Pub SAPO pushdown

É preciso falar disto #14: as Crocs da Balenciaga

segunda-feira, fevereiro 05, 2018
Há uns meses a Balenciaga anunciou um novo modelito de sapatos e o mundo dividiu-se entre o "que génios" e o "que parolada". Assim que bato com os olhos naquilo, atirei-me imediatamente para o segundo grupo, mas assim em voo picado, enquanto gritava "my eyes, my eyeeeeees". Para quem não ouviu falar deste "fashion-drama", o modelo em causa era uma interpretação das Crocs. Sim, sim, das Crocs. Porque é que alguém se inspiraria em tal coisa? Sabe Deus, mas a malta fashion-coiso diz que é o último grito da moda. O resultado foram umas Crocs em formato plataforma, com dez centímetros de altura e litros e litros de azeite. Preparados? Cá vai disto:


Pronto, eu acho que chegámos a uma fase das nossas vidas em que as marcas pensam "ah, que se lixe, vamos lançar aqui uma merda qualquer que há sempre quem vá achar que isto é uma obra-prima ao nível do Louvre". E a Balenciaga tem sido incrível nisso. Primeiro
foram os sacos azuis inspirados nos do IKEA, agora estas Crocs versão "estou a fugir das cheias", é o vale tudo. Quanto mais ridículo, maior a probabilidade de ser um sucesso de vendas. A prova disso mesmo, é que estas sandalocas ainda nem sequer chegaram às lojas e as pré-reservas já estão esgotadas. Puffffff, sumiram-se. Provavelmente porque estão a ser vendidas ao preço da chuva, uns modestos 850 dólares (qualquer coisa como 630 euros). Um par? Não, levo logo meia dúzia. Inchem, pacóvias! Deixaram-se dormir, agora azarucho, já esgotou.

Meus amigos, álaber uma coisa. A Croc só é admissível em três cenários:
a) Crianças até, vá, aos seis anos (o Mateus usa para ir para a praia e dão um jeitão do caraças);
b)  Malta que tenha profissões que obriguem a muita hora em pé (tenho amigos médicos que dizem que são verdadeiras pantufas);
c) Pessoas que possam comprovar que o uso de Crocs é imprescindível à sobrevivência da humanidade. Tipo "se eu tirar esta Croc do pé, um meteorito atinge a Terra e vamos todos desta para melhor";

Se não se enquadram em nenhuma destas alíneas, então não, não há desculpa para serem avistados com umas Crocs nos vossos presuntinhos. "Ah, mas aqueles furinhos são bons porque fazem ali uma correnteza de ar muito agradável". "Ah, mas são muito confortáveis e aliviam-me os joanetes". Xiiiiiuuuu! Não quero ouvir nem mais um piu. Devia haver legislação específica para isto, para garantir que não temos cá prevaricadores. Ou, pelo menos, uns choques no lombo de cada vez que alguém fosse avistado com umas. 

E se o modelo normal não é fixe, este modelo de ir à apanha da amêijoa é ainda pior. É praticamente um atentado. O que é que se segue? Meias brancas de raquetes a 500 euros o par? Um conjunto calça-casaco inspirado nas fardas prisionais do Linhó? É mandar vir, já estamos por tudo.

65 comentários:

  1. Mas é que é mesmo isso... chegámos a um ponto em que quanto mais ridículo e descabido melhor. Sempre vão existir peças irreverentes que não são para qualquer gosto. Mas há coisas que são tão parvas, que me atrevo a dizer que quem as usa não gosta assim tanto, mas antes isso que ser uma qualquer que não percebe nada de moda.

    ResponderEliminar
  2. ;) Já me divertiste! Mas não deixa de ser cómica esta frase "Meias brancas de raquetes a 500 euros o par? ", porque era exatamente a crítica que se fazia ao último negócio da China que colocaste: a crítica não era às marcas de luxo (que não o são simplesmente por se meter um preço elevado) mas por se estar a vender a preço de ouro umas "meias de raquetes".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pipoca gosta de se contradizer. Sobre a tal marca de criança há uns tempos num post disse "O facto de não poder ou não querer comprar peças desta marca não significa que não haja outras pessoas que gostam, podem e querem. Quem não gosta ou acha caro só tem de seguir caminho e procurar outras marcas que lhe agradem mais. Vir criticar as escolhas feitas pela criadora da marca (preços, target, materiais, posicionamento, estratégia) é que não faz sentido nenhum." Afinal, pipoca, qual é a mesmo a tua opinião? Ai já sei, não tenho sentido de humor!

      Eliminar
    2. A larga maioria das pessoas criticou essa marca por ser “demasiado cara”, não por ter peças altamente exóticas, ao nível do esquisito. Comparado com umas Crocs Balenciaga de 850 dólares, até era em conta. Aqui não é tanto o preço que me choca (se bem que estamos a falar de borracha), é mesmo a reinterpretação de um dos modelos mais feios de sempre. Mas não, não vou mandar mails furiosos à marca a dizer que tem de repensar a sua estratégia ou que estes preços são ridículos. Vou só rir-me um bocadinho com isto e seguir com a minha vidinha.

      (E sim, provavelmente não tem grande sentido de humor para se dar ao trabalho de andar a tentar paralelismos entre tudo aquilo que escrevo)

      Eliminar
    3. A pipoca é muito engraçada! A outra marca tb fez uma reinterpretação das peças, dizendo que era algodão biológico e feito à mão para justificar os valores praticados.O mesmo se aplica aos crocs! São feias, é verdade mas como disse, há pessoas que gostam , podem e querem! Logo, este post não faz sentido tendo em conta o comentário que fez.

      Eliminar
    4. Nop, não é uma reinterpretação. Aliás, muita gente dizia que era exactamente igual ao que se vendia noutras marcas, mas mais caro. Ou seja, não eram botinhas de palha de aço em cores fluorescentes nem nada assim muito estranho. Achar que aquilo é o mesmo que a Balenciaga fez neste caso é só mesmo querer encontrar, muito à força, uma qualquer semelhança que não existe. Mas bom esforço.

      Eliminar
    5. isto assim deve levar uma pessoa à exaustão. mais vale uma pessoa ser honesta consigo própria e reconhecer que não, que não é coerente em algumas situações.. ninguém é.. e que se f*da

      Eliminar
    6. Querida Pipoca, haja paciência para os haters! O Guilherme do Por falar noutra coisa tem um formulário para esta gente:
      https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1476395152440377&id=471268092953093

      Eliminar
    7. Só foi buscar aquilo que lhe interessou! A reinterpretação e o resto? Só argumenta aquilo que lhe convém. Antes de publicar qq coisa, seja coerente!

      Eliminar
    8. O que disse em relação à marca infantil é perfeitamente aplicável neste caso: "O facto de não poder ou não querer comprar peças desta marca não significa que não haja outras pessoas que gostam, podem e querem. Quem não gosta ou acha caro só tem de seguir caminho e procurar outras marcas que lhe agradem mais. Vir criticar as escolhas feitas pela criadora da marca (preços, target, materiais, posicionamento, estratégia) é que não faz sentido nenhum."

      Basicamente, estou-me nas tintas para o facto de a Balenciaga ter um modelo de Crocs. São feias? Para mim sim, mas isso não inibe ninguém de as comprar. São caras? Depende de cada carteira. São óptimas para serem gozadas num post? Oh yeah. Se isto vai fazer com que me insurja contra a marca? Que lhes vá lá deixar comentários a dizer que têm de repensar a sua estratégia, que estão a ser megalómanos, que têm é de fazer chanatos a 8 euros para poderem ser acessíveis às massas? Óbvio que não. E foi isso que achei parvo quando publiquei o post sobre a Tierno (marca com a qual não tenho nada a ver). Gente a dizer que achava os preços exorbitantes e que, portanto, a marca tinha de repensar a sua estratégia. Que a criadora tinha de "ganhar juízo", que lhe faltava "bom-senso". Que o target era "para quem é rico" (como se houvesse algum problema nisso). Ou, pior, que era inútil eu dar a conhecer uma marca assim, como se agora a malta também tivesse direito a dar palpites sobre aquilo que posso ou não escrever.

      Mas pronto, já percebi que vai continuar a insistir em comparar o incomparável e eu agora não tenho tempo para esta discussão tão profícua.

      Eliminar
    9. Ei pessoal, calma!! Eu só estava a falar da parte das "meias brancas de raquetes a 500 euros o par"!!! Não falei em Crocs nenhumas...apenas reparei naturalmente numa piada em tudo igual à crítica que foi feita às botinhas básicas iguais a quaisquer outras a um preço absurdo para o produto...e estas duas situações sim, são comparáveis, com o pormenor de que talvez ainda assim fosse mais legítimo as meias da Balenciaga porque antes de lhes meterem um preço super inflacionado, já era uma marca que tinha conquistado o estatuto de luxo.

      Eliminar
    10. Estão a comparar situações completamente diferentes, que lentidão... enfim, mais do mesmo

      Eliminar
    11. Pipoca, só para informar que os crocs são tudo menos borracha miga...

      Eliminar
  3. Eu fui conquistada pelos berloques que estão em cima (not)! Além disso parecem fazer par com uma perna de gesso, que aquilo é coisa para uma pessoa de esbardalhar, e ficar com uma perna partida!

    ResponderEliminar
  4. Ahaha as meias das raquetes, sódades!

    ResponderEliminar
  5. As Crocs da Balenciaga?
    Toda a coleção 2018 da Balenciaga é de morrer de medo!!!
    O que é que deu à Balenciaga? Teve uma coleção de Inverno absolutamente espetacular e agora parece que lhes deu uma travadinha.

    ResponderEliminar
  6. Afinal o que são tendências? Certas marcas como a Balenciaga e a Prada têm a capacidade de tornar cool o que antes era considerado "um erro de moda". Só adere quem quer que eu saiba ainda não é obrigatório usar tendências. Mas para quem critica muito, certamente que já comprou/vestiu uma peça tendência que as avós achavam horrível. Ou não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hmmm, por acaso as tendências são muito mais do que o 'redescobrir' do que quer que seja.
      Mas deixo a explicação a cargo de "The Devil Wears Prada": https://www.youtube.com/watch?v=Yj8mHwvFxMc

      Eliminar
  7. Não consigo inserir a imagem "If mondays are shoes they'd be crocs".

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Chiça que coisinha mais feia e deselegante, "balha-me" Deus!
    Quanto ao preço, até acho que a marca os devia vender pelo menos a uns €1000,00 ou mais, pois já toparam que há "fashion victims" suficientes para os comprarem. Enfim, o normal agora é mesmo "usa-se (?!)...ponha minha senhora" sem pensar nas figurinhas ridículas que se possam fazer.

    ResponderEliminar
  9. Acho as crocks bem fofinhas e só tenho pena de calçar o 40, pareço sei lá o quê com aquilo. Este modelo acho perigoso pois não me parecem muito seguras com aquela altura toda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oooooh olha pra mim que calço muito

      Eliminar
  10. A única razão que encontro para as pré-reservas dessa coisa horrorosa e caríssima estarem esgotadas é só terem posto à venda cerca de dois ou três pares.

    ResponderEliminar
  11. Tenho um colega de trabalho (homem) que usa Crocs + Meias das Raquetes aqui na empresa. É uma empresa de IT. É maravilhoso ver tal cenário nos pezinhos do moço...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um visionário, o seu colega!
      E que dita tendências!

      Eliminar
    2. Há muitos nórdicos que as utilizam(as normais) com meinhas pé de gesso!

      Eliminar
    3. E por acaso algum dia me disseste que não gostavas? Se te incomoda assim tanto deixo de usar...

      Eliminar
  12. Pipoca se tu fosses umas sandálias eras umas Crocs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas pretas, que dão com tudo, pode ser?

      Eliminar
    2. Ahahah vale pela metáfora original.

      P.S. É ter paciência para os aturar, Pipoca.

      Eliminar
    3. Claro que não. Cor-de-rosa mesmo!

      Eliminar
    4. Mas da Balenciaga faxavôr, que não és para os pés de qualquer um/a!!
      LOOL

      Cristina

      Eliminar
    5. Ahahahahahah.
      Tão parvo que teve piada.

      Eliminar
    6. Eheheheheheh teve a sua piada!

      Eliminar
  13. Eu gosto e vou comprar :)

    ResponderEliminar
  14. Enfim, mais uma tendência tenebrosa, mas que terá sempre quem a siga... No entanto, para desfilar no Entrudo até podem ser uma mais valia... pelo menos são saltos "compensados"!😀

    ResponderEliminar
  15. Pipoca, quem costuma andar pelo campo - como eu! - é um calçado confortável para plantar e assim :) Mas é SÓ para o campo, nada mais. Dispenso o resto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo em absoluto consigo. Mas ao que parece, este país resume-se ao pseudo elitismo da capital.

      Eliminar
  16. Vou ali dar-me umas valentes chicotadas porque aqui em casa somos aficcionados dos crocs: ele é crocs de andar por casa, crocs para ir à garagem, crocs para ir ao quintal, crocs para os hóspedes. São à vontade uns 16 pares. E pior! É do melhor...vou ali, mas vou com os crocs de pêlo por dentro porque que o chão está frio e não me quero constipar.
    Mas eu compro muuiiito mais barato. Só do IKEA tenho uns 6 pares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Crocs da ikea? Ok está certo...

      Eliminar
    2. Pois é. E mais giras que as da Balenciaga.

      Eliminar
  17. Há uns largos anos atrás, quando ainda era anonima e partilhava connosco o que recebia no Natal, lembro de contar que devolveu uma mala amarela porque adorava malas mas era incapaz de usar uma mala amarela. Não sei se agora tem muitas mas uma Furla já vi por aqui de certeza. Por isso nunca se deve dizer nunca...
    (pessoalmente acho essas crocs medonhas!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dos 23 aos 37 anos de idade as pessoas usualmente mudam bastante de gosto/estilo. Mas naturalmente tudo isto não é permitido à Pipoca.

      Eliminar
    2. Eu detestava favas! Agora dou um rim (piadinha) por umas belas favas guisadas.
      Nunca digas desta água não beberei. Serve para toooodos!

      Eliminar
  18. O meu marido adora Crocs e não há meio de o convencer a deixar de as usar. Para mim, é um motivo de peso para pedir o divórcio :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida!!
      Outro motivo, é andar de calções e havaianas. Lindo!!!! ☺

      Eliminar
    2. Pior seria se andasse com sandálias e meias brancas! Deixem lá os homens. Ou então dispam-nos e...

      Eliminar
  19. sempre pode dar 450€ por uns chinelos de piscina:
    https://www.balenciaga.com/pt/piscine-shoes_cod11393522wl.html#/pt/men/shoes

    ResponderEliminar
  20. "Álaber uma coisa"
    ������
    Ahah

    ResponderEliminar
  21. Aconselho como chinelos em casa. Comprei umas há uns anos valentes com pelo por dentro e são do melhor porque o pêlo é lavavel e então duram anos. Agora gostava de comprar outras ou mudar o forro e não encontro :(. Obviamente que não uso na rua (credo) mas para casa é optimi porque não escorregam :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lojas dos chineses. É lá que compro.

      Eliminar
  22. A Pipoca anda com um problema sério com meias. A ver as meias perdidas ainda fugiram numas crocs...;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahah!! Melhor comentário!! Muito bom:)))

      Eliminar
  23. já chorei a rir...varias vezes...este para lá de bom:) o texto e a foto não existem:)
    Também não encaixo em nenhum dos cenários, poderia ter encaixado no 1º,mas não calhou e agora o meu filho com 12 anos demitia-me como mae:)
    Nem sei que género são as crocs: chinelos/pantufas/socas/sapatos (mas é limitação minha:))(acredito que sejam muito confortáveis, mas é mm só isso).
    Uns centimetros a mais é sempre tentador...mas para mim teria de comprar um novo mundo de roupa ,e não dá.(este modelo é um verdadeiro tesouro)
    Concordo consigo que uma marca como a Balenciaga tem a obrigaçao de estar num patamar mais elevado...isto parece ter sido feito por um estagiaro(a), onde tudo correu mal e nunca mais teria emprego no sector, mas nao, foi mm feito pela marca conceituada que é..e não fica nada bem:)
    Mas quem copra tb tem de saber o que tem valor (pela qualidade e exclusividade, design...), e o que não tem (e se nao sabe, pede ajuda a um adviser:))
    Ja fiz varias tentativas e não consigo imaginar as mulheres mais bonitas do mundo elegantes nestes saltos:):):)Adorei:)

    ResponderEliminar
  24. Eu conheço pelo menos umas 3 pessoas que comprariam um modelo semelhante para ficarem mais altas durante o trabalho (lá está, bloco operatório), mas juro que não consigo imaginar quem gastaria uma pequena fortuna nesses sapatos

    ResponderEliminar
  25. Eu gostava mesmo era de umas famosas botas texanas em versão sandálias :P acho que é o q está em falta lançar para a próxima coleção verão :P

    ResponderEliminar
  26. Hipotese D) Para uma matrafona no Carnaval de Torres Vedras

    ResponderEliminar
  27. eu uso, as minhas destas têm 11 anos.Mais umas croc sabrina tigresse super giras. Prontos, Pipoca já não somos amigas, snif snif :-) agora no inverno chego a casa tiro o sapato da rua e calço a croc com os collants quentinhos que uso sempre. Suja-lava, molha-seca, estão sempre prontas para tudo. E em calçado sempre a marca original, nada de chinesices.E confortáveis são os MBT, pessoal da medicina.

    ResponderEliminar
  28. A mãe do meu namorado tem as amarelas e são medonhas 😱. Ao vivo são terríveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, das 13.02 não quero agoirar, mas acho que é altura de pensar bem na sua vidinha :-) Uma sogra que se preze é capaz de ir ao casamento de um filho com as crocs amarelas nos pézitos :-) e ainda deixar-lhe as mesmas em testamento.

      Eliminar
  29. Tão a ver aqueles buraquinhos que tem nas Crocs (balenciagas ou de chinês)??? É por onde sai a dignidade de quem as usa....:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui que assunto agora levantou...olhe que muitas pessoas calçam sapatos lindíssimos, mas a dignidade acaba por lhes fugir pela boca.
      Talvez quem use Crocs mantenha a sua dignidade num outro patamar...

      Eliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis