Pub SAPO pushdown

E agora para algo completamente diferente: croquetes

quinta-feira, abril 07, 2016

Se eu tivesse de eleger o rei dos salgadinhos a vitória era atribuída ao croquete, mas assim a pontos largos do segundo classificado. Ah, e tal, mas então e as chamuças? Então e o belo rissol de camarão ou mesmo o de leitão (blhéc)? E o tão-nosso pastel de bacalhau? E a empada? E o folhado de salsicha? E, e, e...? Tudo muito certinho, reconheço a sua existência, em alguns casos reconheço até a sua qualidade, mas o croquete está para os salgados como o Eusébio está para o futebol. Não há comparação. Por um croquete já saí de casa (true story), por isso penso que está tudo dito. Aliás, quando dizem que a malta só vai aos eventos por causa dos croquetes, eu não consigo pensar num motivo melhor. Não vos consigo explicar muito bem o que é que faz de um croquete perfeito. Gosto muito dos da minha mãe, de preferência no dia seguinte. E também não gosto muito de croquetes quentes. E não podem ser enormes nem demasiado pequenos. E gosto dos que misturam carne com enchidos. E reparo agora que sou pessoa bastante criteriosa e opinativa no que toca a croquetes, nunca pensei que tivesse tanto aqui guardado para dizer sobre o assunto. Mas, cá por coisas, também quero saber o que vocês pensam sobre o tema "croquete" e suas características. Contem-me tudo, não me escondam nada. Afinal, o que é que faz um bom croquete? Para vocês, qual é o melhor de sempre? Onde é que ele vive? E que características tem? Conto com a vossa ajuda, croquetólicas anónimas.




201 comentários:

  1. Os melhores são os da minha mãe, claro, mas há um cantinho escondido no Mercado da Ribeira chamado Croqueteria (https://www.zomato.com/pt/grande-lisboa/croqueteria-cais-do-sodr%C3%A9-lisboa) que tem coisas deliciosas e originais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vinha falar na croqueteria, tão bom.

      Eliminar
  2. Graças a deus, não sou a única!O Califa em Benfica, a Versailles, o Gambrinus, o Tico-Tico em Alvalade, a Portugália da Almirante Reis. Não faço ideia o que têm de especial nem sequer sonho como se faz um croquete. Mas para mim estes são os melhores que já provei em Lisboa. Sou uma "croquetólica" assumida :)

    ResponderEliminar
  3. Eu gosto dos do Califa!

    ResponderEliminar
  4. Eu nunca comi um croquete caseiro, juro. Só daqueles congelados e nhek, não me convencem. Tenho de me aventurar a fazer a ver se mudo de ideias.
    E nunca percebi a cena dos croquetes em eventos! O que tem de chique comer fritos? LOOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se foram deliciosamente preparados e em formato mais delicado, por exemplo em formato de bolinhas, é muito bonito e muito saboroso!

      Eliminar
    2. Dos congelados, elejo os do Lidl.

      Eliminar
  5. Croquete não... mas aqueles rissóis de carne que me fazem sair de casa são os do Capa Negra, no Porto. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro croquetes, mas esses rissóis também me fazem sair de casa!!

      Eliminar
    2. Ou rissóis do My Palace... Mmmmmm...

      Eliminar
    3. Aiii os rissóis de camarão do capa negra!!!
      Rita

      Eliminar
  6. O croquete no Luiz da Rocha, em Beja. Esse siiiiimmmm.

    ResponderEliminar
  7. Os do Tico-Tico em Alvalade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto muito dos do Tico-Tico e às vezes compro para fritar em casa.

      Eliminar
    2. E onde se compra para fritar em casa?

      Eliminar
  8. Com este post ainda vai abrir uma croqueteria com preços de bradar aos céus! Adoro croquete e quanto mais noz moscada tiver, melhor!
    Pipoca nada a ver mas adorava ver te na capa da Cristina!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando já se vê bolinhos de bacalhaus (ou pastéis como lhes chama a Sul) na baixa de Lisboa a 3,5 euros...Enfim...

      Eliminar
  9. N posso ajudar... n gosto de croquetes... bleh e então no restaurante a origem do croquete é sabido ser do dia anterior.

    ResponderEliminar
  10. Os do jose avilez take away cascais

    ResponderEliminar
  11. Eu adoro (mesmo!) os do restaurante Tico Tico em Alvalade. O restaurante è caro mas nao ha quem faca melhor para mim <3. Isso e os tais do mercado da ribeira que tambem sao muito bons :)

    ResponderEliminar
  12. Cá pelo Porto, os croquetes de vitela da padaria Ribeiro são de comer e chorar por mais!

    ResponderEliminar
  13. Para mim os melhores croquetes são os do Espaço Alcina no Centro Comercial da Portela.
    (https://www.facebook.com/Espa%C3%A7o-Alcina-844752315616794/)
    São tão bons como os da mãe, da tia, da avó :)

    ResponderEliminar
  14. O do Talho, do chef Quico, de cozido à portuguesa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também ia falar nesses do Chef Kiko...

      Eliminar
    2. Não gosto! O Chefe Kiko, que me perdoe, mas croquete não é cozido!!

      Eliminar
  15. Aqui a esquisita prefere os croquetes feitos aqui por casa (assim como os rissois de carne, peixe ou legumes, pizzas ou massas quebrada e folhada).
    Sei como são feitos e o tipo de ingredientes.
    Fico sempre desconfiada com os croquetes de café, o tipo de carne utilizado, os óleos de fritar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, para quem respondeu daquela forma à comentadora dos pincéis de maquilhagem, parece-me que a Celia também tem umas quantas manias, não? Olhe que está ela por ela...

      Eliminar
    2. Esta opinião não é assim tão sem fundamento quanto isso... Eu adorava croquetes, e ainda adoro, mas o meu namorado é cozinheiro e já trabalhou eu vários restaurantes (de luxo, atenção) que quando tem cocktails e coisas assim fazem os croquetes com tudo quanto é sobra de carne, uma vez estava preparadíssima para atacar uma bandeja deles quando ele próprio me aconselhou que não os comesse... Desde aí fiquei um pouco paranóica porque se um sítio onde se come por cem euros a cabeça se fazem os croquetes assim, que dirá tascas e cafés e coisas do género. No entanto os meus preferidos são croquetes de queijo :) feitos em casa são garantidamente deliciosos!

      Eliminar
    3. Anónimo das 17:34, parece ser uma pessoa atenta. Tendo a Anónima razão e sendo mania, será uma mania minha, que não influencia ou prejudica terceiros. Abaixo do seu comentário tem outra opinião semelhante à minha.
      Na minha profissão sei de algumas situações que se passam nas cozinhas de muitos restaurantes e cafés, que se os clientes desconfiassem, não comiam lá jamais. O aproveitamento dos restos de comida é uma delas.
      Por via das dúvidas, há determinadas coisas que prefiro cozinhar e comer em casa.

      Eliminar
    4. Anónimo das 19:14, se calhar mais depressa come um croquete em condições na tasca do que num 5*.
      Tenho um chefe de cozinha aqui em casa que já estagiou em vários restaurantes nacionais e internacionais e é verdade verdadinha ;)

      Eliminar
    5. Claro que é só sua e não prejudica terceiros! E até compreendo.Não tenho nenhuma pretensão de mudar o seu comportamento ou opinião, nem ganho nada com isso.
      O meu comentário não deixou, no entanto, de ser exactamente no mesmo tom/sentido que aquele que a Célia dirigiu à anónima dos pincéis - mesmo que as duvidas por ela levantadas tenham sido legítimas e reveladoras de eventuais manias...só dela. Certo? :)

      Eliminar
    6. Nunca ouvi a ASAE a noticiar falcatrua nos croquetes do Tico-tico!

      Eliminar
    7. E qual é o problema de aproveitar restos? Se os restos estiverem em boas condições de serem consumidos, não vejo qual é o mal. Em vossa casa não aproveitam restos? Porque num restaurante deveria ser diferente? Melhor que desperdiçar comida e deitar fora. Se me disserem que é overpriced ir a um restaurante chique, pagar bem e comer croquetes feitos com restos, até posso concordar, mas em termos de saúde não estou a ver que mal tem essa prática.

      Eliminar
    8. Anónima das 00:40, quando falei sobre pincéis, não foi minha intenção colocar em causa a dúvida sobre a higiene dos mesmos. Foi simplesmente alertar para outras tantas coisas que tocamos e nem nos apercebemos no dia-a-dia. Por vezes, é quando nos centramos num só elemento, como foi o caso dos pincéis, que nos lembramos de tantos outros.

      Eliminar
    9. Célia, leio-a sempre nos comentários porque gosto das suas opiniões imparciais, críticas construtivas e pareceres bem fundamentados. Para além da visível boa educação. Tinha de o dizer.

      Eliminar
    10. Irrrrra...já chega com a história pinçeis/croquetes!!!
      Acrescento só uma coisinha para reflexão: desde que os "restos" como denominam, não sejam sobras de pratos servidos a clientes...mas sim sobras de carne/peixe, camarões(que perderam a cabeça na cozedura...),etc, ainda em perfeito estado de consumo, qual o mal de serem convertidos em croquetes, rissóis, pastéis e afins???
      É ou não louvável o combate ao desperdício alimentar?!?
      Na minha perspectiva, desde que em plenas condições, o aproveitamento traduz-se numa forma de boa gestão/otimização de "matérias primas" e de maximização de lucro das empresas de restauração!(:

      (Não sou profissional do sector), mas incomoda-me tanta esquisitice...num mundo onde tanta gente passa FOME, inclusivé à nossa volta!):


      Xarroquedaprofundurra

      Eliminar
    11. Obrigada pela simpatia Inês!

      Eliminar
    12. Se o namorado da comentadora acima a impediu de comer os croquetes, é porque me parece que os mesmos não serão só feitos de restos de travessa e, sim, de restos de pratos dos comensais... E mesmo que assim não seja, é esquisito pensar em carne que esteve numa mesa, rodeada da respiração de gente, perto de telemóveis que nunca são lavados, unhas, cabelos, ai!

      Eliminar
  16. Não gosto de croquetes ou então nunca comi "o" croquete.

    ResponderEliminar
  17. Ai Pipoca, o que foste fazer. Estou aqui já a salivar. Adoooooro croquetes. Cresci em Benfica e o Califa confirma-se. Um bom croquete é estaladiço, cremoso por dentro. Sou como tu: também os adoro frios mais do que quentes. Uma vez provei um croquete de alheira e era tão boooooooooooooom. Estou na Bélgica a viver e aqui os croquetes quase não tem carne por dentro... Fico com umas saudades dos de Portugal.
    Queroooooooooooooo!

    Ana

    ResponderEliminar
  18. Marisqueira Tico Tico em Alvalade, e restaurante Púcaro perto do guincho. OMG maravilhosos! (os do tico tico um bocado grandes de mais mas divinais)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como grandes de mais??
      São per-fei-tos! :))))))

      Eliminar
  19. Eu já não posso ver croquetes à frente! Sempre que há alguma comemoração, a minha família faz monteeeeees de salgados.. tantos que já enjoei hehe :)

    ResponderEliminar
  20. Pipoca, quando vieres ao Norte, mais concretamente a Moledo vai comer os croquetes do Palma, que tem um arroz de tomate fantastico a acompanhar. Há gente que abala do Porto e até mais longe para comer a iguaria. Confirme quem conhece!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confirmadíssimo!!!

      Eliminar
    2. Ai que saudades de Moledo! Do croquete com mostarda e um "fino" fresquinho! Agora, só lá para Julho ou Agosto!

      Eliminar
    3. confirmadíssimo! Foi o meu almoço sábado de Carnaval :)

      Eliminar
    4. Verdade, verdadinha.

      Eliminar
  21. Tem de andar uns quilómetros para ir a Estremoz mas garanto-lhe que n'O Gadanha encontra os melhores croquetes.
    Quando uma amiga minha mandou vir croquetes de entrada pensei "credo, não vim de tão longe para comer croquetes" e mandei vir uns camarões fritos.
    Mas tanta gente começou a gabar os croquetes que tive de pedir para provar.
    E pronto... é isso... fiz figurinha de parva :)

    ResponderEliminar
  22. Eu é mais rissóis. Rissóis de Marisco no Capa Negra no Porto (os de carne também têm muita fama mas prefiro de marisco). Obrigatoriamente quentes, são uma coisa indescritível, de tão boa.

    Bem...volto já...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tb gosto, e sao enormesss

      Eliminar
  23. Concordo! O croquete é mesmo o rei dos salgadinhos.
    Os melhores são os da minha madrinha, à venda no talho cá da terrinha.
    São médios e nada gordurosos. Aliás, ficam excelentes no forno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só falta o nome do talho e a morada...

      Eliminar
  24. Os do Tico-tico em Alvalade :)

    ResponderEliminar
  25. eu croquetófila me confesso! Gosto dos da Sacolinha aqui em Cascais, sobretudo quando estão acabados de fritar uhmmmmmm uma perdição.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não! Muito temperados, dão-me azia e volta ao estômago!

      Eliminar
  26. Os melhores de Lisboa: na Versalhes!

    ResponderEliminar
  27. Humm, confesso-me mais fã de rissóis.
    Mas no mercado da ribeira há croquetes deliciosos.

    ResponderEliminar
  28. Adoro, de preferência os que rebentam :D

    ResponderEliminar
  29. Croquetes de por no forno do Continente!!!! ADORO!!!!!! Têm la qualquer coisa que faz deles muuuito bons (de Croqueteira para Croqueteira).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já provei e não sabem a nada :/

      Eliminar
    2. Ainda hoje comi ao jantar e jurei para nunca mais comprar disso

      Eliminar
    3. Lidl é que é.

      Eliminar
    4. São horríveis de insípidos!

      Eliminar
  30. Eu "croqueteaólica me assumo"....não será o melhor mas é muito bom mesmo, o croquete da Pastelaria LINO em Almada a caminho do Cristo Rei. Sou fã! Tem carninha e é suculento sem ser gorduroso..Os do Tico Tico também ....mas já não vou com tanta frequência.

    ResponderEliminar
  31. Os de cozido à portuguesa, n'O Talho. Obrigatóriosssss!!!!

    ResponderEliminar
  32. Pipoca os da confeitaria do Marquês, na Av. da Liberdade.

    ResponderEliminar
  33. Croquete de batata com cebolinho, feito no forno e não na fritadeira. É a loucura!

    ResponderEliminar
  34. Os melhores, os super croquetes, os de babar, são os do Dez para a Uma (Castil e Campo de Ourique), melhor são fritos e depois congelados, em casa é só preciso colocar no forno e ficam óptimos. Claramente destornaram os da Versailles. Mas há coisas que não se explicam, provam-se :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Shhhhh!! O dez pra uma é o segredo mais bem guardado da cidade, nada de publicidade, vamos guarda lo só para nós ;)

      Eliminar
  35. Sou só eu que adoro rissóis mistos? xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hey! Que é isso? Queijo e fiambre? Isso é uma "sandes"

      Eliminar
    2. Eu. ;)
      Adoro rissóis mistos e bolinhos de bacalhau. E panadinhos e polvo panado. E croquetes (do Pérola em Barcelos).
      Sou uma salgadona. eheheheh

      Eliminar
  36. De facto os do Tico-Tico em Alvalade são óptimos, mas os do Tabuleiro no Centro Comercial da Portela, para mim, levam a taça! Maravilhosos. E bem, já que se está na Portela, também se pode passar no Tarik e comer um croissant com chocolate ;)

    ResponderEliminar
  37. Croquetes de atum! Têm um sabor exótico mas bastante agradável. Mas também gosto muito dos "originais" de carne e enchidos! Aliás, sou perdida por qualquer (bom) salgadinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca comi croquetes de atum mas graças a isto tive de ir fazê-los para o jantar :P Estava mesmo a precisar de ideias novas!

      Eliminar
    2. Ah! E a receita? Vá...

      Eliminar
    3. Inês, eu fiz esta que foi logo a primeira que apareceu :)

      http://www.saborintenso.com/f17/croquetes-atum-13572/

      Eliminar
    4. IS, está a brincar!! Eu usos sempre a Neuza do Sabor Intenso quando quero ter alguma receita. As receitas dela ficam sempre bem! Vou fazer! Obg, Inês

      Eliminar
    5. Eu por acaso não conhecia mas a partir de agora vou seguir mais atentamente o site, então! :P

      Eliminar
  38. Eu sou mais pelo rissol, mas também não digo que não a um croquete. Para mim tem que ser caseiro, ter muita salsa e ser feito no forno (não gosto do sabor do óleo).

    ResponderEliminar
  39. Ora cá está alguem que pensa como eu... Os croquetes são sem sombra de dúvidas o meu salgadinho preferido... Arranjar um que seja realmente jeitoso é quase uma tarefa tão impossivel como arranjar um bom marido... Há aqueles que são saborosos mas são grudentos, há os que têm uma textura impecavel mas falta-lhes tempero. há aqueles ainda com sabor estranho. O melhor croquete é aquele que tem uma camada crocante por fora e uma textura não grudenta por dentro, são aqueles que têm um lavo trago picante sem cair no exagero... Aqui na Zona do Porto são raros os sitios que apanho um bom croquete... já comi uns quantos mas não sei dizer onde.... NO entanto lembro-me perfeitamente das coisas mais estranhas que vi que envolvem croquetes... Alguem a comer um croquete com um café... Combinação dramática....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Croquete com pão e um café com leite... uma química deliciosa... ah e os meus croquetes tem a consistencia e o estaladiço por fora...

      Eliminar
    2. Um bom croquete ou rissol é excelentemente acompanhado por café. Eu adoro comer estes salgadinhos e beber uma "bica".

      Eliminar
    3. Helena, nem mais!

      Eliminar
  40. Entendo que te referes aos croquetes ao estilo português, mas mesmo assim vou acrescentar uma sugestão internacional... de uma cidade onde já viveste, Madrid! Os meus croquetes favoritos são mesmo os espanhóis, cheios de bechamel <3

    No restaurante La Gastrocroquetería de Chema (http://www.gastrocroqueteria.com/) fazem-nos não só de presunto, bacalhau e outros ingredientes tradicionais mas também de queijo com tomate e azeitonas, legumes com queijo de cabra, sépia, caril, cachorro quente... Tudo ótimo! Um sítio a visitar numa das tuas próximas viagens :)

    Margarida
    http://www.portabagagem.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os croquetes e as alcachofras!!! Que delicia!!! Nunca falho!!

      Eliminar
  41. Pastelaria orion, perto do adamastor!!

    ResponderEliminar
  42. Também sou uma verdadeira fã de croquetes. Nunca experimentei em muitos sítios, mas como uns no ISEG que adoro, são grandes e mesmo bons! Também gosto muito mais quando estão frios :)

    ResponderEliminar
  43. Pastelaria Rendez Vous, em S.J.Estoril

    ResponderEliminar
  44. Eu soi daquelas que acho sempre que esse tipo de salgadinhos nos restaurantes sao feito de sobras lol

    ResponderEliminar
  45. Também adoro croquetes!!!! Na Hamburgueria Hã em Carnaxide também há uns croquetes divinais servidos com mostarda (os tapa buracos.
    Gosto muito....

    ResponderEliminar
  46. Já comi muito croquete nesta vida... Mas os melhores são, sem dúvida, os da minha mãe! :)

    ResponderEliminar
  47. Califa e tico tico!

    ResponderEliminar
  48. Pipoca, aceitas opiniões de croquetólicos também, certo?!
    A minha dica secreta, agora tornada pública perante todos os teus trolls, é que à carne se deve juntar uma pitadinha de soja. Yep!
    Experimentem e verão a diferença. Aqui ficam os meus cinco cêntimos (devidos à minha bisavó, que me confessou o seu segredo).

    ResponderEliminar
  49. tico tico!! adoro ir lá comprar e levar para o jantar, só com salada para dar uma de saudável.

    ResponderEliminar
  50. Aqui por Coimbra os da Vasco da Gama!

    ResponderEliminar
  51. Acabei de ir ao café comer dois croquetes:)

    ResponderEliminar
  52. Restautante "Palma" em modelo :)
    Os melhores croquetes com arroz de tomate :)

    ResponderEliminar
  53. Em destacadíssimo primeiro lugar estão os croquetes do Jockey (Hipódromo do Campo Grande que se vê da 2ª circular). Seguramente o melhor croquete de todó mundo, quiçá de Lisboa!
    :)
    Vai por mim que eu não te enganava num assunto sério como este!

    ResponderEliminar
  54. Eu cá adoro croquetes de frango com um toque de chouriço. Bem sequinhos e pouco gordurosos. Se forem feitos com sobras de frango de churrasco ainda melhor. E gosto deles quentinhos, acabados de fritar. Mas frios também marcham. E delícias das delícias: sandes de croquete! :P

    ResponderEliminar
  55. É incrível como a partir de um tema tão básico consegues escrever um texto enorme, original e divertido. Parabéns ;)

    http://flylikeaballerina.blogspot.com.pt/

    ResponderEliminar
  56. Em caldas da rainha e na Padaria do Beco. Alias tudo o que sai dali desde o pao aos bolos e os salgados... uiii meus amigos os salgados sao de morrer. Mas sao mesmo o dificil e escolher.
    Tirando isso os da minha ex sogra...

    ResponderEliminar
  57. Califa, sem dúvida!

    ResponderEliminar
  58. Tudo bem com os croquetes, mas podias escrever sobre as palavras do nosso "querido" ministro João Soares...

    ResponderEliminar
  59. Os da estação de serviço da Mealhada são divinais!

    ResponderEliminar
  60. Ai ai a minha perdição! Os melhores de sempre: Os do Gambrinus

    ResponderEliminar
  61. O melhor croquete de Lisboa está no adorável Café do Paço.

    ResponderEliminar
  62. Croquetes de toiro bravo no 'Ao Balcão' em Santarém. :)

    ResponderEliminar
  63. Como é que é possível? Ando há 39 anos a sentir em silêncio a paixão por rissóis e afinal... NÂO SOU A ÚNICA!!!... Claro que prefiro os da minha mãe!

    ResponderEliminar
  64. Ninguém pode dizer que comeu um bom croquete, até provar os croquetes de vitela da Magloca, na Lapa.
    Nem croqueteria, nem califa, nem Zinia nem nada.

    ResponderEliminar
  65. Se ainda não experimentaste (o que duvido muito) tens de experimentas as croquetes de alheira e queijo no Honorato!!!! umas bolinhas deliciosas que levam-nos para o céu em 3 trincas!

    ResponderEliminar
  66. Não consigo descrever a fome e o desejo de comer um croquete com que fiquei depois de ler isto!!!

    ResponderEliminar
  67. Ora aqui está um post sobre alimentos, que apesar de calóricos...me dizem muitoooo!
    Qual doçaria, qual quê! Salgadinhos é que eu gosto, mas com conta peso e medida, sejam croquetes, empadas, pastéis de massa tenra ou de bacalhau,rissóis... com recheio de carne(misturada ou não com enchidos, legumes...), peixe ou marisco...é tudo maravilhoso, acompanhado com uma bela salada... desde que fresco, estaladiço, e o recheio com consistência cremosa!
    Relativamente a rissóis de camarão e berbigão, estes espécimes devem ser encontrados...no meio cremoso, inteirinhos e "estaladiços"!
    Também adooooro crepes de legumes e chamuças(estas com muita moderação...pois tendem em a ser muito oleosas)!
    Concordo com os locais(Benfica/Alvalade) "emblemáticos de Lx" de venda e degustação desses manjares, sinceramente recuso-me a indicar onde são melhores!(:

    MDM

    ResponderEliminar
  68. Por acaso são, provavelmente, os últimos salgados no meu top salgadinhos. Talvez nunca comi uns croquetes de carne a sério, mas acho-os sempre demasiado secos. Adoro chamuças e rissóis de camarão. Acho que estes é que são os meus eleitos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. D. se quiser provar os meus, com certeza você irá mudar de opinião em relação a ser seco.

      Eliminar
  69. No Porto sem dúvida os da Padaria Ribeiro! Nem muito grandes nem muito pequenos, gordinhos, tenros e saborosos! Os melhores :)

    ResponderEliminar
  70. Restaurante Palma!
    De comer e chorar por mais com o arrozinho de tomate.
    E para completar, uma bela vista sobre o mar

    ResponderEliminar
  71. Sem ser os da minha mãe, para mim top dos tops, os melhores são os do Gambrinus, em Lisboa, e os croquetes do Mu - Rosbife aos Molhos, no Mercado de Cascais - simplesmente divinais!!!

    ResponderEliminar
  72. Os melhores sem duvida são os meus, receita da minha mãe, mas dá muito trabalhinho, quando faço, faço muitos e depois tenho de mandar caixinhas para casa dos meus filhos, e sim são maravilhosos. Agora abriram-me o apetite para um dos meus, mas não tenho nenhum o ultimo já foi há semanas, pronto Pipoca já tenho programa para o fim de semana, obrigada

    ResponderEliminar
  73. Os melhores croquetes para mim são do Espaço Alcina no Centro Comercial da Portela:

    https://www.facebook.com/Espa%C3%A7o-Alcina-844752315616794/

    ResponderEliminar
  74. Califa, sem sombra de dúvidas

    ResponderEliminar
  75. Adoro croquetes prefiro mil vezes ao rissois de carne... Prefiro quentinhos e crocantes. Adoro os da confeitaria Império na rua de Santa Catarina na minha cidade, Porto. Nas festinhas vale tudo para açambarcar os croquetes...não sei porquê são sempre menos que os rissóis... Pouco justo para nós apreciadores. E festa sem croquete não é festa, e mesmo que eclética chique e de nível digamos que "mais à frente" podem sempre surgir interpretações bonitas do mesmo, criatividade não falta aos nossos chefes de cozinha, até eu fiz uns avant-garde noutro dia, de alheira com maionese de marmelada receita de uma blogger que sigo neste universo culinário.

    ResponderEliminar
  76. Restaurante Dona Júlia, Falperra -Braga. The best.

    Catarina

    ResponderEliminar
  77. Maria Tarrinha07 abril, 2016 18:15

    Já provei inúmeros e os melhores de sempre continuam a ser os croquetes da Latina, pastelaria em Aveiro!

    ResponderEliminar
  78. Posso vos dizer que os melhores croquetes que já comi alguma vez são os feitos aqui em Azeitão, lógico na minha casa. Há uns quantos segredos, desde um bom béchamel,pão torrado, um bom refogado, enchidos de qualidade superior, a farinha de pão para panar, e principalmente a qualidade e o método empregue para assar a carne que irá compor este "alimento dos Deuses"... Sim, também sou maluca por croquetes, também gosto de comê-los de morno para frio (é quando sentimos a química que se forma na boca com a junção de todos os ingredientes que são perfeitamente coordenados para que resulte nesta sensação). Ah é o formato tabém auxilia no paladar, não os uso na forma convencional. Uso-o em bolinhas o que lhe confere mais sabor e um charme especial quando os servimos como entradas nos jantares cá em casa... Se quiserem os ver, podem ir até a minha página no facebook Amar Portugal Gastronomia e fazer uma busca por croquetes e ver aquelas imagens tentadoras... Se a "Pipoca mais Doce" quiser provar, terei todo gosto em levar uma dose para si!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também prefiro em bolinhas.

      E, pelos vistos ao contrário de tantas pessoas, não acho particular graça aos da Versailles. São bons, mas já comi muito melhores.

      Eliminar
  79. o bom croquete é do Califa, em Benfica :)

    ResponderEliminar
  80. croquetes, croquetes, croquetes all over the world

    ResponderEliminar
  81. Na minha faculdade, é um produto muito popular para acompanhar o almoço. Quase choro quando saio mais tarde das aulas e chego ao bar e já não há croquetes :(

    ResponderEliminar
  82. O melhor croquete para mim são os do Restaurante o Barracão, no Paúl, Torres Vedras..quentinhos então hummmm

    ResponderEliminar
  83. Eu gosto de croquetes,pasteis de chaves,rissóis e empadas...é o meu problema,adoro essas porcarias todas! Mas o que gosto mesmo e que me faz salivar só de pensar são os pasteis de massa tenra e um sumo de melão do frutalmeidas na Av.de Roma...Hhummmmm

    ResponderEliminar
  84. Sou uma grande fã de croquetes, mas ironicamente não sei opinar sobre o assunto! Primeiro, já não como croquetes há IMENSO tempo. Segundo, quando como não penso medito muito sobre o assunto, apenas desfruto e pronto :P
    Mas, se na altura de comer os dito cujos me perguntarem o que acho deles, muito provavelmente vou ter opinião mais ou menos formada. Tipo, "falta sal", "tem sal a mais", "está demasiado mole", "não sabe a nada"... Opiniões destas, nada profissionais mas é o que consigo.
    Ah, também adoro os croquetes em formato "bolinha"!

    ResponderEliminar
  85. https://www.youtube.com/watch?v=LwN9_bOuK3A não és a única louca por croquetes pipoca, o PZ até tem uma música para eles ;)

    ResponderEliminar
  86. Croquetes de Sushi! Yummy!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não serão antes, os tradicionais, bolinhos de arroz?

      Eliminar
  87. Confeitaria Nacional são os melhores de Lisboa.

    ResponderEliminar
  88. Os croquetes do sr. João em São Pedro de Moel! Uma delicia!

    ResponderEliminar
  89. Adoro croquetes! Para mim os melhores são os de uma pastelaria no Cacém, a Jardim Sol. São feitos lá e de comer e chorar por mais!!!

    ResponderEliminar
  90. Califa califa califa!!!! Quentes ou frios são sem dúvida os melhores!!!

    ResponderEliminar
  91. Para mim, os melhores são os da Pastelaria Garrett do Estoril! :)

    ResponderEliminar
  92. Eu sou mais do clube do rissol!
    Beijinhos,
    Aline

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também faço parte do clube do rissol. E das pastaniscas, mas aí sou muito exigente!

      Eliminar
  93. Gostei tanto de ler este post! Estive com um sorriso na cara o tempo todo ahah!
    Gosto imenso de croquetes, yum!

    Beijinhos, Beatriz ♥
    http://beatriz-pedrosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  94. Não há duvida!! São os do Tico Tico, em Alvalade...uhm uma delícia!!

    ResponderEliminar
  95. Não sou nada fã de croquetes, mas é porque carnes picadas não é comigo! Eu sei lá o que p'ra ali vai! Faz-me mesmo uma certa espécie... Se for caseira ainda me atrevo, senão... sou mais rissol de camarão!!!

    ResponderEliminar
  96. Croquetes no Ciudad Condal, em Barcelona. Bem diferentes dos de Portugal, mas deliciosos. Em Portugal eu é mais rissóis (quentinhos) do Galiza, no Porto

    ResponderEliminar
  97. O Caseiro em Sesimbra! Nada como voltar da praia com uma certa larica e passar no Caseiro para comer um daqueles croquetes especiais...recomendo :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São realmente bons, e equivalentes aos lisboetas de Benfica(califa) e Alvalade(T.T)...aliás, o que não falta no Caseiro, são iguarias salgadas e doces...para os fãs!
      Tambem recomendo :-)

      MDM

      Eliminar
  98. Croquetes bons mas bons e no Wine Not? no Chiado! São caseiros e boooons!!
    Aconselho!!

    ResponderEliminar
  99. Não há croquete tão TOP TOP TOP como os da Pastelaria Califa. Recheio maravilhoso e sempre sempre quentinhos porque é um best seller ;)

    ResponderEliminar
  100. Para vegetarianos:
    Croquetes de espinafres do "Gula's - Kitchen Lovers" no Saldanha, são tão bons!!

    ResponderEliminar
  101. Ai os croquetes!!! os melhores croquetes vivem em vários pontos da cidade do Porto, mas partem da sua residência em Valbom, Gondomar mais propriamente da DEFRITAR.

    A carne usada bem como os enchidos são picados cá na fabrica, não deixamos isso nas mãos de ninguém (temos de saber o que contar) e tanto não deixamos nas mãos de ninguém que não é nenhuma maquina que os faz mas sim uma única pessoa!!

    Tem de experimentar dos nossos. Pode ver a foto em www.defritar.com

    ResponderEliminar
  102. Saudades dos croquetes da minha avó.
    (E saudades da minha avó. Tantas.)

    ResponderEliminar
  103. E agora... quem se atreve a postar a melhor receita de croquetes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é que era!

      Eliminar
    2. Eu não tenho a receita, mas já comi uns divinos, feitos com carne de frango, açafrão, caril e coentros, uma espécie de "chamuça" em formato de croquete picante! Maravilhosos!

      Eliminar
  104. Não sou fã de croquetes, pelo menos dos que são servidos nos cafés e restaurantes... Não consigo deixar de pensar no que estará para já triturado (restos de carnes duvidosas, de outros pasteis, de enchidos já cozinhados é que dobraram...) enfim, já ouvi de tudo.
    Gosto dos da mamae��

    ResponderEliminar
  105. Os melhores mesmo são os da DEFRITAR . Recomendo

    ResponderEliminar
  106. Os melhores croquetes são da Versailles, também há no aeroporto, são mesmo bons!!

    ResponderEliminar
  107. Para mim em 1º lugar estão mesmo os bolos de bacalhau (ou pastéis de bacalhau). Em 2º os rissóis de peixe e em 3º aí sim, os croquetes! Na Pastelaria Rosa em Tomar qualquer um deles é uma delícia! ;)

    ResponderEliminar
  108. Restaurante Ó BALCÃO - SANTARÉM. Croquetes de toiro bravo, DELICIOSOS!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  109. http://www.sabado.pt/gps/detalhe/quem_ve_caras_nao_ve_recheios.html

    ResponderEliminar
  110. Eu gosto de salgados no geral. Não é algo que inclua na minha alimentação com frequência, mas confesso que gosto bastante de chamuças e daqueles rolinhos de queijo e fiambre.
    E claro, também sou fã dos croquetes de alheira feitos por uma menina em particular que a 'Pipoca' bem conhece, e que organizou há pouco tempo uma festa para o seu príncipe. ;)

    ResponderEliminar
  111. Nunca hei-de comer uns tão bons como os croquetes que o café Pigalle na Amadora fazia há uns 15/20 anos atrás!
    Ainda hoje tenho esse sabor na memória... humm...

    ResponderEliminar
  112. Nenhum croquete bate os croquetes caseiros feitos pela minha avó e pela minha mãe. Os melhores de todo o sempre: com várias carnes e enchidos! Mas, recentemente, morri de amores pelos croquetes espanhóis - em visita à Corunha são obrigatórios! Aqui em Lisboa, recomendo os croquetes do Gutsy (em Carcavelos) são muito muito bons

    ResponderEliminar
  113. Para mim os da Califa (Benfica), de longe... :-)

    ResponderEliminar
  114. A-CA-BOU!
    158 comentarios depois, venho eu dizer o que já foi dito e reforçar o que é óbvio:
    OS CROQUETES DO TICO-TICO SÃO A MELHOR COISA DO MUNDO, ASSIM PARA LÁ DO ESPAÇO E DO TEMPO E DA IMPERIAL FRESQUÍSSIMA A ACOMPANHÁ-LOS AO BALCÃO.
    Além disso, os empregados não julgam uma louca que aparece lá de vez em quando sozinha para comer dois croquetes, beber um copo e fazer scroll no facebook descansada. Usei caixa alta para me fazer ouvir acima dos 158 comentários :)))))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente de acordo! Os do Tico-Tico são fantásticos.

      Eliminar
  115. São os da Confeitaria Ribeiro em Matosinhos, da Petulia no Porto.

    ResponderEliminar
  116. Ana, três palavras: Mãe da Bá!
    Eu explico: a Bá é uma amiga minha, cá de Braga, cuja Mãe faz uns croquetes maravilhosos, com queijo entre a carnicha e a massa. E não, não são um flop como os pastéis de bacalhau com queijo da serra, são só a melhor coisa que existe a seguir à Coca Cola! :p

    ResponderEliminar
  117. Os melhores são os do Pingo Doce. Olha estas delicias que estavam há tempos à venda no Pingo Doce: http://i65.tinypic.com/177iuc.jpg

    ResponderEliminar
  118. Croquetes de morcela do Páteo do Petisco em Cascais. Não são os melhores mas são bons e queria dar o meu contributo. Ahah

    ResponderEliminar
  119. Os do Califa (Benfica) e os da Garrett (Estoril) são os melhores!!!

    ResponderEliminar
  120. Na zona Centro, Leiria: Restaurante Montecarlo, mais conhecido por SALVADOR! Ao balcão, com uma imperial a acompanhar! Tenho dito!

    ResponderEliminar
  121. Croquetes da magloca, na rua Ricardo Espírito Santo!!!!!!

    ResponderEliminar
  122. Croquetes de cozido do Talho....de comer e chorar por mais!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  123. Pipocaaaaaaaaa obrigatorio ires a cervejaria Bogota na Amadora onde têm os melhores croquetes do mundo caseiros e deliciosos...ao lado do hotel Amadora Palace Hotel.

    ResponderEliminar
  124. Aiiii! E eu esfomeada neste momento.
    Não se faz!

    Mónica Rodrigues dos Santos
    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  125. Califa em benfica e o Prontinho em alvalade! Prova pipoca e diga de sua justica ��

    ResponderEliminar
  126. Neste momento não sei, tirando os da minha sogra ;). Mas percebo bem a ligação ao croquete. Quando tinha 11 anos tive que tomar antibiótico vários dias e a minha mãe tinha que me acordar por volta da uma da manhã para fazer as horas certas (coisas dos anos 80). O médico recomendou que eu comesse qualquer coisa para não tomar aquilo sem nada no estômago. E a única maneira de me convencerem a comer depois de me acordarem estremunhada à uma da manhã foi com croquetes :).

    ResponderEliminar
  127. Taberna Manduka perto do campo pequeno, com croquetes de todo o tipo

    ResponderEliminar
  128. Eu cá detesto croquetes. Já comi caseiros, em restaurantes, em tascas, em casa de amigos, pré-feitos, etc etc etc e ainda não comi 1 único que gostasse.

    ResponderEliminar
  129. Os melhores para mim são os da minha tia e os do gambrinus acho que tou viciado...como a meia duzia...

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis