Pub SAPO pushdown

Os piolhos estão sempre à espreita (sim, até nas férias)

terça-feira, setembro 15, 2020

 


E então, pessoas, já tinham saudades de vir aqui ler sobre piolhame, não é verdade? Pois que isto, este ano, não anda assim muito complicado ao nível do piolho. Os miúdos estão por casa, não andam assim metidos em grandes aventuras e, portanto, não houve assim grande perigo de aparecer um daqueles recaditos da escola a avisar que havia pragas desses nojentos. Mas, calma lá, que isto agora com o verão é uma aventura.


No ano passado escrevi aqui que o verão era assim como que o paraíso para os piolhos. Os sacanas nojentos adoram fazer raves na cabeça dos putos assim que começa o calor. Assim ao nível parque de estacionamento da Praia de Carcavelos, sabem? Ficam todos doidões, qual pessoa que acabou de passar para o equivalente a 35 anos em confinamento, e vai de armar uma festa onde? No cabelo da criançada, claro está.


Este ano temos a vantagem de, além de eles não estarem na escola, não há cá ATL’s nem campos de férias ou coisa que o valha, mas isso não quer dizer que os sacanas não andem aí. Nada disso. É que basta ir para uma piscina, até de hotel, e um dos sacanas andar por lá para se pespegarem à cabeça dos putos como se não houvesse amanhã. E já se sabe como é que é o ranhoso do piolho, não é? Chama logo a família e os amigos todos para fazer a festa.


A verdade é que ainda não fizemos assim férias daquelas mesmo à séria, de ficar de papo para o ar não sei quantos dias sem fazer nenhum, só à torreira do sol — com os devidos cuidados, não se enervem — a fazer sestas infinitas ou despachar livros atrás de livros. Claro que há planos para isso, mesmo que a pandemia nos tenha trocado as voltas, se tudo correr bem havemos de tirar uns dias de férias para descansar com os putos. Quer dizer, “descansar”, porque com miúdos já se sabem que não é assim tãããão fácil.


E só de pensar em ter a miúda também a apanhar bicheza, nem quero imaginar. É que se quando um apanha já me ponho a rezar cinco Pais Nossos e dez Avé Marias a ver se não apanhamos todos, se ela apanhar também então, estamos todos desgraçados. E o pior é que não é assim tão fácil de contrariar, até porque, como as lêndeas são incolores, só as conseguimos mesmo ver quando já morderam o couro cabeludo e já se transformaram em piolhos, ou seja, é quase impossível de os vermos até já terem montado o arraial todo na cabeça da criançada.


Posto isto, e como não estou para ter (outra vez) chatices com aquele cabelo infinito do Mateus, vou atacar já nas férias com o Paranix Champô de Proteção, como tenho feito nos outros anos, que interrompe o ciclo de vida dos piolhos e elimina os novos antes que eles se consigam reproduzir, impedindo que uma infestação se instale na cabeça dos putos. Pode ser usado a partir dos dois anos, por isso até já na miúda o posso porque é para ver se os horrorosos nem se chegam ao pé dela.


Além do champô, também costumo usar o Paranix Repel, que é um spray que cria uma película protetora que não facilita a vida aos piolhos que queiram entrar e assentar arraiais na cabeça dos putos, e nas nossas também. Devem por todas as manhãs em cabelo seco ou húmido e depois de pentear. Ou seja, colocam o produto e não mexem mais! Ah, e especial atenção à zona da nuca e atrás das orelhas, que é onde a bicheza gosta mais de estar.


Faço este ritual durante alguns dias antes das férias e continuo quando vão para a escola, que é para ver se consigo evitar visitas indesejadas. Se ainda não foram de férias, ou mesmo que já estejam a caminho, ainda vão a tempo de prevenir, até porque encontram Paranix em qualquer farmácia ou parafarmácia perto de vocês. Depois não digam que não vos avisei, sim?


Paranix Champô de Proteção é um dispositivo médico utilizado para prevenção da disseminação da pediculose. Apenas para uso externo. Não engolir. Não utilizar em pele irritada. Evitar o contacto com os olhos e mucosas. Não usar em caso de alergia a algum dos ingredientes. Não indicado para crianças com menos de 2 anos. Manter fora do alcance e da vista das crianças. Leia cuidadosamente a rotulagem e as instruções de utilização. Paranix Repel é um produto cosmético. Para uso externo. Evitar o contacto com os olhos.


Post em parceria com Paranix

Sem comentários:

Publicar um comentário

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis