Pub SAPO pushdown

O que levar na mala de maternidade? Tudo

quarta-feira, julho 11, 2018

100 comentários:

  1. Que exagero!! Eu acho que não se deve complicar tanto assim algo que é tão simples.
    Creme disto, creme daquilo, toalhitas xpto, kit de quê?!??!?!?
    Os bebés precisam de tão pouco para estarem bem... roupa confortável e prática, mantas quentinhas e pouco mais. Não conheço nenhum hospital que não forneça já, no mínimo, um gel dermatológico básico para o banho do bebé (que é o que se deve utilizar e não champô disto e gel daquilo), e há vários hospitais e maternidades que até oferecem as fraldas e pelo menos um resguardo para a muda da fralda do bebé. Cremes? Só se for um emoliente. No início até nem se recomenda aplicar nenhum creme.
    O mais importante é colo e calor humano, isso é que importa verdadeiramente.
    Felicidades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso também pensei nisso ao ver o vídeo. Tanta tralha para quÊ?? No tempo das nossas mães e avós não haviam tantas coisas e os bebés nasciam e saudáveis. Hoje em dia é só alergias, bronquiolites, dá que pensar! Não é crítica à pipoca mas sim no geral. Bjinhos

      Eliminar
    2. No tempo das nossas mães e avós a taxa de mortalidade na infância também era maior e não a estou aqui a ver a colocar isso em questão.
      Cada um leva o que quer...sinceramente gostava de ver a mala de maternidade de muitas pessoas que comentam por estas bandas...devem ter levado apenas uma muda de roupa...afinal um recém-nascido como não faz nada não se suja...
      Relativamente aos hospitais oferecerem e coisa e tal... o anónimo das 12:04 deve ter tido uma sorte do catano em lhe oferecerem tudo no hospital...eu se não tivesse levado bem que estava tramada.
      Não é por as pessoas pensarem no que vão levar que vão deixar de dar colo e muito amor, aliás, neste momento esta é uma forma de expressar o amor pela criança, pela forma como cuidamos das coisas para que quando ela nasça tenha tudo o que é necessário para pensar apenas em lhe dar colo e miminho.

      Eliminar
    3. Nasciam e cresciam saudáveis exceto os que não eram saudáveis. Eu tenho alergias e cenas dessas e nasci há quase 40 anos, vejam bem...

      Eliminar
    4. Aqui em Inglaterra aconselham que só se deve pôr no bebé aquilo que se ingeríssemos não nos fizesse mal. Para terem uma ideia, pele seca no bebé, umas gotas de azeite no banho.

      Eliminar
    5. O que importa verdadeiramente é cada mãe levar aquilo que acha que fará falta ao seu bebé. É verdade que os bebés precisam de pouco para estar bem, mas também não é preciso ir para o hospital só com a criança no ventre e uma mantinha, a contar que lhe ofereçam fraldas, resguardo e produtos para o banho! O facto de as mães fazerem uma mala preocupadas se vai ou não fazer falta chama-se amor. E se for tralha a mais depois trazem para casa. O que também me parece bastante simples. E já cá faltava o tempo das nossas mães e avós. É um tempo que já lá vai e que não é o tempo dos nossos filhos. Os nossos filhos pertencem ao agora. Caso assim não fosse, ainda estaríamos a parir numa caverna com o marido à porta com uma tocha na mão. Para afugentar os lobos. Só mesmo uma pessoa fundamentalista para discutir se a toalhita é xpto ou se o creme não-sei-quê é o indicado. A Beni vai nascer numa família que só tem muito amor e muito conforto para lhe dar. E isso é que importa! Queremos é o vídeo com as cenas da mãe! Muita forcinha, Pipoca!

      Eliminar
    6. É por essas e outras que o sistema de saúde inglês é sempre dos últimos da europa x) E também deve ser por isso que bradam aos céus por enfermeiros e médicos vindos de outras partes do mundo, especialmente Portugal… Os ingleses são bons em muita coisa, mas a saúde não é mesmo o forte deles.

      Eliminar
    7. Credo, a mulheria toda enervada jasus! A pipoca tem aa seguidoras mais enervadas da blogosfera. Devia-lhes oferecer anti-rugas com fartura...

      Eliminar
    8. Gajas a medir pilas: eu não levei cenas mas levei doses generosas de amor ; eu levei cenas e é porque tenho tanto amor dentro de mim para dar ao bebé!

      Eliminar
    9. O UK tem das piores taxas de mortalidade infantil da Europa, mas como é no "istrangeiro", vamos lá copiar.

      Eliminar
    10. "ainda estaríamos a parir numa caverna com o marido à porta com uma tocha na mão. Para afugentar os lobos." 😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂

      Eliminar
    11. Obviamente cada um sabe de si mas na minha opinião é um exagero - creme de rosto, de corpo, shampo, gel de banho, laços, folhos. Haja calor humano e roupa confortável! Muitas coisas são mais para o país do que para os pequenos. Tive bebé no UK e sim PT é melhor em algumas coisas na saúde mas o sentido prático e do k é realmente importante tinham algumas coisas a aprender. Banho nos primeiros tempos só com água e cordão umbilical tratado com água - pele ótima, zero infeções.

      Eliminar
    12. A minha nasceu no hospital de Cascais (público), e eu estive sempre a pedir ao pai para levar coisas, o hospital deu-me uma lista, essa lista não incluiu montes de coisas que precisei, soro, por exemplo, os resguardos para mudar as fraldas, eles só deram um e quando pedi mais refilaram.
      Quanto ao que usar no banho, na maternidade usavam mustela, e por acaso era o que tinha em casa, e como não pediram para levar, usei lá o creme e o gel de banho. Fraldas tive de levar e pedir ao pai para levar mais :) concordo com tudo o que leva e não vejo mais nada que possa faltar. E votos de felicidades e um desejos de um parto rápido ;)

      Eliminar
  2. Deve ser tudooooo oferecido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mentira. Também houve coisas que roubei.

      Eliminar
    2. Ahahahaha que grande resposta, Pipoca!

      Eliminar
    3. Eu vi esse assalto...foi no estendal da vizinha ;-)

      Eliminar
    4. Outra vez arroz !!! E se for oferecido ?!? Que raio !

      Eliminar
    5. Ahhhhh....o meu mundo caiu!! O drama, a tragédia, o horror...
      Melhor resposta de sempre Pipoca, continua sempre assim ;)

      Eliminar
    6. Muito bom, Pipoca! :D
      Sempre aparece alguém com a pele dos cotovelos demasiado grossa.
      Como não tenho filhos, o meu conhecimento é limitado nesse tema mas passei por duas cirurgias há pouco tempo e levei aquelas bolsinhas da Zara Home com cheiro a flores e frutos. Só para disfarçar um pouco o ambiente de hospital.
      Espero que seja uma hora pequenina e a Beni saudável :)

      Eliminar
    7. Quem é a maior mesmo sem salto alto??? A pipoca! Que resposta épica. A rebolar a rir 😂😂😂😂

      Eliminar
  3. Faltam as coisas para a mamã :P camisas de dormir, pensos higiénicos tipo saco de campismo (ou cuecas da Tena que são bem mais fixes, é usar e deitar fora), soutiens, conchas, purelan, robe, chinelos, cenas para o banho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim porque conchas e purelan é essencial a quem não vai amamentar.

      Eliminar
    2. A Pipoca não disse expressamente que não vai amamentar. Não sabe o que vai acontecer, logo, não é melhor ir prevenida?

      Eliminar
    3. O facto de não amamentar não impede a utilização das conchas numa fase inicial

      Eliminar
    4. Já cá faltavam as fundamentalistas da amamentação.Juro que é das poucas coisas que me tira do sério !!!deixem as mulheres em paz! Se a Ana não quiser é uma decisão dela e ponto. Amamento há 2 anos e meio mas pq tudo correu bem, tive um bebé que nasceu pro em mamar e foi tao fácil.Mas não aguento a pressão que se coloca nas mães .E a pressão começa no hospital...mas que obsessão com o dar ou não de mamar.Felicidades Ana*

      Eliminar
    5. 21:49, tem noção que o seu comentário está um bocadinho fora de tom neste pequeno debate? É que nenhum dos outros comentários é fundamentalista. Pode até ser uma troca de ideias desnecessária, mas não li ninguém a pressionar, a julgar ou a enumerar as vantagens de uma escolha sobre a outra.

      Eliminar
    6. Concordo tanto consigo anónimo imediatamente aqui de cima. Será que estas pessoas são assim tão precipitadas na " vida real "?

      Eliminar
    7. A pressão é colocada porque é o melhor para o bebé (e não, não sou fundamentalista) mas visto que a recomendação da OMS é amamentação exclusiva até aos 6 meses do bebé parece-me que o normal é que seja recomendada por profissionais de saúde, depois cada um faz o que quiser.

      Eliminar
    8. Já não posso ouvir falar na OMS, amanhã lembram se de outra coisa e lá vão elas todas carneirinhos a dizer que OMS agora diz não sei o que, pessoas, cada um faz aquilo que deve fazer, sem causar prejuízo a terceiros claro, mas andarem sempre com a desculpa da OMS, é que são muitos países no mundo para seguirem TODOS a mesma coisa

      Eliminar
    9. Claramente não sabe do que fala anónimo das 17:32! As directrizes da OMS são fiáveis e desenvolvidas por pessoas que percebem do assunto. Estão mais que provados os benefícios da amamentação exclusiva até aos 6 meses, tanto que é o que os pediatras a recomendam. Se pensar que é seguida por todos os paises mais um motivo para ser fiável a recomendação. Informe-se antes de vir destilar coisas sem sentido. Cada um está no direito de amamentar ou não mas os benefícios estão mais que provados...

      Eliminar
  4. Pipoca, o que eu tenho mais dificuldade em encontrar é o que levar na mala da mãe. Será que podias partilhar o que levas para ti?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me perguntou a mim mas aqui vai: Camisa de noite com facilidade de abertura na zona do peito, chinelos (eu levei havaianas e usava no banho também), roupão, soutiens e discos de amamentação, daqueles pensos higiénicos tipo fralda e produtos de higiene pessoal. Não esquecer de uma muda de roupa para o dia da alta. Qualquer coisa que se esqueça é pedir ao pai da criança e está o assunto tratado! :)

      Eliminar
  5. Pipoca, pareces uma mae de primeira viagem. Minimiza. Descomplica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. demasiados cremes meu Deus, os hospitais fornecem td para tratar do cordão, os cueiros são lindos mas aqueles laçarotes todos serão práticos?

      Eliminar
    2. Não acho que a Pipoca esteja a complicar.
      Todas as coisas que vi são necessárias… não?

      O que retirava?

      Eliminar
    3. Pipoca, no meu caso a minha maternidade forneceu a lista e vou ter que levar para a baby toalhas e luvas para o banho (reparei que não levas, podes até nem precisar levar mas tenta saber).

      Eliminar
    4. Anónimo 12h44

      Não são necessários tantos cremes. Mesmo os resguardos são desnecessários porque os quartos têm muda-fraldas ou pode-se mudar em cima de uma fralda de pano. Os biberões não são de todo necessários. Ela não vai beber água mal nasça e como a pipoca disse, o hospital fornece o leite em pequenos biberões prontos a serem dados. O doudou também é escusado para os primeiros 3 dias. Nesses dias, ela não vai querer saber de boneco nenhum.

      Eliminar
    5. Concordo com a Maria, parece-me muito sensata a sua posição. Também não defendo levar só duas ou três mudas de roupa, mas há claramente itens de que eu abdicaria facilmente. Além disso os bebés não bebem água assim logo ao nascer eheh
      Mas como já disseram e bem, cada uma leva o que quer! :)

      Eliminar
    6. Por acaso, a minha pequenina nasceu em Junho e estava um calor de morte, e as enfermeiras deram me logo um mini biberão para lhe dar água ao longo do dia, também achei estranho mas fiz aquilo que me mandaram!

      Eliminar
  6. Eu ainda uso os sacos das roupinhas! Quer do primeiro (já tem 10 anos) e eram todos branquinhos sem bordados quer da 2a ( anos) estes já eram mais coloridos mas igualmente sem nada bordado.
    Sempre que preciso de fazer alguma mala de férias lá vão eles comigo: levo a roupa interior separada ou os fatos de banho (por exemplo).
    Acho mesmo que de tudo que tenho são as únicas coisas que me acompanham desde que eles nasceram!

    L.

    ResponderEliminar
  7. Só para ajudar...toalha de banho para a Be!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na lista da minha maternidade também diz para levar toalha para o primeiro banho :)

      Eliminar
  8. tanta coisa... duas dicas: os bebés não precisam assim de tanta coisa e o pai pode levar alguma coisa que falte.

    ResponderEliminar
  9. Olá Pipoca,

    onde arranjaste o necessaire da Bioderma igual à mala? Obrigada!

    ResponderEliminar
  10. Se me permite a sugestão, simplifique. No hospital está sempre mais quente e dificilmente vai precisar de vestir o bebé com calças e interiores compridos além do primeiro dia. A minha filha nasceu num maio super quente e só vestiu interiores completos de manga comprida mesmo no 1º dia. Depois vestiu babygrows de veludo e só um body de manga comprida fininho com meias de algodão.

    ResponderEliminar
  11. e não, os meus nunca usaram gorro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois mas o gorro é essencial para evitar perdas de calor pelo perímetro da cabeça do bebé.

      Eliminar
    2. Pois... por acaso o gorro não é essencial. Os meus nasceram ambos num hospital público e os gorros não estão na lista de coisas a levar nem me foram pedidos em qualquer momento. e os meus filhos não tiveram frio. Ela nasceu em maio e ele em novembro e o hospital estava sempre quente e nunca senti necessidade do gorro. Aliás, mal usei sequer a mantinha

      Eliminar
  12. Taaaaaaaanta tralha!!!!!
    O mais importante, e que já corrigi no segundo filho: deixar montes de refeições já preparadas, congeladas, em casa. Foi a salvação lá em casa sobretudo no primeiro mês! Bom, também no nosso caso não temos família perto, portanto ainda mais importante foi.

    ResponderEliminar
  13. Dica para levar roupa separada por dias: embrulhar cada conjunto numa fralda de pano

    ResponderEliminar
  14. de alguem que tambem está gravida da segunda filha, aqui de 38 semanas e com mala feita. para quê isso tudo? primeiro vai para um hospital público onde lhe disponibilizam tanta tanta coisa. vai levar frascos de cremes grandes porque? nao acredito que nao arranje amostras, vai la estar 2/3 dias nao precisa de mais. escova de cabelo para ela porquê? vai fazer penteados à criança num cabelo que se pentea com a mão? e está a levar taaaaaaaanta roupa. chegam 4 mudas de roupa. alem da primeira roupa. pode levar mais uma coisa bonitinha para o dia em sair da maternidade que nao deixamos de ser pirosas e depois o resto fica em casa pronto caso seja preciso para o pai levar. nao vale a pena levar mangas curtas. os bebes de verao sao como todos os outros perdem calor e por isso precisam é de roupa de manga comprida fofinha e confortavel. deixe as mangas curtas para mais tarde. levar compressas entao nao precisa mesmo é o que mais ha no hospital e eles dao. vou lhe deixar a lista daquilo que eu vou levar. tanto para mim como para ela
    para ela
    4 mudas de roupa (compostos por body, calças com pes, babygrow, gorro e meias)+ uma bolsa com a primeira roupinha (é a mesma da irma que foi bebe de inverno) + um cueiro
    1 manta tipo xaile
    5 fraldas de pano
    1 toalha de banho
    4 fraldas de descartaveis (da outra filha o hospital dava o resto se desta vez nao der o pai depois leva mais)
    1 embalagem das pequenas de toalhitas
    1 amostra de gel banho, shampoo, agua de limpeza e creme muda fraldas

    para mim
    3 camisas de dormir com abertura À frente
    1 toalha de banho e de rosto
    2 soutiens de amamentaçao
    1 saco para a roupa suja
    1 bolsa com produtos de higiene (amostras tambem, neste caso comprei aquele kit de viagem da primark e enchi com o que uso, shampo, amaciador e gel de banho, pasta de dente escova de dentes, escova cabelo e um elastico)
    fraldas descartaveis
    conchas protetoras para as maminhas
    purelan
    maquina fotografica (da última mal tirei fotos)
    carregador tlm

    e caso veja que vou la ficar algum tempo em trabalho de parto vou tambem levar gelatinas e gomas :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As amostras são uma ótima ideia no caso do bebé fazer alergia aos cremes...o mesmo se passa com fraldas descartaveis e toalhitas.
      Não esquecer de cortar as etiquetas dos interiores.

      Eliminar
    2. toalhitas precisa em maior quantidade. se bem me lembro o 1º cocó é muito difícil de limpar

      Eliminar
    3. Gosto mt da ideia de bebe de verão precisa a mesma de manga comprida. Tenho dois, um de novembro e outro de Julho. Montes de roupa e tinha de os deixar só de body e de pernas ao léu devido ao calor da maternidade...

      Levar coisas? Sim as maternidades dão... se forem privadas. No público não é verdade. E se forem produtos que a mãe não gosta? Não e propriamente “escolher”...

      Eliminar
    4. Só uma toalha de banho para o bebé?

      Eliminar
    5. sabe que existe um pai que vai a casa e volta. nao precisa de levar logo as duas toalhas de banho. leva uma, dá o banho, o pai leva para casa e no dia seguinte traz outra. nao tem que ir com o enxoval todo atras.

      e cara Fm a minha filha tambem é de novembro e esta agora tambem vai ser de julho, eu nao estou a dizer que depois nao va vertir mangas curtas, levar manga comprida nao implica ser polar pode ser algodao fininho como eu levo, sao uma proteçao. os bebes têm que se adaptar à temperatura exterior, as maternidades sao quentes por isso mesmo para que a transiçao deles seja mais facil.

      Eliminar
  15. Também comprei esse kit para o cordão umbilical e não serviu para nada. Não levei fraldas, nem toalhitas, nem resguardos, nem kits de higiene e cremes, mas sabia já que na CUF davam tudo o que era necessário. Como no público não sei como funciona é melhor levar sim, pelo sim, pelo não.
    Ainda faltam as coisas para a mãe, não é? A minha maior dificuldade foi a roupa para sair. Não sabia se ia estar um pote ou não. :)

    ResponderEliminar
  16. Também me custava muito dar tanto dinheiro pelos saquinhos bordados, por isso, fiz os meus. E ainda os uso para as mudas de roupa na mala, e penso que para as férias também vão dar um jeitão.

    ResponderEliminar
  17. Falaste em lima mas eu levei uma tesourinha, as unhas eram de facto grandes, no segundo levei umas luvinhas para ele não se arranhar todo. Mas ambos nasceram no inverno.

    Para mim levei havaianas velhas que deixei por lá e cuecas descartáveis (havia na pre natal) que foi o melhor que fiz, sujas, lixo! E tive os 2 em Santa Maria há 20 e muitos anos.

    Que tudo te corra bem.
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não fazia ideia q os bebés nasciam tipo águias.A minha à noite tinha a cara toda esgadanhada mas eles têm um poder de regeneração tão grande que em poucas horas ficava com a pele perfeita :) se tiver outro bebé não me vou esquecer de umas tesourinhas:)

      Eliminar
    2. Para mim, lima é fundamental! Tinha um medo desgraçado de usar a tesoura e cortar um dedo à criança...

      Eliminar
  18. Com quantas semanas devo começar a preparar a mala para a maternidade?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há uma data certa. A partir das 30 semanas já pode começar a preparar as coisas, se quiser. Depois claro haverá mães mais organizadas e outras mais descontraídas, há quem às 30 semanas já tenha as malas no carro e há quem ainda as ande a fazer às 37 semanas.
      Também depende de como corre a gravidez: no caso da Pipoca, sendo expectável novamente um parto prematuro, é normal que faça a mala antes de uma grávida a quem tudo indica que o bebé só nascerá às 40 semanas.

      Eliminar
  19. Recomendo as fraldas Bambo Nature. Já temos tanta informação hoje em dia! Não há desculpas para não optar por fraldas ecológicas, descartáveis mas biodegradáveis!! E não são caras.
    Por exemplo aqui:
    https://www.origamikids.pt/product/fraldas-bambo-nature-tamanho-1-newborn-2-4kg
    Torço para que tudo corra bem com vocês. Muitas felicidades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uau!!!! Ora aqui está uma super partilha!!! Desconhecia totalmente .

      Eliminar
    2. Obrigada anónimo das 15.00. Isso é serviço público. Vou ver como essas funcionam. Grande anónimo!

      Eliminar
  20. Pipoca,

    Cada cabeça, sua sentença. Acho que não te vai faltar nada, mas se faltar não será o fim do mundo. Está a um pai de distância :)

    Não posso é deixar de comentar duas coisas: eu embrulhei cada conjuntinho nas fraldas de pano porque assim as ditas fraldas tinham logo utilidade e escusava de estar a levar mais sacos/saquinhos e saquetas. A outra coisa é que a senhora minha mãe fez uma manta IGUAL para o meu filho, mas em azul. É linda e, tal como com a tua, tem um significado muito especial.

    Beijinhos e muita sorte nessa hora!

    ResponderEliminar
  21. Que mala tao fantástica, não falta nada de certeza:) Vai ficar toda bonita com essas roupas lindas.
    Acho cada mae deve ter uma mae deve ter uma mala, conforme ache serem as suas necessidades .
    Está tudo previsto:)

    ResponderEliminar
  22. Tanta coisa credo. Nem parece que já tem um filho. Oh gentinha complicada credo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reze um Avé Maria que isso passa

      Eliminar
    2. Credooo, CREDOOOOOO

      Eliminar
  23. Pipoca, pode responder a uma pergunta que nada tem a ver com a mala da maternidade!! :) :)
    Que base está a usar? Gosto tanto!! Fica-lhe mesmo bem.

    ResponderEliminar
  24. Boa sorte com a Chucha. #jesuischucha também, mas a segunda filha nunca consegui! Tentei até ao ano da miúda! Por vezes, com a insistencia, ela vomitava. A irmã teve chucha até aos 3, a outra nada.
    Maria Inês

    ResponderEliminar
  25. Se o bebé nascer prematuro não se pode/deve amamentar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma raxao p amamentar!

      Eliminar
    2. Pode ser simplesmente mais difícil por o bebé ainda não ter desenvolvido bem a capacidade de sucção. Para além do mais nesses casos há uma certa importância com o peso deles e nem todas as mães se sentem confortáveis por não conseguirem ter a certeza se ele está a mamar o que deve para engordar.

      Eliminar
    3. Se o bebé nascer prematuro e antes das 35 semanas simplesmente o bebé não sabe mamas porque ainda não aprendeu o movimento da sucção e depois dependendo do peso que tem pode e até este estar estabilizado pode ser aconselhado começar a ensinar a mamar ou não. Normalmente são alimentados por sonda com o leite que a mãe retira com bomba e com suplemento pois um prematuro não pode perder peso e ao tentar-se ensinar quando ainda não tem estrutura para isso poderia levar à perda de peso...O que acontece muito é que enquanto o bebé aprende a mamar o leite da mãe acaba por secar porque a bomba não estimula a produção da mesma forma que o bebé...(mãe de prematuro de 33 semanas e 3 semanas na neonatologia...)

      Eliminar
    4. Obrigada pelos esclarecimentos! Não fazia ideia mesmo!

      Eliminar
  26. Olá pipoca, acho que te falta a toalha para o primeiro banho. Eu comprei um kit da Chicco que traz escova do cabelo tesoura de pontas recondas e etc,mas não traz lima. Sabes onde se pode comprar?! Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabei por encontrar algumas lá em casa, mas penso que na farmácia deve haver.

      Eliminar
    2. A lima tem de ser específica para bebés ou serve uma qualquer?

      Eliminar
    3. Experimente aquelas limas de cartão, fininhas, que normalmente são usadas para os pés. À venda em qualquer chinês.

      Eliminar
    4. Pois, a minha duvida também era se há limas mesmo para bebé ou se podemos usar as de cartao normal...

      Eliminar
    5. eu comprei normais... o miúdo já tem 6 anos e o pacote ainda lá anda :-)
      por favor limem as unhas, nunca cortem

      Eliminar
  27. A prénatal também tem roupa para prematuros bastante prática e gira. Se quiser ir espreitar. Peça a alguém para comprar as revistas/jornais do dia em que ela nascer, e notícias várias dos meios de comunicação social. Fica como recordação. Chinelos para tomar banho. E umas pantufas/chinelos para o quarto. Saco de plástico ou de outro material, para a roupa suja (sua e da bebé).
    Muitas felicidades e uma hora pequenina.

    ResponderEliminar
  28. EU não levaria pomada do rabinho, creme de corpo, doudou, kit cordão umbilical, kit unhas e cabelo, as chuchas da chicco todas em silicone porque são demasiado pesadas para o bebé. Levaria metade da roupa, metade das fraldas ( descartáveis e de pano). Levaria 2 chuchas mas com tetinas diferentes e se manténs a hipótese de amamentar em aberto levaria pomada para os mamilos e bicos de silicone.

    Ahhhh e "mandei vir dois gorrinhos do Texas" LOL a melhor que ouvi nos últimos tempos!

    De resto, muita saudinha para a mamã e para a bebé é o que desejo.

    ResponderEliminar
  29. Ana, como não estive a ler os comentários não sei se alguém já referiu:
    Aero-om - dá muito jeito para as cólicas e acalma.
    Compressas esterilizadas 5x5 para limpar os olhos com soro fisiológico.

    Tudo a acorrer bem

    Beijocas

    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E pelos vistos também não viu o vídeo porque a Ana tem compressas e soro fisiológico na mala ;)

      Eliminar
    2. E pelos visto não leu o meu comentário, ou não sabe interpretar português. As compressas que a Ana apresenta são 10x10, e não falei em levar soro, falei que as compressas são para limpar os olhos com soro.
      Agora beba um chá de camomila.

      Eliminar
    3. Sei interpretar perfeitamente mas o facto de a comprensa ser 10x10 faz grande diferença??!! Já ouviu falar em tesouras e cortar ao meio! Não me diga que lhe estou a dar uma novidade!
      Beba você o chá já que a stressada é você...

      Eliminar
    4. não se deve usar as compressas nos olhos. É sempre um material estranho que pode ferir a pele do bebé. Passar um dedinho em cada olho, com a água do banho ainda limpa, ou água corrente da torneira.

      Eliminar
    5. E o Aero-OM é só açucar. Não dar. Colinho é o melhor remédio para as cólicas. O meu filho nunca teve UMA cólica.

      Eliminar
  30. Gotas cor de rosa (aero Om) fazem milagres. E claro toalhas de banho 😜

    ResponderEliminar
  31. As pessoas sabem que o Aero-Om é um medicamento e como tal só deve ser usado caso seja necessário e recomendado pelo médico? È que se é para opinar sobre medicação, sugiro que leve já o Clamoxyl porque nunca se sabe, um Xanax caso se enerve e porque não aproveitar e levar já uma morfinazita caso tenha dores e os chatos dos médicos que há no hospital não lhe queiram dar nada...

    ResponderEliminar
  32. Por acaso, é um medicamento não sujeito a receita médica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não deixando, ainda assim, de ser um medicamento.

      Eliminar
    2. Comparemos então com o Benuron e outros que tais... Ninguém dá benuron a torto e a direito, ou dá? Lá por ser fácil de comprar não significa que se deva dar só porque sim. Confesso que me faz imensa confusão a forma como se usa o Aero-om em Portugal.

      Eliminar
  33. Olá Pipoca, a mala da miúda está super completa! Só me lembro de uma coisa que possa faltar, toalha de banho pata a bebé? Felicidades e que corra tudo bem. Cláudia F.

    ResponderEliminar
  34. Tive a minha filha à 19 aos no extinto Hospital Particular de Lisboa. Só me deram uma amostra de creme da mustela e foi porque deviam estar com pena de mim.
    Não amamentei por opção. Nunca tive essa vontade e acho que se tiver outro filho (sim, porque ainda ando na casa dos trintas) a vontade de não o fazer é igual.
    Eu própria fui criada com leite "industrial" e aqui ando.

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis