Pub SAPO pushdown

O que é que se passa contigo, TAP?

terça-feira, setembro 02, 2014
Eu já falei aqui muito bem da TAP, já disse que se pudesse só voava na TAP, mas estas últimas notícias estão a deixar-me completamente em pânico e com os nervos em franja. Todos os dias lá vem mais uma notícia de um avião que avariou, que teve de regressar, que teve de fazer uma aterragem de emergência. Mas que raio se passa? Como é que uma das companhias mais seguras do mundo se transformou nisto? Se até a TAP me falha, o que é que me sobra, senhores? E eu acho mesmo que isto vai acabar em desgraça, já esteve mais longe. Tanta falha técnica está mesmo a pedi-las. O meu homem diz que é bom, que eles detectam as avarias e agem rapidamente, mas e se calha ser um piloto com menos discernimento? Um que acha que é só uma avariazinha e que a coisa ainda se aguenta mais umas horas? Ontem no Porto um avião não saiu do aeroporto por problemas técnicos. Quando finalmente levantou voo, voltou para trás ao fim de dez minutos! Afinal ainda não estava resolvido. Estão a gozar ou quê? Em Novembro vou fazer uma viagem de longo curso e já avisei o senhor meu esposo que se isto continuar assim recuso-me a pôr o rabo no avião. Se ele quiser mesmo muito que vá sozinho. Que merda, pá, já não se pode confiar em ninguém.

117 comentários:

  1. Realmente andam com azar. Mas felizmente têm detectado tudo a tempo.

    ResponderEliminar
  2. Não se passa absolutamente nada fora do normal :)... O problema é que ainda estamos na Silly Season e não há muito mais assunto para falar, além disso deve haver sempre meia dúzia de histéricos a ligar para uma qualquer redacção só para contar que um avião atrasou 5 minutos.
    Tudo isto é normal, e na minha opinião, são muito boas noticias. Se as pessoas pensarem bem, vão preferir ouvir estas do que as piores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 100% de acordo. É bom saber que ainda há discernimento suficiente para saber filtrar tudo o que nos querem impingir nas notícias diárias. A TAP continua a ser uma companhia com elevado indicie de fiabilidade e o que está a acontecer só está a ser noticiado desta forma porque há muito boa gente neste pais interessada em desvalorizar a TAP para a poder vender por meia dúzia de tostões!

      Eliminar
    2. concordo! acho que isto é uma mistura de falta de noticias com um conjunto de boicote à TAP.. posso estar a ser muito da "teoria da conspiração" mas enfim... é o que parece!

      Eliminar
    3. Na verdade não é assim! Trabalho numa unidade hoteleira perto do aeroporto e o que se tem passado é uma VERGONHA!!! Muitos voos cancelados, malas perdidas, já para não falar do susto que deve ser, o avião ficar cheio de fumo em pleno voo, entre outros! Não é a silly season! Nunca antes aconteceu como agora! Não se iludam

      Maria

      Eliminar
    4. Apoiado maria. Que façam mais revisões aos aparelhos!! Não querem gastar dinheiro, depois este tipo de situações está constantemente a acontecer! !

      Eliminar
  3. Tenho um amigo que é engenheiro mecânico na TAP , e ainda há dias me disse que , as ordens que têm é fazer o mínimo a cada "revisão".
    Não podem gastar muito , não podem lá ter o avião muito tempo, por isso é fazer o mínimo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muuuuuito medo

      Eliminar
    2. Não vi isso numa novela? Pfff medo! E a profissão deles também é de ainda maior risco!

      Eliminar
    3. É muito feio lançar uma acusação dessas quando ainda para mais não é verdade.

      Eliminar
    4. Acredito plenamente que assim seja, anónimo das 15:49. Aliás, isso é o que se tem passado em todos os sectores públicos, incluindo o SNS. Os profissionais receberam ordens para cortar no máximo possível.

      Eliminar
  4. Vou viajar pela TAP em menos de duas semanas e sim, estou com medo!

    ResponderEliminar
  5. O que está a acontecer é que, deliberadamente, estão a tentar desvalorizar a TAP para alguém amigo do Governo comprar a mesma na privatização a um preço bem mais baixo do que ela vale.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está uma grande verdade! Quanto mais notícias destas vierem cá para fora, mais a TAP vai desvalorizando. Cada notícia destas é um bombom para o Governo.

      Eliminar
    2. Haja alguém com dois dedos de testa para ver o que realmente se anda a passar!

      Eliminar
    3. Exatamente...esta mais que certo...tudo por dinheiro grrr

      Eliminar
    4. Essa desvalorização pode estar em conluio com a própria TAP, já pôs a hipótese?

      Eliminar
  6. Penso que seja para descredibilizar a companhia uma vez que está em processo de privatização. Por curiosidade fui ver as partidas e chegadas no site da Ana Aeroportos e há lá alguns cancelamentos, atrasos de outras companhias e ninguém diz nada. Aliás, nos jornais estrangeiros também vi noticias de aviões que têm avarias diariamente e nem nos apercebemos disso.
    Infelizmente é assim que funciona o nosso país.
    Também vou viajar agora em Setembro pela TAP e vai tudo correr bem :)

    ResponderEliminar
  7. Simples. É a preparação para a privatização.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem mais..a ver se fica mais baratinha e tal depois de uma má imagem e depois volta ao seu esplendor!

      Eliminar
    2. Totalmente de acordo.

      Eliminar
  8. Vou viajar na TAP pela 1ª vez para a semana e já começo a ficar arrependida de não ter optado por outra companhia....só espero q a desgraça não aconteça no meu voo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas pode acontecer no voo dos outros, é? Que tristeza de comentário!!!

      Eliminar
    2. Anónimo das 21:18, tenha lá calma.

      Eliminar
    3. e depois há pessoas iluminadas -.-"

      Eliminar
    4. Claro que pode acontecer! Mas não deixa de ser inquietante que estejam a acontecer tantas situações na TAP seguidas, que aparentemente até aqui não aconteciam...e de certeza que em outras companhias também podem acontecer!Mas não deixo de poder pensar que, tendo outras opções que não têm tido problemas, (aparentemente claro), se não deveria ter optado por outra...

      Eliminar
  9. Tudo tem as suas falhas. Provavelmente essas avarias não são nem 1% dos voos totais por dia da empresa. Mas cada avaria é logo notícia. Andar de carro também pode ter muitas avarias e muitos acidentes. Muito mais do que aviões, e ainda assim toda a gente anda de carro.
    Pelo menos ainda não caiu nenhuma avião da TAP. Detectam as coisinhas a tempo.

    ResponderEliminar
  10. Tanto drama - http://economico.sapo.pt/noticias/tap-garante-que-nivel-de-incidentes-nos-avioes-e-normal-e-critica-pressao-mediatica_200627.html

    ResponderEliminar
  11. Viagem de borla é o que pretende?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que ideia espectacular! Infelizmente já paguei este voo de Novembro, mas para a próxima vou pedinchar. Obrigada pela dica!

      Eliminar
    2. A pipoca ainda tem a amabilidade de responder? Não se dê ao trabalho.. mas eu entendo. Uma senhora será sempre uma Senhora =)

      Eliminar
    3. Hahahahahahahah, es demais Pipoca

      Eliminar
    4. Sim, é que a Pipoca começa por dizer que se pudesse só voava na TAP, como que a insinuar que essa companhia se arrisca a perder uma valiosa cliente...

      Eliminar
  12. Com todo o respeito, mas só diz que só voa na TAP quem não entende do mundo da aviação. O meu irmão, que é piloto, nunca tentou sequer candidatar-se a um emprego nesta ''companhia'' e já tem feitos comentários sobre a actual situação da empresa que me fazem é NÃO querer voar na TAP. Qualquer outra, até uma low cost, é bem capaz de um serviço igual ou melhor... A maioria dos pilotos querem é sair de lá, porque sabem que é só ''compadrio'', metem os irmãos, filhos, primos, e depois dá no que dá... E não é só o único problema, é apenas o primeiro de muitos,

    A Pipoca tem MESMO de esquecer e começar a voar noutras companhias até mesmo nas low cost. Experimente que não se arrepende, aliás depois não quer é outra coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é que interessa se é Tap, se é Ryanair, se é British Airways ou Wizz Air... na União Europeia, todas as companhias têm de respeitar os mesmos mínimos de segurança. O que faz a diferença dos preços são outras coisas, não é a segurança. Já voei em imensas companhias europeias e nunca tive nenhum problema nos voos, ou notei qualquer diferença a nível da segurança... voo na que me for mais conveniente (preço, horários) para o destino que procuro no momento!

      Eliminar
    2. Tanta asneira e ressabiamento devia pagar imposto! Haja paciência!

      Eliminar
    3. Provavelmente o mano não se candidatou porque não cumpria os requisitos mínimos... Não é por acaso que as outras companhias andam atrás dos nossos pilotos. Só nos últimos 2 anos a Emirates veio cá buscar 37.

      Eliminar
    4. Portanto, o irmão nunca sequer tentou entrar na TAP, mas opina como se lá trabalhasse. Por outro lado, quem já lá trabalha, quer sair porque é só compadrios de meterem família... ora, pelo que diz parece que esses que já lá estão, não entraram assim... mas querem sair. :P é tanta a ânsia de dizer mal, que só se enterram...

      Eliminar
    5. Tenho alguns amigos pilotos e curiosamente TODOS falam bem da TAP a nível de condições laborais. Nas low cost sim, são "carne para canhão".
      É difícil entrar, mas infelizmente as cunhas pairam em todas as áreas da nossa sociedade. O mano de certeza que não ía recusar se conseguisse entrar...

      Eliminar
    6. Nas low cost são carne para canhão? O que quer dizer com isso?

      Eliminar
    7. O mano não tentou entrar na TAP porque saiu-lhe o brevet na "farinha Amparo"!!!

      Eliminar
    8. Anónimo das 18:38: naturalmente que, se consta que há muito compadrio e se exige muita cunha para entrar nessa empresa, é porque se tratam os seus trabalhadores a trufas e pão de ló. Por isso admite que é difícil entrar.
      Anónimo 16:41: Realmente o exército, Força Aérea e que tais deviam acabar pois só dão prejuízo. Um piloto é formado a custo zero do seu bolso e ainda é promovido a príncipe das Arábias com contributo ZERO para o país. E falam mal de jogadores de futebol...

      Eliminar
  13. Calma Pipoca, senão eu começo a ficar com os nervos em franja também.Falta precisamente 14 dias para eu levantar voo com a TAP.AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII........ se antes já ficava nervosa agora é melhor tomar Xanax, assim não sinto nada, pronto.

    Eu acho que eles quiseram introduzir nova rotas, compraram os aviões, esses mesmo aviões tiveram de ser modificados devido ás normas Europeias, e claro não contrataram mais técnicos , logo alguma coisa foi ficando para trás!!

    Mas vamos lá esquecer tudo isso, vai correr tudo bemmmmmmmmmm! ;)

    ResponderEliminar
  14. Vai antes com a SATA para Boston e depois apanhas outro meio de transporte para NYC. Mas também, para quê tanto show off? Já sabemos que chega a data e vais como sempre e depois vais estar a postar fotos do teu marido a chegar à meta, don't worry.

    ResponderEliminar
  15. Recomendo-te a American Airlines, fiz uma viagem de longo curso (até Nova Iorque) e foi espetacular.
    Por isso, já tens substituta para a TAP.
    A única desvantagem é que não faz voos diretos de Lisboa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A TAP dá 20 a 0 à American e a quase todas as companhias americanas!

      Eliminar
    2. Apanhei um susto horrível com a American Airlines em Miami. 4h de atraso por "problemas técnicos", entra o pessoal no avião, vai para a pista, começa a acelerar e quando já está a ponto de descolar o piloto vai e trava. Bombeiros, rodas a pegar fogo, todo um filme. Toca de voltar para o aeroporto, troca de avião, levanta voo e poço de ar, toda a gente a gritar.
      Isto foi sensivelmente 1 mês depois da queda do avião Air France.
      Eu continuo a ser fã da TAP, aliás voo frequentemente, tive um problema há uns anos atrás (o voo foi cancelado por razões de segurança, no dia 23 de Dezembro) e tive de fazer Madrid-Lisboa de carro às 11 da noite, mas também foi minha opção, deram voo para 24 de manhã.
      Convido a fazerem um longo curso na Iberia, aí sim que há de tudo. Uma vez o meu voo para o Rio atrasou porque "esqueceram-se de meter combustível".

      Eliminar
  16. Pois é Pipoca, eu estou no mesmo barco - ou deveria dizer avião ahah! A rentrée está a ser difícil, desculpe lá isto ;) Desde que me lembro de ter consciência para isso tenho receio de andar de avião, já tive mesmo muito medo, mas os anos, a frequência das viagens e a mentalização fatalista (aquilo do "o que tiver de ser será e lá em cima não há nada que eu possa fazer", sabes?), mitigaram a coisa. Hoje até sou capaz de dormir num avião, o que, embora seja sono leve e em estado semi-alerta, já é uma grande vitória para mim. Depois de vários vôos impecáveis também tive uma fase de dizer que, se pudesse, só viajaria na TAP, mas nos últimos tempos, infelizmente, a minha opinião tem vindo a mudar. São atrasos gigantes e constantes, são falhas técnicas a toda a hora - no último, que já vinha com mais de 4 horas de atraso, tinham que mudar um pneu do trem de aterragem em Heathrow, depois já não era preciso, acabámos por levantar 6 horas depois e fazer a viagem naquele stress do será que o pneu vai ou não rebentar quando aterrarmos. Felizmente nada aconteceu, mas a verdade é que a qualidade da companhia parece já não ser a mesma. O meu marido fez, o ano passado, mais de 20 viagens com a TAP e contam-se pelos dedos de uma mão os que não atrasaram, e muito. Ele chegou a ver tentarem arranjar um vidro de cockpit partido (rachado) à frente dele, do avião que ia apanhar. Ele trocou de vôo devido ao atraso e aquele acabou por ser cancelado, mas estavam mesmo a preparar-se para descolar naquelas condições. Não me parece normal. Já sabemos que não têm dinheiro, mas isto não se admite. E não podem dizer que são notícias de silly season ou que isto sempre aconteceu, porque simplesmente não é verdade, a qualidade da companhia tem vindo a deteriorar-se, sim.

    Sara

    ResponderEliminar
  17. Ai, as voltas que uma pessoa tem que dar para escrever um post a contar que vai fazer uma viagem de avião de longo curso... Ufa, não deve ser nada fácil!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lol sem comentarios..

      Eliminar
    2. Porque se à dona do blog lhe apetecer não escreve um post sobre a dita viagem e mais outras tantas.

      Eliminar
    3. Se não foi irónico, nem comento o anónimo das 16.36h.
      Gente triste...

      Eliminar
  18. nao me digam nada que depois de amanha vou pela TAP ..

    ResponderEliminar
  19. Olá Ana,

    vivo na Alemanha e este ano viajei pela segunda vez na Tap, eu que não tinha medo de voar agora penso duas vezes. Paguei um voo Tap e embarcamos num avião Swift air em condiçoes pessimas, bancos rotos, mesas partidas, saídas de ar condicionado colados com fita cola e entrava condensação dada a fraca fuselagem do avião, ora era igualzinho ao que caiu uns dias depois em terras africanas. Pedimos explicações mas informação é coisa que escassa e percebemos que querem é dizer-nos o menos possível. Em Lisboa (no transbordo) estivemos às voltas na pista e fechados dentro de uma camioneta quase 30h, mais quase 1h30 a 2h dentro do avião que não levantava por problemas técnicos.Cheguei com um atraso de 12Horas ao destino, depois de ter ficado hospedada sem direito a jantar e quase sem pequeno almoço. Sem direito a bens pessoais essenciais como bens de higiene (por ex.pasta de dentes,nem o hotel tinha, tinha uma esponja para engraxar sapatos mas achei melhor não usá-la) nem roupa interior, entre outros. Achei melhor dormir de "tromba" para cima se não ao outro dia estaria fantástica com a maquilhagem do dia anterior. Reclamei e até hoje népia!!! Nem resposta nem indeminização que já agora é de lei. Por isso pense melhor antes que não consiga viajar para mais lado nenhum, e muito menos se levar o Mateus!
    Bjinhos Raquel

    ResponderEliminar
  20. Não é só na TAP que acontece. Mas estamos em Portugal e qualquer coisa j´é o diabo em cuecas!

    ResponderEliminar
  21. O que se passa, é que os técnicos de manutenção mais qualificados estão todos a sair para companhias estrangeiras ou em idade de reforma. Os que ficam nas oficinas são apenas os estagiários ou os que tem 3 ou 4 anos de serviço.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora até que enfim vejo um comentário que revela o que realmente se passa.

      Eliminar
    2. Essa é que é a verdade.

      Os tecnicos mais experientes são muito cobiçados e foram para os paises arabes, e aqui em Portugal só ficaram os tenrinhos e os incompetentes.
      Já sem falar nos que se reformaram.

      Eliminar
  22. Verdade, estas notícias e esta maré de azar da TAP estão-me a fazer pensar bastante. Tal como contigo Pipoca esta era a minha companhia de eleição... ERA. Agora já não sei se é... Metem medo estas notícias. A TAP para mim era uma prioridade, era a primeira escolha...

    http://mundodamafy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  23. Primeiro foram os atrasos, os cancelamentos, agora são o bora lá meter people no avião e voltar para trás depois de 10 minutos!
    Isto escrito na brincadeira mas realmente a TAP tem andado numa maré de azar. O meu namorado quando voou até Portugal teve a notícia de um atraso, e depois de mais um bocadinho que já está quase e quando realmente se decidiram, cancelaram o voo e adiaram-no para o dia seguinte. Eu voei pela TAP ainda há dois dias e não tive qualquer tipo de problema, exactamente como no início do ano.

    Esperemos que se voltem a portar bem de novo!
    E boa viagem Pipoca!

    thefilosophie

    ResponderEliminar
  24. A TAP sempre teve atrasos homéricos, bagagem extraviadas, cancelamento de vôos, e nunca divulgaram. Nunca fui fã da TAP. Os preços que praticam para mim são absurdos, espanta-me estarem em crise. Enfim........
    Nao entendo o pq de agora tanto alarido.

    ResponderEliminar
  25. Não se passa nada que não se passasse já numa base regular. Viajo semanalmente pela TAP há anos, e contam-se pelos dedos das mãos as vezes em que não há atrasos devido a falhas técnicas e afins. Também já fiquei em terra e já vi voos serem cancelados. Simplesmente agora a TAP está na berlinda e fala-se mais sobre o assunto.

    ResponderEliminar
  26. A verdade é que se aproxima a privatização e convém desvalorizar ao máximo para que a venda se faça ao desbarato... Pequenas reparações e atrasos que antigamente nem eram noticiados, hoje são capa de jornal e notícia bombástica. E é verdade que muitos dos bons profissionais estão a sair, mas ainda assim a segurança numa empresa como a TAP está sempre em primeiro lugar.
    Pena é que estas "caças às bruxas" resultem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inside information: demora nas reparações e aviões a voar a cumprir os mínimos como se verifica agora, NUNCA antes aconteceu. Diz quem sabe, e que já é efectivo há muitos anos. Que pode estar a haver aproveitamento, sim, e pelas razões que aponta. Lamentavelmente, o cenário que está na origem das sucessivas notícias, não é fabricado, é muito real.

      Eliminar
  27. Se não quiseres ir avisa! Eu vou no teu lugar ahahahaah

    ResponderEliminar
  28. Lembro-me bem de a Pipoca dizer sempre isso: Só ando na TAP! Conforme disse alguém ali em cima, na UE as regras são iguais para todos, e todos têm de cumprir determinados requisitos para poder voar. O problema da TAP chama-se Eng.º Fernando Pinto, que conseguiu afundar ainda mais um barco que já não vinha acima há muito. O serviço e a confiança dos clientes eram o que marcava a TAP.

    ResponderEliminar
  29. TAP - Take Another Plane.

    ResponderEliminar
  30. Como outros já aqui assumiram, e até o sindicato aquando da queda de "peças" de um avião: as manutenções já não são o que eram.

    Diz quem sabe - pq lá trabalha -: existem imensos aviões a voar que estão "nos mínimos", ou seja cumprem, à tabela, os requisitos essenciais para levantar voo. Uma tripulação nos documentos de voo, ver que falta mudar a peça X e passado um mês, voar no mesmo avião, e perceber logo à chegada, que continuam à espera da peça, tornou-se banal.

    Os próprios membros das tripulações têm já medo de voar. E, sim, corre o boato de que se está a "intencionalmente desvalorizar" a empresa para esta ser vendida mais barata. Eventualmente, ser mesmo extinta, e até as condições contratuais dos seu colaboradores serem revistas (em baixa, claro).

    ResponderEliminar
  31. Eu agora quando fui também pela TAP e notei que vários voos fora adiados porque alguns aviões estavam com problemas técnicos, inclusivamente o meu atrasou imenso tempo por isso e tentaram colocar pessoas de outros voos, também atrasados nos lugares vagos à ultima da hora! Achei tudo muito estranho!
    Bj S

    ResponderEliminar
  32. Pensas tu que é fácil ser engenheira mecânica! Descobrir qual é a peça que falha é como a agulha no palheiro.

    ResponderEliminar
  33. Lamentável! Uma companhia tão reputada e aparentemente segura em pouco mais de 10 dias é noiciada diariamente pelas piores razões!! É esperar que nada corra mal....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos lá ver qual vai ser o malabarismos que se faz de maneira a "disfarçar" o que aconteceu com o voo de São Paulo e que "abriu as hostes junto da comunicação social", quanto a estas situações que se estão a passar na TAP (refiro-me à natureza das peças que caíram em Camarate...)

      Eliminar
  34. Estava a ver que nunca mais falavas disto, cada vez que tenho lido uma notícia sobre a TAP penso logo em ti, " a pobre daquela rapariga, agora é que ela não mete mais um rabo num avião "... Deixa lá que eu estou a 15 dias de viajar pela tap de Milão para o Porto e acabo de ler um problema numa avaria precisamente de Milão para o Porto... vai ver ainda apanha é uma qualquer rede expressos e passo 20 horas a chocalar na estrada....

    ResponderEliminar
  35. Eu hoje aterrei em Lx, por meio da Tap. Correu tudo bem excepto o atraso de uma hora e podes imaginar a minha cara de espanto quando vejo o telejornal e dou de caras com a notícia relacionada com o assunto deste post.

    ResponderEliminar
  36. Totalmente de acordo... Nem me diga nada. Viajo amanhã com a TAP e seja o que Deus quiser. M

    ResponderEliminar
  37. Trabalho na British Airways e posso-vos garantir que todos os dias ficam aviões nossos em terra por questões técnicas. TODOS os dias. E não é noticiado pela BBC, obviamente.
    Viajo pela TAP sem problemas, gosto do serviço e sempre me senti em segurança. Daqui a 16 dias lá vou eu outra vez para Lisboa, pela TAP. O que me está a parecer é que a silly season ainda não acabou em Portugal e por isso a imprensa não tem mais nada para noticiar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Venha a verdade sobre as peças que caíram em Camarate (São Paulo - Lisboa) a público, e a natureza das questões técnicas (algumas das) que estão aqui em causa, talvez possa apresentar-se-lhe como preocupante (sem desprimor pelas questões técnicas que afectam a BA e que fazem ficar mtos aviões em terra, não as conheço, não tenho como avaliá-las).

      Eliminar
    2. Mas da TAP conhece para avaliá-las??? Jasus, só leio cáca!

      Eliminar
  38. Má gestão para justificar uma futura privatização.

    ResponderEliminar
  39. Sinceramente a mim, é alarmismo da comunicação social para acelerar a privatização... Eu trabalho no aeroporto e este tipo de avarias como trens de aterragem que não descem ou luzes de alarme que acendem são normais, acontecem várias vezes e o melhor é fazer o que eles fazem, voltar, jogar pelo seguro, averiguar e descolar novamente! Depois acho piada a quem reclama do avião voltar para trás... era melhor continuar viagem e cair em parte incerta --'

    ResponderEliminar
  40. Absolutamente nada:
    "TAP rejeita alarmismos sobre a sua operação

    INDICES DE REGULARIDADE NA TAP SÃO OS NORMAIS PARA A ÉPOCA E EM LINHA COM PADRÕES EUROPEUS

    Os índices de regularidade na operação da TAP são absolutamente normais para a época do ano e mesmo melhores que a média da industria europeia da aviação civil, não existindo fundamento para a atual vaga de análises e comentários alarmistas e claramente especulativos.

    A TAP realizou ao longo do mês de Agosto um total de 10.541 voos, com um índice de regularidade de 99,1 por cento, melhor que os 98,9 registados em 2013.

    Entre voos cancelados e regressos ao ponto de partida a TAP registou 76 ocorrências em Agosto de 2013, contra 73 no mesmo período de 2014, apesar de ter efetuado mais 303 voos e transportado mais 105 mil passageiros.

    “O cancelamento de voos é parte intrínseca de uma operação segura; não se cancelam voos por falta de segurança, mas por rigor de segurança, esta sim, a prioridade de todas as prioridades na transportadora aérea portuguesa”.

    A TAP admite que as perturbações verificadas entre Junho e meados de Julho – consequência da chegada tardia de novos aviões, de algumas imobilizações mais prolongadas e da greve de zelo do sindicato dos pilotos – possam ter contribuído para exponenciar a atenção dos media e da opinião publica sobre o dia-a-dia da companhia, criando uma imagem que, neste momento, já nada tem a ver com a realidade.

    Apesar de toda a especulação em torno da TAP, a companhia continuará a colocar acima de tudo a segurança dos seus passageiros, em todas as circunstâncias, valor que estes apreciam e premeiam como ilustram os contínuos aumentos de tráfego e melhoria dos resultados.


    Lisboa, 2 de setembro de 2014"

    ResponderEliminar
  41. Sim eu também so voo na Tap. Planeio viagens e sempre escolho a Tap nao interessa o preço!!!!! Lol tanta pinderiquisse! Eu viajo na que e mais barata!

    ResponderEliminar
  42. Porque tal como se pode ver por este post a TAP é sempre um bom motivo para falar...

    ResponderEliminar
  43. Todas as companhias aereas têm situações dessas todos os dias.. Isto parece mesmo uma perseguição à TAP. Irra.. =(

    ResponderEliminar
  44. Pipoca, já pensou em fazer o curso "Voar sem medo". Eu ando a pensar em fazer. Vai haver agora em novembro e dizem que tem 95% de sucesso... http://www.voarsemmedo.com/

    ResponderEliminar
  45. Isto é só uma campanha para desvalorizar o valor da TAP e evitar/prejudicar a privatização.

    ResponderEliminar
  46. Pipoca, trabalho na TAP e estas coisas de facto acontecem todos os dias a todas as companhias aéreas. Está-se a dar um ênfase estranho de mais a toda esta situação...
    O Press Release enviado pela TAP:
    TAP rejeita alarmismos sobre a sua operação

    INDICES DE REGULARIDADE NA TAP SÃO OS NORMAIS PARA A ÉPOCA E EM LINHA COM PADRÕES EUROPEUS

    Os índices de regularidade na operação da TAP são absolutamente normais para a época do ano e mesmo melhores que a média da industria europeia da aviação civil, não existindo fundamento para a atual vaga de análises e comentários alarmistas e claramente especulativos.

    A TAP realizou ao longo do mês de Agosto um total de 10.541 voos, com um índice de regularidade de 99,1 por cento, melhor que os 98,9 registados em 2013.

    Entre voos cancelados e regressos ao ponto de partida a TAP registou 76 ocorrências em Agosto de 2013, contra 73 no mesmo período de 2014, apesar de ter efetuado mais 303 voos e transportado mais 105 mil passageiros.

    “O cancelamento de voos é parte intrínseca de uma operação segura; não se cancelam voos por falta de segurança, mas por rigor de segurança, esta sim, a prioridade de todas as prioridades na transportadora aérea portuguesa”.

    A TAP admite que as perturbações verificadas entre Junho e meados de Julho – consequência da chegada tardia de novos aviões, de algumas imobilizações mais prolongadas e da greve de zelo do sindicato dos pilotos – possam ter contribuído para exponenciar a atenção dos media e da opinião publica sobre o dia-a-dia da companhia, criando uma imagem que, neste momento, já nada tem a ver com a realidade.

    Apesar de toda a especulação em torno da TAP, a companhia continuará a colocar acima de tudo a segurança dos seus passageiros, em todas as circunstâncias, valor que estes apreciam e premeiam como ilustram os contínuos aumentos de tráfego e melhoria dos resultados.

    ResponderEliminar
  47. Trabalho na industria aeronautica e os procedimentos que tem seguido a TAP são perfeitamente normais e só acontecem como medida de segurança. Posso garantir que a Pipoca não vai estar menos segura hoje do que estava há meio ano. Se aparecem mais comentarios nos media para tentar favorecer a privatização, isso não sei, o que sim sei é que a privatização certamente faria a TAP mais competitiva numa industria que mudou completamente em questão de 15 anos. Não faz sentido que a TAP ainda seja publica, é so ver o resto das aerolineas europeias que já foram privatizadas ha muitos anos....

    ResponderEliminar
  48. Há um ano apanhei um susto com o Amália. Aterragem de emergência em Paris.
    Já andei em boas companhias, companhias mais ou menos, companhias mázinhas, mas a única que me pregou susto foi mesmo a Tap.
    Na altura outros aviões tiveram algumas avarias e imagino que eles tenham consciência de não facilitar e brincar com a vida aqui dos passageiros. Continuo a achar uma boa companhia e segura, mas nunca mais olho para o Amália com a mesma cara.

    ResponderEliminar
  49. Desvalorizar=comprar baixo!!!

    ResponderEliminar
  50. O pior da TAP são os atrasos...

    ResponderEliminar
  51. Ana Nunes Correia03 setembro, 2014 10:12

    Comunicação social cheia de profissionalismo!!!! Puro alarmismo!

    ResponderEliminar
  52. Para quem trabalha em aeroportos e/ou com companhias aéreas sabe que o mais comum são os atrasos, avarias, etc. O que não é comum é todos os dias saírem notícias a relatar isso. Todos os dias estas situações repetem-se por todo o mundo. É como todos os dias saírem notícias de roubos, acidentes, pessoas desaparecidas. A Pipoca já foi jornalista, é casada com um jornalista, por isso sabe como funciona a agenda mediática. Está-se a tornar o fait-divers com que se fecha o telejornal (ou se abre). Foi o tempo em que a notícia a fechar o telejornal era o acidente depois de uma perseguição policial no cu de judas da América, ou o cãozinho que tornou a encontrar o dono depois de percorrer 500kms. As notícias devem ser lidas e interpretadas.

    Sofia

    ResponderEliminar
  53. Eu tenho viagem de 10h daqui a duas semanas e estou em pânico!
    Por outro lado penso que sempre houve problemas em todos os aviões, em qualquer companhia, mas a comunicação social está a dar grande importância agora, e aí fica a questão: ainda há pouco tempo tentaram vender a TAP, este alarmismo todo não será para isso mesmo? Vender a TAP por meia dúzia de euros?

    ResponderEliminar
  54. Pipoca eu sou da área da comunicação (agência, aquela coisa que a maioria dos Jornalistas odeia) e isto tem uma explicação. Estamos em plena silly season...não há notícias nenhumas e se fores ver até repetem várias vezes a mesma notícia. Este ano nem incêndios houve, acontecimentos que costumam ocupar os espaços noticiosos da nossa TV. Por isso, o que a TAP está a passar acontece todos os dias com milhares de companhias e também sempre aconteceu com a TAP. Só que a pressão mediática este Verão é mais que muita...pois não há mais assunto para se falar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há mais assuntos para falar? para quem se trabalha numa agência de notícias, há aqui qualquer coisa de errado. Ucrânia/Rússia, Síria, Iraque, terrorismo, ébola, etc., etc., não há nada para falar? tem a certeza? antes não houvesse. Aliás, há muito tempo que não há tanto para falar. É óbvio que esta questão da TAP tem a ver com interesses mais altos e não com a "silly season". Chamem-lhe teoria da conspiração, pois que seja.

      Eliminar
  55. para mim a Lufthansa é a melhor. Qualidade de primeira mesmo nos aviões mais pequenos. O pessoal é alemão, por isso não podemos pedir muito em termos de simpatia mas em tudo o resto é impecável. Qualidade alemã. Comida óptima e os voos sempre a horas, por vezes ate chegam antes da hora. Sempre que possa voo Lufthansa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Incrível que até em relação à TAP já apanhei quem se queixasse do avião ter chegado antes do horário, com a desculpa de que assim não tinha ninguém à espera no aeroporto. Os outros têm, de facto, algo muito melhor que nós, portugueses: patriotismo!

      Eliminar
    2. A comida da lufthansa não presta. Prefiro muito mais a comida da emirates.

      Eliminar
  56. Eu tenho pânico de andar de avião... é horrível este medo.... mas como não vivo em Portugal e como gosto de ír aí... forçosamente tenho de andar de avião.... mas não tenho hipótese de escolher a companhia, já que é a empresa que compra o bilhete.... e desta vez vim na Emirates ..... e adorei.... foi uma viagem excelente ...sem atrasos .... sem problemas .... tudo muito bom, havia pessoas a viajar para Angola, e vinham fazer escala ao Dubai, porque queriam evitar andar na TAP ..... !

    ResponderEliminar
  57. Pipoca, o Governo quer despachar a TAP e usa esta estratégia para baixar o preço e para que a opinião pública fique cada vez mais "assustada" em ter esta empresa sobre domínio do Estado. Não tenham problemas com a segurança dos aviões da TAP. O que se passa é o normal em todas as companhias aéreas. A TAP tem uma grande vantagem que, para além de uma Manutenção de TOP, os seus pilotos não levantam voo se acender uma luz que não devia acender. E, acreditem, isso não acontece em muitas companhias.

    ResponderEliminar
  58. Tem toda a razão pipoca, a TAP desilude-nos a cada instante!
    É preciso tomar medidas!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  59. Basta trabalhar ou conhecer quem trabalha na TAP para saber que o que foi ja não é!!!
    Ha uns anos a TAP tinha uma das melhores manutenções no mundo, mas ja não tem.
    Os pilotos sempre foram considerados os melhores da Europa (até porque eram dos poucos que sabiam aterrar na Madeira) sempre foram dos mais bem pagos mas até esses já estão a fugir a Sete Pés da companhia. É claro que ha bem pior mas garanto que a qualidade e segurança ja não o que eram......

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém foge a sete pés da TAP, simplesmente com os roubos aos salários que têm ocorrido na TAP os seus quadros especialistas são facilmente aliciados pelas propostas tentadoras de outras companhias. Sempre houve assédio aos técnicos e pilotos da TAP mas porque será que só agora, nestes ultimos 2/3 anos, é que eles começaram a sair?

      Eliminar
  60. Concordo com o Pedro. Ainda ontem tive a falar com uma hospedeira de bordo da TAP que me disse, com o seu ar descontraído, que isto são coisas que sempre aconteceram. O problema incide essencialmente em interesses políticos. Devido à tão falada privatização da TAP, é que este assunto tem sido abordado, de forma excessiva, por parte da impressa.

    ResponderEliminar
  61. A TAP sempre teve estes problemas..só que agora os media não falam noutro assunto....conheço um ex chefe da manutenção que se recusava a andar de avião :)
    cá por mim, continuo a confiar na TAP..se eles detetam as avarias e resolvem os problemas..menos mal!!! Força pipoca...qual é a probabilidade da blogger mais conhecida ter um incidente de avião ????

    ResponderEliminar
  62. o que se passa é que os grandes senhores querem privatizar a TAP, então agora surpreendentemente aparece com 1001 problemas. o preço irá descer e alguuém irá fazer um grande negócio!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  63. Sou tripulante TAP com muito orgulho. E lamento muito ver a minha companhia ser (des)tratada assim, por motivos superiores.
    Nestes anos todos, já voei mais do que vocês todos juntos, obviamente. E continuo a ir trabalhar descansada, a deixar a família descansada.
    Infelizmente temos tido avarias e incidentes, mas nada que não aconteça nas outras. Voamos cada vez, a nossa frota é maior tal como o número de voos.
    Façam boa viagem, e continuem a voar na TAP!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é verdade ou não que os vossos melhores tecnicos já se foram embora (reformaram-se ou emigraram) e só restaram os mais fracos ?
      Isto foi o que uma funcionaria da ANA me disse, ela deixou de usar a Tap por causa disso, já foi uma excelente companhia, agora está a funcionar com a filosofia "muita quantidade , pouca qualidade "

      Eu espero que volte a ser uma companhia de excelencia como já foi.

      Eliminar
    2. Não sei como alguém (que ainda para mais trabalha apenas na ANA) pode afirmar que saíram os melhores e ficaram os fracos...
      Sim, alguns foram embora, tal como alguns pilotos, porque infelizmente o estado deixou de investir na TAP e aqui sentem-se subvalorizados financeiramente (mal do país!).
      É verdade que têm acontecido alguns episódios, mas também é verdade que figuramos numa lista muito curta das companhias mais seguras do mundo. Talvez outras companhias não cancelem nem atrasem voos pelos mesmos motivos que nós, e decidam realizar os voos...
      Talvez essa pessoa que conhece voe na Air France, uma das europeias com mais sinistros, ou na Ryanair, em que os pilotos são pressionados a voar independentemente das condições, não põem combustível "a mais" para poupar no consumo, e depois pedem aterragens de emergência por low fuel quando se deparam com condições adversas...
      Não me quero alongar mais, apenas peço que não se deixem levar por "noticiazecas" de que tem muito interesse em denegrir a TAP!

      Eliminar
  64. Engraçado como de repente a TAP começou a ser vítima de "incidentes" que têm sido frequentemente relatados pelos media nacionais. Por coincidência, o interesse e falatório acerca da privatização também aumentaram recentemente. Como exercício, vejamos: se a TAP começa a ter problemas, então o seu valor baixa. Se o valor baixa, quem a comprar terá de pagar bastante menos. Posto isto, parece que há um certo consórcio de empresas interessado na compra da TAP. Curiosamente, esse consórcio inclui várias empresas ligadas à comunicação social - TV, jornais, etc. Hmmm...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão simples como dois e dois serem quatro!

      Eliminar
  65. Vi hoje num post do Facebook uma reportagem televisiva em que um representante da área de comunicação da TAP afirmava que os recentes incidentes técnicos teriam sido desproporcionalmente divulgados pela comunicação social e que os cancelamentos por falta de tripulantes (não porque a tripulação falta, entenda-se, mas porque a companhia tem tripulantes insuficientes para a operação existente!) eram "menos que os de 2013 e menos que os de 2012".

    Vou já assumir que a parte das ocorrências técnicas e da comunicação social é mesmo verdade e que o tipo da TAP até foi simpático por estar a falar, aí está, com a comunicação social!
    Calculo que para os portugueses que conhecem a nossa aviação e a nossa comunicação social isto seja mais menos adquirido. Se alguma coisa tiver mudado radicalmente desde que eu saí, avisem!

    Agora, em relação aos cancelamentos, pergunto: Se se cancelaram voos por esta razão em 2012, porque é que a situação não foi corrigida para 2013, quanto mais 2014?! Para não dizer que já estamos a fazer de conta que antes de 2012 nada disto se passava!
    É importante observar que não se fala aqui de um cancelamento, por falta de tripulação, que origina de azar de irregularidade de operação ou ocorrência técnica imprevista, porque senão não acontecia todos os anos, com regularidade. Também não pode ter origem numa sazonalidade incontornável e incontrolável, já que a TAP não é a única companhia sujeita à tipica sazonalidade da indústria e não me parece que existam muitas outras companhias com este mesmo problema!

    Não consigo imaginar que na companhia em que eu hoje opero se cancele sequer um voo por falta de tripulação.
    Do pouco que sei desta companhia, onde estou há poucos anos, parece-me que, se tal se passasse, garantidamente seria motivo de análise cuidada, de maneira a evitar o mesmo erro no futuro. Se a situação se repetisse, com responsável devidamente idenficado, esperar-se-ía que esse elemento, ou departamento, tivesse uma explicação muito bem montada, onde estivesse incluída a razão pela qual essa situação não se voltaria a repetir e por isso não representava um risco para a operação.

    Isso não se passa na TAP, e a razão porque a TAP é diferente é porque a TAP não é gerida para apresentar um resultado onde esteja incluída a valorização da marca e do respeito dos clientes, ou seja, a garantia do longo prazo. A TAP gere para números impressionantes de tripulantes e aviões por voos realizados, ou horas voadas, e de custo/benefício feito à maneira bacoca do lápis na orelha! Isto passa-se porque os representantes do dono (os políticos) são incompetentes, como está por demais demonstrado e é do conhecimento público, e porque estão desesperados!

    A TAP precisa urgentemente de um dono que trate dela como quem trata de uma coisa sua. Os portugueses e os trabalhadores, sem excepção, têm bastante a ganhar com isso!

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis