Pub SAPO pushdown

Samaris é nosso (mas um bocadinho mais meu)

terça-feira, maio 21, 2019
Ainda não falei aqui sobre a conquista do 37, mas tenho muito a dizer sobre o assunto. Enquanto esse dia chega e não chega, deixo-vos com um texto que escrevi para o Sapo.24 sobre o fofinho do Samaris. Cá vai:



Para começo de conversa, e para evitar boatos e maledicências - que eu já sei como é que vocês são -, acho importante sublinhar que a minha escolha de jogador para este texto em nada se prende com as características físicas do mesmo. Se alguém ousar insinuar que escolhi o Samaris por ter aquela cara de deus grego, aquele corpo de coluna jónica ou aquele rabo que parece ter sido esculpido à mão por Miguel Ângelo (como todos pudemos ver no jogo contra o Rio Ave. Obrigada, Coentrão, nunca o teu feitio de merda teve tanta utilidade), eu nego tudo. Se disserem que eu era capaz de largar um casamento de dez anos só para ir conhecer o Partenon pela mão do nosso 22, eu continuo a negar tudo. Que me caia aqui o Samaris em cima se eu não estou a falar a verdade!

Pronto, agora que isto ficou devidamente esclarecido - Deus nos livre de mal-entendidos - penso que já podemos debruçar-nos sobre o jogador. Sobre as características do jogador, as CA-RAC-TE-RÍS-TI-CAS. Valha-me Deus, parem de ser retorcidos! E há muito para dizer sobre o assunto. Samaris deixou o Olympiacos e aterrou
no estádio-mais-bonito-do-universo, em 2014, com duas missões praticamente impossíveis: substituir o magnânimo (e igualmente gostosão) Fejsa, encostado por uma lesão, e perceber o dialecto de Jorge Jesus. A verdade é que superou as duas provas com sucesso: não só se adaptou ao relvado da Luz como se lá tivesse nascido, como ao fim de muito pouco tempo já dominava suficientemente bem o português para poder dar lições de gramática a Jesus. Um génio.

E tudo corria bem. Os adeptos estavam felizes, as adeptas ainda mais, todos estavam rendidos ao sorriso do nosso iogurte grego, à classe com que se instalou no meio campo e tomou conta daquilo tudo. Porque Samaris é confiança, é tipo o nosso condutor 100% cool. Sabemos que podemos fazer merda com fartura que, no final, haverá sempre alguém para nos levar em segurança. 

E depois chegou Rui Vitória. O homem que nos deu dois campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Taça da Liga, duas Supertaças e… o Filipe Augusto. Eu sei que há uma tendência natural para apurarmos a nossa memória selectiva e eliminarmos da mente acontecimentos que nos traumatizaram, mas eu  não me esqueço: Rui Vitória achou que era uma ideia incrível encostar Samaris, o lindo, para dar lugar a Filipe Augusto, a nódoa. Isto aconteceu, pessoas! E o que fez Samaris? Partiu aquilo tudo? Não! Fez as malas e apanhou o primeiro autocarro para Atenas? Não! Arranjou um bonequinho de voodoo com a cara do Filipe Augusto e espetou-lhe alfinetes nos rins? Não sabemos, é provável que sim. 

O que sabemos é que de Samaris nunca se ouviu, publicamente, uma mensagem de descontentamento. O que sabemos é que Samaris, no banco, era o primeiro a invadir o relvado de cada vez que os colegas marcavam golo, como se fosse benfiquista desde pequenino. O que sabemos é que esperou pacientemente que Bruno Lage voltasse a dar-lhe uma oportunidade. O que sabemos é que quando o Fábio Coentrão se armou em parvo, a única coisa que Samaris fez foi apontar para o emblema que trazia ao peito, como quem diz “respeitinho, isto aqui é o Benfica”. Gesto que, no mínimo, devia ter dado direito a estátua ao lado da do Eusébio e a renovação automática logo ali no relvado. A renovação não chegou ali, mas chegou dias depois: Samaris é nosso até 2023.

Obrigada, Samaris.

13 comentários:

  1. Ah ah ah. Muito boa crónica, com o teu humor refinado que adoro. Também já tinha escrito algo sobre o Coentrãogate e mantenho: https://donadabarraca.blogspot.com/2019/05/nao-percebo.html

    Rumo ao 38!

    ResponderEliminar
  2. Adorei! <3
    Assino por baixo!

    ResponderEliminar
  3. Lindo! O Samaris e o texto!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Adoro pessoas com carácter! Samaris é, sem dúvida, uma delas!
    Foi com grande alegria (e alívio) que os benfiquista receberam a notícia da renovação! És nosso Samaris!!

    ResponderEliminar
  5. Lindo!
    Tal e qual. Andava arrasada com o rumor de que, talvez, ele não renovasse.
    Bendito sejas, Samaris!

    ResponderEliminar
  6. Adorei... TOP!!! Boa Samaris, nosso grego.
    Rumo ao 38...

    Vania O.

    ResponderEliminar
  7. Excelente! Pipoca espero que vá em frente com a queixa contra o energúmeno do frutabol!!!!!!

    ResponderEliminar
  8. E o que eu adoro estes textos??????????
    E o que tantas e tantos se indignam com estes textos?????
    Siga :-)

    ResponderEliminar
  9. Grande Samaris rumo ao 38

    ResponderEliminar
  10. E o Samaris renovooooouuuuuu!
    E o Samaris renovouuuuuuuuuuuuuu!! :D
    Fantástico jogador, excelente texto. Que fique cá muitos e bons anos, que precisamos dele! :)

    ResponderEliminar
  11. Sendo eu sportinguista digo muitas vezes..o Samaris é a única coisinha BOA do benfica!

    ResponderEliminar
  12. Sou a única que o acho um bocado Zóiudo?? Devo ser.

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis