Pub SAPO pushdown

Faces of the Stars

terça-feira, setembro 27, 2016


Há uns tempos estava a passar na praça central do Colombo quando olho para os lados e os meus olhos bateram numa foto incrível da Amy Winehouse. Aproximei-me para ver melhor e percebi que, além da foto da Amy, havia muitas outras absolutamente fantásticas. Frank Sinatra, Ava Gardner, Jane Fonda, David Bowie, Clint Eastwood, Rolling Stones, estavam lá (quase) todos. E as fotos eram maravilhosas porque se tratava de uma exposição do Terry O'Neill. Ali, assim à mão de semear, para quem a quisesse apreciar, a custo zero. Perdi ali um bom tempo a ver as 50 fotos e com muita, muita, muita vontade de surripiar uma para pôr cá em casa.  Enfim, a exposição "Faces of the Stars" vai estar no Colombo até amanhã. Bem sei que não falta muito tempo, mas se puderem dar lá um saltinho garanto que vale mesmo muito a pena. 

20 comentários:

  1. Fui ver e gostei bastante.
    Julgo que ainda há um pouco de preconceito quando se fala de exposições em centros comerciais.
    O que é uma pena porque esta vale mesmo a pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se é preconceito, mas eu pessoalmente abomino centros comerciais e conto pelos dedos de uma mão as vezes que vou a um. O Colombo então é pouco caótico.

      Eliminar
    2. Sim, é, de facto, caótico. Com preconceito referia-me à qualidade da exposição por ser feita num centro comercial.

      Eliminar
  2. Tive oportunidade de ver esta exposição, bem como uma que houve há alguns meses sobre Frida Kahlo no CascaiShopping. Iniciativas destas deveriam ser publicitadas!

    ResponderEliminar
  3. Se estivesse em Lisboa ia ver. Mas cá em Faro não fazem nada de jeito.
    Beijinho* Confissões de uma Pecadora by Valentina

    ResponderEliminar
  4. Adoro!
    (em Faro também fizeram uma do World Press Photo e adorei! é pena que não façam mais...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o que há para adorar na desgraça?

      Eliminar
    2. Primeiro, o World Press Photo não são só desgraças. Segundo, pode-se adorar no sentido de admirar e apreciar a fotografia, por ser algo que nos toca ou marca. Por exemplo, eu adorei o filme "O Pianista".

      Eliminar
    3. sexo, prostituição, guerra, incêndios...
      há muito pouco de positivo.
      A mim sempre marcou pelo negativo... se calhar ver alguém numa imagem cheia de sangue, ah

      muda o ano e a temática sempre as mesmas

      Eliminar
    4. A world press photo tem várias temáticas. Talvez ache uma seca por haver coisas que lhe parecem repetitivas, mas talvez o problema seja o tempo passar e os problemas no mundo mantém-se. E é por isso que a world press photo é importante: mostra-nos uma realidade diferente, problemas reais que é necessário combater. Não perceber isso é simplesmente só estar-se a borrifar para tudo. Que nunca tenha que passar por situações tao complicadas como aquelas que a world press photo mostra.

      Eliminar
  5. gostava de ver a da Ava Gardner, ela era tão linda

    ResponderEliminar
  6. Não vi a exposição mas tive de sacar a minha filha à força daquela estrutura à volta... Ups... E depois andava o senhor da exposição de volta a ver se ela tinha estragado alguma coisa... :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não está sozinha!! 😊😊😊

      Eliminar
    2. :) sinto-me menos sozinha eheh na hora fiquei tão atrapalhada que já nem fui a mais lado nenhum, fui logo embora meia a fugir enquanto ia vendo o senhor lá muito compenetrado a analisar a estrutura :s bom, eu sabia que ela não tinha estragado nada, meteu um pé no interior daquela coisa para aí 2 segundos, o que intimidou foi a atitude do senhor da exposição :p

      Eliminar
  7. Uma beleza tão diferente, mas tão especial também!

    Beijinhos ♥
    Mónica Rodrigues dos Santos
    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Vindo desse senhor as fotos só poderiam sair fantásticas :)

    Exposição que vale bem a pena visitar

    Um beijo Ana.

    ResponderEliminar
  9. E as exposições da Rita Carmo, alguém alguma vez viu? As fotos dela, dos rostos da música não ficam nada atrás destas e é um talento português.

    ResponderEliminar
  10. há tempos aconteceu-me o mesmo na praça central do colombo, onde estava uma exposição com ilustrações do Dalí (sim, do Salvador Dalí, originais!) feitas para a divina comédia de Dante. Uma exposição mesmo gira, onde além das ilustrações geniais, se explicava a obra, com actores portugueses a fazer das personagens em vídeo (lembro-me que a Ana Padrão fazia a "Beatriz"), olha top! Fiquei com imensa pena que uma exposição daquele nível não tivesse outro tipo de projecção, em primeiro lugar, porque merecia, e que estivesse ali meia "abandonada" no meio de um centro comercial e não numa casa de arte como a gulbenkian ou o ccb, onde é raro haver mostras deste nível. por outro lado, é óptimo que a arte se democratize e esteja ali ao alcance de todos, ainda por cima de graça. mas só andava lá meia dúzia de alminhas tão estupefactas como eu e o meu marido... tenho pena de já não apanhar esta do Terry O'Neill. Finalmente, num assunto completamente diferente, deixe-me dizer-lhe que o meu filho de 13 meses adoooora a capa do seu livro "já dormias, não?", fica ali horas a apontar para a chucha, o nariz e o cabelo do Mateus :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa exposição do Dalí, magnífica sim, esteve presente há uns bons anos no Palácio do Freixo, no Porto, onde a vi. Sublime.

      Eliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis