Pub SAPO pushdown

Ai então agora é para ter pêlos, é isso?

quarta-feira, setembro 28, 2016
Ontem estava a jantar, refasteladinha no sofá (sim, há dias em que janto no sofá, de tabuleiro no colo, não me chateiem), quando começou a passar este anúncio com a nova campanha da H&M. Tudo muito giro, e muito girl power, e as mulheres podem ser o que quiserem, e podem enfardar batatas fritas na cama (amen!), e rapar o cabelo, e palitar os dentes à mesa (ok, menos), e ter a barriga saliente, ou músculos muito definidos, e estar sentadas de pernas abertas (menos outra vez). Óptimo, tudo muito fixe, uma mensagem a puxar para cima, e uma música gira a acompanhar ("she's a lady, she's a lady, uhhh, uhhhh"), mas eis que, assim de raspão, os meus olhos bateram numa imagem específica. E eu tive de pegar no comando e andar com aquilo para trás, só naquela de confirmar se tinha visto mesmo bem. E tinha. Ora a imagem - que fez com que o rolo de carne quase se me ficasse atravessado na garganta - era esta:


Uoooh-oh-oh, calma lá com os cavalos! Então mas agora é fixe ter pêlos?
Agora é fixe levantar os braços e mostrar toda uma floresta amazónica? Por mim tudo bem, mas se calhar podiam ter-se lembrado disso mais cedo. Há umas décadas. Preferencialmente antes de eu ter nascido e de ter passado uma boa parte da minha vida a arrancar pilosidades, porque era isso que era suposto. Porque foi isso que a sociedade me impôs. Então a pessoa cresce a submeter-se à tortura de eliminar pêlos e agora vêm dizer-me,  com esta leviandade toda, que afinal está tudo bem, que podemos andar por aí em modo cão de água?  Vão-se lixar! Aliás, vá-se lixar a primeira mulher que olhou para as pernas, ou para o pipi ou para o raio que a parta e se lembrou "eh pá, isto giro, giro era livrar-me desta penugem toda". Foi por causa dessa cabra que passámos CENTENAS de anos a sujeitar-nos a esta  merda. E afinal, vai-se a ver, e não era preciso, porque já há marcas, tipo a H&M, que utilizam mulheres peludas e nos querem vender a ideia de que é muito cool, e muito natural, até bonito. Porra, decidam-se! Afinal é para ter pêlos ou é para não ter pêlos?  É que eu vejo muitas vantagens em ter. Não se gasta dinheiro, não passamos por processos dolorosos, não temos de andar a pensar se podemos ou não pôr uma saia ou um vestido. Mas vejam lá isso, não me façam ir para a praia em modo peluda e depois ser a única a ter vegetação a saltar do biquíni.

182 comentários:

  1. Ahahah concordo e que se decidam já

    ResponderEliminar
  2. Aquilo são pêlos? Ou é axila escura?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. achei precisamente o mesmo :)

      Eliminar
    2. São pêlos. Tem a ver com a mensagem do anúncio, com as coisas que as mulheres "supostamente" não devem fazer. Tipo ter pêlos nas axilas.

      Eliminar
    3. Quem.inventou a depilação mas nas mulheres foi o mesmo HOMEM que inventou a gilette. Queria fazer.mais.lucro e lembrou se de fazer um anúncio com mulheres a rapar os pelos. Informem se

      Eliminar
    4. pipoca, costumas ser mais inteligente do que isto. Não é o que as mulheres não devem fazer, não é essa a mensagem, a mensagem vai no sentido de, as mulheres podem ou não fazer a depilação, podem ou não pintar o cabelo, podem ou não ter barriga, decisões de cada uma, onde não cabe à sociedade fazer juízos de valor. Quem não gosta, desvia o olhar.

      Eliminar
    5. Malta, essa história da depilação vem já desde os tempos da antiguidade clássica, em que os homens TAMBÉM se depilavam. Depois temos as mulheres que (?) na idade média/renascimento (?) rapavam a testa. e olhem para os nus no renascimento (masculinos ou femininos).... não vemos homens de peito peludinho...

      Eliminar
    6. Isso é porque desconheciam as técnicas de esculpir pêlos...mas os renascentistas deviam ser uns gand'a gorilas, ainda que não quisessem assumi-lo, porque o Vitruvius fica melhor depilado...

      Eliminar
    7. Estive atentamente a ler os vossos comentários. Mas, alguém já se lembrou que quem faz por vezes depilação com giletes pode estar a fazer mal a sua saúde? A tirar o ph? Se nascemos com os ditos pêlos é porque eles nos fazem falta.Nao acham?

      Eliminar
  3. "Foi por causa dessa cabra que passámos CENTENAS de anos a sujeitar-nos a esta merda" LOOOOL! Muito bom xD

    ResponderEliminar
  4. Eu ainda tenho esperança de ver axileiros ( ja que há barbeiros) a sugerirem cortes escadeados e para as mais ousadas rastas ou tranças. E também como no sofa.

    ResponderEliminar
  5. Ainda não tinha visto e adorei o anúncio! Claro que também acho "menos" em certas coisas, mas isso é só a minha opinião. Não me parece que vá começar a andar com pêlos na axilas por aí - até porque já fiz fotodepilação - mas isso sou eu! Cada um(a) saberá o que aceita ou não fazer, e com o que se sente confortável, acho que acima de tudo que temos direito a esta liberdade que a H&M comunica :)

    Por exemplo, eu aposto que a maior parte das mulheres não seria capaz de ir passear o cão de pijama e eu faço-o todos os fins-de-semana :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E depois vai para a cama com o pijama que andou na rua?

      Eliminar
    2. E se for? :) Não me parece que vá dormir comigo... E quando vou à rua passear a cadela não me ando propriamente a rebolar na relva como ela.

      Eliminar
    3. Há coisas que só são falta de higiene. Mas lá está: nada comigo

      Eliminar
    4. Eu sou dessas que passeia o cão de pijama!

      Eliminar
    5. Adoro a resposta!! Eu não tenho cão mas era menina para ir de pijama tb!!

      Eliminar
    6. De facto! Lol

      Eliminar
    7. Bem respondido 😂

      Eliminar
    8. Bem respondido!!!lol

      Eliminar
    9. Ja fui passear o cao de pijama e depois dormi com ele. Alias é coisa q eu n entendo isso do "e depois dorme com ele?" Vejamos, a pessoa chega a casa do trabalho deita se no sofa 10 min, depois vai tomar banho, veste o pijama e deita se no sofa.. os micróbios estão lá todos na mesma, ninguem limpa o sofa antes d s sentar la c o pijama.. entao porque é que eu n posso passear d pijama e depois dormir c ele? Como ja disseram em cima não andamos a rebolar ou a arrasta lo no chão. E a menos q seja como o claudio ramos e mude de lencois todos os dias deixe me dizer que mesmo com pijamas lavadinhos e banho tomado, a cama continua cheia d seres a comer pele morta (não é uma ideia muito bonita mas é a realidade)

      Eliminar
    10. Até já há pijamas só para ir à rua, super cool! 😊

      Eliminar
    11. Com o exemplo de ir passear a minha cadela de pijama queria apenas demonstrar que se trata de liberdade :) Não me importa mesmo se as pessoas olham de lado ou estranham. É isso a liberdade: fazermos o que queremos sem pensar no que os outros vão pensar. Mas as pessoas focam-se sempre noutra coisa qualquer. Se há coisa que não tenho é falta de higiene, sou até um bocadinho obsessiva compulsiva com isso. Mas tento descontrair :) Duvido que me aconteça alguma coisa por dormir com o pijama com que fui à rua. E digam-me: quantas de vocês nunca passaram um dia inteirinho de pijama, até quando fazem a limpeza à casa e outras actividades do dia-a-dia?

      Eliminar
    12. Que coragem! :D Por acaso também costumo passear o cão de pijama, mas dou-me ao trabalho de vestir um fato de treino por cima! :) Durante o inverno, quando uso pijamas polares acho que devo parecer um autêntico lutador de sumo, mas quero lá saber!

      Eliminar
    13. Acho que "pior" que levar o pijama para passear o cão e depois dormir com ele, é o cão por as patas em cima do sofá depois de vir da rua, e deitarmo nos em pijama no sofá, recebendo essa "higiene" toda....e não vejo aqui nenhuma obessessiva da higiene preocupada com isso...ou limpam as patinhas ao cão quando chegam a casa? (duvido lol)

      Eliminar
    14. Eu não acho que seja ou questão de higiene.. mas pijama é para dormir não é roupa para sair a rua. Acho um desleixo... E que tal ir as compras de pijama?? ou trabalhar?? não vejo grande diferença...

      Eliminar
    15. Andar o dia inteiro de pijama, fazer limpeza à casa e voltar a deitar-se com ele para mim é uma novidade. Realmente descontrais imenso com a tua obsessão. (não sou o primeiro anónimo, vim só aqui pelas pipocas)

      Eliminar
    16. A mim ensinaram que o pijama é para dormir. Para fazer limpezas, ir deitar o lixo à rua ou ir passear o cão uso roupa de andar por casa (roupa prática velhota ou básicos baratos). Caso contrário ia tudo ao supermercado e ao banco de pijama, afinal somos todos livres não é? :)

      Eliminar
    17. Não só já fui de pijama à rua com os cães, como também de robe!!!
      Mas só mesmo à noitinha, muito tarde, quando supostamente já não corro o risco de me cruzar com alguém...
      Cláudia F.

      Eliminar
    18. A minha vizinha também vai comprar o pão ainda de robe e ás vezes com rolos na cabeça, mas aqui na província ninguém liga nenhuma...Depois, lá para a tarde está muito janota na pastelaria, mas esquece-se que a primeira imagem que vemos é a senhora em azul turquesa felpudo e de rolos na cabeça!! Também já é velhota...

      Eliminar
    19. Sei que pode não parecer, mas há algumas diferenças entre demorar 15 minutos na rua a passear a cadela às 8 (ou 7) da manhã de pijama do que ir trabalhar um dia inteiro com ele. Eu não durmo com o pijama depois de um dia inteiro a usá-lo ou de limpar a casa, meto-o para lavar. Até porque mudo imensas vezes de pijama, dormindo no máximo duas noites com o mesmo (obsessão, eu sei).

      Mas esta conversa não é só sobre mim, é sobre a liberdade de fazermos o que queremos, o que gostamos, sem nos termos de preocupar sempre com o que os outros vão pensar. E apesar de muita gente ter percebido a ideia, outras tantas não entenderam e fizeram aquilo que estou a tentar contrariar: criticar a maneira de viver dos outros. Eu sempre tive uma atitude de "estou-me nas tintas", mas há muita gente que não tem. São essas pessoas que devemos respeitar, quer elas queiram ter pêlos ou não, quer queiram andar de pijama ou fato na rua :)

      Compreendo a questão da higiene, apesar de muitas vezes isso não incomodar mais ninguém a não ser nós próprios, mas comigo não precisam de se preocupar, a sério :P

      Eliminar
    20. O melhor mesmo é arranjarem um post sobre o assunto, não estávamos a falar de pelos ? 😂😂😂😂😂

      Eliminar
    21. Isso também depende do sítio onde se mora, por exemplo a porta de saída do meu prédio dá para uma rua muito movimentada, e que dá acesso à baixa da cidade, por isso eu para ir levar o lixo ao contentor nunca vou com uma roupa qualquer (claro que não é necessário ser a melhor) porque me sinto mal, mas há zonas em que se pode ir até de pijama que não se encontra ninguém, especialmente à noite. Mas não critico ninguém de fazer a sua escolha, cada um deve sair à rua como se sente melhor, seja a passear o cão, seja por outro motivo qualquer.

      Eliminar
    22. E que tal ir treinar de pijama?

      Eliminar
    23. Se te andas a esfregar em cães com o pijama, não me parece que trocar essa roupa de 2 em 2 dias seja obsessão. Obsessão tem um pesozinho razoável para usares assim...

      Eliminar
    24. Adoro andar de pijama em casa todo o dia, mao vejo qual o problema. Vou à rua de pijama e se for preciso vou ao supermercado também. Acho qie ninguém tem nada com isso. E, aliás, é muito mais vergonhoso andarem muitas vezes feitas artistas porno na rua do que andar na rua de pijama.
      Quanto à higiene, nao deviam ser tao ignorantes. Porque ao fazer a cama, todos os micróbios do ar ficam lá alojados. Se por acaso até pensam em abrir a vossa janela de vês em quando, todos os microorganismos do meio ambiemte também lá ficam. Portanto qual é o problema de apanhar os micróbios do ar por andar de pijama, quando os mesmos estão nos lençóis?

      Eliminar
    25. Onde é que eu disse que me ando a esfregar em cães com o pijama? Só tenho uma cadela e não me esfrego nela... Nem de pijama, nem de forma alguma. Faço-lhe festinhas, os mimos normais. Tal como dou um abraço às pessoas de quem gosto.

      Treinar de pijama é capaz de não dar muito jeito, mas olha que não me importava nada, tendo em conta as horas que às vezes demoro a enfiar-me nas leggings.

      Tenho de concordar com o post, que esta enxurrada de comentários já está a ficar longa! Um post sobre ir ou não de pijama à rua (haviam de ver um dos últimos looks que a Chiara Ferragni partilhou), quantas vezes trocar de pijama por semana, esfregar ou não nos cães de pijama, quiçá arranjar uma roupa de "esfreganço em cães". Fica a sugestão, Pipoca!

      Eliminar
    26. Mais uma vez o se humano está mais preocupado em criticar do que a entender e respeitar a liberdade de cada um....Eu acho que faz mt bem em ir passear o cão como se sente confortável...todos a criticam...mas antes de criticarem ja olharam bem para eles???? Duvido...dou -lhe todo o meu apoio....apoio a sua liberdade e coragem e fazer o k gosta como se sente bem...Parabéns
      Drika

      Eliminar
    27. Muito engraçada essa preocupação com quem vai à rua de pijama passear o cão e depois, de noite, se deita na cama de pijama novamente. Eu não só vou à rua de pijama passear o cão, como me volto a deitar de pijama, como ainda durmo com o dito cão. São coisas. Assim de repente acho que ninguém nesta caixa de comentários virá a dormir comigo e, até ver, ainda não me aconteceu nada de mal por sair à rua de pijama.

      Eliminar
  6. ahahahah
    Aconteceu-me exactamente o mesmo: sentada no sofá, a jantar e de repente TUNGAS! "Mas o que é aquilo"?! E toca a puxar atrás o anúncio.

    Mas continuo a preferir sem pelos.. :)

    ResponderEliminar
  7. Não são pelos, é sombra. Aliás numa das axilas nota se perfeitamente que não tem pelos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe outra vez por favor.
      São pelos sim, só que louros.

      Eliminar
    2. se calhar são pêlos implantados para o anúncio e daí parecer assim uma coisa estranha, quase morta...

      Eliminar
    3. eu queria dizer, uma "natureza morta"...Ahahahahahah!

      Eliminar
  8. Muito bom o texto !!! 😂😂😂😂😂😂

    ResponderEliminar
  9. Não tenho a certeza se são pêlos ou apenas uma sombra... Aumentando a imagem parece que não há pêlos :) mas concordo com tudo... Qual o problema de termos pêlos? Portanto os homens podem ter todos os pêlos do mundo que ninguém acha mal. Mas as mulheres se tem um pêlo já cai o carmo e trindade. Só devíamos fazer depilação se todos os homens também fizessem! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os homens isto e nós não, os homens aquilo e nós não, só faço isso se o homem fizer, só faço aqiilo se o homem fizer
      Feministas século XXI -.-'

      Eliminar
    2. Estou-me a marimbar se os homens (ou outras mulheres) não fazem depilação. Eu cá não gosto de pêlos, logo faço depilação. Cada um sabe de si.

      Eliminar
    3. Tem todo o direito de fazer o que quiser :)
      Eu pessoalmente detesto ver pelos em axilas e pernas e outras partes femininas.
      Os meus já foram, independente da moda voltar ao contrário ou não!

      Eliminar
    4. Anónimo das 18:57 - não é não fazer porque os homens não fazem, é ter a infeliz consciência de que o mero facto de nos ter calhado ser mulheres nos "prende" a uma data de obrigações e nos torna alvo de perceções às quais os homens escapam. Para quem está acordada no seio de uma sociedade que tanto condiciona, todas estas particularidades tornam-se muito incómodas. Eu posso ou não fazer a depilação, não quero é que o meu corpo seja milimetricamente escrutinado.

      Eliminar
    5. E tu que não viesses, Nádia. Eu concordo com o que tu disseste mas o grande problema do feminismo "atual" é que em vez de lutarmos por nós, lutamos para que nos sintamos melhor que os homens mesmo que se trate da coisa mais inútil. Queres um exemplo? Há uns tempos saiu a notícia de que aquele ícone dos pedidos de amizade do fb tinha sido alterado - a mulher passou para a frente do homem - e isso para muitas mulheres foi uma grande conquista. Mas estamos parvas ou quê? Estas questões da depilação, das roupas e blá blá blá são tretas. Há verdadeiras causas como a mutilação genital feminina, os casamentos forçados, mulheres sem direito a voto nem educação que são verdadeiras prisões à liberdade das mulheres.

      Eliminar
    6. Ora, alguém tinha que vir :)
      Eu não acho que existam assuntos irrelevantes - o machismo sustenta-se em mil e uma pequenas práticas e assumpções do quotidiano. São os micro-machismos que validam os atos que estão na base de grandes problemas. Se uma sociedade me diz que por ser mulher devo estar depilada, vejo isso como um problema. Tal como não é por saber que existe a mutilação genital feminina que me não me irei incomodar com o assédio verbal de rua. É tão importante combater os fenómenos à escala macro como lutar para mudar a forma como as mulheres são percebidas. E isso inclui mostrar que uma mulher não é nojenta ou desleixada por não depilar as axilas, sim.

      Eliminar
    7. Claro, Nádia. No que diz respeito a machismo, não há assuntos irrelevantes, todos merecem atenção - dos mais "leves" aos mais pesados. Agora, eu pergunto-te se achas realmente que esta questão da depilação é um caso desses,merece atenção?repara que ninguém te obriga a nada, ninguem põe em causa a tua vida se tu não te depilares entendes? A minha pergunta é se não somos, nós mulheres, que colocamos essa tal pressão em cima de nós. Eu acho sinceramente que somos. Se a partir de hoje tu e qualquer mulher deixassem de se depilar, rapassem o cabelo, tivessem barriga, se sentassem de pernas abertas, vestissem aquilo que bem lhes apetece sem ligar a tendências (estes são exemplos do vídeo da H&M), aconteceria alguma coisa? Não. (No máximo ouvias uns comentários desagradáveis de homens e de mulheres também). Agora e se uma mulher cuja cultura a obriga a casar com um homem que não ama nem sequer conhece se recusar a faze-lo, tentando impôr a sua vontade, pode fazê-lo sem ter que aguentar as duras consequências? não, esta é a diferença, Nádia. A diferença é que tu tens liberdade para te depilar ou não e a partir daqui nada mais há a discutir. E quando dizes que é imporante mostrar às mulheres que não são nojentas por não se depilarem, sim concordo - esse é um pensamento geral da sociedade que inclui homens em mulheres, são mentalidades pobres de pessoas pobres de espírito - mas não é machismo, desculpa.

      Eliminar
    8. e só para complementar a minha ideia, tu dizes acima que "Eu posso ou não fazer a depilação, não quero é que o meu corpo seja milimetricamente escrutinado". Vês pelos vários comentários aqui publicados que as próprias mulheres são as primeiras a dizer que os pelos são nojentos e que não são higiénicos...então trata-se de machismo? repara que o facto de julgar a aparência de uma pessoa, seja porque tem pelos, seja porque usa maquilhagem, seja porque tem o cabelo rapado, não é uma questão machista mas sim algo inerente à sociedade. Somos assim, todos nós somos assim, julgamos a aparência, pronto. Obviamente que não temos o direito de insultar nem sujeitar alguém a ouvir os nossos comentários preconceituosos.

      Eliminar
    9. Anónimo das 11:13 estou completamente de acordo!

      Eliminar
    10. Reitero o que disse no comentário anterior: não acho que esta, nem nenhuma questão do espectro temático do sexismo, seja irrelevante. Todos os micro-machismos contribuem para uma mesma teia de significado simbólico. Se as mulheres são julgadas por se atreverem a sair à rua com pêlos nas pernas e nas axilas, se é considerado nojento (não vale dizer que nem todas as pessoas acham nojento - estamos a discutir a posição generalizada ao nível social) enquanto a mesma postura nos homens é vista com naturalidade, então trata-se de sexismo. Mesmo quando as críticas partem de outras mulheres. O Bourdieu explica na perfeição a forma como numa sociedade como a nossa (na qual, felizmente, o machismo não está engessado na lei), são os próprios dominados que auxiliam a dominação... disso é exemplo as muitas mulheres que aprendem a ver as outras como inimigas e como competição em vez de abraçarem a noção de sororidade.

      Em suma: a minha luta, no meu país e na minha realidade, contra a objetificação feminina, o assédio verbal de rua, a violência doméstica, etc., não tem menos relevância que a luta pelo fim da mutilação genital feminina, por exemplo, até porque nenhum dos grandes problemas que afetam as mulheres acontece num vácuo, sendo tributários de uma visão generalizada e milenar sobre o feminino. As mulheres não são mutiladas porque sim, não são vítimas de violência doméstica porque sim, não são assediadas nas ruas porque sim, não são obrigadas a casar ainda crianças porque sim. Há um contexto de dominação e objetificação que urge ser desconstruído a partir da base.

      Neste sentido, mesmo que num determinado espaço e momento o assunto seja a depilação, não deixa de ter relevância. Para mim, isto tem que ver com a minha formação e profissão - fui "treinada" para analisar a cultura, a sociedade e as suas teias de significado - mas não deixa de ter aporte na minha vida pessoal, tal como tem na de qualquer feminista. Até umas axilas não depiladas podem despertar curiosidade e servir de mote a uma conversa entre mulheres, sendo uma delas introduzida a questões que nunca antes tinha ponderado, de tão enraizadas que estas coisas costumam ser. Já me aconteceu :)

      Eliminar
    11. Obrigada Nádia. Haja alguém aqui com um pingo de noção. É que por vontade da anónima 11:13, só era permitido a mulheres abrirem a boquinha quanto a matérias onde são discriminadas, se as suas vidas estivessem em risco. E olhe lá!...

      Quanto à anónima, a sociedade absolutamente dita que mulheres com pêlos, púbicos ou outros, é menos "limpa" e mais "desleixada" que homens exactamente na mesma situação - e isso é machismo, desculpa. Tal como serem "as próprias mulheres as primeiras" a fazerem auto-julgamentos desiguais e auto-flagelantes, ou a terem atitudes misóginas, sim, também se trata de machismo, decorrente de uma sociedade de cultura machista, onde a mulher existe apenas para satisfazer propósitos decorativo-sexuais de homens, e obrigada a silenciar-se por defeito. Desculpa.

      Eliminar
    12. Eu não quero estar aqui a prolongar esta discussão e acho que fui bem clara na mensagem que quis passar. Para ser mais elucidativa, pergunto quantos homens é que já não ouviram comentários menos agradáveis, vindos de homens e mulheres, por se apresentarem na rua com as pernas depiladas! sim, apesar da depilação masculina ser algo cada vez mais frequente e comum principalmente por parte de jogadores de futebol, modelos etc, a verdade é que muitos homens também sofrem com o que vocês estão a chamar de sexismo. O que quero dizer é que não estaremos nós a confundir sexismo com a simples tendência que a sociedade tem de julgar, apontar o dedo, gozar, olhar de lado para o que é diferente...

      Eliminar
    13. Foi clara sim senhora, o que não significa que concorde consigo.
      Para terminar, também: é evidente que os homens são, eles próprios, vítimas do machismo. Ser mulher é tão inferior no espírito coletivo que quando se quer insultar ou desmerecer um homem é chamado de (ou diferentes variações de) mulherzinha. E quem critica um homem que se depila chama-lhe maricas, paneleiro. O machismo está igualmente presente ;)

      Eliminar
  10. Já há vários anos que as feministas, daquelas à séria, tentam abolir a depilação. Por mim acho bem, que eu até sou rapariga que se descuida de quando em vez e não acho que venha mal ao mudo por isso, mas daí a elas quererem a todo o custo que todas as mulheres deixem de se depilar, mesmo aquelas que dizem que não querem ser peludas, e que nos tratem, nós que ainda nos vamos depilando, como machistas, misóginas e outros mimos do género... quer dizer, passamos da tirania da depilação para a tirania da pelugem?

    ResponderEliminar
  11. Ana, é preciso ver o contexto do anúncio. Trata de tudo o que uma mulher nao deve fazer (as posiçoes em público, etc). A campanha está giríssima, e aqui os pelos estão muito bem.

    ResponderEliminar
  12. Acho que são manchas.
    A miúda tem uma axilas horríveis, coitada.

    ResponderEliminar
  13. A minha reação foi igual, parei a imagem e fiquei em choque. Afinal as francesas que sempre andaram com o tufo de fora, estão na moda??? Nahhh

    ResponderEliminar
  14. Mais do que escolher um padrão de beleza/estética/moda convencionado pela sociedade, bom mesmo era cada um ser verdadeiramente livre de fazer o que quisesse, sem que nenhuma das decisões fosse criticada. Isso é que era...

    ResponderEliminar
  15. "Palitar os dentes à mesa (ok, menos)" ...o quê, tu fechas-te na cave para palitar os dentes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que a maioria das pessoas usa fio dentario na casa de banho.

      Eliminar
    2. Pessoalmente, prefiro escovar os dentes. Opções.

      Eliminar
    3. Eu também (aliás, não é porque palito os dentes que já não escovo os dentes) mas nem sempre tenho oportunidade de o fazer (não ando com a escova de dentes atrás de mim) e portanto palitar os dentes (de forma discreta) é uma opção. Mas peço desculpa por não ter essas vossas regras de etiqueta, vou tirar um curso.

      Eliminar
    4. Concordo com o anónimo das 18h50. Eu também lavo os dentes 3x ao dia e uso fio dentário na casa-de-banho. Mas se for jantar fora e comer, por exemplo, um bife de picanha (que é uma carne fibrosa) e ficar algum pedacinho preso num dente, obviamente que discretamente vou usar um palito.

      Eliminar
    5. Raramente uso palitos (nunca o fiz fora de casa), mas por vezes a meio da refeição fica um pedaço de comida preso de uma maneira que se torna aflitiva (tenho os chamados dentes de "mentirosa" com espaços que não são demasiado óbvios mas são o suficiente para prender comida). Acho perfeitamente normal usar palito nessa situação (num restaurante aguentava), até porque não ia lavar os dentes a meio do jantar.

      Eliminar
    6. Não anda com a escova mas pode andar com uns palitos descartáveis. Eles até estão embalados individualmente. E não tire um curso.... Tire dois

      Eliminar
    7. Ó minhas queridas!! Até parece que vocês não vão ao dentista!! Palitar os dentes é péssimo para os mesmos e as gengivas. É por isso que as caixinhas de fita ou fio dentário são pequeninas e podem andar na carteira!!

      Eliminar
    8. Extatamente, anónimo das 22:33 (sou o anónimo das 18:33 e das 18:50). Ando com palitos descartáveis e até os próprios restaurantes têm (pelo menos aqueles que frequento) desses palitos

      Eliminar
    9. Experimentem usar aparelho e depois venham com m#rd@s. É palito, é escovilhão, é unha, é o que estiver à mão! Ou isso ou um pedaço de alface a decorar as dentolas!

      Eliminar
    10. Gajinha eu usei aparelho durante anos e para isso há bom remédio: lavar os dentes. Não é a melhor coisa andar com a escova sempre atrás mas é o necessário.

      Eliminar
    11. Anónimo, lavar os dentes é a melhor opção para quem tem e para quem não tem aparelho. A questão aqui colocada é palitar os dentes ou não (quando lavar não é opção). ;)

      Eliminar
  16. Ahahah eu fiquei abismada com essa publicidade.

    ResponderEliminar
  17. Quero a indemnização por danos morais da clínica onde fiz depilação a laser!
    Não me avisaram que daí a uns anos ia ser a matrafona do pedaço (por não ter pêlo no sovaco).

    ResponderEliminar
  18. Na minha opinião, sim acho que as mulheres têm alguma (bastante) pressão com a questão da depilação (e a prova está no facto de estarmos aqui todas a discutir o assunto). No entanto, paro para pensar e cheguei à conclusão que me depilo porque quero...sinto-me bem quando estou depilada, "limpa" e higiénica. Ok, admito que já abdiquei de vestir uma saia ou de ir à praia porque tinha pêlos nas pernas e pensei "será que vão reparar"? (Lá está a pressão). Mas zonas como axilas e virilhas, acho que é uma questão de higiene...podem começar a andar aí com a floresta à mostra que eu vou continuar a depilar ;)

    ResponderEliminar
  19. Gastei fortunas na depilação a laser e agora é que avisam?!

    ResponderEliminar
  20. Só me apraz dizer uma coisa... Que nojo! xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nojo? Que eu saiba todas nós nascemos com pelos.... Nojo?

      Eliminar
    2. Então, para si, os homens são nojentos. Certo?

      Eliminar
  21. Há uns tempos fiquei a saber que há mulheres que fazem transplantes capilares de pêlos púbicos - arrependidas da depilação total que, aliás, até é perigosa para a saúde. Modas... Bom seria se cada um pudesse fazer o que quisesse, o limite é a liberdade dos outros e não os respectivos gostos, opiniões, manias ou crenças. Com pêlos ou sem eles, ninguém tem nada com isso.

    ResponderEliminar
  22. Com pelos ou sem pelos, digo-vos uma coisa, as axilas daquela menina são horríveis!! 😱

    ResponderEliminar
  23. Bem... Das duas uma: ou não refletiu bem sobre o assunto ou a sua falta de bom senso é gigante. A ideia do anúncio (que eu considero genial) é mostrar que a mulher tem poder de decisão sobre o próprio corpo. É por causa de julgamentos fúteis como esses que as mulheres passam os seus dias a sofrer para se enquadrar nos padrões que a sociedade considera os adequados... Deixe-me dizer-lhe que, se ainda não reparou, são bastante contra-natura.
    A ideia não é instituir a tirania dos pelos mas sim normalizar aos olhos da sociedade aquilo que é natural, para que as nossas opções sobre O NOSSO CORPO não sejam alvo de julgamentos descabidos como esse.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já percebi que tenho mesmo de pôr sempre o disclaimer "ironia/humor" no final de cada texto.

      Eliminar
    2. Olha, esta descobriu a pólvora! Se tivesse lido bem o texto da pipoca, a ideia do anúncio está lá. Bolas, que não há pachorra para estes comentários!

      Eliminar
    3. A Marta tem razão no que diz, em parte. Mas a verdade é que se uma mulher andar na rua com as pernas cheias de pelos (e há pelos tão grossos, que parecem fios de cabelo) e com as axilas estilo Rosa Mota, todos olham e torcem o nariz! São décadas e décadas e sacar pelos. O cérebro não é "desformatado"assim de repente.
      Modas à parte, peludas ou peladas, eu continuo na minha: bendita depilação definitiva que fiz!

      Eliminar
    4. Hahaha ó Marta... é nova cá no burgo, não é?

      Eliminar
    5. De facto, Pipoca, as pessoas não conseguem mesmo perceber o que é um texto irónico! Não devem ter andado atentas às aulas de português...

      Percebe-se a léguas a ironia com que todo o texto foi brilhantemente escrito.

      Eliminar
    6. Sugiro que coloque o disclaimer logo no início, antes do título. No fim? Tarde demais.

      Eliminar
  24. Não é cool nem deixa de ser. Fixe, fixe é podermos andar como gostarmos: com pêlos, sem pêlos ou indo fazendo a depilação quando nos dá na gana. Eu não gosto de me depilar, é algo que me dá imensa preguiça e passei toda a vida a ter vergonha do meu corpo (é que para além de não gostar de me depilar, ainda por cima tenho muitos pêlos). Deixar de descolorar os pêlos nos braços e parar de depilar as axilas foi algo que só ganhei coragem para fazer nos últimos dois anos e tornou-me numa mulher mais segura de si. Nenhum parceiro sexual se queixou ou deixou de estar interessado em mim por causa disso: até dá jeito fazer uma triagem.
    E para quem está a fazer comentários sobre higiene: espero que saibam que esta se faz com água e sabão e não com uma gilete ou banda de cera. Afirmar que uma mulher que não se depila tem falta de higiene é tolo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahaha tola és tu, f*da-se, que comentário mais paranoico

      Eliminar
    2. Que comentário mais imbecil é o seu, que também demonstra a sua ignorância, quer do significado de paranóia quer da função dos pêlos, a qual é a de proteger e facilitar a transpiração.

      Eliminar
    3. Quer dizer que tem pelos acumulados nas axilas há dois anos!!??? imoji com ar assustado...

      Eliminar
    4. Claro que sei que os pêlos são agentes protetores....aliás, são a primeira barreira que os agentes externos encontram. Quando referi que é paranoica, estava a falar da parte em que diz que higiene é água e sabão. Sabe que posso achar que fazer a depilação é higiénico e não é por isso que não dou uso também à água e ao sabão ;) cuide-se

      Eliminar
    5. Desconfio que o anónimo das 00:14 não sabe o que quer dizer "paranóia"...

      Eliminar
    6. Fazer triagem????????????????
      Explique lá isso.

      Eliminar
    7. Melhor comentário!!!
      Também gostava de saber mais sobre essa coisa da "triagem".

      Eliminar
  25. Mas pêlos é um bocado nojento, não é?! Ok, gastam muito dinheiro (eu não gasto porque a genética foi simpatica e não tenho pêlos, mas só não tenho nas pernas!), é doloroso...mas ter pêlos não é agradável à vista, não é higiénico, e agora levantamos os braços, sim, ainda está calor para mostrar os sovacos, eé só pêlos??!! Não!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde quando é que ter pelos não é higiénico? A higiene passa pelo banhinho, acima de tudo. Lá porque não gosta não vale a pena inventar teorias.

      Eliminar
    2. Ora seguindo essa linha de raciocínio... os homens são nojentos? É que a maior parte não se depila.

      Eliminar
    3. Também não percebo o que tem a higiene a ver com os pelos.

      Eliminar
    4. ...não se depila e alguns têm pêlos, a sair pelas narinas, pelas orelhas, nos dedos da mãos e dos pés. Parecem autênticos lobisomens, já nem vou falar dos que têm pêlos nas omoplatas...até dá uma certa pena, porque parece que permanecem primitivos! Talvez no futuro a Humanidade seja totalmente "pelada" e quem preservar algum pêlo ou resquício de cabelo seja muito apreciado!

      Eliminar
  26. Em 2016, parece-me absurdo que a campanha da H&M ainda cause tanto sururu. Se uma mulher se quer depilar, depila-se, se não quiser, não se depila.

    Tanto histerismo à volta do assunto não passa de uma tontice.

    ResponderEliminar
  27. Eu sou totalmente anti-pêlos, não suporto ter pêlos, não me sinto bem com eles. Há uns tempos decidi fazer a depilação definitiva no buço, pareceu-me uma ideia fantástica. Depois percebi que, feita a primeira sessão (e seriam várias sessões) não podia arrancar mais os pêlos, ou seja, após a primeira sessão eles iam cair, mas até à segunda sessão iam voltar a crescer e eu não os podia arrancar. Desisti da ideia.

    Para mim a depilação é só mais uma componente da minha higiene pessoal, é-me tão normal e precisa como tomar banho ou escovar os dentes. Esta é a decisão que tomei quanto aos pêlos. As restantes mulheres devem fazer aquilo que quiserem. Se tiram os pêlos ou não isso é com elas, cada uma sabe de si.

    E se existem caras admiradas quando vêem mulheres com pêlos, também existem caras admiradas quando vêem homens sem pêlos. A minha opinião mantém-se: cada pessoa sabe de si.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguém como eu. Concordo com tudo.

      Também detesto pelos no meu corpo. Blhac...

      Felizmente que tenho poucos. Os que tenho são exterminados.

      Comecei a fazer a depilação total no pipi, em miúda, ainda não tinha atividade sexual. (longe disso)

      É uma decisão intima e pessoal, nada relacionada com terceiros. Faz, como bem disse a Pilar, parte da higiene pessoal.

      Eliminar
    2. Adorei o termo "exterminados", é mesmo isso! :P

      Eliminar
  28. Oh raios que estava a meio de um comentário e a página «pulou» e perdi tudo.
    De novo... Bem, eu respeito toda as opções e escolhas, eu prefiro sem pêlos. Sinto-me melhor sem eles.
    Agora imaginem lá um rapaz girissimo, mas mesmo muito giro, e na hora do bem bom, é tanto pêlo, mas tanto pêlo que fica difícil achar o pipi dele. O que acham? Gostam?
    Ah vão agora dizer, ah mas ele não dá nem uma aparadinha? Não, minhas senhoras, não dá.
    Ah me desculpem mas eu nao aguento :-P Prefiro tudo lisisnho. ;-) Bem melhor parar por aqui senão vai virar 50 sombras de grey lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os gajos que conheces têm pipi?! Se tem pipi, lamento informar-te mas, é uma gaja!Com ou sem pêlo continua a ser uma gaja!

      Eliminar
    2. Gajinha linda,
      Pipi, para não dizer pau, rola, pica, car@lho, badalhoco, cambão, piróca, verga, cana, lascão, instrumento, bregalho, pirilau, cegonho, pombo, cobra, cazzo, pingola, cacete, pistola.....hum...acho que não lembro de mais nenhum e outros nomes giros que posso dar aqui, se bem que duvido que seja publicado. Quanto ao nome do pipi feminino também tenho uns bonitos, mas deve de conhecer já certo? ;-)

      Eliminar
    3. Credo anónimo! Desses nomes só conhecia uns 2 ou 3! Quanto ao feminino só conheço mais 1, Xaroca. E aprendi com a Pipoca (até rimei) quando colocou o video da casa dos segredos. :D

      Eliminar
    4. Credo mesmo Gajinha :-D
      Tb acho bem feinhos, por isso chamei de pipi...(fica mais delicado) lol
      Já para o feminino tb há nomes bem feinhos, coitadinha da pepeka :-( lol Já é tão feia, e ainda dão nomes ainda mais horrendos para a pobre. lol

      Eliminar
  29. Eu regressei de férias de um país do norte , hiper civílizado e tudo e tudo!! Elas lindas, (algumas), altas , loiras e ruívas tb morenas ...todas à vontade sentadinhas na esplanada a beber uns copos e a mostrar as perninhas algumas com bastantes pêlinhos a brilharem ao sol ...agora toca lá a espreguicar os bracinhos ,que näo é nada falta de educacäo e arejar mais uns pêlotes que está calor e sabe bem ... Eu devia ter feito cá uma cara de morrer a olhar porque, o meu homem ia morrendo de rir a olhar para mim !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já eu gosto de apreciar estrangeiros a olharem de lado para os locais, é impagável. Penso sempre que por mais viagens que façam, nunca vão encarar com naturalidade o que é diferente. Há pessoas que só merecem passar férias no Algarve...

      Eliminar
    2. São países hiper civilizados, é bem verdade. Depois vão para lá os turistas e borram a pintura. Em vez de estar a observar (nada creepy) as meninas na esplanada, tenho a certeza que havia coisas mais interessantes para ver...

      Eliminar
    3. An. 13:16: Concordo plenamente com o seu comentário.

      Eliminar
  30. Viva a penugem! Quantas infecções urinárias podiam ser evitadas se mantivessem os pêlos, que nascem para nos proteger?

    ResponderEliminar
  31. Pois a depilação tem algumas vantagens... acho eu... imagina passar a língua num pipi tipo floresta amazónica :D... não dá. Por outro lado, é verdade que já se vai vendo uns pipis à moda antiga, outra vez... por mim o que seja está bem.

    ResponderEliminar
  32. Não é higiénico porque? Nunca entendi este ponto de vista. Se as pessoas tiverem tendência para suar, ficam a cheirar mal com ou sem pêlos. De facto com pêlos acumula-se mais bactérias, mas isso é facilmente tratável se uma pessoa lavar-se todos os dias, ou até em casos de muito calor lavar as axilas duas vezes (eu depilo-me e nos dias que suo mais lavo o corpo de manhã e de noite).

    ResponderEliminar
  33. Não pipoca não escrevas nada no final dos textos é bem mais divertido ler estes comentários...
    É impossível que as pessoas não se percebam da ironia do texto?!

    ResponderEliminar
  34. Bem como homem devo dizer que sempre houve em certas sociedades em que não havia a devastação da zona das axilas.
    Aliás tive em tempos uma namorada de raízes francesa que não depilava essa zona do corpo. Se me meteu impressão? Não, sou sou propriamente pessoa de gostar beijar axilas. Quanto ao resto da penugem, aguenta ai os cavalos como dizes.
    Essa de "Não se gasta dinheiro, não passamos por processos dolorosos.." eu questiono o mesmo. Eu aceito um pipi com pelos quando vocês aceitarem um Malaquias sem pelos. E mesmo assim não sei se me aguentava com pelugem á volta..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O "Malaquias" não tem pelos...o pelo é à volta...

      Eliminar
    2. Anónimo das 21:32, há muitas mulheres que preferem os homens não depilados. Eu, por exemplo. Claro que depende da quantidade de pêlos... Também não peço nenhum Tony Ramos. Mas o meu namorado não tem muitos pêlos e eu gosto de o ver com eles.

      Eliminar
    3. O meu namorado tinha um corpo lindo e naturalmente pelado, passados doze anos surgiram pêlos por todo o lado e eu senti-me como aqueles gajos que casam com uma boazona e depois de uns anos têm um "coiro" lá em casa...

      Eliminar
    4. Bem, o que já me ri com o comentário da anónima das 13:10!!

      Eliminar
    5. Anonimo das 13:10 o seu namorado na altura tinha o que, no máximo 5 anos? Digo isto porque os pelos começam a aparecer na adolecencia/juventude...

      Eliminar
  35. Ahhh! O texto está muito engraçado ( muito humor!!!), e o anúncio também.

    ResponderEliminar
  36. Que nhéck!!

    Beijinhos ♥
    Mónica Rodrigues dos Santos
    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  37. Não acho que ter pelos seja anti-higiénico. Vamos dizer que os homens são porcos por não tirarem os pêlos? Bem me pareceu que não.
    Se os pelos lá estão, há razões para isso, que todos aprendemos nas aulas de ciências. Eu tiro os meus pelos sim, sinto-me melhor sem eles mas por razões de estética e conforto (skinny jeans e pelos compridos é uma combinação dolorosa). Higiene? Indiferente. Se a preocupação é com a fauna que pode lá habitar mais vale raparmos todos as cabeças ;)

    ResponderEliminar
  38. Afinal é para ter pêlos ou é para não ter pêlos, eis a questão. Mas a moda agora manda?
    é pra ter o que nós bem entendermos. Não serei menos ou mais mulher, menos ou mais bonita com ou sem pêlos :)
    (ps.: porque é que ter pêlos é nojento? é que, se assim for, 80% da população masculina é muuuuito nojenta!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão! As pessoas é que estão formatadas para a depilação feminina, por isso só acham nojentos os pelos nas mulheres :(

      Eliminar
  39. Ainda não vi o anúncio..mas se era para dar nas vistas colocavam uma morena. Sempre se notava mais, mas quiseram ser subtis. Este ano na praia havia algumas estrangeiras nestas figuras tristes. Mama ao léu e pelo por todo o lado. Não axo piada!

    ResponderEliminar
  40. Centenas? A mim parece-me que a obsessão com a depilação é que é uma moda recente. Obsessão mesmo, ao ponto de, mesmo nos anúncios televisivos a Veets e afins, a modelo já estar depilada antes. Que cada um(a) faça o que quiser, desde que não seja por imposição ou medo de parecer mal. Depilo-me quando me apetece e se me apetece, e não tenho -mesmo!- vergonha de sair à rua com os pêlos das pernas e das axilas mais crescidos. De nojento não tem nada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já somos duas! Também não tenho propriamente muitos pêlos... Ainda assim, no Verão ando quaso todos os dias de vestido / saia / calções e nem sempre tenho a depilação "on-point" e não é por isso que deixo de mostrar as pernas.

      Eliminar
    2. Por aqui é igual Nádia, é quando me apetece!

      Eliminar
  41. Naaa, se a cabra da primeira mulher não se tivesse lembrado de tirar os pelos eu era capaz de ser essa infame pioneira. Odeio pelos. Com 13 anos já andava a tirar tudo o que era pêlo de zonas recônditas (e não era por motivos eróticos). :P

    ResponderEliminar
  42. Achei a pub fantastica. Acho o post delicioso.A mim parece me que ela tem mesmo pelos de um lado e nada do outro. Tendo em conta a mensagem que querem fazer passar, não sera mesmo isso?! Numa sim...na outra nao. Afinal, as axilas sao dela. Bonitas ou feias, tanto se me da. E um dia destes vou fazer o teste, vou sair com uma perna depilada e a outra cheia de pelos,só mesmo para ver se alguém se está nas tintas. Pipoca, excelente sentido de humor continue assim ��

    ResponderEliminar
  43. As meninas devem manter-se rapadinhas em todas as partes... Mulher peluda é uma aberração da Natureza (fácilmente tratável hoje em dia, felizmente) - ser peludo é de Homem! Mai nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. And this kids, is why you should never make a comment at 07:14 in the morning.

      Eliminar
    2. Uiiiii fácilmente. Menos tempo na esteticista, mais tempo a estudar 'miga.

      Eliminar
    3. Troll alert! (anónimo das 7h14)

      Eliminar
    4. As meninas e rapadinhas, na mesma frase? As meninas? Seriously????

      Eliminar
    5. Humm..
      Aberração é esse tipo de comentário que de conteúdo é zero!

      P.S. Advérbios de modo não são acentuados.
      P. P. S. Há muito homem que se depila, E AGORA??????? :O

      Eliminar
  44. Pelugem e não penugem

    ResponderEliminar
  45. eu sou uma pessoa "Normal", feliz, casada, faço exercicio, uso saias/vestidos e faço depilação quando me apetece

    acho curioso que digam "ai mas nós mulheres somos obrigadas a..."
    não somos, somos pressionadas a faze-lo por várias fontes mas ultimamente a escolha é pessoal. e eu pessoalmente tiro a penugem quando me dá na cabeça de o fazer

    tenho tantas familiares e amigas "Presas" á esteticista cada 3/4 semanas, eh pah, não consigo ser como essas pessoas mas também não me chateio com isso

    ResponderEliminar
  46. A amiga da rapariga que palita os dentes também aparenta ter pelos nas axilas.

    ResponderEliminar
  47. Penso que os homens irão concordar comigo quando lerem isto: Mulheres, por favor, continuem a cuidar-se como fizeram até aqui. Mulheres com pelos nas axilas é horrível!

    Cumprimentos,
    Ricardo
    (www.opinguimsemasas.blogspot.pt)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Homens com pelos também são horríveis, está disposto a fazer depilação e cuidar mais de si? Tão contentinha por ver que o que importa é manter o macho alfa feliz.

      Eliminar
    2. Penso que as mulheres irão concordar comigo quando lerem isto: Homens, por favor, comecem a cuidar-se como não fizeram até aqui. Homens com pelos nas axilas é horrível!

      Cumprimentos,
      Ana

      Eliminar
    3. Aplausos em pé para a Ana!

      Eliminar
    4. Aplausos Ana.
      Homens comecem a cuidar-se porque ninguém aguenta ter que devastar um matagal para encontrar o dito cujo...ecaaaaa :-P Isso para não falar dos pêlos das axilas que muitos dão para fazer tranças... blec ecaaaa :-P

      Eliminar
  48. Não consigo ter pelos nas axilas, estou completamente habituada a ter (e a ver) axilas sem pelos que me impedem de usar um top se não tiver a depilação feita.
    Já nas virilhas e partes intimas, já fiz depilação total e deixei de fazer.
    Começou por uma questão de saúde, sim, as minhas infeções constantes desapareceram a partir do momento em que deixei de me depilar completamente.
    Faço a linha do biquini...quando vou à praia e basicamente quando me apetece, quando não apetece estou muito bem assim, lavadinha e cheirosa e nunca tive queixas quanto a isso!

    ResponderEliminar
  49. Mas pronto, aquilo nem são pelos, ou são clarinhos. Quase que nem fica mal. Se fossem escuros e grossos como os meus era muito pior.

    ResponderEliminar
  50. Uiii de facto neste país lindo à beira mar plantado, existe tanta mas tanta gente sem pingo de humor !!! faz aflição!!! O texto está girissimo, muito divertido !!

    ResponderEliminar
  51. A questão não é ser 'fixe' ter ou não ter, fazer ou deixar de fazer.. A questão e evidenciar que as mulheres são seres livres, com liberdade para fazer aquilo que bem lhes apetecer dentro dos limites do aceitável! Aquilo que cada um aceita ou não é que já é uma questão diferente! Se tens pelos é te sentes bem com isso, quem sou eu para te dizer alguma coisa? Se tens mais ou menos curvas e te sentes bem com isso, quem sou eu para te dizer alguma coisa? Se te apetece vestir com roupas que estão à venda na secção masculina das lojas, quem sou eu para te dizer alguma coisa? Se queres tirar a tua comida dos dentes, quem sou eu...? Se te sentes bem com tudo isso, porque não? Porque o símbolo feminino tem de obedecer aos padrões que a sociedade estabelece e generaliza? As mulheres, têm de ser mulheres! Da maneira que elas quiserem! Da maneira como elas se sentem bem! Confiantes! Bonitas! Seguras!
    A mulher é o que ela quiser ser.. A mulher é mulher.. Sempre!
    E em vez de nos criticarmos umas às outras, juntemo-nos.. Não por aquilo que achamos bonito ou não pela parte da outra, mas sim, por lutar pelos nossos direitos, liberdades, deveres e vontades!
    A mulher é mulher! A mulher é ÚNICA

    ResponderEliminar
  52. A questão da higiene em tempos passados sempre me interessou imenso, daí que me tenha lembrado imediatamente desta passagem:

    "Penteava-se em colete e saia branca; a camisinha decotada descobria os ombros alvos de uma redondeza macia, o colo branco e tenro, azulado de veiazinhas finas; e os seus braços redondinhos, um pouco vermelhos no cotovelo, descobriam por baixo, quando se erguiam prendendo as tranças, fiozinhos louros, frisando e fazendo ninho."

    Eça de Queirós, O Primo Basílio, 1878

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bela passagem. Eça é simplesmente delicioso na arte de descrever. Conseguimos visualizar tudo, e com tanto pormenor! Gosto tanto!

      Eliminar
    2. Obrigada, Teresa! Pela descrição tão bonita! Parece uma pintura, parece mesmo que estamos a ver essa figura feminina...Grande Eça, porque é que já não se pinta com palavras, porque é que já ninguém escreve assim?!

      Eliminar
  53. Mas a garota da imagem é loira, com pêlos que quase nem se vêem. Ponham-me la a mim, com o meu pêlo castanho bem escuro, e no inverno, quando estou bem branquinha.

    ResponderEliminar
  54. Aumentem bem a imagem e verão e a garota não tem pelos nenhuns!!!!

    ResponderEliminar
  55. Só vim cá pelos (e não pêlos) comentários. Eheheheh
    Cambada de gente paranóica que arranja confusão em tudo quanto é comentário.
    Ahahahah. Tão bom!

    ResponderEliminar
  56. Agora quero lá saber da liberdade, da liberdade!! Ninguém é livre se não tiver discernimento, nem saúde mental, nem visão, nem forças, nem dinheiro...portanto a ideia de liberdade também se encontra limitada pela nossa própria circunstância e quase nunca somos livres para decidir coisas, ainda que para muitos sejam básicas. Temos mesmo é que nos apoiar, querer e ajudar uns aos outros! Se a minha filha lésbica me disser que não se quer depilar eu respeito e compreendo a sua decisão, mas a minha avó da aldeia nascida antes de inventarem as "gilettes"não vai ser emoldurada na minha sala de bigode, porque eu não quero que seja recordada assim!

    ResponderEliminar
  57. Quando decidi fazer depilação a laser o meu pai disse-me "filha, nunca se faz nada que seja permanente, vais-te arrepender" e eu pensei para comigo que nunca me ia arrepender de não ter pêlos. Agora se fica moda não sei como vai ser. Vou-me sentir excluída e pior, vou ter de dar razão ao meu pai.

    ResponderEliminar
  58. ÁÁÁ Muito bom, mas mesmo muito bom! Também fiquei "assustada" com o anúncio, pensei - querem lá ver que afinal andei-me a desgraçar estes anos todos pra nada? Melhor ainda são os comentários, de um grau de humor completamente fora de série (atenta Pipoca, atenta que lá se vai o lugar no palco da comédia!), muito fundamentalistas - à e tal e coiso cada uma anda com pêlos ou sem pêlos e ninguém tem nada com isso, e para isso ser verdade verdadinha gostava de as ver todas contentes e sem qualquer tipo de admiração-nojo- serem servidas, naquela bela esplanada à beira mar plantada, por uma loiraça linda de morrer e com toda a normalidade apreciarem o matagal a espreitar na manguinha da camisa, o bigodaço a fazer cocegas no nariz, os caracolinhos das pernas a esvoaçar pela brisa do mar............. seria tão lindo e nada nojento tá claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso já fui atendida mais que uma vez por senhoras com pêlos nas axilas e nunca fiquei enojada, são apenas pêlos. Também fica enojada quando é um cavalheiro a servi-la e tem barba ou outros pêlos visíveis? Porque é que os pêlos numa mulher são considerados nojentos e nos homens já são aceitáveis? Quem é que é fundamentalista afinal?

      Eliminar
  59. O mais engraçado neste post são mesmo os comentários. Estou impressionada com a quantidade de gente que acha que a Ana é burra porque não percebeu o anúncio e que eles sim são uns génios que descobriram a pólvora.

    Muitos bonecos a chorarem a rir!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pensei exactamente no mesmo! Fico estupefacta a ler alguns comentários, tal é a falta de interpretação que demonstram. Não entendo o que se passa hoje em dia.

      Eliminar
  60. I just came here to read the comments
    *grabs popcorn*

    ResponderEliminar
  61. Sinceramente como homem que sou, não imagino uma mulher sexy, bonita, bem tratada com pêlos nos sovacos e pernas, para não dizer noutros sitios se fôr mais intimo, o problema é que foram as mulheres a investir nelas para ficarem de bem com elas, mas também com a sociedade que cada vez exige mais, ninguém imagina uma passagem de modelos femininos , com pêlos nas pernas, sovacos, etc, é impensável, por isso tenho mesmo que dizer, É MESMO NOJENTO E PRONTOS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devo então deduzir que como homem que é também se depile todo, já que os pêlos são assim tão nojentos...

      Eliminar
  62. Não gosto de pêlos nem em homens nem em mulheres além de que os pêlos deixam um cheiro mais ativo. Também v o anúncio, há uma corrente que inclusive pinta os pêlos dos sovacos, não acho que seja cool nem confortável mas gostos não se discutem.

    ResponderEliminar
  63. Agora (e sempre) é FIXE as mulheres fazerem o que lhes der na real gana

    ResponderEliminar
  64. Hahaha O que me ri com o que escreveste. :D

    Olha, já não é de hoje que há uma série de movimentos que defendem que as mulheres sejam como vieram ao mundo, com pêlos. Eu acho que é uma questão meramente cultural e se pensarmos bem os pêlos não fazem mal a ninguém. Só não gostamos deles porque é esse o padrão de beleza que nos é imposto pela sociedade nas suas diversas formas. As mulheres nórdicas não são tão exigentes com os pêlos como nós (uma vez vi mesmo uma alemã no ginásio a apresentar orgulhosamente um sovaco como o da foto enquanto fazia elevações de braços mesmo ali à minha frente) e, por outro lado, as mulheres latinas são-o ainda mais do que nós. Eu também sou a favor que se decidam de uma vez por todas porque assim uma pessoa fica confusa. 'Bora lá fazer uma petição pública?

    ResponderEliminar
  65. Apenas quero dizer uma coisa...Mais uma vez está comprovado....a Sociedade e o k alguém se lembrou de inventar é k define o que nós devemos ou não fazer...e dps se não fazemos somos criticadas por vezes por quem gostava de ter a coragem que tivemos na altura...a nosso liberdade...
    Drika

    ResponderEliminar
  66. Susana Fernandes01 outubro, 2016 09:15

    Nós não somos latinas????

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis