Pub SAPO pushdown

Guerra aberta à piolhagem nojenta

quinta-feira, novembro 07, 2019


Quando era miúda e começava a escola, era ver os meus pais a temerem pelo dia em que ia chegar um recadinho na caderneta a avisar de que havia praga de piolhame na escola. E ainda o recado vinha a caminho e já a minha mãe aparecia de champô pestilento em riste, pronta a matar a bicharada. Claro que, pelo meio, não faltavam as ameaças de que me ia cortar o cabelo à tigela, mas lá fui conseguindo escapar a esse triste destino.

E se eu já dava valor à minha rica mãezinha, agora que o Mateus entrou para a escola, reconheço ainda mais tudo o que fez (e ainda faz) por mim por mim. E também já sei o que é isso de receber o recado fatídico: atenção que há piolhos na escola. Claro que os tempos agora são outros, o recado já não vem na caderneta, vem por mail ou é divulgado no Whatsapp dos pais da turma do Mateus, mas pronto, de resto é tudo igual. Os anos passaram e os piolhos continuam tão nojentos como no meu tempo.

E só de pensar na possibilidade de ter de passar umas cinco horas a catar os ranhosos da cabeleira enorme do Mateus, sinto que me aparecem mais três rugas na testa. É que aquilo para eles deve ser assim como um campeonato europeu de ginástica acrobática em que num minutos estão de um lado e no outro já deram quatro mortais e cinco piruetas para se escapulirem para o outro lado da cabeça – calma, eu sei que eles não saltam, era só para compreenderem melhor o drama. 

Pior do que todo este cenário, só mesmo imaginar ter de passar por isto a dobrar. Sim, porque quando os asquerosos assentam arraiais numa cabeça, não tardam muito até se espalharem para todas as outras. Sendo que o Mateus está sempre agarrado à Beni, é contar os minutos até ver a miúda a esfregar-se toda ou a desatar num berreiro porque está cheia de comichão nos mini caracóis. E nem sequer quero pensar na hipótese de ter de lhe cortar já o cabelo por causa do piolhame. Viram? Acabou de me aparecer mais uma ruga. 

Como nunca se sabe se mais cedo ou mais tarde não vou receber um desses e-mailzinhos simpáticos que nenhuma mãe quer receber, já me comecei a munir de tudo o que era produto de tratamento para ver consigo exterminar as bichezas todas assim que haja, sequer, uma suspeita de uma lêndea (nojo, nojo, nojo) pela cabeça dos putos. Já aqui falei várias vezes dos produtos Paranix, que fizeram milagres quando o Mateus teve piolhos das primeiras vezes. 

É um processo que pode ser um bocadinho chato, especialmente para os miúdos irrequietos para quem 15 minutos com o Champô de Tratamento na cabeça equivale a umas cinco horas, mas vale a pena, porque a maioria dos piolhos vai logo à vida. Se quiserem uma opção mais rápida, têm disponíveis mais dois formatos que não os obrigam a estar no banho durante tanto tempo e são igualmente eficazes: para miúdos com o cabelo mais curto há  o Spray de Tratamento, para cabelos mais compridos o ideal é utilizar a Loção de Tratamento. Estes dois formatos podem ser aplicados até nos mais novos, porque está indicado para bebés a partir dos seis meses.

Basta aplicar no cabelo seco, massajar bem o cabelo todo, deixar atuar dez minutos e está feito, xô piolhos. Ah, e toda a gama de tratamento é eficaz em apenas uma utilização!
E para evitar que os piolhos virem praga, Paranix lançou um Spray para o Ambiente que elimina todos os que acharem por bem instalar-se nos sofás, nos capacetes, nos assentos das cadeiras ou até nas cadeirinhas do carro – ou seja, tudo o que não pode ser lavado na máquina a 60º. É só agarrar e borrifar tudo quanto é canto com o spray, abrir as janelas, sair e esperar duas horas para aspirar os cadáveres dos piolhos que já se tinham alojado. Isto é mesmo útil se quiserem evitar reinfestações, acreditem. Pensem o que é fazerem o tratamento às crianças, eliminarem todos os piolhos, elas voltarem para o sofá e, quando repararem, já se estão a coçar outra vez porque havia piolhos bem vivos por lá. Estão a perceber bem a coisa? Acredito que não é isto que querem.

Sinto que já estou preparada para travar a III Guerra Mundial com o piolhame! Se fosse a vocês, fazia o mesmo.



Spray para o ambiente é 100% eficaz em 10 minutos, numa só aplicação - Brunton E., 2015. Apenas em piolhos.
Loção e spray de tratamento são 100% eficazes numa aplicação. Champô de tratamento é 100% eficaz - Estudos in vitro e ex vivo demonstraram a eficácia de Paranix Loção de Tratamento contra piolhos e lêndeas após um período de aplicação de 10 minutos.

Os produtos de tratamento de Paranix (Champô, Spray e Loção de Tratamento) são Dispositivos Médicos para o tratamento da pediculose. Evitar o contacto com os olhos ou as mucosas. Em caso de contacto com os olhos, lavar abundantemente com água. Não usar em caso de alergia a algum dos ingredientes. Paranix Loção de Tratamento e Paranix Spray de Tratamento estão indicados para crianças com mais de 6 meses. Paranix Champô de Tratamento está indicado para crianças com mais de 2 anos. Paranix Spray para o Ambiente é um produto Biocida. Não usar no couro cabeludo. Utilize os biocidas com cuidado. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de o utilizar. Manter fora da vista e do alcance das crianças. 


Post em parceria com Paranix

Sem comentários:

Publicar um comentário

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis