Pub SAPO pushdown

À descoberta do Dia dos Namorados

quinta-feira, fevereiro 09, 2017

Faltam cinco dias para o Dia dos Namorados. Como é óbvio, esta informação é mais para vós do que para mim, pessoas apaixonadas e crentes no amor, que estão para aí cheias de vontade de celebrar o dia (que se quer o) mais romântico do ano. Da experiência que tenho, se quiserem ir jantar fora é preciso marcar com alguma antecedência, porque está sempre tudo a rebentar pelas costuras, por isso não se atrasem, não fiquem aí que vidas a decidir, porque quando escolherem pode ser tarde e acabam em casa agarrados aos tachos (gostam desta visão fatalista?). 

Apesar de eu não celebrar o dia, não me importo de partilhar convosco algumas ideias, que eu bem sei como, ao fim de uns tempos, é difícil inovar. A sugestão que vos trago hoje é um jantar assim muito romântico e fofinho e tudo e tudo no World of Discoveries, no Porto. O World of Discoveries? Mas isso não é um museu interactivo? É verdade, confere. É um museu interactivo e um parque temático que reconstrói a odisseia dos Descobrimentos, uma das nossas épocas áureas quando, basicamente, éramos os donos disto tudo. Por um lado, há a área de exposição permanente, com cinco salas que explicam, das mais variadas formas, todo o contexto político, cultural, científico e artístico da altura. Depois, entra-se numa embarcação que percorre vários cenários à escala real, numa viagem pelos vários territórios descobertos e explorados pelos portugueses.

O World of Discoveries tem recolhido imensos elogios e até já foi referenciado em várias publicações internacionais, como o The Guardian ou o The Independent, que o consideram visita obrigatória no Porto. O que é que o Dia dos Namorados tem a ver com isto? Tudo! Isto porque o Mundo dos Sabores, o  restaurante do World of Discoveries preparou uma ementa especialíssima para esse dia. Faz sentido, as relações são uma constante descoberta, por isso é capaz de não ser má ideia celebrar este dia num sítio dedicado aos Descobrimentos. Pois bem, da ementa fazem parte pratos inspiradores, como Setas de Cupido (queijo gratinado com mel, maçã e canela), Mimos de Dóris (robalo com molho de gengibre e lima), Inspirações de Afrodite (coxa de pato confitada com risotto de abóbora e ervilhas) ou uma mousse Romeu e Julieta. Mesmo sem companhia, eu era menina para ir só mesmo pela ementa! =) O valor por casal são 70 euros e inclui vinhos.


Contactos:
Telefone:  22 043 9770 

Post em parceria com o World of Discoveries

18 comentários:

  1. Já me ri com este post, não que o conteúdo seja para rir, mas pelo teu tom. Acho que devias mudar o nome para Pipoca mais Ácida, eheheheheh! Mulher, pareces descrente no Amor! Por morrer uma andorinha não acaba a primavera, toca a arribar! Cá beijinho ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol. É isso. Planeava passar toda uma vida com uma pessoa mas só durou uns aninhos? É como diz a Teresa Guilherme aos concorrentes da casa dos segredos: "Isso agora não interessa nada!" Não se moa por causa de planos que eram suposto ser "forever para sempre", Pipoca. Qué lá isso de agora ficar ácida só por causa de um projeto de vida que falhou. A gente não deve ficar ácidas por causa de projetos a 6 meses quanto mais projetos de vida! É fazer tudo outra vez como se nada fosse. Renamore, reprometa, rereproduza, resepare and so on all over again! Vá! Anime-se que isto só custa o primeiro divórcio. Olá, olá andorinhas!!! Yupi!!! Viva la vida loca!!!!!!!!

      Eliminar
    2. Lol, diria em vez de Ácida, Agridoce, A PIPOCA MAIS AGRIDOCE, Força Pipoca, depois da tempestade vem a bonança :)

      https://letrasmusicaspt.blogspot.pt

      Eliminar
  2. Sinceramente nao ligo grande coisa ao dia, para mim todos os dias deveriam ser dia dos namorados.
    De qualquer maneira boas sugestoes.

    ResponderEliminar
  3. Pipoca, sugiro-lhe uma companhia : o seu lindo Mateus.

    ResponderEliminar
  4. Se desse para em vez de namorado levar o filhote... Ate ia mas imagino que os casais apaixonados nao iriam apreciar muito um miudo de 3 anos nesse restaurante nesse dia...

    ResponderEliminar
  5. Nos meus anos de solteira, ia sempre com uma grupeta de amigas jantar fora e sair á noite no dia dos namorados. E era tão bom! Eramos felizes sozinhas, não estávamos ali em modo solteironas solitárias mas sim para festejar a nossa amizade. O bom da vida é que encontrámos bons namorados que alinharam na brincadeira, por isso o jantar da amizade continuou e dia 14 lá estaremos os 12, a brindar ao amor e á amizade! Por isso para as meninas solteiras/separadas fica a dica: saiam e divirtam-se! Não faz sentido ficar em casa a deprimir! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas se a própria admite que era feliz solteira porque é que acha que alguém vai ficar em casa a deprimir? XD era de valor se no dia 14 continuasse a ir só jantar com as suas amigas. Isso sim :p

      Eliminar
    2. Completamente! Os melhores dias de namorados que festejei foi com amigas 😉

      Eliminar
  6. Eu faço 9 meses de casada e no dia 15 três anos de namoro;) só comemorações!!!!:)

    Pipoca obrigada pelas dicas todas, deves ter um universo gigante de homens que gostavam de ser teus namorados...e desses um montão deles valem muito a pena tenho a certeza! Quero eu dizer se fosse homem e não fosse casada ia já para a lista!!!!

    ResponderEliminar
  7. Por aqui não somos fãs do 14 de Fevereiro.
    Restaurantes cheios, jantar sem marcação é para esquecer, ementas pré-estabelecidas, comida com menos qualidade, preços mais caros, serviço pior.
    Há poucos dias ouvi alguém dizer que Fevereiro é o mês do Amor e que o dia dos namorados é a desculpa perfeita para reacender aquela chama que une quem se ama.
    Mas não se ama durante o resto do ano? E escolhe-se este dia para espevitar a chama, com dezenas de pessoas nas mesas ao lado a fazerem o mesmo (ou a consultarem as redes sociais no telemóvel)?
    Prefiro comemorar quando nos apetecer e sem data marcada, prefiro os olhares e os sorrisos diários, as mãos dadas na rua, os beijos ainda roubados. E prefiro oferecer uma prenda inesperada e com significado, do que comprar em data "imposta".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente de acordo.

      Eliminar
    2. Penso exatamente da mesma forma.

      Eliminar
  8. Nada como passar o jantar do dia 14 com a querida avó que faz 90 primaveras!
    Sempre foi e sempre será assim enquanto Deus nos permitir...


    ResponderEliminar
  9. para mim o dia dos namorados é mais que a celebração entre um casal apaixonado. é a celebração do amor e da amizade. celebração entre irmãos, entre amigos, entre colegas de trabalho..no meio disso tudo há-de aparecer sempre uma companhia. há uns anos o meu marido teve de jantar fora em trabalho c um colega no dia dos namorados e lá jantaram à luz das velinhas :)

    ResponderEliminar
  10. Ana, sou mulher, portanto não leves este comentário como de um stalker louco.
    Mas quem fica a perder no meio da desilusão toda não foste tu certamente, desculpa lá, tu és uma boazona do caraças com um sentido de humor incrível!!! :)
    Se eu fosse homem/admirasse mulheres não me escapavas :p
    (em tom de brincadeira e com todo o respeito).

    Muitos beijinhos e cabeça erguida, sempre!! :D

    ResponderEliminar
  11. Do que vou lendo nestes posts, parece que a pipoca de repente ficou com uma alergia ao pronome "vocês".É "vós" para aqui, "vós" para ali. Soa assim um bocadinho antiquado, mas pronto!

    ResponderEliminar
  12. E para quem quer e gosta de celebrar a data, mas não tem "€tempo€", que tal aproveitar a sugestão da ementa, pôr o serviço e o faqueiro "das festas" e fazer o jantar em casa? Para quem tem filhos, é animação na certa, porque será um "gozo pegado".

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis