Pub SAPO pushdown

Fui de férias mas já voltei

segunda-feira, agosto 21, 2017

Nas últimas duas semanas estive "ligeiramente" ausente do blog porque tive as minhas férias-férias. Eu bem sei que vocês acham que eu passo a vida de férias, não fazem distinção entre o que são viagens de trabalho e de lazer, mas estas duas semanitas foram mesmo para desligar: a primeira pela zona da Comporta, a segunda em Punta Umbría (sul de Espanha). Tentei estar o mais off possível, não levava telemóvel para a praia, não estava permanentemente ligada às redes sociais, não sabia quase nada do que se passava no mundo, foram duas semaninhas santas. Claro que o blog sofreu um bocadinho com isso, mas pronto, voltei, não se apoquentem.

Punta Umbría foi uma estreia, nunca lá tinha estado. No início do ano eu e os meus amigos começámos à procura de um destino de férias e alguém nos recomendou Punta Umbría, perto de Huelva. Torci um bocadinho o nariz, porque não sou grande fã das praias que conheço no sul de Espanha (mais junto à fronteira), mas decidimos arriscar. Enviei mail à iGo Travel, como sempre, a explicar o que queria e, como sempre, tiveram uma paciência de santo para me aturar. É que não é fácil marcar quartos para dezoito almas, com todos os requisitos que queríamos, mais as trocas e os pedidos de última hora.

Marcámos tudo em Fevereiro e andávamos há meses a falar disto. Eram as primeiras
férias com o grupo todo junto, por isso estávamos mais entusiasmados do que a criançada, e no fim-de-semana passado lá nos fizemos à estrada. Punta Umbría fica a menos de 400 quilómetros de Lisboa, o que significa que chegamos lá num instante. Ficámos no Barceló Punta Umbría Beach Resort que, assim de repente, é o maior hotel onde já estive na vida. Absolutamente gigantesco, ao ponto de eu achar que devia ser a maior confusão. O hotel tinha, de facto, muita gente, e isso notava-se, sobretudo, na afluência à piscina em determinadas horas, mas fiquei altamente surpreendida, pela positiva, com a organização.

O nosso esquema era sempre o mesmo: praia de manhã (fica a cinco minutos a pé do hotel) e piscina à tarde. A praia era bastante boa: areal largo e de areia clara, água limpinha e muiiiiiito mais quente do que a que apanhei este ano no Algarve. É uma praia óptima para miúdos, tem espaço com fartura e a água é super tranquila. A piscina era mais concorrida, claro, sobretudo a partir das quatro ou cinco da tarde, mas era tão grande que também dava para andar à vontade. Os miúdos dividiam-se entre a piscina grande e as duas para miúdos, e havia sempre animação com fartura.

A animação é, aliás, um dos pontos fortes do hotel. Quem quiser estar sempre em movimento, tem com que se entreter praticamente 24 horas por dia. Ele é ginástica e uma data de jogos na piscina, ele é polo aquático, ele é dança a toda a hora, ele é aulas de zumba ou de tai-chi, ele é bingo, ele é festas temáticas. Os homens do nosso grupo, armados em Michael Jordans, acharam boa ideia participar num torneio de basket e foram humilhados por miúdos com idade para serem filhos deles, o que nos deu motivo de gozo para os próximos 20 anos. Há dois Kids Club no hotel, um para os mais pequenos e outro para os adolescentes, mas não experimentámos nenhum. Também não demos uso ao spa e ao ginásio, que com tantos miúdos atrás fica difícil, mas fica para o ano. =)

A comida foi, sem dúvida, o ponto alto das férias. Fomos em regime de tudo incluído, o que é sempre bom, até porque não pusemos o nariz fora do resort uma só vez. A forma como os horários de refeições e os restaurantes estão organizados, faz com que tudo flua muitíssimo bem, nunca apanhámos filas nem confusões. No check-in deram-nos uma lista com os restaurantes que tínhamos de frequentar diariamente: ao pequeno-almoço e ao almoço tínhamos dois à escolha, à noite havia quatro temáticos e jantávamos sempre num diferente, previamente estipulado. Havia um italiano, um de cozinhas do mundo, um americano e um de marisco, todos em modo buffet, todos óptimos e com muita oferta. Os hóspedes estão também divididos por dois turnos, para que não chegue tudo ao mesmo tempo aos restaurantes. Quando chegámos ao hotel o nosso grupo estava marcado para o turno dois, mas como tínhamos uma data de miúdos e já sabíamos que não iam aguentar almoçar e jantar tão tarde, pedimos para trocar para o turno um. Foi o melhor que fizemos, porque é o turno mais calmo. Tendencialmente, os espanhóis comem mais tarde do que nós, por isso a maioria escolhe o segundo turno. Ao longo do dia havia sempre bares com bebidas e aperitivos à disposição, e na piscina havia também um ponto de apoio com sandes, gelados, bolos, fruta e cachorros.

Apesar de estarmos com nove miúdos, entre os seis meses e os dez anos, as férias correram mesmo muito bem. Achámos que ao fim do primeiro dia já andaria tudo ao estalo, amizades arruinadas para todo o sempre, mas não podia ter corrido melhor. Toda a gente adorou o resort, aproveitámos a companhia uns dos outros (o gin depois do jantar sabia-nos pela vida), passámos o tempo todo a rir, foi mesmo muito, muito bom. Ao ponto de, loucura!,  estarmos a considerar seriamente voltar no próximo ano. Que audazes!

Deixo-vos algumas fotos e lá em cima podem ver o vídeo com o resumo das férias.













55 comentários:

  1. Muito Bom!!!! Gostaria de experimentar!!!

    ResponderEliminar
  2. Conheço bem Punta Umbria porque tenho casa aí bem perto numa outra paria FAN-TAS-TI-CA. Pena é que a PMD e os amigos não tivessem dado uma voltinha aí pelos arredores El Rompido é lindoooooo e há outras praias deslumbrantes de areia branquinha, pequenas ilhotas e enseadas e um mar azuuuuuul deslumbrante. Claro que usufruir da companhia de amigos e praia, hotel, piscina, praia, hotel piscina é igualmente maravilhoso para descansar e descomprimir.Ah as fotos são sempre lindas mas as do Mateus ganham SEMPRE o miudo é giroooooo que se farta... sai à Mãe e atira ao Pai;)

    ResponderEliminar
  3. O Mateus é tão riquinho!!! Aqueles caracóis, que perdição. Daqui a uns aninhos vai ter muita alminha perdida de amores por ele, acho que vais ter de fazer um concurso do género: Qual é a mulher mais indicada para o meu filho segundo os meus padrões de exigência, não os dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que mentalidade...a mania que as mães têm de meter o bedelho no coração dos filhos!!

      Eliminar
    2. Anónimo, não seja assim! Não percebe a brincadeira?

      Eliminar
    3. Claramente que não percebeu a piada xD Eu fui a pessoa que disse q a PMD devia fazer o concurso, e claro que foi uma piada, óbvio que não foi uma sugestão para ser levada a sério. A partir de agora é preciso por piada entre parênteses para as pessoas perceberem? (pergunto-me)(outra piada)

      Eliminar
  4. amei Pipioca! gosto muito do sul de espanha.
    Vídeo top e gostei de ver o arrumadinho ;)

    ResponderEliminar
  5. Em 3,2,1 pessoas a perguntar de onde é o vestido, a t-shirt do Mateus...
    Vídeo e fotos fantásticas! O Mateus é lindo!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No vídeo da Tailândia acho que aparece a pipoca a comprar a t-shirt dos ananases

      Eliminar
  6. Fico feliz de saber que correu tudo bem!

    Beijinhos ♥
    Marta

    ResponderEliminar
  7. já não se aguenta tanto flamingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo... em cada verão há sempre "uma moda" reproduzida vezes sem conta, ele é caça aos "poquemons", "baldadas de água gelada"... e o verão 2017 ficará para a história como o do "flamingorosaboiamonstro"😂😂😂, figura pública que se preze ou anónimas com pretensão a dar nas vistas..., tem de "giboiar" num flamingo rosa gigante, o pior é quando não se possui piscina privada chez nous...e se tem de carregar o flamingo nos costados até à beach... e ficar-se de sentinela às rajadas de vento, não vá o flamingo dar à asa e lá se vão os 💶💶💶gastos no mostrengo!

      Eliminar
    2. ahahaaha esta descrição está deliciosa!

      Eliminar
    3. Haja alguém!!

      Eliminar
  8. Muito bom Pipoca!
    E o Mateus cada vez mais giro ;)

    blogdamariafrancisca.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Está a deixar crescer o cabelo outra vez?

    ResponderEliminar
  10. Quem gostar da mesma qualidade mas mais sossego e com acesso exclusivo á praia pode ir para punta umbria MAR. É ao lado mas É BEM MAIS TRANQUILO e não tem serviço tudo incluido, só pensão completa. Recomendo.

    ResponderEliminar
  11. Só nao gosto do facto do resort ser ponto de passagem , qualquer um entrar e sair e ter acesso a piscina por exemplo, de resto tambem gostei muito

    ResponderEliminar
  12. Fico contente por haver pessoas felizes já que há infelizes como eu e ficam tristes a pensar como seria umas férias assim! Não dá para os pobres mas enfim tem que se levara vida infeliz e a chorar. Se eu fosse rica dividia e dava uns dias de férias a alguns pobres. As suas fotos estão lindas. Eu vejo sempre o seu blog . O Mateus é lindo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo pessoa, pode se ser pobre como diz e ser feliz, acredite.

      Eliminar
    2. Anón. 22:47h: Deixe lá, não se sinta triste porque não está sozinha, há muita gente que não vai de férias tal como você. Haja saúde! Lá nos vão chamar lamechas, mas não faz mal... quem diz a verdade...

      Eliminar
    3. Podem sempre ir para o campismo!! São férias na mesma, mas em barato!! E assim deixa um bocadinho essa má onda toda!

      Eliminar
    4. Eu sou pobre, mas não sou infeliz nem levo a vida a chorar. Quando vejo este tipo de coisas que estão longe da minha realidade, fico com inveja, mas não triste.
      A maior parte das pessoas que conheço, que também não têm possibilidade para extravagâncias, não se sente miserável como o anónimo ali de cima!

      Lamento que se sinta assim e espero que a sua realidade se altere. Quanto mais nao seja, tente ver as coisas por outra perspectiva, há que ser mais positivo na vida. Força!

      Eliminar
    5. É certo que os pobres (eu incluída) não podem fazer férias dispendiosas. Há quem tivesse aqui sugerido o campismo, mas quanto a este modo de fazer férias prefiro ficar em casa, mas isto é a minha opção, e quem gosta que o faça. Mas tal como diz a anónima acima não nos devemos sentir infelizes, pior que isso será um problema e saúde, isso sim.

      Eliminar
    6. Acho que as pessoas tem uma ideia muito errada da pobreza. No meu entender quem é pobre não tem dinheiro para viajar na Net e responder a comentários de blogs por exemplo...

      Eliminar
    7. Tem razão Francisco, eu não sou pobre, sou da classe baixa a roçar a média-baixa.
      Mesmo assim não tenho dinheiro para viajar na net, viajo sempre à boleia. E continuo a não ser infeliz, mesmo constatando que, se não fossem umas almas caridosas que me facilitam a password, nem net tinha.

      Eliminar
    8. Francisco, no seu entender quem tem net é rica? A net hoje em dia é essencial, tal como a água, luz, gaz, já não se vive sem...! Isto para mim é ter um mínimo de qualidade de vida, porque depois as viagens ficam em segundo plano, e eu por exemplo quando digo que sou pobre não é ficar ser ter NADA, é sim ter o essencial para viver. Não sei se me expliquei bem, e se está de acordo mas o conceito de pobre para mim não é talvez o mesmo que o seu. Eu pago todas as minhas contas, pago os meus impostos, tenho bens próprios (casa,carro,) mas não me acho rica, acho-me mais para o pobre porque não depois de ter tudo pago não me sobra dinheiro para viajar. Mas deito a cabeça descansada porque não tenho sequer uma dívida.

      Eliminar
    9. Ser pobre é nao ter capacidade de apreciar as pequenas coisas valiosas k a vida nos dà..

      Eliminar
    10. Anónimo (15:00),

      A sua frase é muito bonita de se ler e alimenta bem o nosso imaginário poético...mas normalmente ela é aplicada por quem vive bem e não tem preocupações financeiras.

      Eliminar
    11. Anónimo (11:42),

      Não, não disse que ter Net era um sinal de riqueza. Não queira saltar de um extremo para outro, de pobre até chegar a rico vai um longo caminho e muitas categorias pelo meio. E não diga que a Net é um bem essencial. É essencial para quem cria uma empresa online e depois passa a viver dela, agora, para todos os outros, não passa de um hobby. Não acredita? Se amanhã deixasse de haver Internet você iria morrer? Não, pois não? Então isso é a prova indiscutível de que ela não representa um bem essencial para a sobrevivência do ser humano. Pode criar os conceitos que quiser, mas se limitarmos o conceito de pobreza a uma dimensão meramente financeira, o seu sentido é único. Trata-se de uma pessoa necessitada, de poucos recursos, que carece de bens e serviços essenciais. Assim, ser-se pobre está alguns bons graus abaixo da situação que o(a) anónimo(a) descreveu e a qual diz pertencer. Se diz que consegue pagar as suas contas e os seus impostos e que também possui casa e carro...poderá ser muita coisa na vida mas pobre é que nunca já que possui bens próprios que pode vender em caso de necessidade. Pode não ser rica mas também nunca será pobre. É uma pessoa remediada que vive uma vida temperada.

      Eliminar
  13. alguém conhece em punta umbria um hotel ou apartamento mais barato?

    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apartamentos Leo..mesmo frente ao barcelo

      Eliminar
  14. Ainda não percebi o uso de óculos de sol quando se vai á agua...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh anónimo, não me diga que na água é noite cerrada? O sol não é o mesmo?

      Eliminar
    2. Sensibilidade ocular. Até para estender a roupa uso óculos de sol.

      Eliminar
    3. Porque os óculos de sol, ao contrário do que muito boa gente pensa, servem para proteger os olhos do sol. E a água tem efeito de espelho,etc, etc.

      Eliminar
    4. Pela mesma razão que se usa óculos de sol em dias de chuva ou quando se sai à noite para tomar um "drink" num bar. É apenas uma questão de estilo e também a possibilidade de poder "cuscar" a vida alheia sem darmos a entender que estamos a fazê-lo...

      Eliminar
  15. Por acaso já há muito tempo que acompanho a página do FB deste hotel (não sei porquê...) e pela partilha de posts e fotos - feita pelo próprio hotel e de pessoas do meu círculo de amizadas que acabaram por ir para lá - ficava sempre com a ideia que era um daqueles hotéis gigantes, com carradas de gente na piscina, dificuldade em arranjar espreguiçadeira, filas demoradas para as refeições.
    Fiquei, por isso, bastante surpreendida pelo facto de a Ana até dizer bem do hotel. E como, pela partilha de viagens e dos seus gostos pessoais que por aqui vai fazendo, tenha a sua opinião nesta matéria em boa conta, acho que vou dar uma chance a este destino e hotel.
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois.. Mas depende, eu já lá passei uma semana e tive de apresentar reclamação porque tive um rato, sim um rato no meu quarto e exigi mudar. E na piscina era um inferno. Supostamente não se pode reservar as espreguiçadeiras, mas há sempre quem acorde cedo, leva as toalhas e ficam reservadas o dia todo e quando se chega por volta das 15,16 horas não há lugar.
      E até podem pensar que é o Tuga Chico esperto ou espanhol sabido, mas vi que eram quase sempre alemães e até se faziam de desentendidos quando eram alertados. E repetiam no dia seguinte. É tudo uma questão de sorte. Eu não voltarei, embora saiba que teve obras recentes, mas ratos... NOP!

      Eliminar
    2. Pelo entendimento que tive do post, o hotel foi em regime de parceria pelo que não estava à espera de comentários negativos sobre o hotel nem os serviços incluídos. Acredito que a Ana tenha de facto gostado desta semana de férias mas no vídeo o espaço parece tudo menos sossegado,vê—se imensa gente.

      Eliminar
  16. Umas férias para aproveitar o Sol de Espanha são sempre boas e metem inveja a qualquer um, mas confesso que estranhei um pouco ouvir aqui dizer que a comida foi o ponto alto das férias. Já conheci muita Espanha e se há coisa em que ela nunca foi prodigiosa é na questão da comida. O café então é mesmo horrível, dá logo vontade de largar carga ao mar. Até hoje nunca ouvi ninguém dizer que se comia bem na Espanha, aliás, muito pelo contrário. Acho que só a "Paella" consegue escapar e isto porque o Açafrão consegue anular as falhas de sabor. A não ser que os tempos sejam realmente outros e os restaurantes temáticos estejam a trazer novos sabores por terras de Espanha...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende da Espanha e do tipo de alimentação. Em Barcelona come-se excelente comida vegetariana!

      Eliminar
    2. Anónimo (14:59),

      Pois...ora ai está. Quando tudo o resto não presta até os vegetais passam a ser protagonistas...

      Eliminar
    3. Olhe que vivi uns meses grandes na Corunha e comia-se muito, muito bem :)

      Eliminar
    4. Aconselho-o a deixar que os vegetais sejam mais vezes protagonistas no seu prato... veria que são muito mais que opção para quando o resto não presta. Eu para comer um bife teria que estar, literalmente, a morrer de fome ;)

      Eliminar
    5. Anónimo (23:41),

      E eu confesso que para comer unicamente vegetais tinha que estar completamente senil...ou não haver mais nada que se coma num raio de 200 Km. Os mesmos conselhos que dá, também os pode receber... ;)

      Eliminar
    6. Lontra, depende daquilo que define como "bom" e daquilo que gosta de comer. Para muita gente, bom é comer peixe cozido e batatas cozidas pelo menos uma vez por dia. :)

      Eliminar
    7. Caro Francisco o Pensador, parece-me que nunca viveu em Espanha e nem conhece certamente a cultura gastrómica espanhola! Para que saiba, a gastronomia varia muito em cada comunidade autónoma. Sendo que especialmente na Andaluzia, a gastronomia é riquissima, variadíssima e de boa qualidade.
      O Francisco não sabe, mas a provincia de Huelva fornece grande parte da fruta e legumes a Portugal e para o resto da Europa. Para não falar na excelente qualidade do peixe e marisco.
      Por isso, recomendo que passe uns tempos largos em espanha para ficar a conhecer melhor a alimentação, pq certamente não conhece!

      Eliminar
    8. Anónimo (16:29),

      Uma das minhas paixões preferidas é ouvir as recomendações dos anónimos e conhecer os seus "certamente". Tenho a maior consideração por eles porque são os únicos que conseguem conhecer-me muito melhor do que eu próprio. Quando quero saber algo sobre mim...só tenho que perguntar-lhes...

      Esta semana, para muita pena minha, não tenho compromissos nem intenções de visitar a Espanha mas de facto não sabia que a província de Huelva fornecia grande parte da fruta e legumes a Portugal, mas agora fiquei a perceber porque razão o sabor e a qualidade das frutas e legumes vendidas na maioria dos hipermercados portugueses tem sido uma desgraça desde há 20 anos para cá. Vem tudo de Espanha, pois...está explicado.

      Eliminar
    9. é mesmo muito ignorante... Francisco, não pode esperar qualidade ao preço a que se vende a fruta... a melhor fruta vai para quem paga por ela.

      Eliminar
    10. Anónimo (15:34),

      Ignorância é alguém começar uma frase com um insulto gratuito e ficar à espera de ser respeitado(a) por isso. Passe bem.

      Eliminar
    11. Eu já passei férias neste hotel, e noutros em Espanha e na maioria a cozinha é internacional, sendo portanto, uma questão de estar bem confeccionada e saborosa, porque não se trata exclusivamente de comida espanhola.

      Eliminar
  17. Em 2016 o destino Punta Umbria começou também a ser conhecido, por ser a principal atracção das viagens de finalistas do secundário, onde a Xtravel (empresa organizadora) aproveita as férias da páscoa para organizar em Punta Umbria, o maior festival de música para portugueses - "fora de Portugal".
    O Hotel Barceló reune um leque de excelência a todos os níveis, com a particularidade de acomodar grupos enormes, como por exemplo em Abril do corrente ano, (à semelhança do ano anterior), o Hotel abriu as portas exclusivamente e apenas para os finalistas, onde ficaram mais de 8 mil hospedados em regime de TI.
    De tamanho foi o agrado destes jovens, que o feedback no regresso da viagem foi super positivo, deixando também os próprios pais entusiasmados em conhecer o destino e tudo isto resultou numa subida substancial da taxa de turismo português.

    Ruben Alencastre

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis