Pub SAPO pushdown

Leituras de verão

quarta-feira, agosto 19, 2015

Por sugestão de algumas leitoras comprei o "A Rapariga no Comboio", da Paula Hawkins. Ia sem grandes expectativas, mas acabou por me surpreender. Não sendo brilhante, é um daqueles livros que nos agarram da primeira à última página, uma pessoa não descansa enquanto não lhe vir o fim. Não acho que seja tão enigmático e surpreendente como o vendem, achei-o até um bocadinho previsível, mas nem assim deixei de o aviar em três noites. Uma boa leitura de verão.

86 comentários:

  1. Também o li em 3 dias e também o achei previsível, mesmo assim é um daqueles livros que prende o leitor até ao fim... Não entendi o porquê deste livro estar a fazer tanto sucesso, já li bem melhores!
    Li algures que esse livro será adaptado ao cinema, vamos ver que tal! Imagino o papel da Rachel ser dado à Renée Zellweger... ahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já o li e assim bastante rápido. Acho que a razão do sucesso é essa mesma... sem ser nada de espetacular, prende o leitor e lê-se em 3 tempos!

      Eliminar
    2. Estas pessoas gostam mesmo de literatura light e mainstream...puxar pela cabecita custa um bocado! Com tantos bons livros para ler andam-me estas alminhas a comprar blockbusters no pingo doce!!!!!

      Eliminar
  2. Eu li-o em três dias e falei sobre isso aqui. Tenho uma opinião muito parecida. :) Não acho que seja muito surpreendente, até porque se adivinha facilmente o final. Não deixa de ser um óptimo livro!

    ResponderEliminar
  3. Boa Tarde,

    Comecei a Ler e à mais de 15 dias que não lhe pego. Até o acho interessante, também concordo quando diz que não é Brilhante. Não entendi ainda porque tanto alarido à volta do mesmo.
    Comprei por ouvir falar tão bem, e não é assim nada de surpreendente. Do que li até agora.

    MR<3
    Blog Saga da Emigração
    @sagadaemigracao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Morreu um panda.

      Eliminar
    2. HAHAHAHAH. Awesome ;)

      Eliminar
    3. ohohohoh lindo!

      Eliminar
  4. Já li e também gostei, agora estou a ler o 1Q84 do Haruki Murakami e recomendo .

    KISS POPPY

    http://modaepirosices.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Eu li o livro do Isaltino Morais e nem sou do PSD mas é incrível a descrição feita do dia a dia numa cadeia o factor humano, meu Deus...de ler mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Really?! Deve ser tão bom como o "Eu, Carolina.."

      Eliminar
  6. Bels sugestões... Eu nas férias aviei A Rapariga dos olhos azuis da Tara Moore e Na pele de uma Jihadista da Anne Erelle.
    Gostei de ambos...
    Esse não conhecia, mas não sei s estou tentada a lê lo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adorei o aviei... É mesmo esse o verbo para definir o acto de ler esses livros...e depois quer dar uns ares de intelectual a mencionar os brilhantes escritores!! Tara moore,anne erelle!???? Mas quem são essas brilhantes e promissoras " escritoras"....???? Yaccc... O mundo está mesmo perdido!!!

      Eliminar
  7. Se me permite uma sugestão de leitura:

    http://m.wook.pt/ficha?id=15057977

    ResponderEliminar
  8. Eu não gosto de ler o que milhões já leram. Serei caprichosa? ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. caprichosa, não, mas talvez com uma certa mania que é elitista :) também não compra roupa na Zara e Mango onde milhões também compram? C'orror!!!!

      Eliminar
    2. Aconteceu-me o mesmo com os livros do pedro chagas, tanto o propagaram que eu não comprarei nenhum. :$ perdi a curiosidade toda!!

      Eliminar
    3. Eu comprei, fui ao engano. Acho que fiquei na página dez.

      Eliminar
    4. Sim... O prometo falhar é algo de
      Muito mau!
      Também me fiquei pela página 20...

      Eliminar
    5. Tb comprei e não gostei!:)

      Eliminar
    6. Livros publicitados na televisão, nunca pode ser coisa boa.

      Eliminar
  9. Haruki Murakami, excelente! Pipoca já leu Auto Retrato do Escritor Enquanto Corredor de Fundo deste escritor? Aconselho!

    ResponderEliminar
  10. Pipoca, gostaria imenso de saber que curso é que fez. Assim do nada você é crítica de tudo e mais alguma coisa. Você critica pessoas, roupas, sapatos, comportamentos, e agora até deu em crítica literária.
    Eu como sou "só" engenheira, gostaria de me "aumentar" os meus conhecimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a dar a minha opinião sobre um livro no meu blog. Também não se pode? É preciso um curso superior para se dizer se se gostou ou não?

      Eliminar
    2. Eu por acaso fiz o mesmo curso que a Ana... Existe na universidade da cultura GERAL e desenvolve competências que nos permitem apreciar, comentar e criticar aspetos vários do mundo que nos rodeia... O único problema são as médias de entrada... Mas, talvez, uma engenheira possa ser colocada... Concorra e, quem sabe, ainda poderá frequentar o próximo ano letivo e aumentar os seus conhecimentos! ;)

      Eliminar
    3. Não acredito no que acabei de ler, então a anónima das 18:55 lê o blogue mas não quer saber da opinião da Pipoca para nada, então porque é que lê? Além disso dizer a nossa opinião sobre um livrio não faz de ninguém crítico literário, nunca perguntou a uma amiga, uma colega, um familiar, se determinado livro que essa pessoa estivesse a ler era ou não um bom livro?
      Nunca deu a sua opinião a ninguém sobre um livro que tenha lido? Já agora um pequeno reparo: «gostaria de me "aumentar" os meus conhecimentos» não é um português muito correcto, o me está a mais, talvez ler mais livros ñão lhe fizessre mal, em vez de ficar preocupada com as opiniões que Pipoca dá no blogue dela.

      ResponderEliminar

      Eliminar
    4. Nesse caso quer dizer que para entender um pouco de tudo e ter vários interesses é necessário tirar um curso de cada tema em questão? É a linha de raciocínio das pessoas que cometem erros ortográficos absurdos e se justificam com o "eu não estudei Letras"? Se o seu curso é da única coisa que consegue falar deve ser uma pessoa deveras interessante... Mas para os demais existe a cultura geral.

      Eliminar
    5. Ai que raciocínio tãaaaaao lógico!... Ora bem, ficámos todos a saber que para termos opinião sobre um livro, um filme ou um vinho temos de ter cursos de literatura, cinema e enologia. Obrigada pelo esclarecimento, Anónimo.

      (Aparece com cada personagem por aqui, cruz credo...)

      Eliminar
    6. A sério, gabo-te a paciência Ana...

      Eliminar
    7. Anónimo das 18.55 faça o favor de não envergonhar a classe. Zasuss, até pasmei!

      Eliminar
    8. Querida anónima das 18:55, eu também sou "só" engenheira. Porém, apesar de não ter um curso superior de linguas e literaturas, consigo opinar que, por exemplo, o Twilight é uma bosta fedorenta. Ou, por outras palavras, não preciso de saber a composicão quimica exacta, nem os processos biológicos que a formaram, para afirmar que a bosta cheira a merda.

      Eliminar
    9. Os meus pais têm a 4 classe e parece-me que são um bocadinho mais cultos que a sra. engenheira....Chama-se...faculdade da vida. Alguns frequentam..outros baldam-se às aulas...

      Eliminar
    10. Também sou engenheira, e triste de mim (e de quem convive comigo) se o único assunto do qual soubesse falar fosse acerca da minha profissão... Há pessoas que gostam de se cultivar, para isso nem sequer é preciso ter curso superior, basta ter apenas uma qualidade: curiosidade :)

      Eliminar
    11. Querida anónima das 18:55, a menina não é só engenheira, a menina parece ser também um bocadinho imbecil. Isto parece-me desculpa para dizer que é "doutora".
      Uma sugestão para aumentar os seus conhecimentos: vá ter com os seus pais ou avós (se os tiver ainda; se lhe está a faltar algum deles, tenho muita pena) e peça-lhes umas aulas de boa educação, que eles certamente lhe deram quando era pequena, mas a menina parece ter esquecido pelo caminho.

      Eliminar
    12. Não envergonhe as "sras engenheiras", por favor!!

      Eliminar
    13. Você não é "só" engenheira, é também parvinha e uma grande idiota. Onde já se viu dizer um disparate tal? Pasmo como conseguiu tirar um curso superior, de tão limitada que é!! Eu também li o livro e gostei, mas não achei assim tãaaaaao bom como falam! A propósito, sou apenas bacharel, mas sei ler!!!

      Eliminar
    14. Querida anónima e ressabiada das 18:55, tenha mais estima pela classe e por si. Faça meditação, viaje (aprende-se muito), mas mais importante abra ou retire as palas que tem nos olhinhos. Eu não sou blogger nem Jornalista mas sei dar opiniões e sei do que gosto.
      Já agora, tanto falaram que iam fazer denuncia da Ana à protecção de menores, neste caso é preciso informar a Ordem dos Engenheiros da falta de Ética desta "senhora"?! Pela ordem de ideias, é preciso!!!

      Ass: Uma outra Engehneira

      Eliminar
    15. AHAHAH. A parte do ser «"só" engenheira» está demais! Engenheira em que área?! Civil?! Então segundo o seu pensamento só deve falar de tijolos e materiais de construção. Ou é engenheira informática e só fala em códigos binários, Java e C++?! Se nos limitássemos a opinar "só" sobre coisas da nossa área de estudo, éramos mesmo isso, pessoas limitadas! Os meus pais infelizmente não puderam estudar muito, um tem a antiga 4ª classe e outro a 6ª classe, fale com eles Sra. Engenheira, e vai ver o que é ser educado e culto, mesmo não tem um curso superior. A universidade não traz cultura e inteligência a ninguém, por isso é que se vêem tantos licenciados em educação básica e a darem erros que até apetece benzer! São esses licenciados que vão ensinar os miúdos a escrever?! A escrever com quê?! Com erros?! Leiam mas é mais, falem com outras pessoas, opinem, critiquem, seja crítica positiva e negativa, cultivem-se!!!!

      Eliminar
  11. Tenho ouvido maravilhas sobre este livro mas, de facto, toda a gente me diz que é um pouco previsível.


    www.asofiaworld.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é um thriller clássico Par descobrir o culpado no fim, é um estudo de 3 mulheres perturbadas e isso é que o torna diferente e apelativo.

      Eliminar
  12. E assim um livro mesmo mesmo bom para ler nas férias, daqueles que nos prendem e surpreendem? Ando deprimida por não encontrar nenhum assim nos últimos tempos... Preciso de uma inspiração! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O terceiro gemeo de Ken Follett :)

      Eliminar
    2. Eu sou mais enfadonha nas minhas leituras. Gosto de História à mistura. Última Leitura "Confissões de Catarina de Médicis" C.W.Gortner

      Eliminar
    3. Anónimo das 09:44, adorei! Boa sugestão :)

      Eliminar
    4. Anónimo das 11:40, li em dois dias. É dificil parar porque ficamos sempre na expectativa :)

      Eliminar
  13. Pipoca, apenas uma sugestão para a sua campanha solidária: e que tal vender/ leiloar aquelas roupas que já não usa?
    *não estou a sugerir que venda toda a sua roupa nem nada do género, apenas aquilo que já não precisa e que pode fazer outra pessoa feliz e ainda ajudar esta maravilhosa causa!!
    Beijinhos e tudo de bom para este projecto fantástico!!

    ResponderEliminar
  14. Achei o mesmo e tive a audácia de partilhar minha opinião publicamente... Eh!eh!eh!
    Estou quase tentada a disponibilizar uma cópia on line para evitarmos compras inúteis. :-) Entretanto já estou na página 145 de "O sítio secreto" e, na minha opinião, não gastem dinheiro ainda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto desta ideia!

      E já agora que tal Camilla Lackberg ? alguém já leu ?

      Eliminar
    2. Há policiais nórdicos bem melhores, e menos comerciais.

      Eliminar
    3. Eu já e sou fã. :) Gosto bem mais da Camilla do que gostei deste. Aconselho é a começar pelo primeiro livro. Não é que se ler agora o último não entenda a história pois cada livro tem o seu próprio crime mas havendo personagens que se mantêm de um livro para o outro é mais interessante ver a sua evolução. :)

      Eliminar
  15. Aconselho vivamente "Os bebés de Auschwitz"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo! Não li o livro e se calhar estou a ser parva mas... credo!

      Eliminar
  16. Se me permite uma sugestão: Amor Sublime, lançado em Junho passado. É sobre uma jovem hipocondríaca que , claro, acha q está sempre doente e quando a médica que a atendia constantemente, finalmente, a convence a aproveitar melhor a vida, acontece-lhe algo para o qual ela não estava preparada... uma história envolvente e apaixonante entre dois jovens, sim porque tem amor, claro. O título tinha de vir de algum lado : )

    ResponderEliminar
  17. Não gosto quando adivinho o fim e com esse foi assim. Mas agarra.

    ResponderEliminar
  18. Estive a passar ferias em Itália e para onde me virava lá estava o livro. Eram turistas ingleses, franceses, alemães....e tudo com esse livro na mão. Na estação Roma Termini onde estive bastante tempo a espera de um comboio e até no aeroporto o livro era badaladíssimo. Fiquei com curiosidade e quando cheguei a Portugal vi-o no Continente.
    Comecei a ler a primeira página e fiquei com vontade de o trazer, mas olhei o preço e desisti. Não achei que era livro para aquele preço (15 euros e tal...). Ainda bem que não o trouxe pq parece que a coisa não é assim tão apelativa. Irei comprá-lo, mas numa próxima feira ou em saldo feito por alguma livraria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se estiver na disponibilidade de comprar livros usados procure na bibliofeira. Não sei se já tem lá a venda mas pode ser que o encontre e assim sempre poupa uns "trocos" (lá costumam estar a mais de metade do preço). Já comprei vários livros por lá e apesar de serem usados vêm sempre em bom estado. Fica a dica

      Eliminar
    2. Boa dica porque os livros são caríssimos.

      Eliminar
  19. Gostava de gostar de ler assim como vocês todas descrevem aqui mas sou sincera. .. não me puxa.. estas férias vou comprar pela primeira vez a revista da Cristina e entre brincadeiras na praia com as princesas vou deitando o olho à revista..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma revista maravilhosa, leitura a sério. Cá livros!

      Eliminar
    2. Com certeza não leu bem o que eu escrevi... gostava de gostar de ler mas não gosto ... e não tenho problema em assumir. Com certeza há imensa gente que diz que lê e faz comentários sobre livros que simplesmente vê nas livrarias e acabam por não ler. Não vejo mal nenhum em ler a revista da Cristina...

      Eliminar
    3. Em primeiro lugar, é uma revista da Cristina...e não é preciso dizer mais nada.

      Eliminar
    4. Ler é importante e para começar a tomar o gosto, qualquer coisa é coisa. : ) Comece pela revista e pode ser que lhe apeteça continuar. Há muitos livros "levezinhos" que são bons para início. Ou escolha um tema que lhe agrade. E sobretudo,divirta-se ; )

      Eliminar
  20. Acabei de ler os comentários, não sei se a minha licenciatura me habilita a ousar comentar mas (não esperem muito) aqui vai: eu li o livro, eu devorei o dito cujo e concordando que não é nada por ali além (uso expressões banais para não chocar os impertinentes) mas ... Eu não consegui prever que era ele :(((( imaginam agora como me sinto?! Um estrafermo ignorante Ahahahahah devia ter ido para Engenharia

    ResponderEliminar
  21. Gosto muito quando a Pipoca fala de livros!!! Não tenho muitos amigos que gostem de ler,por isso é bom saber a opinião de outra pessoa (ainda por cima muito equilibrada e que lê muito).

    ResponderEliminar
  22. Li o livro de uma virada, e não adivinhei o desfecho a não ser muito perto do fim. Acho que o livro está escrito de uma forma que nos impele a um ritmo de leitura muito intenso, e isso num livro, só pode ser bom...

    ResponderEliminar
  23. Caramba eu como não sou Engenheira não vou ler, posso não compreender, quanto mais ter a ousadia de gostar e até recomendar. Porque sou menina para ler dois livros por mês, e agora já me sinto na dúvida se o posso fazer, não estarei eu a ser abusada???? caramba é por isso que não gosto de aqui vir, sinto me sempre pequenina, mas por outro lado sinto me rebelde, por ter a coragem a audácia te conseguir chegar até aqui sem um curso de Engenharia e gostar de quase todos os Post. VIVAAAAAAAAAAAAAAA a sermos rebeldes...........

    ResponderEliminar
  24. Li na semana das minhas férias e curiosamente também o li em 3 dias. Sou sincera não achei nada de especial mas foi o suficiente para me prender e só descansei quando o acabei, e é isto que me agrada nos livros, o facto de nos prender na leitura. Há muitos bons livros (dizem os críticos - aqueles que têm um curso e tal) que não consigo ler, fico ali pelas primeiras páginas. Ou porque a leitura me cansa ou a história não me cativa. Gosto de livros assim simples e que me levem para outro mundo, que me façam entrar na pela das personagens. Afinal eu leio para me entreter, para passar o tempo, para "viajar", e não para me "papar" o cérebro. Beijinhos pipoca :)

    ResponderEliminar
  25. Ele há cada CROMO! Oh meu Santo Cristo dai-nos paciencia para aturar estas "engenheirices" que por aqui andam... Oh Senhora Engenheira vá ... dormir!

    ResponderEliminar
  26. Foi a leitura das minhas férias, não amei mas foi bom para as férias :)

    ResponderEliminar
  27. Partículas Elementares, Michel Houellebecq . Já escrito há uns aninhos mas fenomenal.

    ResponderEliminar
  28. Quais livros qual quê? Bom mesmo é ler os comentários! Isso sim é literatura light para as férias e não só. E tiramos conclusões fabulosas, como a de nunca enveredar pela área da engenharia, na va correr o risco de empobrecer mentalmente! Pipoca, estou agora a começar a ler esse livro por isso xiiiiuuuuuu não se desbronquem com o final. Sara

    ResponderEliminar
  29. Se lessem mas era Mo Yan,murakami,oscar wilde, tenesse williams,saul bellow,jorge luis borges,fernando pessoa,italo calvino,ichel foicault,albert camus,simone de beauvoir..... Mas isto é literatura e não se lê em 3 dias!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amen!! Mas isso de ler em 3 dias é relativo, pois depende do ritmo de cada um. Já li todos os livros do Murakami, e por acaso tem uns mais pequenos que até se lê em dois.

      Eliminar
    2. Fale por si... Já li Murakami em dois dias. Já para não falar em certos contos de Oscar Wilde ou De Profundis.

      Eliminar
    3. Ora bolas, e quem lê ambas as coisas? Pior e quem lê literatura a sério, literatura de 3 dias e revistas cor-de-rosa? Devíamos ficar de castigo para aprender que só se deve ler literatura a sério para podermos fingir que somos mais inteligentes que os outros.

      Eliminar
    4. Tem tanta razão! Alias, depois de referir Borges, o (quase) perfeito, tudo é diminuto e perdível. O pior deste tipo de "literatura" é o tempo que nela se gasta, muito melhor aproveitado na leitura das obras magnas.

      Eliminar
    5. Percebo bem o que diz o anónimo. Eu sou daquelas que não vai para lado nenhum sem um livro atrás. E os livros que leio não são livros de despachar em três dias. Mas de vez em quando, para estar na praia ou na piscina, sabe bem deixar a literatura de lado e ler assim qualquer coisa mais leve!
      Este livro está na minha lista de espera. Mas comprei na versão original. Já me desapontou várias vezes com as traduções. Para comprar em inglês, e às vezes também em português, uso o site bookdepository.co.uk. Os livros são novos e a bom preço!

      Eliminar
    6. É verdade, o tempo é demasiado precioso para se gastar a ler assim literatura menor de 3 dias! é por isso que preferem gastá-lo a ler o blog da Pipoca e, mais elevado ainda, os comentários!!!!!!

      Vão lá ler o Dostoievsky e desamparem a loja, ó intelectuais da Baixa da Banheira!

      Eliminar
    7. Vossa Excelência é notoriamente bafejada pela Fortuna por os usufruintes da alta literatura a(o) não brindarem com um manancial de qualificativos pouco abonatórios. No fundo, o intento que um livro nos outorga é, apenas e só,
      o ímpeto proselitista de que ele chegue o mais longe possível. Eça será sempre sublime na Baixa da Banheira ou no Árctico; as novelas de pacotilha, light ou propiciadoras de leituras de esplanada, menosprezando até as obras primas escritas nos cafés, sempre serão travões culturais. É, no entanto, o direiti de escolha prerrogativa mor da liberdade, pelo que, só num quadro de sarcasmo gratuito, se entende a afirmação de Vossa Excelência.

      Eliminar
    8. Anonino das 11:39:pirou de vez!??? lol... Não tem que me provar nada,não precisa ir buscar vocábulos arcaicos!!!! Lol!!! Não era sarcasmo gratuito,as pessoas,nem que seja só as deste blog,devem pensar um bocadinho antes de se entregarem a espécies de leituras vãs e superficiais. Nem que seja com críticas arrogantes! Irritam-me imenso estes consumidores compulsivos de mainstream quando há obras tão boas nas bibliotecas,nos cinemas, nos museus ávidas de ser consumidas!! Irritam-me pessoas com tempo para ler porcaria,para ver novelas e séries estúpidas,porque o meu tempo não dá para nada! O intuito da cultura é educar e formar públicos e esse tipo de cultura de massas que esta gente anda a consumir é má formação!
      Sim,também venho aqui ao blog da pipoca,é o meu lado superficial e fútil,que todos temos.

      Eliminar
  30. Li o livro em inglês e acho que ela escreve bem, mas não posso dizer que é dos melhores livros que já li! Mas a partir de certa parte, é daqueles livros que se fica agarrado até acabar. Agora é esperar que o filme seja bom...

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis