Pub SAPO pushdown

O Problema #1

quinta-feira, novembro 27, 2014
Como já vos expliquei (quem não sabe é porque não está atento), o "O Problema Não És Tu, Sou Eu" é um livro que responde a uma data de questões que me parecem pertinentes na vida de uma mulher, sobretudo quando entra ali na casa dos trinta. Falo de amores, de desamores, de filhos, de trabalho e de vários outros assuntos. Eu dei o meu palpite, mas gostava de saber a vossa opinião. Assim sendo, sempre que me apetecer lanço aqui uma pergunta do livro, um excerto da minha resposta, e depois gostava de saber o que é que vocês pensam, que isto é giro é partilhar, não posso ser só eu a contar as minhas desgraças histórias. Vamos a isto? Então a primeira pergunta é:  


"Mentalizemo-nos: genericamente falando, os homens são mais físicos, nós mais emocionais. Os homens têm sexo porque sim. Estão a ver aquela necessidade de doces que nos dá ali mais ou menos às dez e meia da noite, uma coisa inconsolável e desesperada que nos faz trepar paredes? Com eles é a mesma coisa, só que com sexo e sem uma hora tão precisa. É quando calha, quando há oportunidade. E nós, graças a Deus, facilitamos-lhe muito a vida nesse sentido. É mais difícil para uma mulher arranjar um Kit Kat às dez e meia da noite do que para um homem arranjar sexo sempre que lhe apetece."



87 comentários:

  1. Se é mulher, não é homem, logo é diferente.
    Pode parecer uma verdade de lapalice mas é uma verdade.
    As mulheres são diferentes, mais refinadas, digamos.
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. La Palice ou La Palisse

      Eliminar
    2. Como quiser, caro anónimo.

      Eliminar
  2. Ahahah adorei!! Fiquei ainda mais curiosa com o livro, tenho que o ler :)

    Blog | Facebook |

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ou não tivesse este post precisamente o objectivo de aguçar a curiosidade de um possivel comprador. A pipoca é espertinha...

      Eliminar
  3. As mulheres são umas sentimentalonas! No geral, vamos para a cama com quem já achamos piada, e depois, e a não ser que seja péssimo, ficamos logo caidinhas!

    No entanto, parece-me que as coisas estão a mudar... parece-me que começamos a aprender a fazer essa coisa que há uns tempos era impensável, que é separar sexo de amor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inteiramente de acordo!

      Ana

      Eliminar
  4. Sinceramente, não concordo Ana. E é esta ideia pré-concebida que faz as mulheres que apanham homens que não são sexo-dependentes, que os há e muitos, sentirem que há algo de errado na relação ou que elas não são atraentes/desejadas. Que muitas vezes o básico é o correto, é sim, mas neste caso isto parece-me o básico generalizado e arrastado, uma mentira que tantas vezes feita dogma querem tornar verdade. Não é, mesmo.

    ResponderEliminar
  5. Para os homens, sexo é uma necessidade básica, tal como comer ou dormir. Para as mulheres... também! Embora para uma mulher, mesmo que "livre e descomprometida", o sexo casual implica, ainda assim, alguma preparação: depilação feita, langerie impecável, etc... Por isso, mesmo que as mentalidades estejam a mudar, para uma mulher num será simples como: Sexo?! Claro. Será mais: Sexo!? 1... 2... 3... Sim! (claro que existem outros motivos, mas estem farão sempre a diferença, mesmo quando a mulher está cheia de vontade!)

    Cris

    ResponderEliminar
  6. É mais difícil para uma mulher arranjar um Kit Kat às dez e meia da noite do que para um homem arranjar sexo sempre que lhe apetece."

    Acho que é mais ao contrário!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que a Ana queria escrever ao contrário e se enganou

      Eliminar
    2. Ironia, vão ver ao dicionário o que significa.

      Eliminar
    3. És tu, Cristiana? Ou será a Cátia Palhinha?

      Eliminar
    4. Vocês quando nao percebem chamam ironia a tudo lol. O que a pipoca escreveu nessa frase está explícito e sem segundos sentidos.

      Eliminar
  7. Não há volta a dar, homens e mulheres são diferentes neste assunto.

    Passatempo a decorrer em www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
  8. Sinceramente acho um bocadinho ingênuo pensarmos que não há mulheres que usam os homens só pelo sexo. As mentalidades mudaram muito e a mulher sentimentalista no passado foi usada e abusada e neste momento evoluiu. No sentido que neste momento conheço amigos meus românticos que iludidos não acreditam que estam a ser usados só para aquilo e depois são descartados. Por isso em resposta à sua pergunta eu considero que há mulheres que conseguem. Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Foi usada e abusada e neste momento evoluiu" ou seja, faz o mesmo, usa e abusa só porque sim, e a Joana considera isso uma evolução, muito bem...

      Eliminar
    2. Eu não disse que concordava com esse tipo de evolução, para mim cada um sabe da sua vida. Simplesmente acho que actualmente existem mulheres que usam e abusam dos homens tal como sempre houve homens a usar as mulheres, e que nesse sentido houve uma evolução da mulher, que o homem se calhar não acompanhou. Evolução "boa" ou "má" não sei, os homens têm de saber se defender, bem como as mulheres. Joana

      Eliminar
    3. Manda esses teu amigos aqui para a Je pq não conheço nenhum assim disponivel :)

      Eliminar
  9. Até podiamos fazer sexo como os homens se não estivessemos tão cansadas e preocupadas a cuidar dos filhos, do marido, da casa, do cão do gato e piriquito e ainda ir trabalhar e outras mil coisas que ainda fazemos com uma perna as costas.
    Há e garanto que quando o maridão faz para ai no maximo 3 destas coisas fica com vontade de fazer amor como uma mulher :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. deves viver no séc XIX...:)

      Eliminar
    2. NR e tu ou não tens filhos ou então tens avós/tios/familiares por perto. Vida de casal com filhos sem ninguem por perto, nem empregada, nem ama, é anular como casal. Nao me lixem, mas experimentem uns 5 anos seguidos sem um jantar a dois, sem uma saída, sem uma noite de relaxar, sem uma ida ao cinema, sem alguem que dê por vocês aquele banho ou pense no jantar deles, etc. Acho que o anonimo exagerou mas tb acho que muita gente, mesmo a que tem filhos, nao faz ideia do que é ser pais 365 dias por ano sem uma folga, i.e., ou estamos a trabalhar ou estamos com os miudos, nao ha outra situaçao que nao estas duas. Chega a um ponto que se fica tao cansado de deixar de ter vida que para a termos, ou fragmentamos o casal (hoje ficas com eles em casa e eu vou arejar) ou se chega a um ponto de quando os miudos dormem queremos é ir anhar.

      Eliminar
    3. Pipocante Irrelevante Delirante27 novembro, 2014 11:10

      Se faz isso tudo com uma perna às costas, não há razão para ficar cansada.

      Aqui o maridão faz isso, e muito mais... e não se queixa, ou muito menos apregoa que isto e aquilo.
      (em boa verdade, não trato do periquito, mas ainda ontem depenei umas perdizes)

      Eliminar
    4. Querida anónimo, tenho 2 filhos (3 e 8 anos). Dos nossos pais sobra a minha sogra, que por sinal tem pouca disponibilidade para ficar com os netos. Que me lembre ficaram lá umas 2 vezes desde que nasceram. Não tenho também grande familia para tomar conta das crias. Os nossos filhos andam por todo lado connosco. É extremamente cansativo mas não acho que seja como descrito...e acho que os homens actualmente não deixam tanto para fazer como no tempo dos nossos pais. Sou homem e faço de tudo em casa. Ainda ontem o jantar ficou por minha conta e arrumar a cozinha idem. Deitamos os miudos e ainda tivemos tempo para estar 2 horas a fazer um programa a 2.

      Eliminar
    5. Sim NR (nao sou a primeira anonima, sou a dos filhos), eu venero casais que mesmo sem tempo para apenas os dois conseguem continuar a ser amantes. Ainda bem que partilham as tarefas e que se mantêm entusiasmados ambos. Acreditei que conseguia até ha bem pouco tempo mas cheguei a um ponto que me falta o ar de não poder ser o eu para alem de ser mãe e ao meu marido idem. E estou certa que muitos casais, mesmo os que dizem que aguentariam, se submetidos a uma vida exclusivamente de filhos/trabalho, sem um único furo durante anos, permaneceriam amantes. Chega a um ponto que somos apenas uma equipa de educação, cujo expoente máximo seria um final de tarde a chegar a casa e a encostar-se ou uma mera ida ao cinema. Depois ha outras coisas que nunca pensei, como a limitaçao de uma casa tao pequena que quando eles dormem nao podemos sequer ter a tv da sala ligada que os acorda. E quem leva uma hora a conseguir pôr um bebé a dormir sabe que tudo o que queremos depois de vencer a batalha é nao voltar a repetir aquela hora.

      Eliminar
    6. Não deixa de ser importante investir no tempo a dois.. Preparem um mini-programa, tirem um dia de férias e deixem na mesma os miúdos na escola...
      Não é preciso muito, mas não se deixem afastas, se não, quando os filhos saem de casa descobrem que levam vidas completamente separadas e já não têm nada em conjunto

      Eliminar
  10. Sim, podem. Mas não é com o primeiro que aparece. Se é para ser uma "one-night stand", que seja de qualidade. E nunca deixar o número de telemóvel, nunca e em caso algum :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O melhor comentário que vi por aqui ;) concordo 100%. Já que é na loucura, que valha a pena :p

      Eliminar
  11. Se fosse resposta directa, sim ou não, diria logo "sim, as mulheres podem e devem ter sexo como os homens".
    Mas depois penso no caso concreto e aí o caso muda de figura, porque não consigo fazê-lo só porque sim, nem com quem conheci numa noite, nem com quem não tenha um relacionamento, é a questão de não conseguir separar o trigo do joio :)
    Não, não me tenho por puritana e acho muito bem que as mulheres façam sexo só porque sim, tão simples como comer um chocolate, agora se o conseguem fazer, aí acho que são mais as que não conseguem, do que as que conseguem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é esta ideia a errada. Ha IMENSAS mulheres que conseguem e que fazem (se não, caramba, expliquem-me com quem os tais homens que se envolvem só uma noite se envolvem? Envolvem-se com mulheres, mulheres que existem e que também o conheceram só naquela noite e não se importam). Vou continuar a achar que isto é ideia pré-concebida. Se há homens que o fazem tem de haver por cada homem uma mulher que o faz também.

      Eliminar
    2. Não, não tem, dado que os homens não o fazem todos em simultâneo. Uma mesma mulher pode estar hoje com um e amanhã com outro, qual Samantha!
      Também não digo que sejam poucas - mas até que ponto é que as que não se "importam" não ficam ali à espera do telefonema do dia seguinte?

      Eliminar
  12. Penso que hoje em dia já não há grande diferença entre homens e mulheres nesse sentido! As mulheres emanciparam-se muito, e já há muitas mulheres "frias" e "independentes" que fazem e gostam de fazer o mesmo que os homens faziam antes: Só sexo, sem sentimentos (se isso é possível)

    ResponderEliminar
  13. Compreendo que seja em tom de exagero e brincadeira, mas sinceramente acho que isto é uma ideia errada que as pessoas têm. A minha experiência vale o que vale, mas sinceramente acho mais que os homens até se sentem pressionados pelo que a sociedade desenha que eles são e não pelo que realmente sentem. Estás a descrever mais um violador do que um homem. Percebo a brincadeira, mas também percebo que por trás dela está a tal ideia fabricada da sexualidade masculina versus feminina que anda bem longe da realidade.

    ResponderEliminar
  14. A tendência da mulher moderna é igualar-se ao homem e, tal como eles, tentam separar sexo do amor. Cada vez mais... tentam! E podem voltar a tentar! Por isso é mais fácil para eles ter sexo do que as mulheres arranjarem um Kit Kat! Mas não acredito que sejam felizes assim... As mulheres foram feitas para se sentirem preenchidas, amadas e respeitadas.

    http://manual-da-moda.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  15. Acho que sim as mulheres podem escolher alguém, ter casos de one night stand e bye bye. Mas tb podem ter o seu fuck buddy sem desenvolverem QQ tipo de sentimentos relativamente a ele. Falo isso por experiência própria, quando queria ter sexo ou ele era uma chamada e estava combinado.
    Agora qual é melhor? É melhor quando se gosta da pessoa porque aí há uma vontade mútua de satisfazer o outro e não só obter o seu próprio prazer.

    ResponderEliminar
  16. Não concordo nada com a resposta. O homem arranja sexo quando lhe apetece? Não me parece. É que até as senhoras de rua têm horário de recolha, enquanto que há sempre umas bombas abertas para poder ir buscar o Kit Kat!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pipoca estava a ser irónica!

      Eliminar
  17. Podem sim. Confesso que considerava que não, achava que essa história de os homens terem sexo só pelo sexo, sem envolvimento era desculpa. No entanto, recentemente comprovei que é mesmo assim. Mas, contudo, é um sexo diferente, bom ou menos bom (dependendo) na hora, mas na avaliação final muito mais pobre.

    ResponderEliminar
  18. Uma mulher pode ser tão carnal quanto um homem, Ana. Sinceramente acho essa tua tentativa de feminismo engraçada, mas só para um livro, ou então para uma mulher que esteja com uma necessidade extrema de chacinar um homem. Claro que as mulheres também procuram um homem só pelo sexo, e sabem ser as maiores cabras à face da terra, te garanto eu! há por ai mais c*bras frias e insensíveis do que fazes crer. E pelo contrário, existem cada vez mais homens que não correspondem minimamente a esse padrão. São os tempos modernos, as coisas evoluiram... e atenção, eu sou mulher.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um feminismo 'à la Margarida Rebelo Pinto'. ;)

      Eliminar
  19. Pipoca se me permites queria lançar aqui um pequeno desabafo sobre alguém que já me disse muito em tempos: nunca tivemos nada fisicamente ( porque ele não quis e ironicamente eu ao início também não queria ) mas fomos contactando ( ele era meu terapeuta de massagem ) e eu verificava que durante a sessão de massagem ele ficava muitas vezes excitado e eu também, chegámos a falar disso ( houve outros indícios de interesse também da parte dele ) mas o que é certo é que nunca chegámos a vias de facto ( e não ele não era gay ) por favor alguém ou tu mesmo Pipoca tem explicação para isto?? Eu apaixonei me e tive de me afastar mas ficou sempre esta questão... bjos

    Célia Curto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A química é lixada!! Mas sim compreendo, ás vezes é aquela adrenalina do momento e depois passa! Outras coisas impedem que haja algo mais! Se calhar por ele ser o teu terapeuta e não querer misturar as coisas.

      Eliminar
    2. Obrigada pela resposta, no fundo ainda gosto dele....

      Eliminar
    3. Terapeuta de massagem? Chique!
      Bem razão tem o meu marido em dizer que esses lugares são antros. Então mas ia lá para se tratar ou para se excitar? Cruzes, credo. Não entendo.

      Eliminar
    4. Anónimo das 15:31 como é que o seu marido sabe que esses lugares são antros?? ahahahah :P

      Eliminar
    5. ahahahah bem visto!

      Eliminar
    6. O meu marido viveu muito antes de estarmos juntos. Tem sessenta anos.
      satisfeitas?

      Eliminar
  20. Concordo em grande parte com a maioria das opinioes que aqui li.
    "Isto já não é o que era" conheço algumas mulheres que têm sexo com qualquer homem que conhecem há meia hora, existem mais do que aquelas que imaginamos, pelo menos eu tenho anda surpreendida nesse sentido! Ate porque acho que os homens estão a mudar um pouco, tenho a ideia de quê eles andam a ficar uns apaixonados e até têm uma tendência para "sofrer por amor" do que as mulheres, talvez esteja enganada, mas por tudo o que me rodeia e pelo que ouço falar as mulheres já começam a mudar a sua maneira de lidar em relação ao sexo sem compromisso e com qualquer um(que lhe interesse fisicamente claro)

    ResponderEliminar
  21. Primeiro há que acabar com os mitos, uma mulher que durma com muitos homens é uma valente c*bra, um homem que durma com muitas mulheres é um garanhão! Porquê???? Onde é que está a diferença? É porque a mulher tem que se resguardar e se manter o mais pura possível para o amor da sua vida? Ora façam-me um favor... Se é possível uma mulher encarar o sexo sem compromisso como um homem? Cada vez mais. Tenho uma amiga que hoje dorme com um, amanhã com outro, e quando perguntamos se tem intenção de os voltar a ver ela pergunta "Mastigarias a mesma pastilha duas vezes? Não, pois não? Então é isso!" o que não quer dizer que todas as mulheres e todos os homens objetifiquem o sexo. Mas que as mulheres são mais julgadas por tal, isso é verdade, se estou de acordo com a objectificação do sexo? Nao! Mas também não estou de acordo com a "condenação" das mulheres que o fazem! Ainda vivemos numa sociedade machista que leva as mulheres a "fazer as coisas pela calada" e as que se insurgem são rotuladas!
    É a minha opinião, não acho que o sexo sem amor seja possível, tenho um relacionamento estável há mais de 6 anos e não me vejo a chatear-me hoje com o meu companheiro e a meter-me amanhã na cama com outro, mas lá está, não somos todos iguais!
    Desculpem lá o testamento!!
    Pipoquinha, já pedi ao Homem o teu livro de prenda de Natal, tá??

    Filipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo mesmo. Disseste tudo que eu ia dizer.

      Eliminar
    2. A sua amiga não gosta dela! Por muito que tentemos ser modernas, a verdadinha é que somos e seremos julgadas por fazer esse tipo de vida.
      Qual é o gozo? Só contabilizar machos?

      Eliminar
    3. A sua amiga é uma grande cabra. E os homens que se deitam com todas as mulheres são uns grandes cabrões! Simples.

      Eliminar
    4. "A sua amiga não gosta dela!"- Ahahah, esta é de rir...E os homens que fazem isso também não gostam deles?
      "Qual é o gozo? Só contabilizar machos?" - E eles? Contabilizar fêmeas?

      Eliminar
    5. Sou a pessoa que escreveu o post inicial.
      A minha amiga como amiga é uma pessoa 5*, mas nunca, nunca, em anos de amizade lhe pedi conselhos conjugais porque sei que dali não vem nada de jeito! Não sei como é que ela começou a ser assim, no início ainda mantinha uns relacionamentos de 6 meses ou 1 ano no máximo agora já estou como diz o Anónimo das 15:43 eu acho que ela não tem amor próprio, e já lho disse, mas ela nega, pois para ela ter um bom par de mamas e umas boas pernas e afins não é para ficar escondido e entregar só para um (se é que me entendem), como se as mulheres fieis fossem valentes trambolhos!
      Mas pronto, não podemos condenar são estilos de vida, opções! Um dia que ela queira assentar (se algum dia quiser) não sei se vai conseguir já está um pouco enraizado nela!

      Eliminar
  22. Uma pergunta pertinente!
    No tempo das nossas avós e mães a mulher não podia nem sequer pensar em ter só sexo, credo!! Apesar de elas terem as suas necessidades, mas tinham que ficar caladinhas! Hoje em dia as coisas mudaram, acho que a mulher está mais solta nesse sentido( solta até de mais em alguns casos). Acho que na maioria dos casos a mulher para ter só sexo, tem de ser com uma pessoa que tenha alguma ligação, sejam amigos,ou alguém com quem conversem e tenham alguma afinidade, e um dia a coisa aqueceu demais e pronto, foi uma noite e nada mais, ou pode por vezes ser algumas noites( se as coisas correrem bem).Mas não sentem amor por essa pessoa. Essa ideia de o homem usar a mulher para seu prazer e depois descartá-la , hoje em dia também existe o contrário, existem mulheres assim! E se calhar vamos a ver e são elas que fazem mais isso! Vamos lá a ser realistas, nós mulheres também temos as nossas necessidades, certo?? Ou nunca lhes apeteceu fazer sexo, em vez de comer um kit kat às 10 da noite? Uma coisa é certa que para nós mulheres não é assim, conhece um homem hoje e vai logo com ele para a cama, naaaaaa até pode apetecer mas nop, não nada disso. De qualquer forma é um assunto que dá pano para mangas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Ou nunca lhes apeteceu fazer sexo, em vez de comer um kit kat às 10 da noite?"
      Essa foi muito boa! Muito bem visto ;)

      Eliminar
  23. Depois de ler todos os comentarios , o que sobressai, é que todos somos diferentes, mas não concordo nada que o homem consegue sexo a qq altura, isso não é verdade, a mulher se quisesse é que conseguia isso, porque o homem não pode ver um rabo de saia (mas não, não estou a falar de mim, que sou bastante selectivo)!

    www.markmargo.net (Site de celebridades)

    ResponderEliminar
  24. Não, nós pensamos muito e reflectimos muito sobre as coisas. Se vamos para a cama com um rapaz minimamente giro, no dia seguinte já estamos a fazer o filme da vida com ele. Se for feio é só baba e ranho de arrependimento. Eles são muito práticos e desprendidos e vêm o sexo, pelo que é, que é bom e ponto.

    ResponderEliminar
  25. Claro que temos sempre de generalizar para haver uma opinião concreta a dar, mas eu acho que isto depende muito de mulher para mulher e de homem para homem. Tal como não concordo quando se diz que os homens estão seeeeeempre prontos. E a mim nunca me deu vontade de comer um Kit Kat às dez e meia da noite! :) eheh

    ResponderEliminar
  26. Esta resposta da Pipoca surpreendeu-me e muito... esta é uma ideia pré-concebida!!!! Acho que hoje em dia as mulheres têm necessidade de sexo, tal como o homem e conseguem-no fazer sem sentimentalismos à mistura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caraças, toda a gente tem necessidade de sexo, uns mais outros menos, mas não me venham dizer que "ah, e tal eu passava bem o resto da minha vida sem sexo", desculpem lá mas eu não passava bem o resto da minha vida sem sexo, ah, e sou mulher!

      Eliminar
  27. A minha experiência diz-me que os homens estão cada vez mais sentimentais e as mulheres cada vez mais desligadas. Eu nunca quis casar, e muito poucas vezes quis ter algo mais sério com alguém e, se há uns anos atrás era fácil encontrar um homem com quem estar sem grandes compromissos e pressões, hoje em dia isso começa a ser mais complicado, pois a maioria quer logo avançar para um relacionamento, pressiona, quer falar de sentimentos e etc. E isto não se passa só comigo, é um facto que constato com a maioria das mulheres com quem convivo.

    ResponderEliminar
  28. Desculpem, mas se tivessem lido Eça ou Flaubert, entre outros, saberiam que, desde sempre que as mulheres praticam sexo sem amor!!! Há até, as que fazem do sexo um negócio rentável, as que escolhem o parceiro porque tem dinheiro, porque tem posição social relevante, por imposição familiar, porque não querem ficar sozinhas e agarram-se ao último banana à face da terra e por mais mil e uma razões...E depois, como as mulheres não se dissociam da natureza, teem dias...e acertar no dia é coisa que poucos homens conseguem intuir! Há dias, dias em que o sexo é um frete a seguir a uma semana de trabalho intenso, há dias em que inexplicavelmente se sente uma atração enorme por alguém que realmente não se ama, mas que mexe com a libido e a coisa até se pode dar e ser estupenda!!!
    Mas, atenção, porque nem todas as mulheres estão preparadas para gerir o sentimento de culpa, e esse sim é uma questão cultural muito enraízada!!!

    ResponderEliminar
  29. A desculpa da mulher ser diferente do homem serve para as mulheres que não gostam de sexo! As que gostam, precisam! Quem não gosta arranja desculpas, até com os maridos!!
    No entanto, não se esqueçam de que há homens que decididamente não gostam de sexo!!!! Portanto, essa teoria não é válida.

    ResponderEliminar
  30. segundo uma amiga minha, realmente a maioria dos homens estão sempre virados para uma ramboiasita. basta uma mulher estar virada para isso e não tem a minima dificuldade em arranjar quem a entretenha. No entanto, enquanto nós começamos a não ter tanto pudor em mostrar que nos gostamos de divertir, os homens começam a estar à vontadade para mostrar que nem todos estão virados para o esteriótipo do garanhão que vai a todas.

    Sinceramente não vejo grande impedimento técnico. No entanto acho que depende muito da mentalidade da pessoa. E eu apesar de ser mulher, acho que muita mulher por aí adora complicar o que é simples (haja pachorra). Quem gosta e não se incomoda não tem problema nenhum, seja homem ou mulher.

    ResponderEliminar
  31. A pipoca adora causar a confusão, admita sua intriguista! Ehehe Ora bem, penso que é uma discussão na qual nunca conseguiremos alcançar um consenso. É verdade sim, que a mentalidade, especialmente das mulheres, começa (aparentemente) a mudar. Ou serão forçadas a isso? Engraçado como as mulheres que eu conheço que agem dessa forma “mais desprendidas de sentimentalismo” são de alguma forma pessoas que sofreram no passado (sucessivas desilusões amorosas, ausência de uma figura parental ao longo vida etc.). As mulheres estarão a mudar ou chegaram à simples conclusão que já não há solução para os homens e amanham-se com o que eles “oferecem”?. Isto não é REGRA GERAL mas acredito que muitas dessas mulheres têm problemas em lidar com afetos e procuram a proximidade e aceitação dos homens através do sexo. Sílvia A.

    ResponderEliminar
  32. Acho que as mulheres foram de modo geral educadas de modo diferente mas biologicamente e instintivamente falando acho que não existem muitas diferenças. Inconscientemente as mulheres têm tendência a reprimir esse instinto e o seu foco vai para outras coisas como a família, trabalho etc e tal. Mas isso nada tem de biológico, é apenas fruto do tipo de sociedade que criámos. E concordo, cada vez mais (mas ainda estamos na idade da pedra) consegue-se fazer a separação entre sexo e amor. Aliás, uma coisa nada tem a ver com a outra. Mas dito isto, acho tanto a pergunta como a parte da resposta que a Ana postou muito generalistas e bastante simplórias. Talvez no livro tenha explorado mais a fundo o assunto e não tanto na perspectiva do homem; "...o homem arranjar sexo" faz das mulheres as facultadoras. Acho que ambas as partes têm o mesmo papel. Sexo não é um favor que as mulheres fazem aos homens.

    ResponderEliminar
  33. Pipoca e que tal dicas de presentes de Natal para o namorado de miúdas que são estudantes e não têm dinheiro para mandar cantar um cego?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente!! Ideias precisam-se!! Oferecer roupa já quase não é surpresa nenhuma... Assim um plano económico (máx 20, 30€), mas que fique "para sempre" na memória, nada de sugestões pipoca?
      (aquelas prendinhas de "A vida é bela" e "Odisseias", e outros que tais não, por favor... recebi no meu aniversário de há dois anos e fiquei a ver navios com aquilo...)

      Eliminar
  34. Pipoca, pessoalmente acho que idealmente seria fantástico conseguirmos separar o sexo do sentimento..mas por experiência não é bem assim...não estou a generalizar nem para um lado nem para o ouro, isto é, poderá haver por aí muitas mulheres que o fazem, mas à minha volta e por experiência, nós até tentamos dizer para nós próprias que é meramente carnal, que é só para aquilo...mas lá bem na verdade, ficamos feitas parvas à espera que venha uma mensagem...e se a mensagem for carinhosa..ui ui..

    É difícil, nem há uma resposta do tipo 1+1=2. Mas pelo que conheço, não é nem fácil para a mulher, nem para o homem. Já tive um amigo colorido, ambos tínhamos namorados de longa data e a química gerou-se e com ela o carinho, a preocupação, o fortalecimento da amizade e a pergunta peremptória: mas por que raio estou a sentir isto tudo, não era suposto?!?! (E a pergunta surgiu aos dois)

    Também li num comentário que quando é sexo por sexo só estamos interessadas em termos prazer nós próprias....bahhh também não concordo nada, acho que a piada está também sempre no prazer que vemos a outra pessoa ter!!

    Resumindo: cada caso é um caso e as dúvidas todas não passam só pelas nossas cabecinhas de mulher....eles por vezes ainda são mais inseguros que nós, mesmo que não aparentem minimamente.

    ResponderEliminar
  35. O teu livro já está na primeira posição da minha lista de pedidos este Natal (isto se não o comprar antes)!

    ResponderEliminar
  36. Não gosto de kitkat

    ResponderEliminar
  37. Sinceramente não sou adepta destas generalizações, pois (ainda) acredito que o sexo não é assim tão físico para os homens e se o for, acho que para muitas mulheres também o será. No fundo, é aquilo que cada um desejar que seja. Mas a comparação com o kit kat... Percebi a sua ideia, mas por muitos desejos de chocolates à dez e meia da noite - e tenho muitos - não há comparação possível.

    ResponderEliminar
  38. Sexo e a cidade. Também vi esse episódio, Dezenas de vezes, tem mais de uma década.
    Ideias um pouco mais originais por favor, e sem o delay de uma década.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já disse aqui no blog e está também escrito no livro que muitas das perguntas que faço foram retiradas dos episódios d'O Sexo e a Cidade. Lamento que não tenha prestado atenção e não se poupe, assim, a comentários parvos.

      Eliminar
    2. E o comentário parvo acima escrito invalida o quê, exactamente?
      Que se salvaguardou, de quê?
      Li o que escreveu e subscrevo novamente na íntegra o que comentei.
      Há leitoras atentas. Mais, há leitoras atentas que preferem o original da série e não um rebuscado de uma década depois. A série esteve em reposição ainda o ano passado, daí que tenha tido a ideia comercial de quem tem milhares de seguidores que compram tudo o que coloca à venda.

      A HBO ligou e quer os direitos de autor do livro.
      Não publique que é a seu modus operandi, mas leia. Comentários parvos deve ter muitos, este não o foi querida.

      Eliminar
    3. Porque avisou que ia copiar, fica automaticamente certo fazê-lo?
      Esteve mal, concordo com o comentário das 16.57 e ainda pior em chamar parvo a uma opinião que não partilha.

      Eliminar
    4. Ahhhh, adoro uma boa não-polémica. Liguem para a HBO e digam que o meu livro dá resposta a algumas das perguntas lançadas no Sexo e a Cidade, e que até faço referência a isso. Para além de outras minhas e outras das leitoras do blog. Tudo perguntas absolutamente genéricas e que não são exclusivas da série. Ide, ide e propagai a parvoíce, que é sempre uma coisa agradável de se ver. Ou arranjem só uma vidinha. E vejam o SATC em vez de virem moer o juízo. Chataaaaaaaaaaaas.

      Eliminar
    5. A D O R O.
      A baixeza, a pobreza da argumentação, a falta de argumentação. Tudo é absolutamente delicioso.
      Dá resposta? Fofucho que dói.
      Não publique porque na pouca experiência que aqui tenho, quando está a perder torna-se uma pequena nazi de lápis azul, mas leia que em todo o caso é a ideia em geral.

      PS: a minha vida é muito jeitosa, recomendo ;) Beijinho no pescoço


      Eliminar
    6. E a anónima se viu a série há-de perceber que as questões da Carrie não são exclusivamente dela, são comuns a muitas mulheres. Daí que a Pipoca, enquanto mulher, tenha o direito de tentar responder a questões genéricas. Não se trata de 'A Carrie deve comer o Big ou seguir em frente?', isso sim seria aproveitar-se de uma série para vender livros. Neste caso são apenas e só respostas a questões genéricas.

      É raro comentar seja em que sítio for mas estes ataques infundados e presunção de superioridade mexem comigo.

      Eliminar
    7. A superioridade e os ataques foram da pipoca. A adjectivação foi exclusivamente da parte dela. Li com a boa disposição que me é característica e em nada mexeu comigo o pseudo insulto de chata e de arranjar uma vida. Eu comentei o que está à vista, ela fez tentativas de ataques pessoais.
      Ela pegou sim em questões genéricas que foram respondidas na série e não trouxe visão nova nenhuma, essa é a minha opinião e defendo-a. Eu vi SATC, ainda o ano passado, e o das 23.34 viu?
      Reveja e releia e vai ver que me dá razão. (se o comentário for aprovado, o que duvido seriamente)

      Eliminar
  39. Não entrando em grandes dissertações, acho que as mulheres fazem sexo com a cabeça e os homens com o corpo.
    Havendo, claro, excepções. E havendo, também, quem consiga fazer as duas coisas, consoante a situação.

    IC

    ResponderEliminar
  40. Seja como for o que é certo é que por cada homem que tem um one night stand, existe uma mulher também...

    ResponderEliminar
  41. Pipoca, comprei o livro terça feira, e não consegui parar de ler... Cada página me puxava a ler outra! E assim foi. Li o no próprio dia. Adoro o teu sentido de humor e a forma como nos revemos nas tuas palavras. Continua assim. Quanto à pergunta, penso que nunca irá ser a mesma coisa, como dizes no livro e com muita razão, os homens guiam se pelo físico e a mulher é mais emocional. Facto que o homem tem casos de uma noite e esquecem o assunto. E a mulher acho que já e mais difícil isso acontecer. Pois não se desligam da pessoa tão facilmente.

    ResponderEliminar
  42. Pensava que era só a mim que me dava esses ataques a meio da noite por doces impossíveis de controlar. Preciso de mandar o meu namorado vir ler isto.

    ResponderEliminar
  43. Olá Ana.
    Li " O Problema não és tu, sou eu" em 4 dias (trabalho e tal) e ADOREI. O humor, a simplicidade e como abordas os temas é divina e acreditem que é preciso muito controlo ao ler o livro para não soltarmos umas valentes gargalhadas em publico.

    Também revejo muito a série "Sex and the city" como muitos ensinamentos da vida para entendermos e entender me a mim própria. But whatever.

    Quanto à questão, não é igual porque a sociedade ainda é muito "sensivel" a esse tipo de questões. Como disse no livro, uma mulher que anda a saltar de cama para cama é uma galdéria ao contrario do homem que é um homem viril. Mas nós mesmas, mulheres complicamos muito.

    Nós mulheres não conseguimos ir para a cama com qualquer um que nos dê uma flor (no meu ponto de vista) porque somos mesmo mais afectivas que eles que mal vêem uma mulher com o pacote completo já querem ficar com elas para sempre. Mas como tudo há excepções. Se fazemos sexo como eles eles são apenas "brinquedos sexuais" enquanto que ao contrário somos "sexualmente usadas" mas acho que isto também vem da própria ideia que construirmos de "mulheres coitadinhas".

    Na minha opinião, precisávamos de ser um pouco Samantha pelo menos para aprender a não cair nas ladainhas que muitos nos fazem e sermos mais seguras de nós mesmos. Porque não? Agora lá esta ser Samantha sim mas não umas galdérias, ter uma medida certa.

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis