Pub SAPO pushdown

The Woffice procura mulheres inspiradoras

sexta-feira, setembro 16, 2016
Muita gente nos tem perguntado se o The Woffice vai ser um mero espaço partilhado por quatro trabalhadoras independentes ou se daqui irá nascer um projecto maior e partilhado por todas. A verdade é que temos algumas - muitas - ideias para o The Woffice. Algumas já estão em marcha, outras estão apenas na nossa cabeça, que isto é gente que não consegue estar um segundo quieta. Para já, para já, andamos à procura de mulheres. Não, infelizmente não temos espaço para albergar mais ninguém no nosso humilde escritório, mas sabemos que o que não falta neste país são mulheres com histórias incríveis. Mulheres com percursos admiráveis. Mulheres que todos os dias, de alguma maneira, fazem a diferença, tocam a vida de quem as rodeia. Andamos à procura de mulheres inspiradoras e contamos com o vosso apoio para as descobrir. Não é um trabalho fácil, sabemos disso, por isso todas as contribuições são mais do que bem-vindas. Quando pensam em mulheres inspiradoras, que nomes vos vêm à cabeça?



143 comentários:

  1. Respostas
    1. Pois, concordo, a Ana é na verdade uma referência.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Ubber White, vestuário - Paula Mourão.

      Eliminar
    4. PAULA MOURÃO, fundadora da empresa Ubber White de Vagos, Aveiro!
      Para mim e tantos que a conhecem é uma INSPIRAÇÃO! Envolve-se de corpo e alma nos projectos em que se lança primando pelo profissionalismo, dedicação e resultados que falam por si!! É uma empreendedora nata e com uma energia contagiante!

      Eliminar
    5. Paula Mourão, Fundadora da Ubber White!

      Eliminar
  2. Patrícia Mamona. Esteve nos estados unidos durante 4 anos a treinar e a tirar um curso de medicina. Voltou para Portugal,continuou a treinar e aqui não conseguiu obter equivalência para dar continuidade ao curso de medicina portanto começou a tirar engenharia biomédica. Campeã europeia, qualificou-se para dois jogos olímpicos e continua a lutar por uma medalha olímpica. Vejam a entrevista dela ao rui unas, no maluco beleza, e vão perceber. Uma verdadeira inspiração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda para mais tem umas... Patrícias do Caneco !!!

      Eliminar
  3. Sem qualquer tipo de dúvida, a Vera Agostinho (http://eueleeamaria.blogspot.pt/ ; Facebook: Eu, ele, a maria e o miguel ; instagram : veragostinho).
    A mulher e mãe mais inspiradora da blogosfera e, arrisco-me a dizer, da vida em geral.

    ResponderEliminar
  4. A Pólo Norte!! Aquela mulher faz tudo!!

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente não sou inspiradora, só inspirada (e daí...tem dias).
    Mas concordo com o comentário acima da Teresa Nunes, que aponta a Vera Agostinho, a mãe dos mil talentos e uma dose de paciência e criatividade inesgotáveis.

    Maria das Palavras
    http://www.mariadaspalavras.com

    ResponderEliminar
  6. Se não tiverem de ser Portuguesas, a minha sugestão é, sem dúvida, a Kim Sawyer. Embaixatriz dos EUA em Portugal que começou um programa em Portugal para ajudar mulheres empreendedoras: Connect to Success. Podem saber mais aqui: https://www.facebook.com/connecttosuccessportugal/ Caso estejam interessadas terei todo o gosto em contactá-la. =)

    ResponderEliminar
  7. para mim é a pipoca..love u (e faz de conta que leva um coração à frente)

    ResponderEliminar
  8. Concordo, ia mesmo falar da Vera. não só porque é minha amiga como sem duvida é uma mae inspiradora :)

    ResponderEliminar
  9. A Vanessa Alfaro mas isto tem mais a ver a níveis de saúde e estética :)

    ResponderEliminar
  10. A Patrícia Vilela, que criou um projeto chamado "Forking Amazing" :)
    http://www.forkingamazing.com/
    https://www.facebook.com/ForkingAmazing/?fref=ts

    A Helena Magalhães, do blog 'The Styland'
    http://www.thestyland.com/

    A Ana Rebelo, a "mãe da Maria"
    www.amaedamaria.com

    Com menor presença na internet mas bastante conhecida no setor do turismo e das agências de viagens (uma das poucas mulheres numa posição de liderança num 'mundo de homens'), ex-diretora da APAVT, CEO da RAVT, e que se desdobra em múltiplos projetos, uma pessoa muito carismática, Maria José Silva.

    A Sílvia Vermelho, na área da política, que tem trabalhado em áreas de intervenção ligadas à igualdade de género, juventude e cidadania, e estado ligada à Rede Portuguesa de Jovens para a Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens).

    ResponderEliminar
  11. Mas anónimas ou famosas q.b.?

    Isabel Saldanha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Isabel sim!! Uma mulher sem merdas, bem resolvida, que não tem receio de mostrar a sua fragilidade enquanto mulher e mãe. E escreve bem para caraças!

      Eliminar
    2. Vi outro la em baixo da isabel e acredito que esta mulher é, decididamente, uma forte candidata.

      Eliminar
  12. Respostas
    1. A Inês Patrocínio porquê?

      Eliminar
    2. Esta deve ser para rir!!!!

      Eliminar
    3. Porquê para rir? Conhece-a? A mim inspira-me, perguntaram-me mulheres que me inspiram e ela inspira-me. E mesmo que nao inspirasse, certamente ainda assim o faria mais do que uma pessoa cuja única atividade que conheço é vir escrever "deve ser para rir!!!" De alguem que tenho a certeza que nao conhece (porque se conhecesse, jamais comentaria que é para rir)

      Eliminar
    4. A inês, pelo que sei, faz um trabalho exemplar na ONU. Fora isso não a considero assim tão inspiradora, desculprm lá. Uma miuda que tem tudo de mão beijada, que nunca precisou de lutar pra nada.

      Eliminar
    5. Então diga-me lá porque é que uma beta do restelo a inspira!? Porque foi de lua de mel para África? Ou porque vai à missa ao Domingo?

      Eliminar
    6. Falou, falou e ainda não disse o porquê da Inês Patrocínio. Independentemente se ela a inspira ou não, se calhar era importante o demonstrar o porquê de uma miúda de 23 anos privilegiada (não digo isto como ofensa, mas não vamos ignorar a classe social em que ela está inserida, nem vamos negar que não é importante), tem de realmente motivador e inspirador para outras mulheres.

      Eliminar
    7. A Inês faz um trabalho exemplar na ONU? Ela estagiou lá um par de meses, como ela tantos outros o fazem.

      Eliminar
    8. Ela inspira as amigas lá do Restelo, provavelmente. "Ah e tal ela casou super nova, foi de lua de mel pra África e trabalha nos states, que radicaaaal!!". Só que não!! Nada contra a rapariga, mas mais depressa a Carolina é uma inspiração do que ela.. e mesmo assim..

      Eliminar
  13. Qualquer uma das senhores que criaram a comunidade de mentoring "women win win": http://www.womenwinwin.com/

    A Mónica e a Susana, as fundadoras do Simplesmente Branco, uma referência no maravilhoso mundo dos casamentos, pioneiras nisto dos portais/magazines (de bom gosto) sobre casamentos: http://simplesmentebranco.com/quem-somos/

    A Beatriz Machado, enóloga de sucesso numa área dominada por homens, diretora de vinhos no The Yeatman: http://www.the-yeatman-hotel.com/pt/hotel-porto/conheca-a-equipa/beatriz-machado/

    Bem, creio que ao longo do dia me irei lembrando de mais :) felizmente temos muitas mulheres inspiradoras em tão variadas áreas!!

    ResponderEliminar
  14. para mim é a Carmo da http://mublog.pt/ já passou por tanto e lutou para ter o que tem e é uma mae e artista de mão cheia. vejam o site dela e babem aquelas fotos lindas

    ResponderEliminar
  15. Manuela Moura Guedes

    ResponderEliminar
  16. Sem dúvida... a mãe Vanessa Afonso (Os Aprendizes da Nono). <3

    ResponderEliminar
  17. Uma das minhas grandes amigas. Talvez a amiga mais próxima, de momento e ao longo dos últimos anos. Sigo de perto a volta de 360 graus que deu à vida dela para ajudar os pais a cuidar de uma avó que padece de Alzheimer. Largou o emprego dela e suportou todas as consequências (desde as mentais às económicas, passando pelas familiares) que daí advieram e todos os dias me dá o maior exemplo de resistência e combate às adversidades da vida que conheço. Quase nunca perde o sorriso e a boa disposição que a caracteriza, mesmo que ela saiba (e eu saiba) que o mundo dela, tantas vezes, parece sustentado por um delicado fio de vitalidade. Nunca deixa de ser presente para com os amigos e tem os braços sempre abertos para quem precisa de um carinho, uma palavra, uma cama, um prato de comida [e não deixo de me emocionar enquanto escrevo isto e penso nela]. E ainda lida com as suas próprias questões de saúde. Não gosto de clichés nem de lugares-comuns, mas se há um que se aplica aqui é o de apelidá-la de "força da natureza". É, muito provavelmente, a pessoa mais generosa e solidária das que me rodeiam. E aquela para com quem a vida está a ser mais puta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito importante, e altamente benéfico , quando a vida, "dá uma volta" de 360 graus.

      Eliminar
    2. Senhor doutor Psicanalista, ficará satisfeito se a expressão "volta de 360 graus" for substituída por "mudança drástica" ou "mudança radical" ou o seu prazer continuará a focar-se apenas em desviar as atenções de um exemplo dado de uma mulher "comum", em prol de comentários a questões de escrita?

      Eliminar
    3. Subscrevo o seu comentário, como a sua "GRANDE e ALTRUÍSTA"amiga, existem mais pessoas anónimas,que se dedicam de corpo e alma ao acompanhamento e auxílio de familiares e desconhecidos, cujos feitos, nunca são reconhecidos!
      Considero-os seres humanos verdadeiramente extraordinário s e heróicos se conseguirem conciliar a sua família nuclear e vida(marido, filhos, lides domésticas, logística..
      ) para se dedicarem a 100% a ascendentes ou outros!
      Penso que esta questão é demasiado importante...e susceptível de múltiplas abordagens, dada a enorme diversidade de situações, condicionantes, circunstâncias, etc.
      Onde fica a FELICIDADE e realização de cada ser humano?
      Será que todos se sentem felizes e realizados quando se dedicam inteiramente aos seus pares, sacrificando toda a sua vida em prol dos outros?!
      Pessoalmente, não tenho qualquer dúvida em afirmar que, caso não tivesse necessidade de trabalhar para prover ao sustento da minha família, adoraria dedicar "parte" do meu tempo e força de trabalho a auxiliar os meus semelhantes, fossem eles familiares próximos ou desconhecidos. Por ora e necessidade, a minha prioridade é a subsistência do meu agregado familiar, embora preste o auxílio possível aos meus ascendentes, colaterais, e ocasionalmente a alguns desconhecidos de forma totalmente desinteressada! Serei egoísta por pensar e agir desta forma?!

      Teresa

      Eliminar
  18. É só a mim que me faz conclusão ver bloggers sugeridas? Não as conhecem, apenas conhecem uma ínfima parte muito estilizada e alterada das suas vidas e já acham que são inspiradoras, incríveis, um exemplo de mulheres...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também concordo!

      Eliminar
    2. Em relação à polo norte, tenho de discordar. Ela criou uma associação, faz de tudo pela associação onde trabalha e realmente dá o litro pelos outros.

      Eliminar
    3. Em parte, percebo, anónimo das 14:15. Das bloggers, só vemos o que elas deixam que nós vejamos. Da Pólo Norte, sei mais do que ela mostra no blog, tenho a sorte de a conhecer pessoalmente e, tirando a minha Avó, não me ocorre pessoa ( mulher ou não) mais inspiradora que ela. E o Bairro do Amor é só um bocadinho que ela faz.

      Eliminar
    4. Eu concordo totalmente com isto, mas em relação à Vera Agostinho (que eu sugeri) acho que há, e é bem visível, uma graaaande diferença. :)

      Eliminar
    5. Seca.. nunca percebi bem esse fenómeno das poletes.

      Eliminar
    6. "Poletes"? Eu sou "polete" então com muito orgulho. A Liliana prescinde da vida pessoal em prol dos outros, ajuda nnnnn pessoas, faz de tudo pela asbip e pelo bairro do amor. Tira do seu bolso pra por no de quem precisa, tempo que poderia ser gasto em familia é passado a pintar paredes ou a montar camas. Se toda a gente fosse como ela, teriamos concerteza um país bem melhor!

      Eliminar
    7. Então se calhar devia dar mais atenção à família, não? Ajudar tanto os outros se depois não se ajuda a ela mesma...

      Eliminar
    8. E quem disse que ela precisa de ajuda? Pois..

      Eliminar
  19. Ocorreu-me logo a Vera Agostinho, que já sugeriram em cima :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas quem raio é a vera agostinho!? É cada inspiração que vocês têm! A mim inspira-me a minha mãe,os meus filhos,o meu trabalho,a natureza,o mar, as pessoas anónimas com quem me cruzo,os amigos,as pessoas a lutar com doenças graves com um sorriso na cara,as pessoas que têm fé e praticam o bem anonimamente. Bloggers donas de casa inspiram-me zero

      Eliminar
    2. Se procurasse saber quem é a Vera Agostinho antes de perguntar "mas quem raio é", certamente percebia por si que é muitíssimo mais do que uma blogger dona de casa.
      Talvez passe por aí tanta gente a sugerir neste post, pela diferença notória relativamente às outras "bloggers".

      Eliminar
    3. Chanax das duas se calhar o anônimo das 15:59 até sabe quem é visto que diz "blogger donas de casa inspiram-me zero".
      a Vera não é apenas uma blogger,,aliás acho que ela é tudo menos uma blogger. Eu, como mãe, sinto-me verdadeiramente inspirada pela mãe que ela é. Numa altura da minha vida é mesmo sem eu conhecer a vera, pedi-lhe conselhos e ela, amavelmente e sem me conhecer, deu-mos e ajudou-me imenso.

      Por isso, voto na Vera! Go Vera!

      Eliminar
  20. Rosa Pomar - Ervilha cor de rosa

    ResponderEliminar
  21. Maria Cordoeiro - seismaisdois

    ResponderEliminar
  22. Vera Agostinho autora do blog "Eu, ele, a Maria o Miguel e a Ana" sem dúvida a maior inspiração.

    CF

    ResponderEliminar
  23. Celeste Marques Carvalho - AIJA-Associação para a Inclusão de Jovens e Adultos

    ResponderEliminar
  24. A Sofia, do "às nove no meu blogue"!
    http://www.asnovenomeublog.com/

    ResponderEliminar
  25. Que mundo este! Para mim mulheres que me inspiram são as reais do dia a dia... Aquelas que vemos no autocarro ou metro com sacos de compras numa mão, filhos na outra mão e a tentar equilibrar ainda um guarda-chuva...
    Ou aquela mãe cujo o dia começa as 5:30 da manhã e termina a meia-noite...
    Ou a minha mãe ou a minha avó.
    Mulheres inspiradoras para mim cruzam-se connosco na vida real e não na blogosfera onde só vemos aquilo que querem mostrar, e da forma que querem mostrar.
    Filipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhh! Enfim alguém! Não acho que se precise de ter uma "vida desgraçada" para ser inspiradora, mas que seja real caramba!!!

      Eliminar
    2. 100% de acordo, verdadeiras heroínas anónimas, a quem ninguém liga....

      Teresa

      Eliminar
    3. Tão, tão de acordo. Acho até que mal andaremos se só acharmos que determinada blogger é que é inspiradora. Será que não conhecemos ninguém à nossa volta que o seja?? Uma amiga, uma mãe, uma colega do trabalho? E é isso mesmo também anónima das 19:09, acho que não é necessário irmos buscar histórias de vida "desgraçadas" para considerarmos alguém inspirador. Claro que, pessoas com histórias de vida mais difícil e que se superaram merecem sempre mais destaque, e são, sem dúvida, uma fonte de inspiração, mas também outras há que não tendo histórias de vida recheados de drama, também o são. Não sei, estou a pensar por exemplo, no campo das pessoas conhecidas, na Angelina Jolie, na Catarina Furtado ou na Isabel Jonet, que dedicam boa parte das suas vidas a ajudar os que mais necessitam.

      Eliminar
  26. A Vanessa Martins inspira-me todos os dias a ir ao ginásio.

    ResponderEliminar
  27. Podem ser três? Cá vão elas:
    - São (Assunção) Fernandes, treinadora de andebol, fundadora do núcleo de andebol da Pedreira dos Húngaros e Clube Assomada, licenciada em Serviço Social, mestre em Empreendedorismo Social
    https://youtu.be/akzeVXBf6Us
    http://videos.sapo.pt/3cINONCnwPVmBZ6Lfnvy (não liguem aos entrevistadores)
    - Pauliana Valente Pimentel, fotógrafa, licenciada e mestre em Geologia
    http://www.paulianavalentepimentel.com/
    - Carla Madeira, presidente da Junta de Freguesia da Misericórdia (Cais Sodré, Bica, Camões, Bairro Alto, Príncipe Real), licenciada em Gestão e Administração Pública e mestre em Administração e Políticas Públicas
    http://www.jf-misericordia.pt/misericordia/executivo-da-junta/

    ResponderEliminar
  28. A Robin Wright para mim é bastante inspiradora, pela luta dela por ter um salário igual ao Kevin Spacey na House of Cards. Mulheres portuguesas que me inspiram, conheço muitas, mas nenhuma é famosa.

    ResponderEliminar
  29. A minha mãe. A minha avó. A minha sogra.

    ResponderEliminar
  30. Olá Ana.
    Já tinha visto um texto deste género no blog da Coco e sugeri a mesma pessoa que sugiro agora: a Maria Amélia do blog: http://www.ofabulosodestinodemariaamelia.pt
    Não a conhecia pessoalmente, até a minha irmã ter passado um processo penoso de doença, infelizmente com um desfecho não desejado por todos nós.
    A Maria Amélia apoio-nos tanto, ajudou tanto a minha irmã, sem nos conhecer ou pedir nada em troca. Simplesmente dando-nos amor e estando lá. É do mais generoso e genuíno que conheço. E com um sentido de humor muito bom! Até nos piores momentos, conseguimos desanuviar.
    Para muitos de vocês ela pode não ser uma inspiração, mas para mim e muitos, eu sei que sim.
    Ela ajuda muitas pessoas com a experiência que teve e tem sobre esta maldita doença.
    Paralelamente a ela, a única pessoa que eu poderia dar como inspiração, seria a minha mana, mas onde ela está não há espaço para estas coisas.

    Beijinhos para si e todos os seus leitores.
    Ana

    ResponderEliminar
  31. A Carolina - http://iamtheluckythirteen.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  32. A Fernanda Ferreira Velez, inspira com os matchy - matchys =p

    ResponderEliminar
  33. Susana Fonseca portadora de Endometriose e que dá a cara pela doença no país. Fundou a associação de Endometriose e para além disso é uma mamã bloguer inspiradora.
    A associação Chama-se mulherendo e o blog Mãe me quero. Vale a pena conhecer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apoio esta escolha. A Susana é uma mulher fantástica que de dedica a ajudar tantas e tantas mulheres.

      Eliminar
  34. As fundadoras da StoryTellme livros infantis personalizados www.tellme.pt , que colocaram todos os livros para leitura integral promovendo a literacia infantil: a Teresa e a Maria do Céu

    ResponderEliminar
  35. Ana Agostinho da 'a minha vida dava um cartoon'

    ResponderEliminar
  36. Teresa Vasconcelos... Conhecia o seu trabalho no campo da educação, que é importante para a educação de infância e recentemente tive oportunidade de ouvi-la num congresso e foi particularmente inspiradora, partilhando um pouco das suas experiências, nomeadamente o seu trabalho com mulheres vítimas de violência doméstica no South Bronx.

    ResponderEliminar
  37. Leonor de Sousa Bastos, do blog flagrante delícia. É só das pessoas mais doces e de bom coração que conheci. Claro que isto não é suficiente para achar que é inspiradora, mas vale a pena ver o percurso que é bem mais interessante.

    ResponderEliminar
  38. A Vanessa Afonso, mãe da Nonô, a Princesa Côderosa. Acho-a uma inspiração. Se puder ser anônimas, também tenho!

    ResponderEliminar
  39. Paula Guimarães da Fundação Montepio! Basta ouvi-la falar para perceber...Todas as causas em que apaixonadamente se envolve! É uma grande mulher é uma enorme inspiração!

    ResponderEliminar
  40. Boa noite, Pipoca. E histórias de mulheres absolutamente normais que inspirem outras mulheres...absolutamente normais a alcançar os seus sonhos, também conta? Se sim, terei toda a disponibilidade em colaborar :)
    Contactos: pickupastar.com

    ResponderEliminar
  41. Ondina afonso, presidente do clube de produtores do continente. Foi anteriormente diretora executiva da Portugalfoods, associação do setor agroalimentae. Ao longo de 5 anos desenvolveu um excelente trabalho na associação, que começou com inicialmente com 20 ou 30 empresas e hoje fazem parte mais de 100. Tem ainda uma graduação em enologia (das primeiras mulheres enologas do país). É tambem mae de 2 filhos. É uma mulher que desenvolve cargos de liderança com muita humildade. E muito mais poderia ainda dizer sobre ela. Uma mulher inspiradora

    ResponderEliminar
  42. Professora Cláudia Cavadas, investigadora do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC), líder do Grupo de Neuroendocrinologia e Envelhecimento no mesmo centro e actual Presidente da Sociedade Portuguesa de Farmacologia. O grupo estuda como o hipotálamo e o stress crónico podem regular o envelhecimento.

    Renata Gomes, investigadora portuguesa a trabalhar em Londres que desenvolveu uma nanotecnologia para tratar corações doentes e já foi premiada pelo parlamento britânico.

    Como mulher e cientista, numa área bastante dominada por homens, acho que ter estes exemplos de mulheres fantásticas, que desenvolvem trabalhos espectaculares, dá-nos sempre vontade de ser mais e conseguir mais. Sinto que é importantíssimo dar a conhecer estes exemplos e inspirar mais jovens mulheres cientistas como eu.

    ResponderEliminar
  43. Margarida Medina Martins. Uma pioneira e uma mulher que combate há décadas a violência doméstica e a violência sexual em Portugal.

    ResponderEliminar
  44. A blogger A Plus Size Girl Who Loves Fashion.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O seu verdadeiro nome é Ana Martins, poderá eventualmente inspirar mulheres volumosas a aceitarem o seu corpo e a julgarem-se fashion usando trapitos idênticos às magras...no entanto, considero uma inspiração errada, porque em prole da saúde física e mental das pessoas, estas deveriam considerar inspiradoras as histórias de perda e manutenção do peso adequado!A obesidade é uma doença que deve ser tratada com regime alimentar apropriado a cada caso, exercício físico e nunca esquecendo o acompanhamento psicológico! ao contrário de ser valorizada....

      Eliminar
    2. Anónimo obrigada pela recomendação e fico mesmo feliz em saber que me vê assim! (Adorava saber quem está por detrás desse "anónimo" ;) )

      Ao anónimo que me chama Ana Martins, está errad@. Chamo-me Ana Nogueira, não defendo nem valorizo a obesidade. Mais uma vez vejo que o julgamento rápido e fácil continua a ser o pão nosso de cada dia. Posso dizer-lhe que aquilo que defendo acima de tudo é que qualquer Mulher se ame, seja ela mais gorda, magra, alta, baixa. E sobretudo, se se encontram em processo de mudança não achem que só merecem o seu lugar quando atingirem o seu objectivo. É que caso não saiba um gordo pode ter sido ainda mais gordo e não é por eu aceitar e gostar da pessoa que sou que ando a valorizar uma doença como a obesidade, palavra tão mal utilizada por tanta gente assim que olham para alguém com excesso de peso.
      Sei que não lhe interessa, mas deixo-lhe o testemunho desta Ana, que já deixou 35kg para trás e que continua o seu caminho de cabeça levantada e sobretudo com muita paz, equílibrio e felicidade por ser a pessoa que sou.
      http://aplussizegirlwholovesfashion.blogspot.ch/2015/08/the-journey.html

      Acima de tudo deixem é de confundir amor próprio com doenças com que muito provavelmente nunca lidaram.

      Eliminar
    3. Ahhh e esqueci-me de lhe dizer que deve inspirar-se sim, em pessoas que saibam o valor real que a vida tem, não em corpos, sejam eles grandes, magros, gordos ou pequenos ;)
      A vida vai muito para além de uma aparência!

      Eliminar
  45. Espero que procurem as mulheres que poderão ser olhadas pelas outras, passando-lhes a certeza de que é possível persistir e conseguir o sucesso. As que estão associadas a grandes associações e empresas, mesmo empenhadas, terão sempre a vida mais facilitada e dessas a comunicação social não deixa de falar. Se o que pretendem são mulheres reais, que fazem os dias acontecer, contra todas as expectativas, disponibilizo-me para cooperar convosco. Desejo-vos sucesso e concretizações.
    http://suesotto.blogspot.com

    ResponderEliminar
  46. Inspiradoras são as mulheres com quem nos cruzamos e que nos mostram a realidade do dia-a-dia sem camuflagem.

    Foram aqui sugeridas algumas bloggers que, na minha opinião, não fazem sentido. Isto porque raro é a blogger que partilha a realidade da sua vida exactamente como ela é e não como uma manta colorida cheia de fotografias retocadas só para dar a ideia de que vive num conto de fadas.

    Mas não me parece que a Ana vá andar aí pelas ruas a falar com mulheres desconhecidas. Por isso sugiro - também - a Vera Agostinho. Não a conheço pessoalmente, nunca falei com ela, somente sigo o blogue e o Instagram. Mas é uma mulher real, que não esconde as mágoas nem os aborrecimentos. E é de mulheres assim que nós precisamos, sobretudo, para sentirmos que não estamos sozinhas nesta caminhada.

    No entanto, vou sugerir que chegue à fala com a Susana Rodrigues, autora da plataforma Bless - fale com a sua cunhada Joana, ela já colaborou em alguns projetos com a Susana. Penso que a história da Susana e aquilo que ela faz com a sua plataforma a vão inspirar.

    (Uma amiga de ambas, mas é preferível não me identificar para que decida de forma imparcial)

    ResponderEliminar
  47. Claudia Vieira - presidente e fundadora da APFertilidade

    ResponderEliminar
  48. Sofia Ribeiro, incrível a força com que lutou contra a doença e a boa disposição com que continua

    ResponderEliminar
  49. Vera Agostinho, mulher e mãe de mão cheia e autora do blog Eu, ele, a Maria e o Miguel (e agora a Ana e o Tobias) <3

    ResponderEliminar
  50. http://eueleeamaria.blogspot.pt/2014/06/nos-temos-tudo.html?m=1 :)

    ResponderEliminar
  51. A minha chefe! Sim, a minha chefe, disse bem. Conheço a Maria João há três anos, posso dizer que a nossa relação é totalmente esquizofrénica, entre a admiração profunda e o ódio total. Poderia dizer que é como se fossemos família, para o bem e para o mal.
    Falando da Maria João, é uma mulher que leva tudo à frente. É uma líder, não podia ser outra coisa. Mulher decidida, destemida, inteligente, perspicaz, ambiciosa, segura e audaz. Mostra tanta confiança e sabedoria que é admirada e temida ao mesmo tempo, mais temida até. Enquanto lider manda fazer e faz também, ouve, ensina, apoia e dá autonomia. Mulher de negócios.
    Bem sei que não tive outra para comprar, desde que entrei no mercado de trabalho sempre foi ela a minha chefe. Já me despediu, já me despedi. Mas continuamos juntas como se isto não fizesse sentido sem estarmos assim.
    Não é perfeita, muito longe disse. A nossa relação também não é perfeita. Mas é inspiradora!
    ps: ela é completamente fora das redes do sociais e da Internet em sì, por isso não pode ser considerada "graxa".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que grande síndrome de Estocolmo que para aí vai!

      Eliminar
  52. Vera Agostinho. Basta este post:
    https://instagram.com/p/BKY8ZrQhg81/

    ResponderEliminar
  53. A Sónia Morais Santos :)

    ResponderEliminar
  54. Clara Sottomayor - uma mulher de causas

    http://observador.pt/2016/07/20/clara-a-nova-juiza-feminista-no-tribunal-constitucional-indicada-pelo-bloco/

    ResponderEliminar
  55. Marine Antunes, palestrante, autora e criadora do projecto e livro Cancro com Humor. Todos os dias influencia de uma forma pioneira e positiva milhares de pessoas que têm cancro, ou que de alguma forma estão ligadas a esta doença. Uma jovem de 26 anos, transfomadora de mentalidades, relativiza as tragédias da vida, trazendo um olhar humorístico mas sobretudo humano.

    https://www.facebook.com/CancroComHumor/?fref=ts

    https://cancrocomhumor.wordpress.com/

    http://www.cancrocomhumor.pt/

    http://tviplayer.iol.pt/programa/reporter-tvi/53c6b3483004dc006243bd77/episodio/t3e14 (Grande reportagem "As Guerreiras")

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto tanto da Marine!! ❤

      Eliminar
  56. Desculpem lá, mas sou só eu que acho que não era isto que a Pipoca estava a perguntar?
    E quem são estas "famosas" de que vocês falam?
    É que não conheço um décimo!!! Mas deve ser mal meu, imagino.
    Perdoem-me o copy/paste mas isto "... sabemos que o que não falta neste país são mulheres com histórias incríveis. Mulheres com percursos admiráveis. Mulheres que todos os dias, de alguma maneira, fazem a diferença, tocam a vida de quem as rodeia. Andamos à procura de mulheres inspiradoras e contamos com o vosso apoio para as descobrir..." não vos diz outra coisa?
    Se as querem descobrir é porque não são conhecidas, certo?
    Deve ser de ser segunda-feira mas o meu cérebro não percebeu nada das vossas respostas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BRAVO!! Alguém inteligente, IRRA! :)

      Eliminar
  57. A mãe Vanessa (mãe da princesa cô de Rosa) - Vanessa Afonso

    ResponderEliminar
  58. Se puder ser alguém que não é conhecida de todo...esta moça de 23 anos. Li o relato e gostei bastante.
    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10153998019220888&set=a.440352640887.234553.635425887&type=3&theater

    ResponderEliminar
  59. Eu gostava de me apresentar para a vaga. É complicado indicar apenas uma mulher extraordinária pois acho que todas tem uma história/percurso incrível para partilhar. Mas não havendo essa possibilidade eu quero me propor. Tenho 33 anos, mãe de 2, economista e makeup artist de formação (diversidade não me falta). Tenho um projecto, Karimah, relacionado com beleza, mais especificamente focado na maquilhagem e dicas de beleza. Também tenho uma boa bagagem ás costas tanto profissional como pessoal. Não sou "famosa" em Portugal mas em casa e no trabalho divido-me mil. Perfeccionista de natureza ( signo virgem com ascendente em virgem para quem acreditar- também dou uns toques de astrologia;))simpática, bastante comunicativa, criativa e sempre pronta para abraçar novos projectos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueceu-se de referir algo sobre si: é super modesta!

      Eliminar
  60. http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/ex_auditora_da_kpmg_mete_as_maos_no_lixo.html

    ResponderEliminar
  61. Marisa Oliveira, presidente da APOBARI. Esta mulher tinha tudo para dar errado, família disfuncional, aluna da Casa Pia, mãe ao 17 anos, doente de obesidade quase mórbida que se submete a um operação bariatrica que corre mt mal e depois de ter passado quase um mês internada e sobreviver decide criar a Associação Portuguesa dos Bariatricos para apoiar todos aqueles que passam pelo processo penoso que é sujeitar-se a uma cirurgia deste tipo.
    É uma mulher que se dedica a 100% à associação sem receber um tostão, se dedica às pessoas que necessitam de ajuda, que luta pelos direitos de todos os obesos e ex-obesos.
    Podes ver um pouco mais da historia dela aqui :http://tviplayer.iol.pt/video/5707e9cd0cf248fe7e36cd6f
    E sobre a associação aqui : https://www.facebook.com/associacaoportuguesadosbariatricos/

    ResponderEliminar
  62. mulheres inspiradoras?!! As minhas instrutoras do ex- vivafit Olivais, que perderam elas e nós suas alunas, numa semana o chão quando nos anunciaram que na semana seguinte ficariam sem emprego e nós sem ginásio! Elas não baixaram os braços, deram aulas avulso no Vale do Silêncio (rua portanto) e nós sócias (uma cambada de mulheres unidas - afinal elas existem), esperamos 4 meses até as instruturas se organizarem e abrirem o novo estúdio - o Move and Mind - o melhor ginásio para mulheres e porque, porque tem boa energia, mulheres com M grande!

    ResponderEliminar
  63. A Rita Costa da AAMA - Associação de Actividade Motora Adaptada
    Mentora de colónia de férias para crianças especiais...

    ResponderEliminar
  64. As mulheres da Ubber White, https://www.facebook.com/UbberWhite/?fref=ts, em particular, a Paula Mourão (https://www.facebook.com/paula.mourao.33?fref=ts). Amiga, inovadora, positiva, divertida, tudo que o The Woffice precisa conhecer!

    ResponderEliminar
  65. A minha mãe. É, e sempre foi uma lutadora, cheia de energia, de vida e ainda hoje com 72 anos é uma exemplo de coragem.
    Podia aqui escrever uma história longa, de uma vida cheia de altos e baixos, com 7 filhos, um divórcio e muito trabalho, mas não tenho palavras para descrever o quanto a minha mãe é maravilhosa.

    ResponderEliminar
  66. Olá Ana,
    Quando li o teu post pensei em fazer este comentário, para que me conhecesses e para que conhecesses o meu projeto…
    Talvez o achasses inspirador…
    Talvez me achasses uma mulher inspiradora…
    Talvez se me achasses inspiradora, eu conseguisse a visibilidade que tanto preciso para que este projeto fosse um sucesso…
    E assim conseguisse mudar a sociedade…
    Talvez, quem sabe?
    Mudar a sociedade?
    Achar-me-ás muito ambiciosa, ou até presunçosa…
    Mas eu sinto desde há muito tempo que não nasci simplesmente para morrer…
    Eu sinto que vou fazer algo bom para o bem de todos e mudar a sociedade pode ser esse “algo bom”.
    E sabes que “tudo vale a pena se a alma não é pequena” e aviso já que a minha é enorme.
    Logo a seguir pensei: Pois claro Manuela, é isso mesmo… Pensas tu que estas quatro alminhas com os conhecimentos que têm, com a pedalada que têm, com a experiência que têm vão mesmo querer saber de ti…
    Mas depois disso, lembrei-me que a vida me ensinou que na dúvida devo avançar…
    Que na verdade não tenho mesmo nada a perder e se ganhar… posso ganhar muito…
    E nisto dou um passo em frente e atiro-me de cabeça…
    Que seja o que tiver que ser.
    Bem, vamos por partes…
    Deixa-me apresentar-te o meu projeto.
    Cansei-me, finalmente, de reclamar como se não houvesse amanhã e permanecer de braços cruzados, sem nada fazer para mudar.
    Por isso criei um blogue:
    http://maeprocuraempregocompativel.blogs.sapo.pt/
    https://www.facebook.com/maeprocuraempregocompativel/
    que tem 3 objetivos muito bem definidos:
    1. Inspirar pessoas ao escrever sobre o que sinto.
    2. Criar um “lugar” onde empregadores façam ofertas de emprego especialmente para mães.
    3. Fazer uma lista de boas práticas que beneficiem e respeitem a condição de mãe nos postos de trabalho. (que ambiciono, um dia, apresentar na Assembleia da República)
    Queres dar uma vista de olhos no blogue?
    Achas que pode ser considerado inspirador?
    Espero que a resposta seja sim às duas últimas perguntas.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  67. As "SUPER" mulheres da Ubber White, https://www.facebook.com/UbberWhite/?fref=ts, são sem dúvida alguma, pessoas inovadoras e fantásticas! Mas gostaria de salientar uma dessas mulheres, a Paula Mourão (https://www.facebook.com/paula.mourao.33?fref=ts), que é sem dúvida uma pessoa amiga, que transborda alegria, alguém muito inovador e uma fonte de inspiração para todos aqueles que fazem parte de uma geração dita "rasca". Por todas estas razões e muitas outras mais, estas mulheres são tudo aquilo que o The Woffice precisa de conhecer!

    ResponderEliminar
  68. Paula Mourão, Engenheira Civil de formação, com larga experiência na área, deixou a profissão para se dedicar um bem maior. Criou uma marca com um conceito inovador: Ubber White. Marca que previligia a arte como um bem acessível todos em qualquer suporte. Conceito com projecção a nível mundial, visando a participação de artistas de várias áreas e nacionalidades. Pessoa com uma visão futurista, humanitária, privativa. Tem sido convidada para várias palestras sobre empreendedorismo e abraça várias instituições locais.Um exemplo de coragem, fé, perseverança, resilencia, profisionalismo e altruísmo. Sem dúvida uma mulher inspiradora!

    ResponderEliminar
  69. Claramente a Paula Mourão, da Ubber White! Depois de ser engenheira passou a empreendedora e soube sempre procurar e superar desafios... muito desafiantes! Além disso é excelente pessoa e isso conta muito, certo?
    (Norberto Amaral)

    ResponderEliminar
  70. Bom, já vi que andam por aqui muitas e variadas propostas... Não, eu não vou para as bloggers, e sim conheço outras mulheres inspiradoras. Mas vou deixar-vos dois nomes, posso? A Paula Mourão, que lidera a Ubber White e a Diana Nicolau, a actriz. Por razões diferentes. A Paula Mourão, quando ao conheci, era engenheira e tinha por hobby, com a mãe, fazer umas coisinhas pintadas à mão, com umas aplicações de crochet, giras. Mas tinha um sonho. E por esse sonho, atirou-se ao trabalho, deixou o emprego seguro que tinha e criou a Ubber White, a marca de sapatilhas que traz a arte para os pés de quem as usa. Determinada, lançou-se a aprender, a estudar, planear, a criar uma empresa sólida, 100% portuguesa na inspiração e no fabrico dos produtos... que já dá trabalho a várias pessoas e divulga o trabalho de vários artistas. O salto que deu para o desconhecido, nos tempos que correm, foi um dos actos de coragem que conheço. Numa época em que vivemos todos tão encolhidos no medo da crise, o seguir de um sonho parece-me um belo exemplo para um país assustado. Fica a ligação: https://www.facebook.com/UbberWhite/
    A Diana Nicolau é um caso diferente. A Diana é a solidariedade em forma de mulher sorridente e sempre bem disposta. Além de ser boa actriz. Acompanha em Portugal vários projectos solidários - é Rotaract -, está sempre disposta a participar no que lhe pedem que possa ajudar alguém usando o seu nome e imagem e, ultimamente, envolveu-se em dois projectos em África: primeiro com «From Kibera With Love» e agora com «Há ir e voltar» e tem ido passar algum tempo ao Quénia, no que é considerado maior bairro de lata do mundo - Kibera - a trabalhar em prol da educação e dos cuidados das crianças que lá vivem. Sempre com um sorriso e boa disposição. Podia ficar em Portugal a fazer teatro, cinema, séries na calma, mas não. Vai. Quantos de nós iríamos?
    As ligações:
    https://www.facebook.com/DianaNicolauPage/
    https://www.facebook.com/hairevoltar/
    https://www.facebook.com/FromKiberaWithLove/

    ResponderEliminar
  71. Não me levem a mal, mas apareceram tantas de seguida a referir a mesma pessoa, até soa a estratégia...

    ResponderEliminar
  72. Ora bem , para os anónimos que acham estranho pois ora cá vai mais uma vez a sugestão Paula Mourão, fundadora e CEO da Ubber White! Em vez de estranharem , poderiam espreitar e tentar conhecer o percurso desta pessoa! Qual o porquê de inspirar tanta gente???? Se formos avaliar são raras as pessoas que têm a coragem de deixar a vida confortável e segura para apostar num projeto 100% PORTUGUÊS!!! A coragem, a persistência e o facto de apostar no que é nosso, inspira e por isso a Paula Mourão é a minha sugestão e de muitas pessoas que a conhecem! A Paula consegue reunir um conjunto de virtudes que a tornam uma empreendedora exemplar , consegue conciliar os seus valores pessoais com a sua garra e ambição e o resultado está à vista , SUCESSO! Vale a pena espreitar este projecto, primeiro porque aposta nos artistas portugueses , depois porque concilia arte e calçado que é um conceito totalmente inovador e por fim porque o produto para além de tudo é simplesmente magnífico ! Parabéns por todo o sucesso da Ubber White! Não desistas , podes ajudar a levar o nome de Portugal além fronteiras :)

    ResponderEliminar
  73. A mãe Copinho de Leite!
    www.ocopinhodeleite.com

    ResponderEliminar
  74. Cristina Fonseca, co-founder da Talkdesk

    ResponderEliminar
  75. Paula Mourão, mentora da Ubber White. É uma mulher inspiradora, porque nos dá esperança a todos e faz-nos acreditar que é sempre possível reinventarmo-nos e mudar completamente o curso da nossa vida e até dos que nos rodeiam. Paula Mourão, em plena época de crise, depressão e desmotivação em Portugal, abandona o seu trabalho chato e nada lhe dizia, fugindo a uma possível depressão, e propõe um projeto à sua mãe, artesã talentosa, e prima, artista plástica creativa - ambas completamente subaproveitadas a subvalorizadas. Esta sua ideia e impulso veio trazer um enorme "boost" na vida das três e, consequentemente, na vida das pessoas que as rodeiam e todas as pessoas com quem trabalham. Quem tem contacto com a Paula Mourão descreve-a como inspiradora, positiva, laid-back e espiritual. Tenho um enorme orgulho em ser sua amiga, pois conheço estas qualidades há 27 e agora á muito bom poder partilhá-las com o resto do mundo! :)

    ResponderEliminar
  76. Olá!
    Conheço uma mulher, muito empreendedora e com uma visão de vanguarda do mercado.
    Cristina Maria Pereira Coutinho.
    Foi minha líder e é o meu exemplo!!!
    Já deu algumas entrevistas...
    Um líder de sucesso num mundo de homens e uma atleta de sucesso.
    Segue infra o link do Linkedin:
    https://www.linkedin.com/in/cristina-pereira-coutinho-19b10938?trk=hp-identity-name
    Top...top!!!!

    ResponderEliminar
  77. Manuela Medeiros, a fundadora da Parfois! Uma história de vida (no que toca ao desenvolvimento e crescimento da marca - claro) super interessante e inspiradora! Ela criou um império!

    ResponderEliminar
  78. Maria de Oliveira Dias do The Love Food!

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis