Pub SAPO pushdown

É preciso falar disto #20: mulheres bonitas na bola

sexta-feira, julho 13, 2018

Todos nós que assistimos a futebol na televisão já reparámos que há uma certa tendência para a câmara se deter mais tempo em mulheres bonitas e/ou gostosas. Acontece no campeonato nacional, nas ligas estrangeiras, basicamente em todo o lado. Não querendo generalizar mas já generalizando, diria que isto acontece porque o grosso dos operadores de câmara são homens e que perante um bom par de mamas olhos, esquecem momentaneamente o seu trabalho e demoram-se mais na imagem do que o suposto. E, claro, o Mundial da Rússia não foi excepção, isto também aconteceu. Mas, ao que parece, aconteceu em excesso, porque houve umas quantas queixas relacionadas com a quantidade de mulheres bonitas que nos entraram pelos ecrãs. Vai daí, a FIFA reuniu com os directores televisivos de uma data de canais mundiais e pediu-lhes, encarecidamente, que fossem mais comedidos na captação de imagens de mulheres bonitas.

Ora bem, enquanto espectadora, eu gosto de ver de tudo. Gosto de
ver pessoas nas bancadas, a viverem a festa do futebol. Homens e mulheres, novos e velhos. Fazem todos parte do espectáculo. Podendo escolher,  claro que preferia ver homens gostosões do que os trambolhos das claques que acham que é fixe estar de tronco nu em Janeiro a exibir as suas barrigas de Sagres. E, sim, também gosto de ver mulheres bonitas. Por isso, esta "recomendação" da FIFA deixa-me assim a modos que preocupada. Além de que é - não existe outra palavra- estúpida.

Para começo de conversa, quem é que vai definir o que é ou não uma mulher atraente? Vão fazer um regulamento? Vão lá pela cor dos olhos? Pela quantidade de mama que tem à vista? Pelo tipo de roupa? Portanto, segundo esta lógica, qualquer mulher que arrisque ir de top e mini-saia, está automaticamente eliminada. Sacana, a pôr-se a jeito para ser filmada e pôr em causa a paz conjugal nos lares que só querem assistir a uma partida de futebol em sossego. Por outro lado, se as bonitas estão fora do baralho, isso significa que as que filmarem a partir de agora podem ser consideradas... um trambolho? Tipo "filma lá essa a quem falta um dentinho maroto, que de certeza que não vai dar chatices e ninguém se vai queixar".

Percebo agora porque é que, indo praticamente todos os fins-de-semana à bola, nunca apareci na televisão: não sou suficientemente boa. Mas agora também vou estar sempre com medo de aparecer, não seria bom sinal. É como se os câmaras andassem à caça de malta feia e dissessem "alerta pessoal, está ali uma feiosa no terceiro anel". Nunca mais vou estar descansada no estádio, que desassossego. 

Nestes campeonatos de grande dimensão é mais do que normal a malta ir vestida (ou despida) assim de forma mais exótica. Há quem leve os trajes típicos do seu país, quem pinte o corpo todo, homens vestidos de mulheres, mulheres vestidas de homens, pessoas vestidas de bichos, gente com acessórios estranhos e... miúdas com decotes até à linha de meio-campo. Não me batam pelo que vou dizer (nem rebatam com argumentos como "isso é o mesmo que dizeres que quem usa uma saia curta está a pedir para ser violado"), mas eu acho que muitas delas o fazem já numa tentativa de ter os seus cinco segundos de fama televisiva ou figurarem nos tops de adeptas mais jeitosas. E isso tem algum mal? Nenhum, a meu ver. Também me podem dizer que o facto de irem mais descascadas não quer dizer que queiram aparecer na televisão para todo o mundo ver. Verdade, podem mesmo não querer. Mas isso, meus amigos, faz parte das regras, qualquer pessoa que vá a um estádio sabe que pode acontecer, mesmo que vá tapada até às orelhas. E aí ou a FIFA impede a emissão de imagens de todo e qualquer adepto, para que ninguém se sinta melindrado, ou então incorre neste perigo que é fazer triagens sem grande sentido. Tirar as mulheres bonitas do ar não encerra, em si mesmo, outro tipo de preconceito? Já agora, gostava também de saber de quem partiram estas alegadas queixas. De homens? De mulheres? Das visadas? É que isso ajudava a perceber algumas coisinhas.

Sinceramente, parece-me tudo um grande exagero. Mas, lá está, repito, isto sou eu, que acho que os espectadores também fazem parte da festa e que gosto de ver a malta nas bancadas, assim em geral. Mais do que tirarem as mulheres bonitas do ar, sugiro apenas que, por uma questão de equidade, dêem mais tempo de antena a homens giros. Até me voluntario para fazer esse trabalho, ir para os estádios identificar os gatos-mais-gatos. Iam ver se as audiências femininas não subiam num instante.


54 comentários:

  1. É um exagero, é ir do 8 ao 80.
    Agora não se pode mostrar nada que é atentado ao pudor, assédio, exploração da imagem da mulher.
    Não se pode lançar um piropo, que é assédio; não se pode cortejar, que é assédio...caredo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo o comentário, mas há diferenças entre piropo e assédio. Eu não quero receber um piropo de um estranho na rua, isso para mim não é "cortejar", é so rude e coloca-me numa posição horrível.

      Eliminar
    2. Um piropo de um estranho é assédio. Eu não quero receber comentários de gajos estranhos no meio da rua. NÃO QUERO! E eu até evito passar por aglomerados de homens com ar de quem vai dizer merda.

      Eliminar
    3. A Questão é de quem vem o piropo, se for do rapaz giro, bem parecido...até se esboça um sorriso , mas se for do homem da obra...córror... ah tretas e sinismos..

      Eliminar
    4. A imagem em cima , foi captada por chamar a atenção , se estivesse o mesmo num barrigudo acredito que filmassem tbm..
      kker dia estamos a ir a praia como nos anos 20... meu deus..

      Eliminar
    5. Anónimo das 12:21...
      Para mim bem que podia vir um Brad Pitt mandar-me boquinhas na rua que me deixaria desconfortavel. Não quero que um estranho, seja bonito ou feio, se ache no direito de opinar sobre o meu aspeto ou o que gostaria de fazer comigo. Isso é assédio, independentemente da fonte.

      Eliminar
    6. Anónima das 12:21, é um erro crasso julgar os outros pela nossa bitola. Para mim um homem que me assedie verbalmente, mesmo que seja lindo, é automaticamente um bronco e alguém que não respeita as mulheres.

      Eliminar
    7. Exatamente! Quero lá saber se é feio ou gordo ou giro e gostosão. NÃO QUERO SER ALVO DE COMENTÁRIOS NA RUA OU ONDE FOR.

      Eliminar
    8. Completamente de acordo com o/a SF.

      Eliminar
    9. Tanto vale que seja lindo ou feio, ou até mesmo o Brad Pitt ou o George Cloney...que nós não queremos piropos na rua. Esta mulherada deve mesmo julgar que nós os homens acreditamos em qualquer treta.

      Eliminar
    10. Anónimo das 22:25, é muito baixo escolher não acreditar no que lhe dizem para poder continuar tranquilamente a defender ou praticar atos que não têm desculpa. É a mesma mentalidade dos homens que acham que se uma mulher diz que não, ela na verdade quer dizer que sim.

      Eliminar
    11. Anónima das 10:31, mas então sejam convincentes. Sejam honestas e verdadeiras. Não se coloquem a jeito de parecerem ridículas. Não digam "tanto vale que seja lindo ou feio, o Brad Pitt ou o George Cloney, que eu cá não gosto e fico desconfortável" porque nenhuma boa alma consegue acreditar nisso. E digo-lhe mais. Consegue imaginar um mundo onde as mulheres conseguem passar despercebidas sem receber nenhum piropo na rua? Pois eu consigo imaginar, e, nessa minha "fantasia", todas as mulheres são feias ou tem um aspecto masculino. Cuidado com aquilo que as mulheres desejam porque um dia podem ter o azar de ver tudo isso realizar-se...

      Eliminar
    12. A sério que todas se sentem assim tao incomodadas por receberem um piropo na rua? Mesmo? É só um piropo senhoras, não vos caiu um raio na cabeça! Só tem a importância que se lhe dá (aparentemente, demasiada)! Quem nunca esboçou um sorriso por ouvir um belo e criativo piropo, viesse ele da boca do feio ou do bonito? Jasus, nem tanto ao mar, nem tanto à terra!

      Eliminar
  2. Estamos a entrar numa era em que tudo tornou-se pretexto para exaltar a indignação feminista. A Câmara da Tv dedica 99% do seu tempo a filmar os jogadores e treinadores dentro do relvado mas basta dedicar 1% a mostrar rostos femininos bonitos na bancada e pimba...arma-se logo um 31. Que saudades do tempo em que as mulheres só gostavam de novelas e odiavam o futebol...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ew, eu não li isto.

      Eliminar
    2. Txi que comentário de cocó.
      É taõ mau tão mau que só merece mesmo este: txi!

      Eliminar
    3. Que saudades em que homens não eram uns grandes palhaços!!!

      Eliminar
    4. Anónimo 15h05, será que foram os "tempos em que homens não eram uns grandes palhaços" que levaram à libertação social da mulher e à criação de tantos movimentos feministas como os existentes nos dias de hoje?
      Se não sabe o que dizer, esteja calada. Simples.

      Eliminar
    5. Concordo em absoluto com o anónimo 10:58. Antigamente havia homens e mulheres no planeta, hoje só há "machistas" e "feministas".

      Eliminar
    6. Anónimo(22:18), a famosa moda do feminismo. Sim, desde o "Sexo e a cidade" que ela tornou-se uma praga terrível entre nós. XD

      Eliminar
  3. Bom dia!
    Não sei se foi o caso neste Mundial...Mas considero que o problema são os close-ups ou seja, filmarem no geral ou até especificamente alguém bonito não me parece problemático a questão é quando de repente a imagem principal no nosso televisor é um par de mamas (por exemplo) que se vai afastando para o quadro geral... Acredito que quem é filmado dessa forma se poderá sentir desconfortável.

    ResponderEliminar
  4. Também não me faz sentido nenhum este exagero tido, por favor.
    Quem quer mostrar mostra, quem nao quer não mostra.
    No dia a dia, na televisão tambem apacerem mulheres e homens bonitos e nao parece ser problema...

    ResponderEliminar
  5. Realmente,vamos do 8 ao 80! E a seguir deve vir a proibição das crianças, e vimos nos jogos deste Mundial imensos e lindos (as)!No Inglaterra/Croácia então...até os filhos dos jogadores no fim do jogo,uma fofura!💑

    ResponderEliminar
  6. Acho RIDICULOOOOO! Preocupem-se com outras coisas plamordedeus!

    ResponderEliminar
  7. Não sabia dessa queixa, mas acho ridículo que se continue a dar a tenção a coisas tão picuinhas ao nível desta, e que daí ainda saiam "recomendações". Espero que dê em nada e não passe de mais uma polémica alimentada por mais um grupinho de desocupados que diariamente tem de implicar com qualquer hábito alheio.

    Em relação à própria filmagem das beldades nas bancadas, como o vejo desde sempre, nunca estranhei e muito menos me incomoda, acho que já faz parte do futebol. Sempre pensei que os senhores da câmara têm autorização para o fazer e utilizam-na, felizes da vida, para partilhar o que veem com quem está em casa, assumindo também que a maioria a ver a transmissão é do sexo masculino. Certos ou não, a verdade é que também sabemos que as mulheres gostam de ver outras mulheres bonitas. E se alguma decide que se quer incomodar, não é por causa dela que se vai fazer disso um caso e questionar a tradição, ou o que seria deste mundo se assim fosse? Acho que umas imagens bonitas a mudar o cenário pelo meio do jogo não fazem mal, muito pelo contrário. Pegam com cada coisa...

    ResponderEliminar
  8. que disparate, desculpem. a fifa não proibiu mulheres bonitas de aparecer, pediu apenas mais neutralidade, isto é assim tão descabido? em vez de mostrar 60% de mulheres com decotes, mostram uma percentagem que se assemelhe mais com a percentagem real. provavelmente nem 1% das pessoas nos estádios são mulheres com mamas grandes e decotes ainda maiores, porque motivo representam elas a maior parte das imagens do público em tv? a fifa não disse para não as filmarem, apenas para não haver tanto enviesamento em relação a essas mulheres. mas isto é difícil de entender porquê?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual. Finalmente alguém disse alguma coisa normal.

      Eliminar
    2. Obrigada! Esse tipo de imagens captadas em exagero apenas contribuem para continuar a objectificar a mulher, na minha opinião...

      Eliminar
    3. Até que enfim alguém com bom senso. Obrigada!

      Eliminar
    4. Ana, em vez de mostrar 60% de mulheres com decotes, mostram uma percentagem que se assemelhe mais com a percentagem real?
      Muito lindo sim senhora, gostei muito de ler, mas Ana, os tais 60% de mulheres com decote até não deixa de ser uma percentagem respeitadora porque se tivesse de ser real, estaria mais na ordem dos 80 ou 90%!
      Porque razão acha que as mulheres começaram todas a aparecer nos estádios? É por gostar de ver futebol, quer ver? Começaram a aparecer em massa desde que começou a haver Ecrãs gigantes disponíveis nos estádios para elas saberem que conseguiram aparecer na televisão e que os seus "dotes" foram mostrados ao mundo. Aquelas que fizeram queixa à FIFA não foram as lindonas que estavam no estádio mas sim as "feiosas" que ficaram a roer de inveja ao vê-las passar na televisão da sua casa!

      Eliminar
    5. Anónimo das 21.53, eu vou aos estádios ver futebol desde os meus sete anos. Hoje, com quase 40, continuo a ir e os meus "dotes" nunca apareceram na tv e mesmo que aparecessem eu não daria por nada porque vou para ver futebol (que gosto muito mais de ver em estádio, do que no sofá, na televisão da minha casa). E mesmo podendo eu ser uma feiosa, incomoda-me zero que mulheres bonitas apareçam no ecrã. Zero.

      Eliminar
  9. por mim podem mostrar à vontade..ao menos vê-se alguma coisa bonita pq avaliar pelos homens q filmaram, era c cada um q até metia medo..
    bem giras!!! e as portuguesas tb n ficaram atrás :)

    ResponderEliminar
  10. Sendo assim não filmem ninguém mesmo, é o melhor...

    ResponderEliminar
  11. Capazes didn't like this post :P

    ResponderEliminar
  12. A Pamela Anderson foi "descoberta" assim, a assistir a um jogo de futebol. A mim não me faz impressão nenhuma, como mulher e nao sendo les gosto de ver malta bonita, mamas bonitas, etc.

    ResponderEliminar
  13. Eu cheguei a comentar que não deviam proibir isso, mas sim mostrar mais homens atraentes. Mas depois lembrei me que durante 90 min as câmaras estão voltadas para 22 homens dos quais em muitas equipas muitos são atraentes... Por isso também não acho assim tão mal haver um equilíbrio quando se mostra as bancadas... Ahahah

    ResponderEliminar
  14. Anónima das12:18, as feiosas, portanto.

    ResponderEliminar
  15. A coisa aqui é que parece que este mundial foi mesmo o exagero… Precisamente em vez de se filmar adeptos em geral, com alguns closes, fez-se closes de gajas boas e vagas filmagens de adeptos no geral. Foi só isso. E penso que é só isso que a FIFA quer corrigir. Ok façam closes de gajas giras, personagens caricatas, avós, putos... e filmem o público aleatoriamente, não distribuam 80% para as gajas e 20 para o resto dos adeptos. Não vejo grande problema na coisa… É um ajuste de conteúdo como outro qualquer… Até porque hoje em dia com tantas mulheres em casa a assistir ao futebol essa coisa de dar enfase às gajas boas já não faz tanto sentido, ou então sim, que se acompanhe também com gajos bons. Portanto pipoca, não, desta vez não acho que fosse assiiiiim preciso falar nisto.

    ResponderEliminar
  16. Que parvoíce.
    Então agora se alguém aparecer na tv vai se considerar feia???
    Parece que estão sempre a arranjar merdas com que implicar.
    F*** **!!!!

    ResponderEliminar
  17. Não é só porque os operadores de câmara são, na sua maioria, homens, mas também porque ainda está muito enraizado que o futebol é um desporto que agrada mais aos homens. Como tal, a festa é mais virada para eles.

    A mim não me choca nada, até porque me parece bastante óbvio que os operadores percebem quando alguém (neste caso, alguma) quer ser filmado. Ainda ontem, num concerto, foi só uma rapariga pôr-se às cavalitas de alguém e "pavonear-se" um bocado para aparecer no ecrã do palco. E o mesmo aconteceu com um rapaz que fez o mesmo e chamou a atenção com a sua dança cómica.

    Para mim, a situação não é difícil de resolver: continuam as filmar a mulheres bonitas, mas filmam também homens e crianças.

    ResponderEliminar
  18. Cheguei a uma conclusão há muito tempo: há pessoas muito desocupadas. Canalizassem tais energias para os problemas que realmente importam, e estaríamos aqui todas a falar de outras coisas bem mais importantes para os direitos das mulheres ou da igualdade de género. Se não querem gajas boas a ser filmadas nas bancadas, ponham senhoras como operadoras de câmara e temos o problema resolvido. É que uma pessoa já tem este tipo de pensamento, perante tanta parvoíce que por aí impera. É que já não há mesmo pachorra para tanto feminismo bacoco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe que mais anónimo das 15:18? Concordo!
      É claramente um não tema e não havia necessidade de falar disto quando o blog podia ter tantos outros temas tão mais interessantes.
      Achei que foi mesmo falta de conteúdo mas não porque as pessoas estão mais desocupadas. Acho é que andam mais vazias.

      Eliminar
    2. Quem é que define o que é ou não tema? Se a notícia saiu ontem, se foi amplamente difundida em inúmeros meios de comunicação, porque é que não pode ou não deve ser aqui debatida?

      Eliminar
    3. Anónimo 15:18, não concordo. Esta é uma das poucas (quase raras) vezes que vemos a Pipoca a falar de alguma coisa sem ser as publicidades que ela costuma fazer a toda a hora e você acha que nada disso é louvável? Vê-se bem que só vem aqui de vez em quando...

      Eliminar
    4. O segundo anónimo pode então criar um blogue com temas mais interessantes 🙄

      Eliminar
    5. Claro que é a Pipoca que aqui define o que é ou não tema.
      Tal como eu, leitora e a contribuir para as audiências do seu blog, defino o que me parece.
      Só porque é amplamente difundido na comunicação social, é relativo quanto ao conteúdo. São os chamados filtros (ou a falta deles).
      É que mesmo sem um interesse essencial, na maior parte das vezes, este tipo de assuntos servem apenas para alimentar polémicas, distrair e dividir.
      Isto só me faz lembrar aquele muito debatido texto sobre a barriga (???) da Carolina Patrocínio.
      Mas esta é só e apenas a minha opinião.

      Eliminar
    6. Eu não estava a dizer que a Pipoca não deveria falar disto no blogue! Aliás, até estava a enfatizar o que a mesma refere!

      Eliminar
  19. Eu apoio que haja mais mulheres operadoras de câmara. Provavelmente também iriam demorar mais tempo a imagem de homens bonitos. Fica a sugestão.

    ResponderEliminar
  20. Vamos parar para pensar um bocadinho.. o problema é focar mulheres bonitas? wtf!? e as feias ja se pode focar tranquilamente.. -.-' e já agora um gráfico a definir o que é feia e bonita para não haver enganos no que se foca.. santa paciência! há muitas pessoas desocupadas neste mundo para terem tempo de pensar nestas coisas patetas

    ResponderEliminar
  21. Ontem o meu namorado chamou-me para me ler esta notícia. Ele estava incrédulo (prefiro nem pensar muito no porquê) e eu só disse que era dos maiores disparates que já tinha ouvido. E levantei logo a questão:"Mas quem é que vai catalogar as mulheres para saber se são bonitas ou não e por isso serem filmadas ou não?
    Proclamam igualdade e "não-sexistas" e depois temos notícias como esta! Parvoíce, é o que é!
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  22. não acho exagero nenhum. mudar o mundo é mesmo isso: enfrentar pessoas que vão sempre ver na mudança um exagero. não tem que ver com filmar pessoas bonitas ou feias (esse discurso sim, entre o 8 e o 80). tem que ver com filmar pessoas e, talvez através do que se filma, contar histórias se elas existirem para contar. a criança que chora ao ver o seu jogador preferido ir para casa. os espectadores marroquinos que impedem alguém de levantar uma bandeira de Israel durante o jogp (com Portugal). os japoneses que limpam o estádio depois de acabado o jogo. a imagem da mulher sempre foi vista como sedutora. com ela se fazem anúncios, cartazes, etc. eu gostaria de apreciar este desporto que é o futebol sem ter de apanhar com o que o operador de cãmara acha que vai encaixar no que a sociedade (a começar pelos seus superiores) espera que ele filme. é bom que mudemos de paradigma e parar para pensar no que queremos. o que consideramos efectivamente sedutor? o que queremos ver da bancada enquanto decorre o jogo no campo? eu, sinceramente, abdico das baionetes.

    ResponderEliminar
  23. Desculpe, como disse? Uf! Que grande confusão que para aqui vai!

    ResponderEliminar
  24. O mundial de 2022 é no Qatar. Isto explica tudo.

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis