Pub SAPO pushdown

Vamos lá começar a correr?

quarta-feira, setembro 03, 2014


Desde que ando mais activa nas corridas que muita gente me diz que também gostava de se meter nisso mas não sabe por onde começar. Eu percebo, parece que é só largar a correr, assim sem mais nada, mas há algumas regras a seguir. Pedi ajuda ao "meu" Pedro, da Treino em Casa, e ele partilhou algumas dicas muito úteis para quem se quer iniciar na corrida. Ora então vamos lá:

Tratar da saúde
Antes de se fazerem à estrada convém saber se está tudo bem com vocês. A sério, não se aventurem sem fazerem alguns exames básicos. Vejam essa coluna, esses joelhos, esses tornozelos, esse coração, sobretudo se já têm antecedentes. Eu fiz esta semana exames ao coração, porque vou correr a Meia Maratona, que já é uma provazita decente, e convém não ter surpresas a esse nível. Não facilitem!


Devagar se vai ao longe
Se não têm hábitos desportivos é muito provável que se começarem assim do nada fiquem sem fôlego ao fim de três minutos. Foi o que me aconteceu na primeira vez que corri. Ao fim de um quilómetro já estava prontinha para ir para casa. Diz o Pedro que "o início de um programa de treino para corrida deve ser lento, de preferência com caminhadas. Após alguma adaptação, inicie a execução de passos mais rápidos e em seguida inicie a corrida. Comece por correr no máximo durante um minuto. Em seguida, volte para caminhada, descanse bem e volte a correr por mais um minuto. Isto pode ser feito três ou quatro vezes por semana, com a duração de 20 a 40 minutos. Após adquirir o hábito,  e quando a sua condição física estiver melhor, pode aumentar o tempo de treino". Para além da corrida, é importante que façam mais qualquer coisinha, nomeadamente treino de resistência muscular para fortalecer os músculos e tornar a corrida mais fácil. É o que eu tento fazer, treinar com o Pedro duas ou três vezes por semana e correr outras tantas, de forma intercalada.

Estabeleçam um objectivo
O meu primeiro objectivo foi correr a mini-maratona da ponte 25 de Abril. Eram só sete quilómetros, mas para mim era uma coisa absolutamente épica, nunca tinha feito nada do género. Fui com um grupo de amigas e foram todas desistindo pelo caminho, mas eu não queria mesmo parar. E foi uma alegria cortar a meta. Definam um objectivo e foquem-se nisso. Há imensas corridas de 5 quilómetros quase todos os fins-de-semana, parece-me óptimo para começar. Diria que se treinarem com alguma consistência ao fim de um ou dois meses já estarão aptas para cumprir este desafio.

Nada de pressas
Nesta fase a velocidade é o menor dos vossos problemas. Não pensem nisso. Concentrem-se em correr por mais tempo, depois logo se concentrarão em correr mais depressa. De qualquer forma, também não vejam isto como uma desculpa para se irem ali a arrastar. O ritmo de corrida deve permitir manter uma conversa mínima com alguém que vá convosco. Se não conseguirem e ficarem a deitar os bofes pela boca é porque, provavelmente, estão a correr a um ritmo demasiado rápido para a vossa condição física. Pessoalmente, eu odeio ir a falar. Meto os phones e vou ali concentradinha no meu ritmo, mas toda a gente tem hábitos de corrida diferentes. Só têm de encontrar o vosso.

Antes só do que mal acompanhado?
O Pedro sugere que procurem "correr com companhia". "Desafie um amigo ou um familiar para iniciar o processo em conjunto consigo, é mais motivador e desafiante". Sim, ok, eu até percebo isto, é giro termos alguém para ir partilhando objectivos. Neste momento tenho um grupo que está todo a treinar para a Meia Maratona e é bom irmos trocando ideias, irmos vendo a evolução dos planos de treino, etc e tal, mas isso não significa que eu goste efectivamente de correr com companhia. O problema de se correr com alguém é que ou a outra pessoa corre muito mais depressa do que nós e isso obriga--nos a ir ali num esforço tremendo, ou então corre mais devagar e sentimo-nos mal por deixá-la para trás. E como não gosto de ir na conversa, correr sozinha é mesmo o ideal para mim.

Juntem-se a um grupo de corrida.
Ok, é verdade que não gosto de correr acompanhada, mas gosto de ter companhia antes e depois dos treinos. É por isso que, para mim, a solução ideal é juntar-me a um grupo de treino. Como o Correr Lisboa, que organiza corridas a dias fixos. Somos divididos por grupos, conforme a velocidade ou a distância que corremos, mas vai cada um na sua. Há um treino gratuito só para mulheres, todas as quintas-feiras, às 19.30, na Expo, onde são admitidos todos os níveis (desde a caminhada até quem já corre muito). A loja da Nike, no Chiado, também organiza corridas por Lisboa todas as quintas-feiras ao final da tarde. Não sei que outros grupos há pelo resto do país, mas se quiserem partilhar sintam-se à vontade. E depois, claro, há todo um calendário de provas ao longo do ano, é só irem estando atentas.

Então e a postura? E a respiração ideal?
Diz o Pedro: "durante a corrida mantenha as costas direitas, as ancas para a frente e os glúteos contraídos. Olhe em frente,  e mantenha o rosto, os maxilares e os ombros descontraídos. Corra em linha recta, evite que os pés façam rotação interna ou externa e assegure-se que assentam bem no chão. Respire profundamente e plenamente procurando utilizar a respiração abdominal, expandindo a barriga na fase da inspiração e encolhendo bem na fase expiratória, promovendo o esvaziamento total dos pulmões. Idealmente, a inspiração deve ser feita pelo nariz e a expiração pela boca". Ok, isto é tudo muito bonito, mas eu confesso que ainda tenho alguma dificuldade em concentrar-me nestas partes mais técnicas. Tento controlar a respiração, foco-me muito nisso, mas na postura nem tanto. Eu só quero mesmo é chegar ao final, nem que seja de gatas.

Ok, perfeito, mas vou correr para onde?
Bem, pelo menos em Lisboa não faltam sítios para correr. Os meus lugares preferidos são Belém e a Expo, sempre junto ao rio, mas a linha do Estoril é óptima e também há imensos parques e jardins. Também gosto de sair de casa logo a correr e ir à descoberta da cidade. Evitem fazer sempre o mesmo percurso, porque não há nada pior do que saberem o que é que vos espera, é meio caminho andando para desmotivarem. As últimas duas corridas de 16km que fiz foram entre a Expo e Santa Apolónia, que é só o percurso mais desinteressante de todo o sempre. Contentores e mais contentores. A primeira vez ainda se fez mais ou menos bem, mas na segunda já sabia o que me esperava e custou muito mais, parecia que aquilo não tinha fim. O Pedro sugere que escolham "um jardim ou um local arborizado, de preferência com ausência de circulação automóvel. O ar estará mais limpo e poderão encontrar outras pessoas a praticar desporto". Para além disso, diz ele, devem "procurar correr num piso com poucas irregularidades, pois esta fase é um período em que as articulações e os músculos ainda não estão suficientemente fortalecidos para suportarem grandes variações no piso".

Vamos lá às coisas giras: o que calçar?
Eu diria que, pelo menos numa fase inicial, não é preciso grande investimento em equipamento. O mais importante são os ténis, e aí sim, vale a pena gastar algum dinheiro, não se ponham a correr de All Star e outras loucuras que tais (já vi de tudo). Sugiro que vão a uma loja especializada (por exemplo, a Pro Runner, na Expo, ou o El Corte Inglés) e façam um teste para saberem o vosso tipo de passada: supinador (desgaste na margem externa da biqueira), pronador (desgaste na margem interna da biqueira) ou neutro (desgaste no meio da biqueira). Ou seja, isto tem a ver com a forma como o vosso pé assenta no chão enquanto correm. O teste costuma ser gratuito, é feito numa passadeira e não demora nada. Esta é a base para escolherem os vossos ténis. Eu sei que o factor "giro" tem muita influência na decisão de compra do mulherio, mas procurem ser sensatas. Mais do que giros, os ténis têm de ser confortáveis, ter um bom amortecimento e adaptar-se perfeitamente aos vossos pés. E já há tantos, mas tantos modelos que é difícil não conseguirem um par giro. Os ténis têm um período de vida limitado, duram "x" quilómetros, não podem usá-los para sempre, mas não me parece que tenham de se preocupar com isso para já.

Então e a roupa?
Sugiro que vão testando, para verem como se sentem melhor. Eu corro de calções a maior parte do ano, porque morro de calor, mas claro que ali em Dezembro lá tenho de ir para as calças. Depois há quem prefira manga comprida, manga curta, só top, enfim, é como se sentirem melhor. A roupa de desporto é muito cara, é um facto, mas nota-se a diferença. Acompanha melhor os movimentos, controla a transpiração, ajusta-se ao corpo e é confortável, é toda um outro mundo. Mas para as primeiras corridinhas acho que as t-shirts velhas que têm lá por casa servem perfeitamente. Quando se entusiasmarem mais logo começam a investir em roupa desportiva. O Freeport é óptimo, têm a Nike, a Adidas, a Puma, e conseguem preços bem mais simpáticos.  Para as provas convém levarem roupa que já usaram antes e que sabem que é confortável, que não está apertada nem larga (é horrível ter de ir a puxar os calções para cima a cada três minutos), que não tem costuras que magoam, etc e tal.
O que me parece mesmo, mesmo, mesmo importante é que invistam num bom par de soutiens desportivos, que vos suportem bem o peito. Quando vou correr vejo tanta mama a saltar desenfreadamente que tenho vontade de ir lá amparar aquilo. É um crime. Se forem a qualquer loja vão ver que os soutiens desportivos trazem a indicação do nível de impacto: alto, médio e baixo. Para correr escolham os de impacto alto, que apertam mais o peito e dão-lhe mais apoio.

E o que é que devo comer?
Não vão correr em jejum, é meio caminho andado para vos dar um piripaque, caírem redondas no meio da rua e nunca mais quererem voltar a calçar os ténis de corrida. Evitem leite e iogurtes, e prefiram fruta e hidratos de carbono de fácil digestão. E depois, claro, muita água: antes, durante e depois do treino. Se forem como eu e não gostarem de correr com a garrafa na mão, arranjem um cinto específico para levar a garrafa ou procurem correr em sítios que tenham bebedouros disponíveis.

Mas há algum segredo para se conseguir correr?
Não me parece. Ou correm por teimosia, como eu, ou correm por gosto. Sendo que, geralmente, a teimosia inicial acaba por se transformar em gosto, em vontade de superar objectivos e querer ir sempre mais longe. É mesmo verdade que a corrida vicia e que começamos a stressar quando não conseguimos arranjar tempo nas nossas agendas para encaixar uma corridinha. Para mim, o que a corrida tem de melhor é poder estar concentrada em mim durante aquela horinha, a pensar na vida ou a não pensar em nada. Ali vou eu com os meus pensamentos, com boa música (não consigo correr sem música), com uma boa vista, e aquele tempo só para mim sabe-me pela vida. Às vezes não custa nada, faço dez quilómetros alegremente, outras é duríssimo, mas a verdade é que nunca volto para casa arrependida por ter ido correr. Sou capaz de ir o caminho todo a maldizer a minha sorte, mas no fim acho sempre que valeu a pena.
O mais importante é que escutem o vosso corpo, saibam os vossos limites (o meu último investimento foi um relógio para controlar o ritmo cardíaco nas corridas) e sejam conscientes. Parem imediatamente de correr se sentirem tonturas, dores intensas ou desconforto agudo. Mas também não parem à mínima coisinha, até porque vão perceber que ao longo da corrida vos irão doer muitas coisas. Agora é dor de burro, depois é um ombro, depois é um pé, mas geralmente dura só alguns minutos.

Boa, estou convencida. Como é que faço o meu plano de treino?
O ideal é terem um PT que conheça a vossa história e vos trace um plano ajustado, mas não faltam aplicações para quem quer começar a correr (Nike+, MyAsics, etc e tal). Preocupem-se em seguir o VOSSO plano e não o da amiga que se calhar até já está a correr há mais tempo e já tem outro andamento. Não se esqueçam de aquecer bem antes do treino e de alongarem bem depois, para evitarem lesões e para a recuperação ser mais rápida. 

Deixo-vos um plano de treino para iniciantes que o Pedro fez, com a devida ressalva: "este é um programa de iniciação à corrida standard, não estando por isso adaptado/personalizado a cada indivíduo. Poderá ser necessário ter um programa especializado para satisfazer as suas necessidades."

87 comentários:

  1. Pela tua experiência, qual é a marca de soutiens desportivos que consideras ter a melhor relação qualidade/preço? Já tive dois, mas continuavam sem evitar o desconforto a correr :S

    (como sou pouco dada ao desporto, foi logo motivo para dizer que não tinha condições para correr :P)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cê! O melhor é usar daqueles tops com costas nadador que substituem na perfeição o sutien até pra quem tem bastante peito. Aconselho os da Pink Monett (www.pinkmonett.com) em cotton que são super confortáveis e duram uma vida!

      Eliminar
    2. Eu descobri um top fantástico na Decathlon que resolveu o problema do desconforto. Este top traz um soutien incorporado que dá o suporte ideal. Faço aulas de power jump (trampolim) e corro sem qualquer problema. O top custa € 16,95 e às vezes está em promoção. Existe em diversas cores (preto, cinzento, rosa forte, etc). Link para o top: http://www.decathlon.pt/camisola-de-alcas-my-top-id_8238510.html

      Eliminar
    3. Licas e Diana, muito obrigada pelas dicas ;)!! Vou explorar essas opções!

      Eliminar
    4. Há uns fixes na decathlon. Não sei a marca mas custam à volta de 35euros. Sou uma copa D e não consigo arranjar facilmente soutiens que suportem bem o peito, mas tenho usado desses e estou bastante satisfeita.

      Eliminar
    5. Corro ha 1 ano e estou a preparar-me para a meia de Lisboa agora em Outubro; uma media de 45km por semana - uso e abuso dos soutiens da nike, impacto alto - Sao caros, mas valem os 35-50€.

      Eliminar
    6. Pessoalmente descobri na Bra&Company uma linha que têm especifica e já ganhou diversos prémios a nível mundial, e o soutien meu deus... não mexe, não salta, fabuloso!
      Carla

      Eliminar
    7. tens uma nova loja em Lisboa a Bra&Company. Eu costumo vestir o 38E e bem sei as dificuldades em arranjar um soutien para o dia a dia quanto mais para correr em condições. O peito saltava por todo o lado lol Agora, sim!

      Ana Lucas

      Eliminar
    8. Eu tenho peito (70E), e pelo que vejo no teu blog Cê também tens :) Andei anos à procura de um soutien de desporto bom e confortável. E finalmente encontrei! Não são baratos. 60 euros, na Dama de Copas, mas são mesmo mesmo muito bons e uma coisa boa da Dama de Copas é que tem o serviço de bra fitting incluído e sais de lea com o tamanho de soutien perfeito para o teu peito e acba-se quase sempre por descobrir que se andou a vida toda a usar soutiens de tamanho errado :)
      Eu tenho dois de lea e não troco por nada. Nem os das marcas normais de desporto são assim tão bons http://www.damadecopas.pt/produtos/lingerie/desporto

      Eliminar
    9. Eu visto um 32E e adoro os soutiens da Panache da Dama de Copas. São caros mas são excelentes. Pratico jiu jitsu e comecei a correr (de forma diferente mas ambas de muito alto impacto para o peito) e a diferença deste soutien para os da decathlon é brutal.

      Eliminar
    10. Tantas opções!! Muito obrigada a todas :).

      Eliminar
    11. Fiz o teste com os da Nike, que são bons, mas limitados em relação ao tamanho (quando se tem o peito mais avantajado e as costas estreitas) nota 7 depois vi uns da panache, na dama de copas, também ok nota 8, fazem demasiado pressão, são demasiado colete de forças. E depois experimentei o da Freya na Bra&Company e pronto... que mudança! Nota 10, sem duvida. Também fazem o aconselhamento e tudo. Olha fiquei fã, e como corro cerca de 10km de cada vez ao fim do percurso faz imensa diferença.
      experimenta: https://www.facebook.com/braandcompany

      Isabel Martins

      Eliminar
    12. Bom dia isabel! Podes pf dizer me quanto te custou esse soutien da freya na bra&company?
      Já espreitei os da dama de copas e pareceram me mt bons, mas o preço um pouco elevado para quem está sem emprego :-(
      Obg pela ajuda!

      Eliminar
    13. Olá meninas!

      Eu costumava o usar uns da decatlon que custavam para cima de 30 euros e eram muito bons, mas encontrei uns que são muito, muito, muito, mas muito mais baratos, só não sei é se a loja existe em todo o pais. Nas lojas "Eupoupo" (é tipo um super mercado) tem uns que são tão bons como aqueles que usava da decatlon mas por 1,49. Uma pechincha. Também tem soutiens normais a esse preço. Aconselho.

      Rita :)

      Eliminar
    14. Rita, isso é que é uma opção barata!!!! Já estive a ver na net e há uma loja em Matosinhos e outra no Porto.... vou experimentar :). Se não surtir o efeito desejado, pelo menos o prejuízo é quase nada :).

      Eliminar
    15. O meu custou 50€ e qualquer coisa se me recordo. Está dentro da média daquilo que eu considero um bom soutien de desporto.
      Vale todo o dinheiro que dei, comparando com os que experimentei anteriormente.
      E confesso que me faz imensa confusão ver muitas mulheres a darem um balúrdio por roupa, quando o essencial são os ténis e o soutien. Não têm noção o mal que estão a fazer a elas próprias ao não usar um soutien que sustente nas devidas condições o peito, independentemente do tamanho que tenha.
      Sabiam que usar um soutien qualquer ou menos bom significa ao fim de um exercício intenso que o peito deslocou cerca de 10 cm? Que danifica os tecidos? Que fica flácido e descaído mais rápido do que noutras situações como a perda de peso? Que provoca dores e forte desconforto? Trata-se da nossa saúde!

      http://www.braqueen.com.au/freya-activemouldedcroptopsportsbra/

      Isabel

      Eliminar
    16. Meninas acho otimo este assunto.. eu tambem ja experimentei alguns e de facto o peito a saltar nao pff. Desconforto e o mal k faz a perda da elasticidade. . Peito descaído. . Cuidem se.. eu tb sou corredora Peniche, lx, salvaterra, e fora do país. Soy da opinião que ténis e soutien neste caso meninas é uma mais valia. Pipoca boas dicas principalmente para quem começa ou pensa sobre o assunto.

      Eliminar
    17. Investimento é essencial mas infelizmente nem todos teem essa condição. . De qualquer forma o k diz é correto e ha k ter responsabilidade e cuidado meninas

      Eliminar
  2. Puxando a brasa "à minha sardinha" ;) fica o convite a todos/ todas que queiram juntar-se ao Correr Lisboa.

    Correr Lisboa
    Juntos vamos pôr Lisboa a correr!

    *Treinos Correr Lisboa *
    Terças-feiras às 19:15
    Estádio Universitário de Lisboa
    (ponto de encontro: escadaria da cantina)
    Gratuito e sem necessidade de inscrição, basta aparecer pronto/a para correr!

    *Treinos Correr Lisboa só para mulheres!"
    Quintas- feiras às 19h30
    Parque das Nações
    (ponto de encontro: torre vasco da gama/ hotel myriad)
    Gratuito e sem necessidade de inscrição, basta aparecer pronta para correr!

    *Treinos Solidários Correr Lisboa *
    Um sábado por mês
    Juntos vamos correr para ajudar!
    (data e local definido mensalmente)
    Gratuito, com necessidade de inscrição (consultar site)

    Junta-te a nós e vem correr!
    Depressa ou devagar, muitos ou poucos kms.

    www.correrlisboa.com
    www.facebook.com/correrlisboa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. quem não corre muito ou mesmo quase nada também pode aparecer?

      Eliminar
    2. Pode. Ha quem vá apenas caminhar.

      Eliminar
  3. Caramba que este post vinha mesmo a calhar. Houve uma altura em que estava muito virada para as corridas , mas depois deixei-me e agora sinto uma imensa vontade de retomar. Sem duvida que esse plano vai-me ajudar bastante! Obrigada!

    Portuguese Girl with American Dreams
    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Correr faz mal mas só daqui a unas anitos me darás razão.

    Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe, é como a comida: faz mal mas sabe bem.

      Eliminar
    2. A desculpa dos preguiçosos!

      Eliminar
    3. Estar sentada 8h por dia faz mal e daqui a uns anitos dar-nos-as razao.

      Eliminar
    4. Não corro mas faço natação uma coisa não invalida a outra gente!

      Eliminar
    5. Estudos comprovam que faz mal correr em terrenos muito "consistentes", como em estrada/alcatrão, etc. Faz mal as nossas articulaçoes. Deve optar-se por correr em relvados.

      Eliminar
    6. Sim, estudos comprovam não-sei-quê, mas acho que aqui ninguém está a meter-se no saco dos atletas de alta competição ou de quem corre, mesmo por gosto, 30km todos os dias. Está-se a falar de "começar a correr".

      Eliminar
    7. Mas é verdade, correr faz mesmo mal á maior parte das pessoas, há imensos desportos, cada um adaptado á anatonia , ao estado fisico e á personalidade de cada um. Só um grupo de pessoas é que deveria estar a correr, todos os outros deveriam optar por outras modalidades mais adaptadas a si, sejam elas mais leves ou mais puxadas
      Este histerismo todo á volta das corridas faz mais mal que bem.

      Eliminar
  5. Not my cup of tea :/

    ResponderEliminar
  6. Boas dicas! Eu gosto bastante de correr, mas vivo num país onde infelizmente chove mais do que faz sol, e se há coisa que eu detesto é sentir os pés molhados... Pelo que estou muito limitada no que toca a oportunidades para correr! Tanto quanto sei não há ténis de corrida impermeáveis... Ou há?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A asics costuma ter em todas os modelos uma versão gore tex, que teoricamente os torna mais impermeáveis. Eu tenho uns que uso mais no inverno, nota-se a diferença, mas se for um dilúvio não há milagres!

      Eliminar
  7. "Não sei que outros grupos há pelo resto do país" indica que provavelmente, vives num aquário...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou indica que, provavelmente, moro em Lisboa e corro em Lisboa, pelo que me parece mais ou menos razoável não saber se há grupos de corrida em Leixões ou em Vila Real de Santo António. Quem morar fora de Lisboa saberá seguramente melhor do que eu se as suas cidades têm grupos de corrida e pode partilhar a informação. Ou não?

      Eliminar
    2. Pipoca, gabo-te a pachorra de ainda te dares ao trabalho de responder a estes ressabiados invejosos que a esta hora devem estar com um rabo gordo colado ao sofá. Deus me livre de um dia me tornar assim azeda e parva.

      Eliminar
    3. Cara pipoca, embora Portugal não seja só Lisboa, é claro, há grupos espalhados por todo o país como podes imaginar Talvez possa então contribuir de uma forma menos azeda e parva para o artigo, enquanto estou com o meu rabo gordo colado ao sofá.

      http://bit.ly/1tvwOl1

      Bons treinos.

      Eliminar
    4. Alguém sabe indicar grupos de corrida na zona de Gaia? Madalena, Valadares, miramar?

      Obrigada,
      Anabela.

      Eliminar
  8. O parte mais díficil é conseguir arranjar motivação para "desalapar" o rabo do sofá! Para mim os 10min iniciais a correr são sempre os mais complicados, por momentos penso que não posso dar nem mais um passo! Mas depois quando ganhamos ritmo queremos ser superar-nos a nós próprias e "são só mais 5min, são só mais 5min"... No final é a sensação é espectacular e o pensamento que vem à mente é "sou mesmo idiota, amanhã venho outra vez!" :)

    www.chamavalheumfigo.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  9. Não sabia dos niveis de impacto nos soutiens desportivos.
    Obrigada pela dica!


    Sónia
    www.tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
  10. Ainda bem que publicaste isto aqui... queria tanto começar a correr e com estas dicas acho que vou mesmo iniciar :)

    ResponderEliminar
  11. Ana, MUITOS PARABÉNS pela Parceria SWAROVSKI | LAÇO


    Sónia
    www.tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
  12. Nao sou muito fan de corrida, confesso.

    ResponderEliminar
  13. Pipoca, concordo com tudinho!
    Muito útil, continue a apostar neste tipo de posts!

    http://verdetropa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Não sei porquê, mas apesar de detestar correr, senti-me motivada a fazê-lo ao olhar para este plano de treinos :) Acho que vou dar uma oportunidade em grande à corrida! *

    ResponderEliminar
  15. Respostas
    1. Mora cá?
      Acho estranho não se ter dado conta que às terças e quintas à noite há dezenas de pessoas a correr e a andar num grupo organizado.

      Eliminar
    2. https://m.facebook.com/CorridaNocturnaSetubal

      Junte-se a esta família :) comecei a correr graças a esta iniciativa. Espero ter ajudado.

      Eliminar
  16. Muito obrigada por este post! Interessante e útil. Eu também gosto de corrrer, ainda que só faça uns 10 minutos, duas vezes por semana. Concordo quando diz que correr é maravilhoso para desfrutarmos do nosso tempo a sós. Cumprimentos!

    ResponderEliminar
  17. O melhor mesmo, é correr descalço. Pena que nas pistas cuspam para o chão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Correr descalço não é, de todo, uma boa ideia. Pode até ter alguma vantagem, mas os prejuízos serão sempre superiores.

      Eliminar
    2. Na meia maratona EDP andava um moço a correr descalço e de tanga!! e se ele corria... eheh

      Eliminar
  18. http://www.corre40minutos.net/
    Partilho este plano porque há uns tempos quando procurava uns planos para voltar a correr, este foi o que me pareceu mais realista e efectivamente funciona.

    ResponderEliminar
  19. Adorava começar...aliás já tentei mas, 5 minuto e fico de rastos!!!

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  20. Nada como um post assim para motivar ainda mais quem voltou a correr há pouco tempo por gosto e porque pôs na cabeça fazer uma prova de 10km! ;)
    Obrigada pelas dicas! :)
    Cris

    ResponderEliminar
  21. Também sou das que começou a correr por teimosia e fui ganhando o gosto. O soutien é mesmo importante para nós, quase tanto ou mais do que as sapatilhas, se correrem sem um soutien de suporte forte, não se venham queixar da gravidade.

    http://thelusofrenchie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  22. Obrigada!
    Muito bom saber destas coisas.. principalmente para dar o empurrão que precisamos.
    =)

    ResponderEliminar
  23. Olá Pipoca! Estou interessada em juntar-me ao Correr Lisboa mas tenho algumas dúvidas: há alguma espécie de treinador que nos orienta? A primeira vez que aparecer alguém me integra num grupo consoante as minhas necessidades? Ou é só aparecer e correr?
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
  24. Olá, eu comecei a correr em Maio deste ano seguindo um programa chamado c25k. Dei-me muito bem e agora já estou a correr 8,4 km em cerca de 50 min. Quando comecei em Maio mal aguentava correr 1 min de seguida... por isso, aqui fica o programa que fiz para o caso de alguém querer experimentar:http://www.c25k.com/c25k_portuguese.htm
    Também há vários foruns onde as pessoas que fazem o programa trocam dicas e motivações. Boa sorte, persistência e força!

    ResponderEliminar
  25. Onde fizeste os exames ao coração para a vertente desportiva? E onde fizeste também analisam tornozelos, joelhos e coluna?

    ResponderEliminar
  26. Olá Pipoca, visito-a práticamente todos os dias mas é a primeira vez que vou comentar. O que escreveu é simplesmente a resposta a algumas questões que me andavam a atormentar. Muito recentemente comecei a fazer caminhadas e já me vou aventurando em alguns minutos de corrida lenta que, vão aumentando á medida da minha resistência. E não é que me sinto muito bem! Há dois meses atras nem sequer me aventurava na corrida. Dizia eu que não era capaz mas, com 50 anos, tenho cada vez mais a certeza que somos capazes de muito, a questão principal é termos vontade de tentar. Com calma, sem grandes alaridos porque já temos idade para ter juízo.
    Obrigado pela orientação.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Quanto à roupa desportiva: primark. Pelo menos, no meu nível, é bastante adequada às necessidades. De resto, subscrevo o correr por teimosia. Quando estou a treinar, estou a odiar, mas ver a evolução é fantástico e só queremos é ver mais resultados positivos!

    ResponderEliminar
  28. Ana, corro já há alguns anos e sempre fui muito activa. Achava graça aos teus posts onde referias que não gostavas de praticar exercício (às vezes não nos apetece, efectivamente!), mas a preguiça nunca me pareceu bem. Digo-te que neste momento és um exemplo para mim, que já corri várias provas de 21 km! A verdade é que gosto de correr, simplesmente. E é isso que me limito a fazer, descurando muito os treinos técnicos, então os resultados em termos de tempo não são bons. Tenho acompanhado a tua evolução e já me sinto a ficar para trás, eu que já fazia km ainda tu não sonhavas com isso!
    Muitos parabéns pela tua força de vontade e pelo óptimo trabalho que tens feito, motivando-nos a todos! Neste momento és uma referência!
    You go girl! :)

    ResponderEliminar
  29. Hoje por sinal começo o a andar/correr aqui por Londres com colegas da empresa! Vamos lá ver se não morro no meio do parque! ehhe

    ResponderEliminar
  30. Neste momento vivo em Doha e devido ao calor e humidade é impensável para mim fazer qualquer exercício na rua a não ser na piscina.
    Até a temperatura e humidade se tornarem compatíveis com corrida ao ar livre tenho o ginásio como alternativa. Poderei fazer este plano na passadeira? Obrigado.

    ResponderEliminar
  31. Alguém me pode ajudar a interpretar o plano, é que não percebo isto '

    Como por exemplo, 2' de andar rápido, que é isto?! Obrigada (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por ' entende-se minuto.

      Eliminar
    2. 2' quer dizer 2 minutos

      Eliminar
    3. Então porque é que o total são 30? 1'+2' é igual a 30.

      Eliminar
  32. Corrida realmente é uma ótima opção, faz bem ao corpo e à mente (principalmente se sozinho, é terapêutico). Eu ando agora a experimentar diferentes modalidades em ginásios - e relato tudo em http://happyandhealthy.blogs.sapo.pt/- mas correr ao ar livre tem sempre um sabor especial ;)

    ResponderEliminar
  33. Pipoca, eu quando corro como iogurtes e bebo leite, que adoro :o Sabe-me dizer porque não é aconselhado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. porque nós, humanos, não digerimos bem a lactose.

      Eliminar
  34. Em Leiria há todas as quartas-feiras o night run! Ponto de encontro as 21.30h na praça Rodrigues lobo! :)

    ResponderEliminar
  35. (peco desculpa se este comentário aparecer várias vezes, mas acho que o anterior se perdeu)

    Para comecar a correr eu usei os podcasts do NHS (Servico nacional de saúde ingles) chamados "couch to 5k" (do sofá aos 5km). Sao um programa que comeca gradualmente e ao fim de 9 semanas nos faz correr meia hora seguida. Neste momento já corro 5km varias vezes por semana mas se há uns anos me dissessem que o ia fazer rir-me-ia na cara deles. Recomendo vivamente o podcast, que é gratuito. (http://www.nhs.uk/Livewell/c25k/Pages/couch-to-5k.aspx)


    Outa coisa óptima mas que infelizmente ainda nao existe em Portugal (mas que pode vir a haver, basta quem vive em Portugal organizar) sao as "parkruns". Corridas semanais, normalmente ao fim de semana, nos parques das cidades por esse mundo fora. Sao corridas gratuitas, de 5km, temporizadas e organizadas por voluntários. (http://www.parkrun.com/)

    Boas corridas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá já existem sim.
      Pelo menos em Leiria, o Night Run todas as quartas-feiras e tem vários níveis desde a caminhada à corrida.
      Inclusive no verão, existe um nível de "cadeirinhas" (para as mamãs que levam o carrinho de bebé, pessoas com dificuldades motoras e até cadeiras de rodas).
      São vários grupos sempre acompanhados por um líder, alguns intermédios (que se colocam nas passadeiras a fim de ajudar a passagem segura de todos os intervenientes) e um "carro vassoura", todos devidamente identificados com um tshirt colorida que representa a velocidade do grupo.
      Circula-se pela cidade e sempre por caminhos diferentes.
      Além de estarmos a fazer bem à saúde descobrimos pontos super interessantes pela cidade.
      Um exemplo a seguir é o que vos posso dizer.
      PS - estou seriamente a pensar em começar a correr!
      Kissos

      Eliminar
  36. Adorei o post! Eu comecei a correr há precisamente um ano. Nunca gostei de desporto e achava que descansar era estar deitada no sofá a relaxar. Mas devido à profissão que tenho em que estou sentada todo o dia, o facto de morar sozinha numa cidade em que não se conhece ninguém e o nível de stress tão elevado que levava para casa tomei uma decisão. Precisava de distrair, de relaxar e de me mexer!!! As pessoas próximas tanto chatearam e insistiram que tinha de me mexer e de distrair que ´já não tinha desculpas que chegassem.. "descansar é chegar a casa e ficar no sofá a descansar, agora cá ir correr para me cansar bahhh", "ir sozinha não tem piada nenhuma, não posso conversar" " ao ir sozinha todos os carros que passam buzinam e fico com vergonha". Bem só desculpas!! Com a fúria com que estava a essas pessoas próximas que parece que viviam só para me atormentar com a conversa da corrida pensei "eu vou-lhes mostrar que sou capaz". Numa família de desportistas, não é fácil ser uma ovelha negra, só eu é que não gostava de desporto. O mano é viciado em desporto e fez disso profissão, o pai é um atleta das corridas, a mãe uma ginasta..e eu só queria chegar a casa e SOFA!!!
    E assim foi. Primeiro pesquisei muito na internet sobre planos de corrida. Não fazia desporto há anos, comecei a caminhar e nem 1minuto conseguia correr. Nem sabia controlar a respiração. Tive a preocupação do soutien, das blusas com material próprio para a transpiração, das meias sem costuras e achei que os ténis nike de há 10 anos serviam perfeitamente. Pois, mas não serviam.. Fiquei com umas bolhas enormes nos dedos... Após este "desastre" la vou eu aconselhar-me e comprei uns ténis. Durante umas 3 semanas caminhava x minutos e corria x. Ia fazendo o plano e ia progredindo conforme o meu corpo respondia. Numa semana chegava a casa toda eufórica que tinha conseguido correr 2 minutos sem parar, na outra 5minutos, na outra 10min e assim continuei, nunca desisti e ao fim de mês e meio estava a fazer a minha primeira prova de 5km na corrida sempre mulher.
    Entretanto chegou o inverno o que significa que a chuva e o frio iam ser um enorme obstáculo para continuar as minhas corridas. Mas eu estava decidida. Eu não podia desistir. E não desisti. Comprei calças térmicas, fita para proteção dos ouvidos, blusas térmicas, impermeável e não havia frio que entrasse. E cá faz muito frio.40º graus no Verão e 0º graus no Inverno :/ E as corridas à chuva??? AS MELHORES!!! Acho que só quem corre e obtém prazer sabe do que estou a falar. Não se consegue explicar, é uma sensação indescritível. Cada vez que corria sentia um misto de prazer com objetivo alcançado. Nunca fui mulher de vícios. Mas neste momento estou viciada no melhor vicio que pode existir que é a corrida. Amo correr e preciso correr para estar bem, para estar relaxada, para estar bem humorada, para largar o stress, resumindo se pudesse passava o dia a correr. Corro sozinha, com uma boa playlist e é nesse momento que organizo as ideias e quando não há ideias para organizar é ótimo estar ali só comigo. Quando corro só tenho vontade de sorrir e de mostrar a toda a gente o prazer que estou a tirar da corrida.
    Cheguei ao cúmulo de ir de viagem e levar o kit corrida. É o meu melhor amigo, vai sempre na mala de viagem.
    O pior acontece quando surge uma lesão..um mau aquecimento ou alongamento podem estragar tudo.. ai o tendão de aquiles é o meu ponto fraco!!!
    Pior ainda é quando se é alérgico aos mosquitos e eles resolvem picar nos sítios do corpo mais improváveis, como por exemplo no calcanhar para uma pessoa não poder correr durante 3 semanas com tamanho inchaço e bolha no pé :( 3 semanas sem correr??? Entrei em paranoia!! Mas já regressei e pretendo nunca mais parar de conquistar quilómetros!!
    Espero que todas tenham a coragem que eu tive e nunca desistam. Porque eu sou a prova que se é capaz. Basta querer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amei este testemunho!!!!!!!!!!!

      Eliminar
  37. Eu não corro nem para salvar a vida.
    Nao percebo a moda.

    ResponderEliminar
  38. E HOUVE EFEITO NA CELULITE PIPOCA???????????

    ResponderEliminar
  39. Um post muito bom! Corro com o meu pai desde o 6ºano e embora não seja a minha coisa preferida sinto que cada vez mais o faço por gosto e também bastante força de vontade! Vou experimentar fazer um plano de treino, talvez me ajude a melhorar a corrida, pois embora já o faça à algum tempo somos muito pouco organizados quanto a isso. Pessoalmente prefiro correr acompanhada! Obrigada pelas dicas e boas corridas :)

    ResponderEliminar
  40. Considerando-me um "corredor" amador que ambiciona completar a Maratona do Porto, fico contente por ver um artigo muito bem escrito e organizado.

    Parabéns :)

    ResponderEliminar
  41. Adorei! :D
    http://blogadolescenteopinioes.wordpress.com

    ResponderEliminar
  42. https://scontent-b-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/1937480_148307428673212_3667508801312875751_n.jpg?oh=85b4eaeba8be6fe1591e13cffcaf1f04&oe=54D0ACEB

    ResponderEliminar
  43. Olá. Moro em Alfama e o percurso Santa Apolónia-Expo seria o ideal para mim. O facto da paisagem não ser das mais agradáveis, isso não me desmotiva. a minha questão é: sendo o percurso uma ciclovia, não há demasiadas bicicletas a circular que atrapalham a corrida? Obrigado

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis