Pub SAPO pushdown

Mais quentinho É possível

segunda-feira, novembro 24, 2014

Para o meu homem nunca está verdadeiramente frio. Pode estar a nevar que ele acha que está só um ligeiro fresquinho. Ora isto, para uma pessoa friorenta como eu, é o cabo dos trabalhos. Para aí em Agosto já eu estou a sonhar com pijamas quentinhos, lençóis polares, mantas e aquecedores. Mas não. Chegados a Novembro continuamos com lençóis de Verão (porque o homem fica encalorado com os outros) e nem sequer são permitidas mantas felpudas (diz que é alérgico e passa a noite a espirrar). Um inferno, é o que vos digo. Sobram-me os aquecedores. Ele bem se queixa que "está um calor que não se aguenta nesta casa", mas estou-me nas tintas. Nos outros anos tenho usado aqueles aquecedores pequeninos tipo colmeia, praticamente um em cada divisão. São potentes que se fartam, mas também consomem energia como se não houvesse um amanhã. Por isso, este ano vou experimentar o hotspot, o aquecedor de interiores da Galp Energia, que funciona a gás butano. Pois, sendo eu um bocadinho neurótica da segurança, confesso que o tema "gás" me deixa ligeiramente de pé atrás, mas o hotspot é super seguro. Se a chama se apagar, tem um duplo sistema de segurança que corta imediatamente a alimentação do gás, para que não haja fugas. Também é leve, fácil de transportar (tem rodinhas e uma pega, para o podermos transportar alegremente pela casa) e o calor é distribuído de modo uniforme. Ou seja, não é preciso estarmos em cima do aquecedor (como eu adoro estar) para sentirmos o quentinho, porque o sistema de difusão faz com que ele se espalhe suavemente.  E depois... bem, depois é um aquecedor giro e com um design único e exclusivo, já que foi pensado para fazer parte da decoração de qualquer casa. Está disponível em laranja, cinzento, preto ou branco e acho-o suficientemente discreto para o podermos encostar a um cantinho e nos esquecermos que ele está ali.  Ao adquirirem o hotspot recebem um seguro de cliente Galp Gás com uma cobertura de 30 mil euros, e ainda uma carga de gás butano. Posto isto, só passa frio quem quer!

Post escrito em parceria com o Galp hotspot

33 comentários:

  1. E voltar às bilhas de gás? Nunca!

    ResponderEliminar
  2. Os homens são todos muito encalorados e as mulheres muito friorentas! eheh

    ResponderEliminar
  3. E aquecimento central, não?

    ResponderEliminar
  4. Ainda há pouco tempo a Galp enviou uma carta a todos os clientes que tinham este aquecedor pois foi detectado um erro. Nós bem reparámos no cheiro a gás e na botija a consumir-se a uma velocidade enorme. Na altura andámos a ser empurrados de serviço em serviço pela Galp e ninguém fez nada. Não sei se são assim tão seguros como o pintam.

    Entretanto ainda não vieram cá fazer a tal fiscalização...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho este aquecedor e não recebi nenhuma carta. Já tive chatices com ele, já o tenho há quase 6 anos, mas não dessas.

      Eliminar
    2. A todos, nao! Que a mim ninguem enviou nada. Este sera o 3º Inverno que o tenho ca em casa e nunca senti cheiro a nada (nem a gas, uma vez que este eh inodoro) quando o ligo.

      Eliminar
    3. Uma adenda ao cometário do Anónimo das 16:48: o gás butano é inodoro, sim, mas na sua forma comercial (em botija ou canalizado nas habitações e afins) tem compostos adicionados que lhe dão o característico "cheiro a gás".

      "Butane is also used as lighter fuel for a common lighter or butane torch and is sold bottled as a fuel for cooking and camping. In this form it is often mixed with small amounts of hydrogen sulfide and mercaptans which will give the unburned gas an offensive smell easily detected by the human nose. In this way, butane leaks can easily be identified."
      http://en.wikipedia.org/wiki/Butane

      Eliminar
    4. Têm razão. A todos os clientes que adquiriam o aquecedor no Inverno passado. E o gás, ainda que não seja queimado, cheira, ainda que não seja um cheiro forte. Experimente ter uma fuga em casa e depois falamos.

      Eliminar
  5. Vivo na Guarda. O nosso inverno é frio como o caraças e mais friorenta do que eu, só mesmo a minha gata e a minha cadela! Além da lareira, sempre a bombar, mantas e mantinhas, lençóis polares e afins , pijamas ultra quentinhos e montanhas de aquecedores pela casa... Só assim consigo sobreviver à congelação constante... Mas, ainda assim, adoro o inverno na minha cidade. :-)
    PS: os homens da casa também andam sempre com os calores... Enfim, não percebo...

    ResponderEliminar
  6. Ainda me recordo do velhinho aquecedor a gás que havia lá em casa quando eu era miúda! Também me recordo, com particular carinho, do dia em que, depois de um banho, lhe encostei o meu precioso rabo em pelota. Fiquei com a grelha gravada na nádega umas boas semanas. Momentos inesquecíveis!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não resisti comentar, pois aconteceu-me precisamente o mesmo episódio: rabiosque com as bolinhas da grelha marcadas durante umas semaninhas ahah

      Eliminar
    2. Lindo!! Há uns aninhos também me aconteceu o mesmo, banhinho tomado, encostada ao aquecedor e lá se foi o meu rabinho!! Pensei que só me acontecia a mim ahah

      Eliminar
  7. Oh Pipoca... eu sei que isto é escrito em parceria com a Galp e você tem de puxar a brasa à sua sardinha mas se você quiser mesmo mesmo poupar (as botijas de gás andam pela hora da morte), compre um radiador a óleo que são muito mais econômicos e seguros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi exactamente o que pensei. Os radiadores a óleo são mais económicos, muito mais eficazes a aquecer (e manter aquecidas) divisões do que os aquecedores a gás e halogénio e, claro, muito mais seguros.

      Eliminar
  8. Pipoca, tenho um lá em casa (modelo antigo não tão bonito é certo),aquece e bem. Em relação às possíveis fugas de gás nunca aconteceu, e o coitadito já trabalha para mim há uns bons anos. Até o namorado que é encalorado, adora estar com ele por perto. Beijinho :)

    ResponderEliminar
  9. Tenho um desses desde o ano passado, mas tem esse problema, não adianta estar à beira dele, que ele não nos aquece nada! É bom para espaços pequenos e fechados e é só.

    ResponderEliminar
  10. Exprimente adquirir uma salamandra a Pellets: são equipamentos seguros, funcionam recorrendo a um combustivel limpo, o pellet, e alguns modelos são lindissimos, autenticas peças de decoração ;) e ainda tem a possibilidade de com um unico aparelho aquecer a casa toda!!!

    Garanto-lhe, nunca mais terá frio e terá todos os beneficios da lareira, sem ter de transportar lenha e sem cheiro a fumo, só precisa de um furo com 10 cm de diametro para o exterior (pode ser para um varanda).

    www.pelletfire.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho e estou rendida, super prático e sem cheiros. O meu funciona com vários materias: podem ser pellets mas também queima outras coisas (como baga. casca de amêndoa etc). O preço é bastante mais elevado mas a longo prazo acaba por compensar e aquece bem uma casa toda (dependendo das dimensões, claro).

      Eliminar
  11. Ora bem, até pode ser (parecer) muito seguro, mas aquela oferta de 30mil euros do seguro deixa-me a pensar!

    ResponderEliminar
  12. Há anos eu e a minha família usamos disso (não esse) e não considero que haja meio melhor para aquecer divisões (considerando o equilíbrio do preço).

    ResponderEliminar
  13. Eu tenho um, comprado há cerca de um mês e para já só posso dizer bem. O meu apartamento tem um bom isolamento térmico, é certo, mas o aquecedor consegue manter os cerca de 100m2 com um ambiente agradável mesmo estando quase sempre na potência minima.

    Óbvio que sendo a gás tem sempre um risco associado (mas isso os electricos e/ou de combustão natural também têm) e o facto de ter um seguro gratuito é só um reforço da segurança. Se a Galp colocasse a hipótese de haver um número elevado de acidentes com o aparelho desconfio que não ia disponibilizar o seguro, que isto é gente que não é muito amiga de oferecer coisas às pessoas assim só porque sim.


    ResponderEliminar
  14. Um em cada divisão?? AC é mais económico

    ResponderEliminar
  15. Eu já tenho este aquecedor há anos. Há uns 8 pelo menos! São muito bons, cá em casa temos dois e adoramos :D

    ResponderEliminar
  16. Em casa dos meus pais já se usa aquecedor a gás há uns (muitos) bons anos e só temos a dizer bem, a casa tem bom isolamento e já por si não é muito fria, mas quando ligamos o aquecedor, mesmo no mínimo aquece que é uma maravilha, é poupadinho (gastamos 1 garrafa de gás por Inverno, mais coisa menos coisa).
    Por acaso o que temos já é velhinho, nunca nos deu problemas, mas quando avariar, provavelmente será um destes que iremos adquirir (já falamos nisto há algum tempo).

    ResponderEliminar
  17. hum..já tive um e é uma despesa...consome demasiado gás em pouco tempo. Há outra opções.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Provavelmente porque têm sempre o aparelho no máximo!! Se a casa estiver bem calafetada o rendimento do aparelho é muito mais proveitoso e eficiente! Além disso, se não tiver condições de gastar mil duros numa salamandra básica de pellets (o mais economico e eficiente actualmente) não vejo muitas outras opções onde possa ter um controlo real e imediato dos gastos associados aos sistemas de aquecimento!

      Eliminar
  18. Pipoca tenho uma amiga que comprou um aquecedor desses e quase que lhe ia ardendo a casa toda porque não estava ninguém em casa e o aquecedor entrou em combustão sozinho, o caso já está na deco e nas seguradoras.

    ResponderEliminar
  19. A minha experiência também é: consome imenso....!!!
    Comprei o ano passado e, passada uma semana arrependi-me logo! Acho que os mais antigos eram eficazes (aqueciam bem) e consumiam muito menos! "Uma garrafa de gás por Inverno" nem em sonhos, só ligando 10 min por noite na potência miníma (o que não aquece nada) e mesmo assim....

    ResponderEliminar
  20. Olá Pipoca, minha irmã tem um aquecedor deste até agora tem sido uma boa aquisição, e é verdade a cena de distribuir o calor uniformemente, mas tens que ter cuidado com o Mateus pelo menos agora no inicio. Minha mana tem uma filhota e quando comprou o aquecedor a bázinha ficou curiosa e queimou a mãozinha na chapa do aquecedor, felizmente não foi nada de grave e passou rápido mas a partir desse dia começamos a virar a chapa para a parede (claro mantendo um espeço considerável da parede para evitar incendio) e sempre com o olho vivo! Espero ter ajudado...Beijinho

    ResponderEliminar
  21. Serei a única pessoa que não precisa de aquecimento em casa? Vivo num t2 no centro de Lisboa já há 1 ano e nunca liguei aquecimento no Inverno, nem o ar condicionado no Verão. Ponho um roupão e uma mantinha quando estou no sofá e basta. Acho que Lisboa tem um clima tão ameno que, pelo menos num apartamento, não é muito necessário ter aquecedores...

    ResponderEliminar
  22. E se uma criança cai para cima disso? E se lhe apetecer brincar com o bonito objecto que afinal até é colorido e chama à atenção?

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis