar isto, mas tenho a ligeira sensação que este Inverno já dura há uma vida e que parece não ter fim à vista. Estou fartinha do frio, fartinha da roupa de Inverno, fartinha de ter de andar a sobrepor camadas, fartinha de mantas e de aquecedores. Na minha mente já sonho com calor, com dias compridos, com roupinhas leves e com dias de praia. Entre as várias chatices que o Inverno nos traz, uma delas é a tendência para nos esquecermos ou para não darmos assim muita importância à protecção solar da pele. Ah, e tal, está frio, está de chuva, está encoberto, é raro ver-se uma nesga de sol, qual é o sentido de estar a passar protector? TODO o sentido. 

Aos poucos, muito lentamente, vai-se percebendo que os protectores solares não estão (ou não deveriam estar) exclusivamente associados à época balnear, mas sim como factor preventivo que deve ser usado o ano inteiro. Todos os dias. Sobretudo no rosto, a área que acaba por estar mais exposta. Já são muitas as marcas de estética que incluem índice de protecção solar nos seus cremes de cara, mas o ideal seria usar um protector para além do hidratante habitual. Preferencialmente de factor 50. 

O facto de darmos pouca importância ao "sol de Inverno" ou por abusarmos do "sol de Verão" acaba por resultar no agravar (ou acelerar) de alguns problemas que, inevitavelmente, estão associados ao passar do tempo. Por exemplo, rugas, flacidez ou manchas escuras. Tudo isto pode ser minimizado se nos habituarmos a incluir protecção solar na nossa rotina de beleza diária. Eu sei, não é fácil. Falo por mim, a rainha da preguiça no que toca a cremes. Por mim andava sempre de cara lavada, ou então usava um só creme 20-em-1 que me desse tudo aquilo que preciso. Enquanto não existe, que remédio tenho eu se não usar vários produtos para vários fins. Mas é mesmo uma questão de hábito. Depois de limpar o rosto e de o hidratar, acabo sempre com um protector solar. 

Pois muito bem, num tentativa de sensibilizar as mulheres para este assunto, a Eau Thermale Avène acaba de lançar o Kit Fotoenvelhecimento, composto por um creme da linha Yshtéal e por um protector solar com SPF 50 +. A gama Yshtéal funciona ao nível do envelhecimento da pele, fornecendo às células toda a energia que necessitam e deixando a pela mais lisa e as rugas mais atenuadas (mesmo aquelas que estão a dar os primeiros ares da sua graça). O protector solar, por seu lado, é de rápida absorção, super fácil de espalhar e não nos deixa a cara toda branca! É o dois em um perfeito.

Este kit foi pensado tanto para quem tem a pele mais seca como para quem tem a pele normal a mista. É por isso que há dois packs diferentes. As peles secas podem optar pelo que é composto pelo Yshtéal creme e pelo creme 50+ (incolor ou com cor). As peles normais têm à disposição um kit composto pelo Yshtéal emulsão e pela emulsão 50+ (com ou sem perfume). As emulsões são oil free, e dão a sensação de "toque seco", sem efeito colante. A grande vantagem é que este kit custa menos 25% do que se comprassem os produtos em separado. Vale a pena! =)


Post escrito em parceria com a Eau Thermale Avène

Maratona solidária: a semana do euro

23.2.15

Um euro. É raro o dia em que não gastamos um euro em qualquer coisa que, se calhar, até nem nos faz assim tanta falta. Café, um chocolate, uma tarte de maçã do McDonald's, um saquinho de gomas, uma ajuda para o maço de tabaco, tanta coisa. Um euro não é uma moeda que se ignore (caramba, são 200 escudos!), mas, para muita gente, também não faz uma mossa assim tãoooo grande no orçamento. Pus-me a pensar. Este blog tem mais de 40 mil leitores diários. Tem 50 mil seguidores no Instagram. No Facebook são quase 190000. Se cada pessoa doasse um euro, UM SÓ EURO, para a minha Missão Maratona Solidária, num instante arrecadava a quantia a que me proponho: 42 mil euros. Parece uma coisa simples, fácil, quase óbvia, mas também sei que muita gente não se dispõe a isso. Porque não pode, porque não quer, porque não está para aí virada, pelos mais variados (e legítimos) motivos. Mas eu conto com os outros. Com os que se importam. Com os que querem (e podem) ajudar. Com os que acreditam, como eu acredito, que podem fazer a diferença. Esta "semana do euro" é a primeira de várias (muitas) iniciativas que farei para arrecadar 42 mil euros (cada vez que digo este valor até estremeço). E é só isso que vos peço. Um euro. Peço-vos que esta semana abram mão de um café, de um chocolate, de uma tarte de maçã do McDonald's, de um saquinho de gomas ou de qualquer outra coisa para me ajudarem nesta causa.

Abri uma conta específica na CGD para a recolha de fundos que, neste momento, tem 48 euros. Os quarenta com que a iniciei, e os oito que correspondem aos oito quilómetros que corri ontem. Irei depositar sempre um euro por cada quilómetro que correr até 18 de Outubro.

Os dados da conta são os seguintes:



0035 0229 00018829930 89

PT50 0035 0229 00018829930 89

CGDIPTPL

Passem palavra aos amigos, à família, aos colegas, a quem quiserem, tenho a certeza que juntos poderemos realmente fazer alguma coisa em grande. Na próxima segunda-feira anunciarei qual foi o valor angariado. Quem pretender um recibo da sua doação peço que me envie o comprovativo de transferência para o mail maratonasolidaria@gmail.com.
Vamos a isto??? Obrigada pela vossa ajuda!

AddThis