Pub SAPO pushdown

Só gostava que em Portugal os jornais tivessem coragem para metade

quarta-feira, julho 09, 2014






49 comentários:

  1. ahahah a terceira capa está espetacular :P

    ResponderEliminar
  2. Os brasileiros sofreram o primeiro golo e ficaram completamente perdidos!

    ResponderEliminar
  3. Mais uma característica que os portugueses e brasileiros partilham: memória curta!

    É fácil arranjar um bode expiatório quando queremos descarregar em alguém, mas esquecem-se que não é, de todo, apenas um treinador que provoca uma derrota. Se ontem a selecção brasileira foi vergonhosa também o deve, e muito!, à falta de empenho dos seus jogadores. E quanto ao Filipe Scolari, continua a ser o meu seleccionador de eleição para a selecção portuguesa. Conseguiu, mais do que qualquer outro seleccionador PORTUGUÊS, unir o nosso país e pôr os portugueses a falar de peito cheio da nossa selecção. Pôs metade das janelas deste País a envergar a bandeira portuguesa (coisa que nunca tinha visto e nunca mais voltei a ver), e conseguiu motivar os jogadores a lutar VERDADEIRAMENTE pelo título (nunca mais vi essa garra).
    Nós "só" levámos 4 da Alemanha, o Brasil levou 7. Vi um Scolari a andar no campo de queixo erguido, a cumprimentar os seus jogadores e todos os da selecção que o chacinou. Ao Paulo Bento vi-o a pôr o rabinho entre as pernas e ir embora. Volta Scolari, estás perdoado!

    Carolina S.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, com tudo o que disse... depois de mim virá, quem bom de mim fará...

      Eliminar
    2. Cara Carolina ,
      Penso da mesma forma . Mas ainda há gente que gosta de atirar pedras para o ar ...,, Scolari volta ! Nunca me senti tão patriota como com a energia que ele contagiou os portugueses .

      Eliminar
    3. Se o Brasil, não quiser mais do Scolari, eu estou a favor que ele volte para Portugal, e que o Senhor Paulo Bento não volte nunca mais!!
      Concordo plenamente com a Carolina.

      Ana Laura

      Eliminar
    4. Entre o Paulo Bento e o Scolari venha o diabo e escolha!!!

      Eliminar
  4. Isto também é "enxovalhar" a seleção, podem não ter ganho, mas representam o país deles.

    http://escondidanoarmario.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. A terceira capa até está engraçada. Mas de certeza que há coisas piores no brasil, do que a selecção deles não ganhar o mundial... Levaram 7 golos, acontece (ainda que seja sempre pouco provável ahahah)

      Eliminar
  5. A Alemanha joga futebol, até da gosto ver uma selecção tão motivada, aos 29 minutos já tinham 5 golos, e não desistiram, queriam mais, os nossos jogadores além de não jogarem absolutamente nada futebol, quando marcam um golo acham que o jogo tá ganho e acabou... Para mim a nossa selecção não merece um único elogio. Relativamente aos brasileiros, até fiquei com pena... um jogo que ficará na memória pelas piores razões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só mostra o bom íntimo dos alemaes.

      Eliminar
  6. As capas portuguesas também não foram muito melhores quando perdemos. Se bem que as circunstâncias foram outras, perdemos na fase de grupos (onde as equipas não são tão homogéneas) e eles nas meias de final, onde supostamente estão apenas as quatro melhores equipas do Mundo (o que em relação ao Brasil não é verdade,de todo). Os brasileiros estavam convencidos de mais (e não, não estou a confundir apoio à equipa com convencimento) e nem sequer tinham razões para isso porque a selecção deles não jogou nada, simplesmente chegou onde chegou por sorte e alguns "favorecimentos". Óbvio que confrontados com a Alemanha iam perder (mas ninguém achava que ia ser por tanto).
    O Brasil teve o que mereceu (assim como Portugal quando não passou da fase de grupos). Tiveram o que mereceram perante a prestação que tiveram, é triste mas é a verdade.

    ResponderEliminar
  7. Coragem para quê? Para fazer capas ridículas? AI MINHA NOSSA QUE TRAGÉDIA MORREMOS POR DENTRO O PAÍS ESTÁ DE LUTO! Eu se fosse brasileira tinha vergonha sim, mas não era por ter perdido um jogo. Era por, aparentemente, o Brasil ser só futebol.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste momento, essencialmente é futebol...

      Eliminar
  8. Não percebo o intuito de um post destes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quem disse que é para perceberes?

      Eliminar
    2. Elogiar as capas?

      Eliminar
  9. É só futebol...perdeu e perdeu bem, daqui a 4 anos há mais!
    Muito barulho e muita capa por nada! Ainda bem que não tivemos capas assim, isso sim seria vergonha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vergonha é não ganhar nada.

      Eliminar
    2. Já vi que está muito agressiva, Maria Lisboa, até parece que foi a senhora que perdeu alguma coisa. Preocupe-se antes em falar bem com as pessoas, do que com o futebol.

      Eliminar
    3. Não vi está senhora a responder mal, você anónimo é que parece esta de trombas , mal disposto(a).

      Eliminar
    4. Ai não viu? Então, o melhor é ver a resposta dela ao comentário acima, antes de falar do que não sabe:
      "E quem disse que é para perceberes?"
      Apenas comentei neste, porque foi o seu último e também não foi agradável.

      Eliminar
  10. hahahahahah mesmo assim ainda conseguiram brincar com a situação, a capa 3 está maravilhosa!!

    thecaptainofmydreams.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Não percebo porque é que qualquer jornal português devia colocar estes titulos na primeira página... É uma vergonha para o jornalismo e para o próprio país... Até porque a seleção brasileira não é apenas o que se viu ontem, já deu muitas alegrias ao seu povo...
    Às vezes não sei onde tens a cabeça pipoca

    ResponderEliminar
  12. Se calhar a diferença é que eles têm 5 CAMPEONATOS DO MUNDO não? Para Portugal é indiferente perder por 4 ou 7 ou 10...nunca ganhámos nada :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. claro, têm um estatuto a manter. Nós perdemos na fase de grupos onde havia grande diversidade de equipas, agora nos quartos estão as "melhores"... O Brasil não jogou nadinha no campeonato, nem sei como chegaram tão longe...

      Eliminar
  13. vergonha?
    eu também tenho dias maus no meu trabalho (erros, zangas, discussões, pressão, etc) e não gostaria de me ver confrontada com esta exposição pública.
    porque haveriam os jornais em portugal de humilhar e maltratar verbalmente cidadãos que tiveram 1 dia mau na sua vida profissional??????
    haja tento nas palavras por senão qualquer dia em vez de dizermos "bom dia" quando vemos alguém enviamos-lhe logo um cumprimento com 1 vocabulário pouco digno.
    vender jornais à conta de insultos ... isto é falta de educação é tudo o que tenho a dizer...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dia mau é perder 2-1

      Eliminar
    2. Lolol..eu diria mais: qualquer dia a malta cumprimenta-se com um selo ns trombinha que é prá malta começar logo o dia a abrir a pestana!

      Eliminar
  14. Sou uma portuguesa a viver no Brasil e não pode considerar-se que os jornais referidos no post façam jornalismo. Fazem, sim, o vulgar sensacionalismo.
    Jornais "à séria", como o Estadão ou a Folha, não tiveram capas desse calibre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, enfim alguém que responde com alguma razão...
      Sou brasileira e nunca gastei um mísero trocado com esses lixos aí!
      Sim, foi a maior das humilhações, mas graças ao senso de humor que a nossa nação ainda conserva, ácido e infantil, podemos fazer piada da nossa desgraça.
      O Brasil está longe de perder a imagem de país do futebol, do carnaval e dos biquínis diminutos em rabos gloriosos até que nós, brasileiros, decidamos amadurecer e seguir como o gigante cheio de potencial que somos.
      Enquanto isso, a vida continua, mas podem rir, foi um vexame daqueles, fazer o que?

      Eliminar
    2. Olá Ana Luisa!
      Dizia eu ontem que a Folha era um jornal a "sério", mas tenho que retirar o que disse. Depois de ter visto esta capa ( http://acervo.folha.com.br/fsp/2014/06/17/2/ ), este jornal passou para a minha lista negra.
      Ontem não estava em defesa da Selecção Brasileira, que efectivamente foi humilhada, assim como hoje não estou em defesa do Cristiano Ronaldo Estou,sim, em defesa do bom jornalismo. Estou em defesa de um jornalismo que parece não existir.
      Que tristeza... parece que ao invés de melhorar estamos a regredir para o jornalismo dos séculos XVII e XVIII.

      Eliminar
  15. A sério? Eu gostaria que o jornalismo português tivesse mais qualidade, não que tivessem "coragem" para publicar capas sensacionalistas e ridículas que envergonham a profissão. Isso é que era de valor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto nem se pode considerar jornalismo...isto seria capa de revista e não de jornal (onde se espera um jornalismo isento de opiniões).

      Eliminar
    2. Das revistas espera-se o mesmo!

      Eliminar
  16. A mídia brasileira é a mais nojenta da face da terra!!! Sempre jogando contra o país!!!

    ResponderEliminar
  17. Eu tive vergonha pelo Brasil, não percebi bem o que se estava ali a passar. Será o Scolari o problema? Serão as vedetas (jogadores)?
    Relativamente às capas, a terceira está original até : )

    http://mundodamafy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Ainda bem que o Brasil perdeu! Estavam a gostar de ter o campeonato feito para eles, e pimba, vieram os alemães e mostraram como se joga!!!!!!!!!!!!!!!!!
    E depois vê-se bem a cultura daquele povo, 20 autocarros queimados e imensas TV's partidas porque perderam um jogo?!
    Sem comentários.
    Aquele país é só mesmo Carnaval, futebol e novelas. É mesmo um país a brincar. Nada do que lá vem me dá qualquer tipo de confiança.
    Ainda ontem li, numa revista cor-de-rosa, que há um cirurgião plástico brasileiro com 37 anos de idade e 15 de experiência! Ninguém é médico aos 22 anos. Só se ele se formou no hospital das bonecas!
    E o dito senhor que tem imensaaaaaaaaa clientela no Brasil, quer vir para Portugal. Cruzes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo,
      escreve assim porque escreve em anónimo, não é?
      É tão infantil e cobarde não se dar a cara...

      Eliminar
    2. Our Bloomy Days, chamo-me Melissa e queria que o Brasil perdesse. Acho ridículo os autocarros queimados e demais rasto de destruição e falta de fairplay.

      Não me posso identificar com maior pormenor, mas pelo menos não sou anónima (nem a anónima das 13:02.

      Cump.

      Eliminar
    3. Minha querida Melissa, a inveja é um sentimento muito feio, tsc, tsc, tsc... Sua mamãe não te ensinou que isso é feio????

      Eliminar
    4. Senhora ou senhor Bloomy Days qual é a diferença entre si e um anónimo.Que eu saiba em Portugal não é permitido registar ninguém com esse nome. E pela agressividade deve ser brasileira. Não ofendi ninguém, é um facto que o Brasil é um país que vive de futebol, carnaval e novelas. E já agora de médicos feitos à pressão.
      E cada um tem direito à sua opinião. Acha bem terem queimado VINTE autocarros só porque perderam? Que pobreza de espírito.
      Sou mulher, mãe, professora e portuguesa de corpo e alma. Identifique-se com foto e nome verdadeiro e eu farei o mesmo

      Eliminar
    5. Caríssima:
      a diferença entre mim e um anónimo é que eu tenho um perfil que pode ser visto facilmente. Se reparar é muito fácil: movendo o rato e clicando em "Our Blommy Days, terá acesso ao meu perfil e, posteriormente, ao meu blogue onde, sim, "dou a cara".
      Não sou brasileira, sou portuguesa e também faço as críticas que acho que devo fazer: ao Brasil, a Portugal, ao vizinho da frente, aos gatos, ou a quem ou ao que for. E quando critico o Brasil, faço-o com conhecimento de causa, porque vivo cá. Presumo que a senhora também deva conhecer muito bem o país e todos os seus habitantes para tecer tão severas críticas. A diferença, minha amiga, é que eu, quando critico dou a cara, ao passo que a minha amiga, assim como muitas outras pessoas, não o fazem. Personalidades, que se há-de fazer?
      No caso dos autocarros incendiados, não acho bem, pois não senhor, mas olhe que se fazem cá coisas piores. De qualquer forma, respeito a sua opinião, porém, enquanto professora e formadora de indivíduos que a senhora é -caso não esteja desempregada- talvez devesse mostrar mais tolerância para com os outros "povos". É que as generalizações são perigosas.
      Para finalizar, teria todo o gosto em tomar um café consigo, para debatermos este e outros assuntos. Creio que talvez fosse interessante.
      Uma vez que estou bem identificada, espero que cumpra a sua palavra e se identifique também! Tenho a certeza que para além de mulher, mãe, professora e portuguesa de corpo e alma, também tem palavra.

      Beijos!

      Eliminar
  19. Hmmm penso que há muito que eles têm que nos falta: fairplay! Ah, e sentido de humor, que em Portugal é tão raro quanto sui generis ;)

    Sofia
    trezeemais.wordpress.com

    ResponderEliminar
  20. De valor era que tivessem essa coragem toda para denunciarem a corrupção e tudo o que vai mal naquele país, agora futebol...

    ResponderEliminar
  21. eh pá nada justifica a violência depois do jogo mas aquilo foi nada menos que a total aniquilação da selecção brasileira....até eu que sou portuguesa tive dó do festival de golos que levaram.não podem ganhar sempre mas 7 golos é qualquer coisa de inconcebível,para o nível daquela equipa.

    ResponderEliminar
  22. Muito duros com o seu próprio pais. Afinal é só futebol...

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis