Pub SAPO pushdown

Ainda Nova Iorque

quinta-feira, novembro 03, 2016

Se nos primeiros dias em Nova Iorque fiquei instalada em casa da minha amiga Maria (obrigaaaaada, mais uma vez), entretanto o homem chegou à cidade e achámos por bem não abusar da hospitalidade. Vai daí, rumámos a um hotel. E eu não sei se vocês estão familiarizados com o conceito "hotel-em-Nova-Iorque" mas, regra geral, falamos de espaços aí com uns 20 centímetros por 30, espaços onde cabe a cama e pouco mais, espaços onde é difícil abrir a mala. É a vida, o metro quadrado é caríssimo por isso é preciso rentabilizar o espaço ao máximo. E quase ninguém vai para Nova Iorque para ficar a vegetar no quarto, a malta quer é andar na rua a laurear a pevide. Desta vez entreguei a tarefa de me encontrar um hotel à minha agência de viagens, a I Go Travel, porque só me lembrei do assunto já em cima da hora e tenho a máxima confiança neles, tinha a certeza que me encontrariam um hotel com uma óptima relação preço-qualidade-localização. E foi assim que fui parar ao Innside Nomad, da cadeia Meliã. E, meus amigos, eu juro que não sou muito esquisita com hotéis de cidade, precisamente porque só lá vou dormir, mas este superou em muito as minhas expectativas. Estão a ver aquela cena d'O Sexo e a Cidade em que a Carrie chega a Paris, vai à varanda do hotel e larga aos pulinhos quando vê a Torre Eiffel? Pronto, eu fiz mais ou menos o mesmo quando fui à janela do quarto e me vi no meio daquela paisagem urbana tão característica e com o Empire mesmo ali à minha direita (não se vê nesta foto). A vista era incrível de manhã e também à noite, com as luzes todas, adorava acordar de manhã e ficar ali uns minutos só a olhar para aquilo. Depois - e para além  de ser espaçoso e da localização, super central, na 27ª entre a 6ª e a 7ª, com metros pertinho) - houve outra coisa que me aqueceu o coração: o pequeno-almoço. Já estive em muitos hotéis na vida, mas fiz assim uma breve viagem à minha memória e acho que nunca estive em nenhum que tivesse amoras e framboesas. Parece coisa pouca, mas para mim é a visão mais próxima do paraíso, foram quatro dias de pequenos-almoços muito felizes. =)

A reserva do hotel incluiu também transfer para o aeroporto, com motorista português, coisa que muito agradeci, porque estava mais carregada do que um burro e não me estava nada a apetecer andar a acartar com as malas. Os três aeroportos são longe do centro, é sempre um filme para lá chegar, há comboios e tal, mas às dez da noite e com frio era tudo o que não me apetecia.

Enfiiiiiiim, se andam a pensar ir a Nova Iorque nos próximos tempos, a I Go Travel trata de tudo, não precisam de se chatear: voos, transfers, hotéis, tudo o que precisarem, e sempre com uma assistência impecável, caso haja algum problema. Já foi a terceira vez que usei os serviços da agência (Cuba, República Dominicana e agora Nova Iorque) e só posso agradecer a simpatia e eficácia. =)


Post em parceria com a I Go Travel

16 comentários:

  1. Essa cidade deve ser tão maravilhosa e fantástica!

    ResponderEliminar
  2. A janela do quarto até ao chão <3 Que maravilha!

    ResponderEliminar
  3. O pequeno almoço e o duche são sempre condicionantes às quais presto muita atenção nos hotéis! São motivo para aconselhar ou não a estadia! ;)
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
  4. Só estive em NY uma vez, fiquei num hotel simpático perto de Times Square, e lembro-me que na altura tive alguma dificuldade em marcar hotel com pequeno almoço, muitos não tinham essa opção, provavelmente as pessoas comiam em cafés.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tive a mesma dificuldade que a Raquel. E ainda por cima senti tanta falta do meu pãozinho com manteiga e galão. :(
      É que eu NÃO SUPORTO os pequenos almoços americanos, ou ingleses, ou qualquer outro. eh eh eh

      Eliminar
  5. Os nova iorquinos sabem aproveitar bem o caro espaço. Com janelas até ao cháo, tão característico de Nova Iorque, tudo parece maior e as vistam ficam assim... fabulosas!

    Vida de Mulher aos 40"

    ResponderEliminar
  6. Que maravilha!
    Pipoquinha, para quando um "a pipoca está louca"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa ideia! Esta semana não faz?

      Eliminar
  7. Pipoca uma à parte, deves ser mesmo a única blogger que assinala as parcerias todas. Há tanto blog que nunca mencionam.

    ResponderEliminar
  8. Ir a Nova Iorque surge com muitos dilemas, mas já guardei a referência para futuras viagens ;)

    Um beijinho,

    http://obiquinidourado.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Por acaso ate fui ver o preço do quarto para uma semana e até achei um preço simpático, tendo em conta a localização fantástica que o hotel parece ter. Obrigada pela sugestao

    ResponderEliminar
  10. Experimenta a Destinia.
    Têm preços ainda melhor e tudo o que esse oferece.

    ResponderEliminar
  11. Neste momento tenho dois marcados com cancelamento gratuito (a um quarteirão do empire state building) que desde que marquei (há umas 3 semanas) já aumentaram quase 200 dolares..e ainda faltam 4 meses e meio...É uma luta marcar hotel em NYC ;) Espero ter a sorte de ter vista para o empire, já que muitos dos quartos ficam virados para esse lado...aguardemos! :)

    ResponderEliminar
  12. Tudo maravilhoso Pipoca.
    O quarto é lindo!

    blogdamariafrancisca.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. Se quiseres, apresento-te um hotel em Portugal, e bem pertinho de lisboa, que tem framboesas e amoras e mirtilos e um sem-número de coisas boas que nunca mais acabam num pequeno-almoço fenomenal... :)

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis