Pub SAPO pushdown

15 anos, 15 histórias: 2004, como tudo começou

quinta-feira, janeiro 10, 2019
O blog faz quinze anos daqui a umas semanas. Vou repetir isto muiiiiiiito devagarinho a ver se eu própria me convenço. QUI-ZE-A-NOS. Senhores, como é que isto aconteceu? Ao longo dos próximos dias vou contar aqui  15 histórias relacionadas com o blog, uma por cada ano de vida. Ora então vamos andar para trás no tempo, mais precisamente até Janeiro de 2004, quando isto começou. Em 2004 tinha 23 anos e tinha acabado o curso de Ciências da Comunicação no ano anterior. Tinha escolhido ir estagiar para a rádio, que era o que eu achava que queria fazer na vida mas, ao mesmo tempo, houve a hipótese de ir estagiar para um jornal, A Capital. E eu fui. Porque era nova, porque naquela altura os dias parece que chegavam para tudo, e porque queria experimentar registos diferentes dentro do jornalismo, para ver o que mais gostava. Acabou por surgir a hipótese de fazer um estágio profissional no jornal e era por lá que estava quando, no início de 2004, resolvi criar um blog.

Como é que a ideia me veio à cabecita? Não me lembro muito bem. Sei que
gostava muito de escrever, desde sempre, sei que sentia que no jornal não podia escrever sobre tudo o que quisesse, da forma que quisesse, sei que os blogs estavam a dar os primeiros passos em Portugal. Tudo somado e eu lá devo ter achado que era capaz de ser giro experimentar. Estamos a falar de uma altura em que não havia Facebook, não havia Instagram, não havia praticamente nada. Já não me lembro muito bem, mas acho que era a época do Messenger, do ICQ, do Hi5, do MySpace, mas com um uso muito diferente daqueles que lhes damos hoje em dia. É verdade que havia muito poucos blogs naquela altura, mas também é verdade que era incomparavelmente mais difícil começarmos a ganhar notoriedade.

No meu caso, acho que foi tudo muito orgânico e espontâneo. Ao início escrevia basicamente para mim, não tinha seguidores nenhuns. Aos poucos, começaram a aparecer os amigos. Os que gostavam falavam do blog a outros amigos e assim sucessivamente. E o blog foi crescendo, assim numa espécie de efeito bola de neve. De repente, alguns dos meus textos começaram a circular em chain-letters (vulgo corrente de e-mails). Hoje em dia já ninguém faz isso. Se gostamos de alguma coisa partilhamos no Facebook ou nos nossos grupos de Whatsapp, ninguém envia mails a partilhar nada. E foi quando amigos começaram a enviar-me os meus próprios textos, sem saberem que tinha sido eu a escrevê-los (do género, "vê lá o texto desta miúda, tem piada") que eu percebi que, em calhando, tinha ali uma cena fixe entre as mãos.

O blog não foi criado com nenhum objectivo específico. A única coisa que eu queria era divertir-me a escrever e, quem sabe, divertir os outros. O factor humor esteve sempre, sempre presente. E, claro, há 15 anos e com um blog anónimo, não tinha filtro absolutamente nenhum. Escrevia tudo o que me apetecia, sem estar cá a pensar em quem é que iria ficar chateado, e era muito bom. Quem me seguia e, de uma forma geral, quem estava na internet nesses tempos, também tinha uma atitude completamente diferente. A grande maioria percebia que eram só piadas, que não havia qualquer intenção de prejudicar ninguém, não havia maldade implícita. Claro que também havia quem não me achasse grande piada, mas mesmo essas pessoas manifestavam-se sempre de forma muito cordial. Com o passar do tempo e com a brigada do politicamente correcto cada vez mais activa, perdeu-se muita da espontaneidade. E é impossível recuperá-la. Pelo menos se queremos manter a nossa sanidade mental e não andar a comprar brigas todos os dias.

Então e porque é que o blog se chama "A Pipoca Mais Doce"? Pois, é a pergunta para um milhão. Não me lembro muito bem como é que a ideia surgiu, mas a minha amiga Caty (a que diz kispo, para quem acompanha o blog desde essa altura) e que trabalhava comigo diz que se lembra perfeitamente de eu ter perguntado "e se o blog se chamasse A Pipoca Mais Doce?" (sim, pelos vistos o blog foi criado em horário laboral). Objectivamente falando, é um nome de merda, hoje jamais o escolheria, mas naquela altura achei que tinha graça, que era fácil de memorizar e que ficava no ouvido. Também estava a anos-luz de imaginar que o blog viria a ganhar a dimensão que ganhou. Se soubesse, talvez tivesse pensado num nome mais sóbrio.

E pronto, assim nasceu o Pipoca. E a Pipoca. Uma espécie de personagem sempre altamente irónica, sarcástica, corrosiva, que fazia piadas com tudo e mais alguma coisa, que não tinha nome, que nunca mostrava a cara e que se estava completamente nas tintas para aquilo que os outros pensavam. Bons tempos, meus amigos, bons tempos. O Pipoca é o meu filho mais velho, aquele que já me deu alegrias, chatices, mas que eu amo incondicionalmente. Nunca pensei que me proporcionasse tantas coisas incríveis, nunca pensei que durasse tanto tempo, mas a premissa que esteve na sua criação mantém-se: que dure enquanto me divertir.

53 comentários:

  1. Parabéns, Pipoca Mais Doce (trato-te sempre pelo "semi-nickname" mas este post exige solenidade, quarteto de cordas e coiso)!
    Acompanho-te desde 2007/2008 e, mesmo gostando da tua escrita, nem sempre compartilho das tuas opiniões ou do destino que vais traçando para o blog mas, sem dúvida, marcaste uma Era na blogosfera portuguesa!
    Trilhaste um caminho entre Pipis, Capitões Microondas e Kitties Fanes (não falemos disso)... Que Deus os tenha a todos, que jaz(z)em em Paz, Eterna Saudade de família, amigos e leitores (há uns reencarnados?, sim há mas, outra vez, não falemos disso)!
    Boa Sorte, PMP! May the force be with you. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem a kitty fane!!! Já nem me lembrava disso... velhos tempo, qd os blogs eram muito mais divertidos!

      Adorava o humor da pipoca nessa altura, hj em dia tb mas já é tudo MT mais fábricado...

      Eliminar
  2. Olá! Queria ver os primeiros posts mas não consigo chegar lá!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No lado direito da página do blog, andando um pouco para baixo, aparece lá o arquivo.

      Eliminar
  3. Já sigo o blog desde essa altura. Muitos parabéns pelo caminho percorrido e por tudo o que conquistou!

    ResponderEliminar
  4. Há 15 anos andava por outras paragens da vida e a net ou blogs não faziam parte dos meus particulares interesses. Sou de outra geração. Estava prestes a fazer 30 anos. Acompanho-te (não consigo tratar-te de outra forma a não ser por tu, desculpa) há uns anos. Às vezes comento como anónima, outras vezes com este nome. Tem a ver com o equipamento, não por fazer comentários parvos e não querer ser identificada. E calhar até já fiz alguns 🙄. Bem. Sou tua fã. Não sei bem quando te comecei a seguir mas já vão muitos anos. Sete, talvez...todos os dias é a minha leitura ao pequeno almoço. Senti muita falta quando estiveste, e muito bem, mais focada na tua bebé, mudanças e tudo o mais. Acompanhei sempre no instangram e facebook. Desde o início do ano acabei com ambos. Não uso mais. Consome-nos o tempo e a alma. E ainda não os tinha há um ano. Não é para mim.
    Bom, isto tudo para te suplicar que NUNCA deixes de vir aqui escrever. Identifico-me muito com o teu tipo de escrita e com o teu humor sarcástico. Parabéns pelos 15 anos e venham mais 15!

    ResponderEliminar
  5. Não digas isso, eu adoro o nome do teu blogue, acho-o bastante irreverente e divertido. Ao pé de ti, sou uma aprendiz, o meu blogue faz um ano em Fevereiro, e acredita que foi muito por causa do teu blogue que surgiu a vontade de criar o meu, és uma fonte de inspiração para muita gente (eu incluida). Um bem haja, e que o teu blogue dure muitos anos.

    ResponderEliminar
  6. Parabéns Pipoca! Quando falo de ti digo sempre "A Pipoca" :) até a minha mãe já sabe de quem estou a falar! Leio-te desde 2007 e sempre gostei da forma como escreves. Continua!

    ResponderEliminar
  7. Sempre acompanhei mts blogue desde o tempo primitivo. Vim cá parar mos finais de 2004. Li o blogue de uma ponta à outra e fiquei viciada. Vi os namoros, o casamento, o bebé, a bebé e o que estará para vir. Parabéns, Pipoca! Obrigada por 15 anos de risadas :)

    ResponderEliminar
  8. Comecei a ler o teu blog uns 5 anos depois de o criares e lembro-me de um Verão, em que não tinha nada para fazer (vivia no campo, longe de tudo e todos) e tu foste a minha conpabhic. Comecei a ler o blog desde o início e muitas vezes tenho vontade de o reler. Lembro-me de me emocionar quando disseste que ias casar. E lembro-me de me emocionar ainda mais quando disseste que estavas grávida do Mateus.
    Juro que fico genuinamente feliz com o teu sucesso! Continuarei aqui a acompanhar-te :)

    Obrigada pela ckmpnahia
    Cátia André

    ResponderEliminar
  9. Tinha ideia que a Sónia (vulgo coco) tinha estado na origem deste blogue. Que tinha sido criado porque estava numa fase menos boa, com o fim de um namoro, e que criou isto como catarse. Estarei a confundir?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em 2004 ainda não conhecia a Sónia, só a conhecia em 2007/2008. E quando criei o blog tinha namorado. Está a confundir tudo! Ah ah ah!

      Eliminar
    2. Eu penso que o que se passou foi o contrário, que a Ana é que desafiou a
      Sónia a criar o blog dela, que é mais recente, penso que foi isso que a Sónia já disse.

      Eliminar
    3. Se bem me lembro foi a Pipoca a convencer a Sónia a criar o blogue. E de forma bastante insistente. :D

      Eliminar
    4. Está a confundir com a Sónia das minhas pequenas coisas.

      Eliminar
  10. Comecei a ler o teu blog há uns anos mas tal como outras pessoas já o referiram queria ver os teus posts anteriores... Então comecei a ler o teu blog desde o início dos inícios. Querendo isto dizer que apesar de só ter ouvido o teu nome pela primeira vez há uns 4-5 anos, li quase todas as palavras que escreveste no blog (sim, li todos os posts, à excepção de alguns passatempos e alguns textos que referiste ter apagado).
    Well, isto dito, tenho apenas a acrescentar que sou tua fã. Não fanática, apenas alguém que gosta do que escreves e que espera que continues com isto 😊
    FELIZ ANIVERSÁRIO E MONTES DE FELICIDADE! !

    ResponderEliminar

  11. Parabéns pelo sucesso e pelo formato diferente que tem:)

    ResponderEliminar
  12. Foi esse namorado, na altura, que te disse que eras a Pipoca mais doce, por seres a mais doce, fofinha e perfeita pipoca do pacote? Lembro-me de ler sobre isso. (Sou fiel seguidora desde 2006. Cá beijinho!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu lembro-me de uns printscreens onde houve troca de mensagens com um amigo/namorado? onde perguntavas sobre a escolha do nome :-)

      Eliminar
    2. Isso mesmo! Também me lembro!!!

      Eliminar
    3. Também me lembro! Eheh

      Eliminar
  13. Aqui desde 2006 =) (na altura tinha 16 anos e lia blogs a torto e a direito!!! ahahh :D)

    ResponderEliminar
  14. Parabéns Pipoquinha!
    Eu sigo-te desde os meus 18 anos, hoje com 26, continuo a gostar de ti e do blog da mesma forma. Mas tenho saudades dos textos mais sarcásticos ;)

    ResponderEliminar
  15. Ando por aqui desde 2004 :) Pena que com a notoriedade perdeu-se também a espontaneidade!

    ResponderEliminar
  16. Em 2004 andava na primária mas já a acompanho à uns 8 anos. Li todo o blog e adoro ❤️

    ResponderEliminar
  17. Eu sou das que leio desde o inicio, mas raramente comento. Muitos parabéns pelo 15º aniversário, pelo seu sucesso e por tudo aquilo que alcançou. Tenho algumas saudades dos primeiros tempos, mas entendo perfeitamente que para se sobreviver neste mundo actual, tenha mudado a sua escrita. Continue! As maiores felicidades para si!
    Andreia

    ResponderEliminar
  18. Eu comecei a ler o Blog quando fiquei de licença de maternidade do meu filho mais velho, que faz este ano 15 anos em Outubro. Foi uma amiga que me falou nele, e li tudo de fio a pavio. Foi a minha companhia nessa altura e nunca mais o larguei. Este e o da Sónia, são provavelmente os blogs mais antigos que leio e que continuo a ler actualmente.
    O Blog mudou é um facto, mas a Ana escreve maravilhosamente bem e ainda hoje consegue arrancar-me umas boas gargalhadas! Todo o sucesso é merecido! Muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  19. Olá pipoca :) sigo o teu blog desde os meus 15 anos, ou seja, desde 2006. Lembro-me perfeitamente da primeira vez que ouvi falar do blog: estava eu a sair da explicação de português, muito desgostosa e revoltada com a vida de adolescente(ahahah), quando ouvi no rádio o nome do teu blog. Disseram que estavas a tentar angariar fundos para viajar até Nova York, quando cheguei a casa fui logo ver de quem se tratava :)

    ResponderEliminar
  20. Seguidora desde 2010... quando o blog me aparece numa pesquisa sobre cenas para eventos. Organizava eu o baptizado da Sofia, que foi quando? isso...no dia 18 de Setembro! Estávamos portanto com preocupações comuns!
    Parabéns! Pela persistência, mas sobretudo pela inovação constante!
    Carla

    ResponderEliminar
  21. Eu comecei a ler o blogue em 2005/2006, se bem me recordo. Lembro-me de achar imensa piada à Ana. E lembro-me também de mais tarde, ler a Pipoca e ler o Guaxinim, dois blogues que nada pareciam ter a ver, mas que de repente percebi tratarem-se da Ana e do Ricardo porque contaram os dois o mesmo episódio na versão de cada um (o Ricardo tinha deixado o gás ligado ao cozinhar o almoço...). Depois o Ricardo criou o Arrumadinho (versão 1 ou 2?). E lembro-me das fotos sem cabeça. :D E de ter assumido a imagem quando ficou noiva, como sempre prometeu. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OBRIGADA! Tantas vezes me quis lembrar o nome antigo do arrumadinho! E nc me vinha à cabeça xD foi bem engraçado quando os leitores descobriram o relacionamento. Já estava tudo meio desconfiado e esse post foi AQUELE :D

      Eliminar
  22. Desculpa Ana mas este blogue já foi bem melhor! No entanto continuo a cá vir! Marianinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este blogue já foi bem mais divertido...mas eu percebo que a vida a Ana tenha mudado, a própria Ana mudou e é normal que os conteúdos do blogue também sejam outros. Mas tb eu continuo a vir aqui sempre na esperança de me divertir e passar um bom bocado =)

      Eliminar
  23. Muitos parabéns pipoca.
    Não sei há quantos leio o blog, esta contabilidade dá cabo de mim, mas já são muitos e ADORO.
    Felicidades
    Cristina

    ResponderEliminar
  24. Parabéns Pipoca! Por aqui desde 2008 e com muitas saudades dos textos genuínos e sem filtro!

    ResponderEliminar
  25. Sigo o blog desde sempre, e dou aqui os meus parabéns !!! Obrigada pela lufada de ar fresco, por seres o meu stress relief, e quando estiveres a comemorar 45 anos de blog, espero estar aqui novamente a dar os parabéns, com os meus dedinhos todos encarquilhados, e de fralda para incontinência, e ainda assim a rir-me dos teus textos (sem problema de me mijar a rir, porque lá está, estarei de fralda). Beijinhos. Cristina

    ResponderEliminar
  26. Muitos Parabéns!!!!
    Conheci o Pipoca em 2007/2008 e foi-me recomendado por um amigo, que achou que eu ia gostar de o ler.. e acertou em cheio! É prática diária vir cá ver se há novidades :D
    Tenho o primeiro livro autografado por ti, na feira do livro do Porto em 2011/12 já não me recordo.
    O teu sentido de humor é fenomenal, também sou das que queria muito a Pipoca antiga de volta!
    Muitas felicidades e que venham mais 15!

    ResponderEliminar
  27. Não me lembro em que ano comecei a acompanhar mas ainda eras anónima. Um dos primeiros posts que me lembro de ler era a dizer que a tua relação estava condenada porque "ele" usava a 2 em 1 🤣

    ResponderEliminar
  28. Parabéns Pipoca! És a bloguer das bloguers!!

    Eu ainda nem 2 anos tenho, de blog, e já me diverti tanto a fazê-lo e já não me imagino sem ele, não porque me dê alguma coisa (em termos materiais,ou monetários), mas dá-me tudo no que respeita ao prazer da escrita e da partilha.
    Também sou licenciada em jornalismo, mas trabalho numa área completamente distinta e foi, talvez o bichinho do jornalismo e o gosto pela comunicação que me levou a criá-lo!

    Seguidoras da Pipoca vão lá espreitar e vejam lá se gostam: https://fashionwords.blogs.sapo.pt/

    Obrigada!
    Um beijinho*Dora

    ResponderEliminar
  29. Parabéns Pipoca. Também já acompanho desde os primórdios. A cara tapada, o morar em Espanha, a Caty do Kispo, a timeout (passei a comprar religiosamente a revista), Bazar Chiado, o Guaxinim, o entusiasmo de ver a "cara" na primeira entrevista que me lembro (SIC mulher, a propósito de um concurso em que votamos em massa), casamento, Mateus, Benedita... É interessante acompanhar o percurso do blog, mas devo confessar que sinto saudades dos primeiros anos.

    ResponderEliminar
  30. Eu conheci o blog quando saiu o primeiro livro, vi um ou dois artigos de promoção e fui ver do que se tratava. E fiquei :-) Inclusive ainda fui ler bastantes textos do arquivo.
    Tal como muitas outras pessoas, tenho saudades de tempos mais antigos mas também percebo 'o outro lado'. Numa altura em que parece que os próprios blogs estão a morrer (há bloggers que já migraram quase na totalidade para o insta) espero que não deixes este cantinho definhar. Porque, e falo por mim, não são os outfits, a maquilhagem ou os passatempos que me fazem vir cá, mas sim a escrita.
    Aproveito também para deixar uma sugestão, espero que construtiva - numa empreitada de escrever 15 anos, 15 histórias sobre o blog, espero que a maior parte delas sejam histórias inéditas, algo que estejas a partilhar pela primeira vez. Esta da criação do blog já não é novidade, noutros posts ou em entrevistas, já tinhas mencionado e acaba por saber 'a pouco'. Fica a sugestão!

    ResponderEliminar
  31. Parabéns! Que conte muito mais com alegrias e tristezas porque tudo isso faz parte da vida. Que os momentos bons compensem e que te continue a dar gizo escrever este blog. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  32. Sigo o teu blog desde o início e li os posts todos todos mais do que uma vez. Ajudaste me muito a superar algumas relações e já me ti até as lágrimas contigo.

    Só tenho uma pequena duvida: já ouvi (por ti) várias teorias por causa do nome do blog. Tens um post bastante antigo a dizer que o blog se chamava assim por causa de um namorado que tiveste, entretanto já ouvi na televisão que era porque gostavas muito de pipocas e agora surge a menina do Kispo. Em que ficamos? Qual a verdadeira origem do nome? Os leitores de sempre e que te são mesmo fiéis merecem a verdade :)

    ResponderEliminar
  33. Comecei a ler o blogue quando ainda nem percebia bem algumas piadas (era muito novinha). Ouvia a minha mãe a falar sobre “A Pipoca” com as amigas e entretanto acabei por começar também a seguir o blogue. Aproveitava sempre a presença das amigas da minha mãe para falar sobre o post x ou y porque me fazia rir imenso e elas diziam-me sempre “se tu soubesses como era no início, antes de se saber quem era a Pipoca...”.
    Hoje tenho 21 anos e continuo a adorar, nas minhas pausas tenho sempre que vir espreitar o blogue!

    ResponderEliminar
  34. Olha filha queres saber a minha opinião? A malta quer é escandaleira quer diversão quer ver looks e poder dizer mal criticar ou simplesmente invejar! Queremos que se lixe o políticamente correcto e isso tudo, a meu ver, deixou de existir neste blogue! Até as polémicas televisivas atuais tu deixaste passar ao lado!! A gente quer criticar o telefonema do Marcelo, dizer mal da Maria, do bajulamento do Cláudio Ramos a Cristina Ferreira! Queremos o blogue de volta!! Lol Ancha

    ResponderEliminar
  35. Opa. A primeira vez que cheguei ca estava a pesquisar para a minha viagem a grecia, que fiz em 2008. Quer dizer que ja ca ando à 11 anos!

    ResponderEliminar
  36. Estava a pensar e leio este blog desde 2009, lembro-me de ver na tv notícias sobre seres "a mulher mais invejada de Portugal" e ter vindo cuscar do que se tratava 😃

    ResponderEliminar
  37. 15 anos? Uaaaaaaaaau! Muitos parabéns, Pipoca!
    Acompanho desde 2008, quando cheguei ao mundo dos blogs, com 14 anos. Foi o primeiro blog que segui e foi também uma inspiração para começar o meu próprio blog - assim como foi uma inspiração para muita gente, na verdade.

    ResponderEliminar
  38. Parabéns pipoca! não sou assídua nem seguidora fiel mas de cada vez que espreitei no seu blog diverti-me e fez-me rir duas das coisas que mais aprecio na vida Só pessoas especiais possuem este dom magnifico, continue a fazer sorrir o people!

    ResponderEliminar
  39. Parabéns, Pipoca :D Espero que te divirtas por muitos mais anos!

    ResponderEliminar
  40. Comecei a segui-la em 2007,penso eu. Um dos seus textos foi lido na rádio, à noite, numa rubrica que revia blogs. A partir desse dia eu e a minha irmã mais nova ficámos leitoras assíduas. Riamos muito com os seus textos. Quando a Ana casou eu chorei tanto com aquele texto de despedida de solteira! E quando o Mateus nasceu, eu que já não morava com a minha irmã, liguei-lhe só para falar disso. Depois arranjei o meu homem e comecei a falar-lhe dos textos que descreviam as vicissitudes de viver a dois. Ainda hoje ele diz que "essa Pipoca chegou para dificultar a vida aos homens". As diferenças na sua escrita reflectem a evolução da Internet (e das chatas de plantel), o que é mesmo pena. Mas cá continuamos firmes, a ver a sua família crescer, cheios de orgulho em si. Parabéns pelos 15 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, fogo, que comentário tão bonito! Pipoca, são estes comentários que merecem resposta e não os maldosos! Kiss

      Eliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis