Pub SAPO pushdown

Negócio da China... mentira, é português #30: Weev

segunda-feira, janeiro 08, 2018

A Diana Nunes tem dois amores: por um lado, gosta de tudo o que é feito a mão. Por outro, é uma forte defensora de tudo o que seja made in Portugal. Vai daí, resolveu juntar os dois conceitos e criar uma marca onde, garante, deposita todo o carinho em cada peça. Como qualquer boa criança nascida nos loucos anos 80, também a Diana cresceu fascinada com o mundo dos tecidos e  padrões, por isso decidiu criar uma marca de laços de homem, a Weev. "Cresci a dizer que gostava de aprender a costurar, perdia-me a ver tecidos de vários padrões, botões, linhas e galões, mas nunca dei asas a essa vontade. Até que há pouco tempo a vida deu-me limões e eu decidi fazer laços, de vários tamanhos e formas e com toda a dedicação guardada ao longo dos anos", explica a Diana. E aí está a Weev, com laços que não acabam!









Sem comentários:

Publicar um comentário

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis