Pub SAPO pushdown

Eu é mais sopas

segunda-feira, dezembro 12, 2016

Que eu sou uma nulidade a cozinhar não é uma novidade para ninguém. Não o digo com orgulho, antes com lamento. Porque eu gostava de ser um pequeno Ratatui, de ser altamente criativa com os tachos, de surpreender família e convidados com pratos incríveis e de, sobretudo, ter gosto nisso. Mas não é essa a realidade que me assiste. Faço o básico para sobrevivermos, de quando em vez lá me aventuro em qualquer coisinha mais arriscada mas, assim em termos gerais, levo nota negativa no campo culinário. Excepto nas sopas. Eu sou "a" Rainha das Sopas e digo-o sem falsos pudores. Bom, calma, também não embandeiremos em arco: sou boa a fazer meia dúzia de sopas, todas elas cremes (não me venham cá com coisas muito complicadas), mas juro que ficam mesmo, mesmo boas. Eu sei que não sou a pessoa mas isenta para falar, mas eu gosto, pronto, é isso que interessa, e são quase sempre o meu jantar agora no tempo frio.  Foi, por isso, com muita tranquilidade que aceitei o desafio de fazer uma sopa na Jullie. E o que é a Jullie, perguntam vocês? Eu explico:




Ora então a Jullie é uma pequena máquina que faz uma data de coisas - sopas, batidos, compotas, iogurtes, you name it - tudo de forma muito, muito simples (assim de repente, acho que só carreguei em dois botões para fazer uma sopa). É um robot de cozinha todo-o-terreno, perfeito para ser usado todos os dias, porque é pequenino, super intuitivo e altamente funcional. Vem com um livro de receitas (além de se poder consultar mais cerca de 46 receitas no site da Jullie), porque já se sabe que mesmo as mentes mais criativas às vezes precisam de uma ajuda. Comparativamente a outras máquinas do género, a Jullie marca pontos por ser bastante mais económica (79,99€, venda exclusiva na Worten, já que é um produto da marca Becken).

Então e que sopa é que eu fiz? Uma das minhas preferidas: creme de ervilhas. Esta é uma das sopas que também constam do livro de receitas da Jullie, mas eu faço de forma ligeiramente diferente, por isso decidi seguir a minha receita, com os seguintes ingredientes:



- 500 g de ervilhas congeladas;
- Duas cenouras cortadas às rodelas;
- Duas cebolas (podem usar a congelada, já picada);
- Um dente de alho;
- Uma colher de sopa de azeite;
- Sal;
- Bacon em cubos;
- Natas de cozinha (para decorar):

Há quem use batata, há quem use courgette, há quem use alho francês, eu só uso isto. Depois, o processo é muito simples: atirar tudo para dentro da Jullie (excepto o bacon e as natas), carregar no botão de fazer sopa, esperar 23 minutos et.... voilá, está pronta.

O botão de sopa acumula várias funções (como cozer e triturar logo de seguida) por isso não é preciso fazer várias operações. No meu caso, e como gosto dos cremes mais líquidos, acrescentei mais um bocadinho de água e triturei mais um minuto. Quanto ao bacon, podem passá-lo uns segundos pela frigideira ou podem juntá-los logo à sopa e deixar que coza (eu prefiro a segunda opção).

Depois de porem o creme em taças ou em pratos, podem decorar com um fio de natas mesmo antes de servir. Txaaaaaaaaaaan! Não dava para ser mais fácil.


E pronto, se gostaram muito, muito, muito da Jullie podem sempre comprar uma, ou podem pedi-la a Pai Natal ou podem até oferecê-la a alguém de quem também gostem muito, muito, muito (parece-me uma óptima sugestão de presente). Ou... podem só ir estando atentos ao blog. E mais não digo! =)

 #Worten #Jullie #máquinadesopas #sopas #batidos #compotas #prática #simples #saudável #receitas




Post em parceria com a Worten

55 comentários:

  1. Vou deixar aqui uma dica para o Bacon, pipoquita!
    Antes de o colocar na sopa coloque-o no meio de dois guardanapos e leve-o alguns minutos ao microondas! Assim alguma da gordura vai derreter e ficar nos guardanapos e o que vai para a sopa já é menos gorduroso... É ou não é uma boa dica? :p

    ResponderEliminar
  2. Ué! Você deixou de ter aversão a cebolas? Que ótimo! A cebola dá um gostinho especial à comida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, só tolero cebola na sopa e completamente passada. Misturada com outras coisas não dá sequer para sentir o sabor. Mas o meu problema é mais com a textura.

      Eliminar
    2. Até estava a ficar preocupada! Sinto exatamente o mesmo que a pipoca. Unidas contra a cebola!!

      Eliminar
    3. Como te compreendo pipoca.. Sou igualzinha.. Na sopa só passada mesmo. E no arroz (tomate, feijão, etc) a cebola é coada antes de meter o arroz ;)

      Eliminar
  3. Aii pipoca, eu sou tão má, tão má na cozinha, que cada vez que convido amigas para ir jantar elas dizem "dás a casa nos levamos a comida..."
    É triste quando os nossos dotes culinários são uma bosta, mas quando nos fazem isto... É de cortar os pulsos ... 😒😒

    ResponderEliminar
  4. Natas na sopa? Uma novidade para mim ehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bom! Experimente fazer um creme de brócolos, de alho francês ou de ervilhas e após reduzir a puré, junte três colheres de natas e passe novamente. Fica aveludado e óptimo.

      Eliminar
    2. A minha avó se fosse viva teria 100 anos. Era cozinheira e usava...

      Eliminar
  5. Quem já tem uma bimby não precisa disso :)

    ResponderEliminar
  6. Estás magríssima!!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário é no gozo, certo?!

      Eliminar
    2. Não fui eu quem fez o comentário acima, mas também é a minha opinião. Para mim, na minha opinião (temos sempre que vincar bem esta parte) a Ana está muito magra. E sim, na MINHA opinião, existem pessoas magras demais. Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Não acho que a Ana esteja já no "magra demais" mas para lá caminha e mais uns quilinhos ficavam-lhe bem, em especial na cara, quanto mais magra mais se notam os traços (não digo rugas, mas...) da cara e acho que se fica com ar mais pesado e "velho". Opiniões que vale o que valem, ou seja nada, mas são opiniões como as outras.

      Eliminar
  7. quando inventarem uma máquina que corte e descasque todos os legumes, então pensarei seriamente no investimento, até lá, as máquinas actuais são uma perda de euros......

    ResponderEliminar
  8. Surpreendi me... Boa Pipoca...

    ResponderEliminar
  9. A Ana não odiava cebola?

    ResponderEliminar
  10. Sopa com natas e bacon... muito saudável não há dúvida! Com natas qualquer um é rainha das sopas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A nata é só mesmo para enfeitar, não é obrigatória. O bacon também é opcional.

      Eliminar
    2. As pessoas são tão chatas.
      Vêm aos blogs para quê? Não é para se distraírem? Não sejam aborrecidas meninas e divirtam-se.

      Eliminar
  11. Podem comprar à vontade. Eu comprei e estou super satisfeita com ela, palavra de honra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recomenda mesmo? já peguei nela várias vezes...estou tentada!

      Eliminar
    2. Este produto já foi lançado há algum tempo, mas não encontrei nenhuma avaliação de consumidor online - e não gosto de comprar nada sem este tipo de informação. Namoro-a há algum tempo, mas não fiquei muito convencida com os vídeos que vi, em que os cremes pareciam "mal passados." (um pouco aguados, com pedacinhos, :((((). Bom ver a experiência da Pipoca e alguns comentários como o seu.

      Eliminar
    3. A minha ardeu a semana passada....E já esteve a arranjar a programação estou a ficar desiludida

      Eliminar
  12. Creme de cenoura com Bacon : a melhor sopa que comi até hoje

    ResponderEliminar
  13. Tenho uma e para quem não tem máquinas mais caras, faz um trabalho excelente.

    ResponderEliminar
  14. Expliquem me a diferenca disso para um tacho???? Ups so pk passa ???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que é - cozinha e passa. Ou seja - pode ir cuidar dos afazeres enquanto a máquina faz a sopa. É uma ferramenta útil para quem cuida de crianças pequenas e tem que ser multi-tarefeiro(a) à noite, por exemplo.

      Eliminar
  15. Essa máquina é maravilhosa!!! Queroo!!!!!

    ResponderEliminar
  16. Tenho uma é maravilhosa ☺ comprei à uns 5meses mas agora tenho uma bimby e vou vender esta por 50€ alguém quer? Garantia de 2 anos está nova. Podem contactar para 917979609

    ResponderEliminar
  17. Estou tentada! Quantos litros leva?

    ResponderEliminar
  18. Numa panela faço sopa nos mesmos 20 minutos. Pego na varinha mágica e voilà.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois exacto, também foi o que pensei. Acho que a parte boa destas maquinetas é mesmo eliminar-nos o trabalho de passar a sopa, que acaba por ser a parte mais chata (e barulhenta) :)

      Eliminar
    2. Como eu. Só p dizer que não temos que dar à manápula com a varinha magica. De resto...

      Eliminar
    3. Triturar demora menos de um minuto

      Eliminar
    4. Quem tem uma máquina deste tipo pode, por exemplo, ir tomar banho enquanto a sopa coze...a ideia é programar para nos libertar para outras tarefas de modo a que não tenhamos de estar de roda dos tachos :)

      Eliminar
    5. Triturar demora menos de 1 minuto?? Com que equipamento? A sério, não conheço mesmo, posso estar a perder anos de vida a triturar sopas!

      Eliminar
    6. Quem tem placa eléctrica programável pode perfeitamente ir tomar banho enquanto a sopa coze. Basta programar a placa para que se desligue ao fim de 20 minutos e depois é só lá ir triturar.

      Eliminar
    7. Não é de todoooo na redução a puré que despendemos o nosso precioso tempo,é sobretudo a descascar os legumes... Seca Brava! 😭 a menos que, se utilizem somente legumes congelados...não gosto. Que eu saiba, não existe nenhum robot de cozinha que nos isente da tarefa de corte de legumes frescos...como batatas, cebolas, alhos, cenouras, nabos.... Etc.
      Não vejo como poderá a cozedura numa clássica panela de inox, obstar à toma de um banhinho... Não me parece que tenhamos que espreitar a panela de 5 em 5 minutos!?! confecciono ótimas sopas há mais de 20 anos, método tradicional e não tenciono mudar!

      Eliminar
    8. Comentadores, podem dizer tudo o que quiserem, mas a segurança de uma máquina deste tipo a cozinhar, sem supervisão, é superior a uma placa de fogão, elétrica ou não. Podem criticar, por exemplo, a bimby pelo preço elevado, mas permite fazer uma sopa de espinafres de uma só vez, no mesmo recipiente (copo + varoma = creme + espinafres sólidos), ao contrário do tacho, pelos vistos muito amado :)

      Eliminar
    9. Uma amiga minha tinha um descascador de batatas elétrico, anónimo das 16h39.

      Eliminar
    10. O aparelho, apesar de descascar sozinho tem de ser supervisionado, alguém tem de colocar as batatinhas no descascador elétrico caro anónimo 23.01..
      Tralhas e mais tralhas de cozinha, mas cada qual sabe de si! 😁

      Eliminar
  19. Pipoca, eu sou a bruxa má das sopas. A minha filha está há um mês sem comer sopa e eu própria odeio sopa, especialmente as minhas que me sabem sempre ao mesmo, portanto entendo a pequena, só não sei bem o que fazer para não a transformar numa mini versão minha (neste campo pelo menos, vá). Vou experimentar a tua receita (sem bacon e natas, pronto, que a miúda é pequena), mas entretanto sugiro que partilhes algumas das tuas receitas de sopas super boas a ver se eu quebro o feitiço das sopas más :) por favor!! :*

    Por favoooooooor!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito mau abdicar da sopa... especialmente quando temos crianças em crescimento ..., como todos sabemos é essencial no aporte de vitaminas, minerais, etc... para além de combater a "obsidade infantil" e não só...o flagelo da sociedade!
      Experimente aromatizar as sopas com um pézinho de coentros, manjericão, oregäos,etc... ficam excelentes😉

      Eliminar
    2. Obrigada pela dica :)
      Eu estou a tentar várias formas de cativar a pequenita para a sopa. Mas tenho consciência que preciso mesmo de mudar o meu conceito de sopa... Por exemplo, eu nunca na vida comi um creme de ervilhas :/ a minha mãe também nunca fez um creme de ervilhas. Em pequena eu odiava sopa, mas infelizmente creio que estou a resumir as receitas àquelas que eu conheço e sempre detestei, que não passam muito dos cremes de cenoura, couve coração e pouco mais. Entendo mesmo que estando a entrar numa fase em que os sabores já despertam, a bebé esteja fartinha de cebola + cenoura + tomate + feijão verde / couve coração / brócolos... Mas a culpa é definitivamente minha. Preciso mesmo de alargar o meu leque de receitas! Tem toda a razão, a sopa é fundamental! (já eu por mim prefiro uma salada ou uns legumes ao vapor, mas isso a pequena ainda não come (porque acha a textura estranha))
      Obrigada por responder :)

      Eliminar
    3. Se não muda a sua aversão às sopas a criança vai pelo mesmo caminho. Portanto, mexa-se e faça uma pesquisa online, compre uns livros...ao invés de esperar por um post da Pipoca que pode demorar a chegar.

      Eliminar
    4. Isabel, sou novamente a anónima das 19.02h , não sei a idade da sua bebé , mas, confesso que tive alguma dificuldade a introduzir a sopa na dieta do meu filho mais velho...muitíssimo manhoso com a comida, perguiçoso a mamar e posteriormente na mastigação..., quando lhe introduzi a sopa, rejeitava-a porque só gostava do sabor adocicado do leite e das papas! Por sugestão da minha mãe, adicionei à sopa meia batata doce...foi "remédio santo" passou a comer toda a sopinha 😀 fosse ela simples, com carne ou com peixe. As folhinhas de hortelã tambem dão ótimo sabor.
      Bjinho e felicidades😃

      Eliminar
    5. Também não sou grande apreciadora de sopas, só gosto muito é de caldo verde, e quando como só sopa à refeição adiciono-lhe um ovo cozido cortadinho,e sem chouriço que não me faz bem. Mas a única maneira de dar a volta à aversão às sopas em geral é aromatizá-las com hortelã, ou coentros picados na hora de as servir. Ficam logo mais apetitosas.

      Eliminar
    6. Obrigada desde já! :)
      Hoje experimentei justamente os coentros e surpreendentemente a pequena já comeu algumas colherinhas, difícil foi convencer a provar!! :D De facto este caminho vamos fazer juntas, eu a reconciliar-me com a sopa e ela a conhecer mais variedades de sabores. É que já está num ponto em que seja sopa minha, das avós, etc., não quer à partida e depois só petisca o segundo prato. Mas com persistência chegaremos a bom porto, acredito.
      Obrigada a todas pela ajuda :*

      Eliminar
    7. Isabel, adoro sopa! Todas! cremes, com legumes inteiros, sopa de "entulho"...para mim, que tb tive dificuldade em fazer as sopas como gostava de as comer e batia sempre ao lado, percebi que: a quantidade de água que se põe é importante para ajudar a determinar a textura, mas é sempre melhor menos que mais. Faço da sopa, o meu compromisso vitamínico, ou seja os legumes o menos anti supermercado possível, vale biológicos, vale, feira, vale mercearia...e vale supermercado, mas em sos. Deixaros legumes cozinhar 30 minutos (a ferver) para ter a certeza que estão bem cozinhados é importante, cortá-los em bocados todos do mesmo tamanha ajuda. passar muito bem a sopa, faz diferença. Para 1,5 litro de água 1 batatas, 1 cebolas, 1 cenouras, para fazer a base. A seguir acrescento, meia courgete ou duas fatias de abóbora,1 alho francês, ou meio nabo...pode ter vagens cortadas em juliana e acrescentar depois da sopa passada, cubos de abóbora, feijão, grão, uma mão de espinafres... já aproveitei a sopa de cozer enchidos e pencas para fazer a base da sopa e fica divinal!Nunca esquecer sal, e azeite! Espero ter ajudado

      Eliminar
  20. Estás giríssima. É assim que eu gosto de te ver. SIMPLES. Less is More

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde,
    Tenho uma pergunta que se calhar aqui podem responder.
    Faço imensas pastas, com carnes ou sem, tanto faz. Uma trituração de ingredientes, para um ponto pastoso, a Jullie faz, sem problemas?

    Obrigada desde já pela ajuda!!!
    Alexandra

    ResponderEliminar
  22. Para um creme perfeito, depois de tudo cozido, juntar azeite e triturar até parecer que está pronta. Depois, triturar outro tanto... até o sabor é outro...

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis