Pub SAPO pushdown

Leituras pipoquianas

quarta-feira, setembro 21, 2016
Apesar da incredulidade de alguns, é mesmo verdade que nestas últimas férias consegui aviar três livros (já expliquei aqui como). Já tinha saudades de ler assim à bruta. Na vidinha de todos os dias, a leitura fica reservada para a noite (quando não é derrotada por uma qualquer série ou filme) ou para as viagens de metro, por isso levo sempre mais tempo a chegar à última página. Nestas férias, enchi-me de esperança e pensamentos positivos, e enfiei dois livros na mala. Se conseguisse ler um já não era mau, dois era assim upa-upa, mas eu sou uma gaja de fé, por isso vamos embora com dois livros ainda granditos. E vai que para aí ao quinto dia de férias já os tinha despachado. O homem, que só tinha levado um, também já o tinha terminado, por isso trocámos. Eu passei-lhe um dos meus e ele passou-me o dele, que também consegui terminar lá. Enfim, explicada a logística da coisa, passemos aos livros. Vocês passam a vida a pedir-me sugestões e eu percebo, porque eu própria ando sempre à caça de novas coisas que me prendam. Leio as críticas dos jornais e revistas, pergunto a amigos o que andam a ler, espreito os tops das livrarias, e assim vou aumentando a biblioteca. Os meus companheiros de festas foram estes:


(clicar nas imagens para mais informações)

 1- A Elena Ferrante é a nova menina querida da literatura mundial. Bom, não será tão menina quanto isso, a verdade é que não se sabe grande coisa da dita. Desconfia-se que escreva sob pseudónimo, fala-se que terá nascido algures na década de 40, em Itália, dá pouquíssimas entrevistas e só por escrito, não há fotos dela, é tudo um grande mistério. O que se sabe é que "A Amiga Genial", uma história contada em quatro volumes ("A Amiga Genial", "História do Novo Nome", "História de Quem Vai e de Quem Fica" e "História da Menina Perdida"), vende comó caraças. Li o primeiro nas férias e fiquei a morrer de vontade de ler logo os outros todos de enfiada, mas não os tinha. Fui a correr comprá-los assim que cheguei a Lisboa e na primeira livraria em que entrei... "ah, e tal, não vai dar, estão todos esgotados". Ooooooiiiiiiiiiiii???? Pânico, suores frios, sensação de desmaio. Liguei para outra livraria, tinham todos, deixei reservado e fui a voar, portanto já comecei o segundo volume e está a ser tão promissor como o primeiro. Basicamente, esta tetralogia foca-se na história de duas amigas - Lila e Elena - que vivem num bairro de Nápoles. Começa quando elas têm seis ou sete anos e vai acompanhando o seu crescimento, assim como o de muitos outros moradores do bairro. E está tão bem escrito, e é tão envolvente, e as personagens estão tão bem construídas que, de repente, parece que uma pessoa também está a morar naquele pequeno e pobre bairro de Nápoles e a viver aquilo tudo com elas. Na Feira do Livro tinha comprado "Crónicas do Mal de Amor", uma compilação dos seus três primeiros livros ("Um estranho amor", "Os dias do abandono" e "A Filha Obscura"), mas não achei tão bom como este. Agora estou aqui com dúvidas, não sei se leio os volumes todos de seguida ou se os vou intercalando com outros para durarem mais. Problema, só problemas. 

2- Mais uma aquisição da Feira do Livro. Nunca tinha lido nada do Ricardo Adolfo e, confesso, o título aqueceu-me o coração. =) E então trouxe-o comigo. E é de chorar a rir, e não há como não amar a Mizé e o seu Palha, um jovem casal suburbano cheio de crises. Ele só quer uma mulher que o ame, ela é dada a outros sonhos e grandezas. O registo é absolutamente delicioso, é um livro muito despretensioso, mas fiquei com muita curiosidade em ler mais coisas do Ricardo Adolfo.

3- O "Afirma Pereira" foi o livro que o homem me emprestou por eu já não ter nada para ler. É do italiano Antonio Tabucchi, passa-se durante o regime de Salazar e conta a história de um editor de cultura, Pereira, que contrata um jovem jornalista para o ajudar e escrever obituários. A escolha acaba por se revelar um bocadinho perigosa, mas também faz Pereira perceber que, afinal, ainda tem muito para viver.

E vocês, o que é que andam a ler?


65 comentários:

  1. Eu acabei a tetralogia nas férias (tb com criança de 3 anos; tudo se consegue) e agora estou a ler o vencedor do man booker prize do ano passado (a brief history of seven killings) que é fabuloso e perturbador. Como ler em jamaicano é mais difícil do que parece, vou intercalando com releitura de Camila Lackberg e Robert Galbraith (a JK Rowling policial). Sem ler é que não dá. (Mas não vejo séries; confesso. o tempo livre que tenho é para ler)

    ResponderEliminar
  2. A tragédia da Rua das Flores

    ResponderEliminar
  3. Eu estou a ler o "Diz-me só a verdade" da Luísa Castel-Branco. Há muito tempo que não lia um livro que me desse tanto prazer ler! Faltam cerca de 40 páginas, que desde domingo têm sido uma difícil tarefa, porque não tenho tido tempo para nada! Vamos ver se é hoje que o consigo acabar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Mas a sério? E a sério que o nome do seu blog é esse??? (Eu também sou loira, mas haja imaginação...)

      Eliminar
    2. A sério? Mas a sério? Que uma pessoa comenta um livro e vai implicar com o nome, mas a sério? Consegue ser menos básica?

      Eliminar
    3. Anónimo das 06:14, a sério? Mas a sério? Não sei se percebeu, mas os dois primeiros a sério foi para o livro. Consegue ser menos básica?

      Eliminar
    4. A sério A sério A sério A Sério que o alguém que Lê Luísa Castel-Branco e diz ser um brilhante livro existe ? e Russa Loirinha..why?

      Eliminar
  4. Estou a ler "Nó de Sangue" de Agustín Sánchez Vidal e estou a adorar. Passa-se no séc.XVIII entre Espanha e o Perú e é sobre a procura do tesouro Inca.

    ResponderEliminar
  5. 2 livros poderosos, daqueles que nos fazem viver intensamente dentro da narrativa:
    "Cidade em Chamas" - Garth Risk Hallberg
    "Assim para Nós Hája Perdão" - A. M. Adams

    Inês

    ResponderEliminar
  6. pablo escobar o meu pai, e estou a adorar ler todos aqueles pormenores e para quem viu narcos aconselho vivamente

    ResponderEliminar
  7. Neste momento estou a ler o Gone Girl. Estou completamente viciada, aproveito cada segundo para ler o livro. Há anos que não estava tão entusiasmada por um livro. Já tinha visto o filme e mesmo assim- mesmo conhecendo a história- estou a achar o livro brilhante.
    Opinião aqui: http://www.vinilepurpurina.com/2016/09/13/estou-completamente-viciada-gone-girl/

    ResponderEliminar
  8. Recomendo muiiito o "O Grande Amor da Minha Vida - O Cavaleiro de Bronze" da Paullina Simons para quem gostar de romances históricos que nos consomem a cada palavra :)

    ResponderEliminar
  9. O Mercador dos Livros Malditos - Marcello Simoni
    Fiquei com muita curiosidade relativamente à "A Amiga Genial".

    ResponderEliminar
  10. "A minha pequena livraria". Ainda muito no inicio, mas a adorar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a ler esse. Estava a 5€ na Bertrand..surpresa agradável

      Eliminar
    2. Desculpe Marta, mas pode me indicar em que Bertrand encontrou esse livro por 5 euros? Viu-o no outro dia e achei interessante...mas na altura estava, se não me engano, por volta dos 14 euros para cima...
      Obrigada pela consideração!
      P.S- Neste momento o meu livro de cabeceira é "Emma" de Jane Austen :)

      Eliminar
  11. Pipoca,
    finalmente encontrei alguém que lê Ricardo Adolfo!!! Aconselho tudo, é espectacular!
    É tão bom porque parece simples, mas não é!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é a única! :) O "Maria dos Canos Serrados" é o meu favorito. Aquela página em que é referida a Fosforeira Portuguesa é poesia pura.

      Eliminar
  12. Estou a ler Harrison's Principles of Internal Medicine 19th edition! Yeyyy! Boa forma de passar o meu Verão (P.S. Exame em novembro e esta é a bibliografia...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é um dos livros que marca a nossa vida, sem dúvida!! de alguém que já passou por isso, muita força!

      Eliminar
    2. Same here! Uma autêntica montanha-russa emocional, mal posso esperar para ler o fim!

      Eliminar
    3. Também estou a ler o mesmo livro. Denso, sem dúvida. Mas a história, infelizmente, não prende o leitor...

      Eliminar
  13. Estou muito curiosa com "A Amiga Genial". Aliás, são tantos os comentários positivos que leio sobre essa tetralogia que vou ter mesmo de ler tudo! :)

    http://bettybeckels.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Pipoca, confias em mim? Provavelmente não, visto que não me conheces. Mas se conhecesses confiarias e corrias já a comprar este livro: http://www.mariadaspalavras.com/este-blog-nao-e-sobre-livros-4-443053

    Joel Dicker tem outros, mas este caso de Harry é mais apaixonante. O melhor dos 30 livros que li no último ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida. E a seguir, do mesmo autor, O Livro dos Baltimore.
      Joel Dicker é um escritor fabuloso, daqueles que nos faz ficar mesmo tristes quando acabamos um livro.

      Eliminar
    2. Maria das Palavras, também não a conheço mas confiei. Ia pedir uma outra coisa na Fnac e decidi-me a comprar também esse livro. Vamos ver se gosto. :)

      Eliminar
  15. Sugiro vivamente "Elegia para um americano" de Siri Hustvedt (mulher de Paul Auster).

    ResponderEliminar
  16. Dizes" um jovem casal suburbano" isto cheira me a pretensiosismo teu ou até snobismo, não? Se for é péssimo Pipoca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai ter de discutir o tema com o autor e não comigo. Foi ele que escreveu uma história sobre um jovem casal que vive nos subúrbios. Se calhar é melhor ler o livro primeiro, não?

      Eliminar
    2. ok, mas mesmo assim é diferente dizer um casal que vive nos subúrbios do que chama los de suburbanos, desculpe mas parece sim algum snobismo pelo menos eu interpretei assim se fui tola peço desculpa .

      Eliminar
    3. Foi tola, claro. Que mania de ver coisas onde elas não existem...

      Eliminar
    4. a própria Pipoca é dos subúrbios por isso não me parece snobismo nenhum...

      Eliminar
  17. Recomendo uma trilogia de Sara Lark, "No país da nuvem branca", "a canção dos maoris e "o grito da terra". Adorei leitura muito cativante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só li o primeiro e, a dada altura, foi quase um martírio para mim. Tenho um problema de não gostar de deixar livros a meio e insisti, mas não me cativou para os seguintes. Acho que, dentro do género, há autores muito melhores.

      Eliminar
    2. Estou a ler "No pais da nuvem branca" e o que mais me cativa no livro é ser passado na nova zelandia, país que conheci recentemente e amei!

      Eliminar
  18. A Filha do Papa de Luís Miguel Rocha. Estou a gostar, embora não seja nada de extraordinário e fiquei algures preocupada quando num determinado capitulo me fez lembrar José Rodrigues dos Santos com tanto conhecimento partilhado. OOps

    ResponderEliminar
  19. Estou mesmo a terminar o último do Ken Follet, mas não está a cumprir com as expectativas que tinha, após os Pilares da terra, O mundo sem fim e a Queda dos Gigantes, esperava muito mais. Mas é um livro de 95, sendo que os melhores dele, para mim, são mais recentes. Grata pelas sugestões!

    ResponderEliminar
  20. Eu ando a ler o livro de uma amiga que vai sair agora em Outubro. Morais de Carvalho, https://www.facebook.com/moraisdecarvalhoescritora/

    ResponderEliminar
  21. Eu estou em processo de intercalar a tetralogia da Elena Ferrante com a trilogia do Justin Cronin (nunca liguei nada a este tipo de temática, mas não consigo largar isto de modo algum), com Ransom Riggs (Miss Peregrine's e seguinte, idem.) e na calha está também Deixei-te ir, de Clare Mackintosh e um Murakami que se arrasta da sala para o quarto há mais de um ano...

    ResponderEliminar
  22. Estou a ler "O Santo, o Surfista e a Executiva", de Robin Sharma.

    ResponderEliminar
  23. Li o Afirma Pereira há tanos anos que foi bom recordar. Eu ando a ler Caminhos para Deus de Helena Sacadura Cabral.

    ResponderEliminar
  24. Os livros dos Lars Kepler, uma dupla sueca: o hipnotista, o executor, a vidente, o homem da areia s stalker

    ResponderEliminar
  25. "O reino do fogo" de Joanne Harris
    https://www.wook.pt/livro/o-reino-do-fogo-joanne-harris/16747101

    ResponderEliminar
  26. Estou a ler o coro dos defuntos de António Tavares. Não é fácil pois preciso constantemente de um dicionário. É mesmo a sério. No final do livro vem um mini dicionário, mas mesmo assim é difícil.

    ResponderEliminar
  27. Obrigada por este post pipoca, há poucos assuntos mais interessantes que livros :D por favor continue! Provavelemente já ouviu falar, mas uma ferramente que não posso deixar de recomendar para encontrar livros novos é o Goodreads, uma espécie de facebook dos livros!

    ResponderEliminar
  28. Olá de novo! Sou a anónima da "Emma" :D Queria só deixar uma sugestão de uma escritora que me aquece SEMPRE o coração de cada vez que leio um dos seus cinco livros (editados em português, que há um sexto livro sem tradução ainda!) - Sarah Addison Allen! Juro, e isto é a minha opinião pessoal, que não se iriam arrepender de a ler, uma leitura leve, calorosa e agradável, tanto para os dias de verão como para aqueles dias enrolados numa manta e com chocolate quente. Experimentem, e já agora, continuação de boas leituras para todos!!!

    ResponderEliminar
  29. Gosto tanto de ler! Mas, infelizmente, tempo e paciência estão em falta...
    Desde as férias que ando a tentar ler (às prestações) o livro para adultos da J.K.Rowling, "Morte Súbita". Para quem gosta de romance com algum mistério à mistura, é interessante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também ando à luta para acabar esse livro (e detesto começar um livro e não acabar) mas começo a ler umas páginas... ui aborrecimento e adormeço! JK Rowling para já ficamos pelo harry, ok?! Curiosamente num destes dias, em casa dos meus pais, fui dar com aqueles "livros condensados" do Reader´s Digest, E não é que contém obras interessantes? Já requisitei dois volumes (4 obras cada um) acho que nos próximos tempos não gasto dinheiro em livros novos (ainda ficaram por lá uns 10 volumes desses "livros condensados" :) )

      Eliminar
    2. "Morte Súbita" é o "Casual Vacancy"? Aquele que ela escreveu sob o próprio nome? Se sim, é um tratado de mesquinhez sublime e deprimente; eu adorei, mas deixou-me mais "pesada".

      Eliminar
  30. E pronto Pipoca, não tem como não comentar! Bati com as minhas pestanas ness'A Amiga Genial e ficou-me atravessado!!!! Agora leio " A Livraria dos Finais Felizes" da sueca Katarina Bivald!!! TOP Bjus

    ResponderEliminar
  31. Leiam e descubram o talento de Javier Cercas em "A Velocidade da Luz". Maravilhoso. ...
    MB

    ResponderEliminar
  32. Estou mesmo a iniciar "Cinco Esquinas" do Mario Vargas Llosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E por falar no Mario Vargas Llosa. Conhecem "O Elogio da Madrasta".? Atrevidote é certo mas muito bom ....
      MB

      Eliminar
  33. Finalmente comecei agora a ler o "Pintassilgo", que já o tinha comprado algum tempo, mas foi deixado de lado, para ler outros.

    ResponderEliminar
  34. O Afirma Pereira lí há muito anos e gostei. A Mizé liá há uns poucos tb e achei uma delícia. Eu estou a acabar o "When breathe becomes air" do Paul Kalanithi e é muito bom! (em inglês lê-se na boa mas já ha tradução portuguesa). De como um sr. procura entender a vida, a morte... e procura na literatura e dps percebe que tb há uma parte física a considerar e torna-se neurocirurgião e de como aprende que o ser humano é um todo, de como aprende a ter compaixão, a encarar a morte nos pacientes ... e dps como ele vira paciente e tem que aprender a sê-lo e a encarar a vida e a sua morte... A ler!

    ResponderEliminar
  35. Fiquei com curiosidade em relação ao livro e à escrita do Ricardo Adolfo. Obrigado!

    ResponderEliminar
  36. Estou a ler o nosso reino do Valter Hugo Mãe. É giro mas não bate o filho de mil homens.

    ResponderEliminar
  37. O Livreiro, de Mark Pryor, conhece Pipoca? Vale a pena?

    ResponderEliminar
  38. Olá Pipoca. Aqui fica mais uma sugestão: "Comer e Amar em Paris" de Elizabeth Bard (uma jornalista americana que se apaixonou na cidade do amor). Absolutamente delicioso e divertido.
    MB

    ResponderEliminar
  39. Hopeless romantic: Jojo Moyes me AFTER you.

    ResponderEliminar
  40. Hopeless romantic: Jojo Moyes me AFTER you.

    ResponderEliminar
  41. As arrelias de uma camionte avariada. Recomendo. Também não se fica nada atrás de As longas tranças do bebé careca. Genial

    ResponderEliminar
  42. E para quem gosta de Haruki Murakami aconselho "Norwegian Wood". Muito bom.
    MB

    ResponderEliminar
  43. A Bíblia Sagrada, claro.

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis