Pub SAPO pushdown

Foi linda a festa!

terça-feira, julho 21, 2015

Este ano o Mateus teve direito a três festas. Vá, pronto, se calhar "festas" é um bocado exagero, mas teve direito a apagar as velas três vezes. No dia de anos almoçou com uns avós no Algarve e jantou com os outros em Lisboa. E no fim-de-semana reunimos os amigos e os amiguinhos para um picnic. Tal como no ano passado, voltámos a escolher o jardim do Príncipe Real, o meu preferido, e voltámos a confiar a decoração à Mimo Lab, da Olga e da Joana, porque são, simplesmente, fantásticas. Gosto desta coisa de não ter de lhes dar indicações nenhumas. Confio plenamente no trabalho delas e sei que o que fizerem será bem feito, lindo e especial. No ano passado o tema eram os balões, este ano o "little man". Uma vez mais, cheguei ao jardim e fiquei de boca aberta a olhar para aquilo tudo. É impressionante o cuidado e o detalhe que põem nas mais pequenas coisas. É tudo lindo. O catering, de babar, foi da Fresh Mint, e o bolo de aniversário da Arteirices Gulosas (os melhores, juro, já lhes encomendei vários). A animação ficou a cargo da Funtoche e foi para cima de espectacular. Na altura de escolher entre fantoches ou um espectáculo musical, o meu homem disse logo que fantoches nem pensar, que era uma seca, que os putos não ligavam nada. Hã hã. Não lhe dei ouvidos, escolhi os fantoches e foi ver uns trinta miúdos sentadinhos e super atentos. Estou a pensar contratá-los a tempo inteiro cá para casa. Para além dos fantoches também houve jogos tradicionais, balões e pinturas faciais. Os dois animadores eram impecáveis e acho mesmo que os miúdos adoraram. Por fim, uma surpresa. As três laranjas da TriNa - Tino Pomar, Quentin Laranjino e Silvester Laranjone- apareceram para animar a festa e levaram sumos TriNa para toda a gente e livros para os mais pequenos. Devo dizer que a crianças gostaram muito das laranjas gigantes, mas houve muito bom adulto ainda mais entusiasmado (não vou dizer nomes). E pronto, assim se passou mais um aniversário. Como sempre, foi muito bom ter (quase) todos os nossos amigos juntos e, sobretudo, ver o Mateus tão feliz. Porque é só mesmo isso que interessa, vê-lo feliz. E muiiiiito obrigada à minha querida Inês (After Click) pelas fotos.
























153 comentários:

  1. Pena que nem todas as crianças não possam ter estas "festas". Não digo por mal nem é cinismo mas é verdade: a festa deve ter sido linda mas não consigo deixar de pensar que milhares de crianças não têm estas oportunidades, é injusto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim é verdade, mas olhe que se a criança nascer no verão a coisa sai barata, leva sandes, pipocas e batatas, sumo e limonada feitos em casa... estende uma manta... e faz você a animação.

      Eliminar
    2. OMG.... Mas esta era a festa do Mateus e felizmente os Pais podem proporcionar lhe um dia assim. O Mateus não tem "culpa" de haver, infelizmente, outros meninos que não podem usufruir de um dia maravilhosos destes.
      Uma grande beijoca de Parabens para o Mateus que é um bebe adorável e lindo e para os maravilhosos papás que ele tem..

      Eliminar
    3. pois... também é verdade, não disse por mal achei tudo lindo

      Eliminar
    4. Claro que podem fazer estas festas. Se tudo por organizado pelos pais (tirando a animação se for externa) a "coisa" fica super barata. Basta ter imaginação e criatividade.

      Eliminar
    5. Será que o anónimo não come? Olhe que há meninos em África a passar fome ;)

      Eliminar
    6. Mas o quê que tem a ver uma coisa com a outra?
      Não se vista que há meninos sem roupa, não coma que há meninos com fome,... Enfim

      Eliminar
    7. Ainda bem que há crianças que podem ter uma festa como esta. Imagine o quão infeliz, triste e cinzento seria o mundo se nenhuma criança pudesse ter aquilo que o Mateus, e ainda bem, imensas outras crianças têm.

      Eliminar
    8. Se formos por essa associação de ideias também há meninos em África que não têm electicidade, computadores e internet e nem sequer conseguem ver blogues, quanto mais fazer comentários. Mas já que lançou a deixa, fica a pergunta: o que tem feito por esses meninos que passam fome em África?

      Eliminar
    9. E mais car@ anónimo: não precisa de dar como exemplo África, em Portugal, caso não saiba também existem crianças com fome.

      Eliminar
    10. Também fiz a festinha da minha filha em modo piquenique e o único custo extra foi a animadora, tudo o resto desde decoração a comida com imaginação e ajuda (tios, avós, padrinhos e amigos) se consegue :) se a Pipoca pode pagar e não estar com a trabalheira (que foi quase uma semana entre bandeirinhas e enfeites, etc) ainda bem para ela! Quanto à questão de uns poderem e outros não torna-se subjectivo e acho que não vale a pena ir por aí........Parabéns ao Mateus, Felicidades

      Eliminar
  2. Que mimo. Festa com muito bom gosto, atractivos para as crianças, jardim para as crianças brincarem... espectacular. =)

    ResponderEliminar
  3. O ano passado adorei... Este ano nem parece festa de miudos de 2 anos... Mas bem .... Ele è q tem de gastar! Mas parece festa de crescidos e muito drawings a de coracao.... MAS Parabens ao mateus! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não sei como são as suas festas de "crescidos" mas as minhas não metem fantoches e pinturas faciais ao barulho...

      Eliminar
    2. Mas por ser injusto, não quer dizer que não se possa fazer..
      Espero que muitas crianças tenham acesso a estas festinhas, e que sejam felizes. (Com ou sem estas coisas. Hà quem não seja mais feliz com festas.)
      A injustiça é tão relativa.. Certamente o Anónimo é acusado de ser injusto por qualquer outro motivo e nem se apercebe. O Mundo não é justo mesmo... ajudemos onde pudermos.

      Eliminar
    3. Então, e por haver crianças que não podem ter festas, esta criança, que pode, não poder ter porquê? Quer moralismos, meu Deus!?

      Eliminar
    4. O que raio quer dizer isto?
      "e muito drawings a de coracao"

      Eliminar
  4. A decoração estava fantástica e o bolo tinha um aspecto delicioso. Faz apenas dois anos e já apagou as velas três vezes num só aniversário... isso é que é estar sempre um passo à frente ahah.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
  5. algume que me diga onde é que o Mateus tem os dentes sei lá quê ou a Pipoca tem a boca não sei como, ou os joelhos tortos? os comentadores que vem tal coisa devem ser donos de tamanha beleza que nem devem poder sair á rua.
    olho para as fotos dos três e vejo rostos perfeitamente normais, vá o mateus não que é cá um borracho, loool, e vejo corpos trabalhados pela corrida e pelo desporto sem exageros.
    beijinhos para os três e que tenham sempre essa alegria e essa capacidade de nos fazer sonhar com um mundo melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E este comentário tem o quê a ver com o post? Se me irritam os comentadores que só criticam por criticar, também me irritam estes que me soam a bajuladores...
      Quanto ao tema do post, que é da festa do Mateus que se trata e não dos dentes deste ou dos joelhos daquela, pois que o Mateus parece muito feliz e satisfeito na sua festinha, e isso é o mais importante.

      Eliminar
  6. Não vou comentar isto "por mal", mas serei só eu a achar muita produção para uma simples festa de 2 anos de uma criança? Hoje em dia parece que todos os pais (não só a Pipoca, nem só necessariamente as bloggers), para todos os eventos importantes (aniversários, baptizado, Natal, etc) têm de fazer estas produções xpto, contratar uma empresa para a decoração, outra para o catering, outra para a animação, outra para o bolo... o que é feito das festinhas de anos feitas em casa, ou numa sala comum do prédio, ou no jardim, com uns rissóis, batatas fritas e smarties e um bolo feito pelos pais? Sem grande elaboração, sem ser tudo matchy matchy, sem ter um tema, sem ter um fotógrafo profissional a captar todos os momentos, sem parecer tudo tirado de uma revista... estou a comentar isto com toda a espontaneidade, sem inveja, acredite. Tenho 28 anos, não tenho filhos, mas planeio ter em breve e pergunto-me se depois vou ser a única a querer fazer-lhes umas festas mais simples, à semelhança das que eu e os meus amigos tínhamos em pequenos... até tenho (penso) capacidade financeira para poder fazer uma festa destas, mas parece-me tudo tão exagerado e demasiado "armado" para o evento que é (uma tarde descontraída e divertida com crianças e amigos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredite que preparar uma festa não tem nada de simples!!! Para quem pode contratar estes serviços é óptimo. Assim, é possível aproveitar o dia e principalmente os nossos filhos. Desde sempre existiram diferenças entre as festas de aniversário, apenas não tinham a exposição que agora têm.

      Eliminar
    2. Concordo em absoluto consigo.

      Eliminar
    3. Concordo :) tudo demasiado matchy matchy e este ano nem sequer parece festa de crianças. Mas se a pipoca gosta e pode que seja feliz!!!! Eu não gostei assim muito....e não e critica invejosa!!! ;)

      Eliminar
    4. Tenho uma filha de 4 anos e já tive a oportunidade de comparar entre estes dois tipos de festa. No 3º aniversário da minha filha fiz a primeira festa com amiguinhos (Até então ela ainda não andava na creche pelo que nos ficávamos sempre pelo lanche com a família). Como era a primeira festa de aniversário oficial da minha filha limitei-me ao que conhecia. Convidei os amiguinhos dela e respetivas mães/pais e a festa teve lugar na nossa humilde casa (e com humilde quero dizer pequena). Foi o caos total... Só os preparativos deixaram-me exausta, já sem energia para a festa... Muito trabalho com a decoração, comida, bolo, tudo. As crianças já cansadas de estarem num espaço fechado. E no final da festa? Arrumar aquela confusão toda!! Este ano foi diferente. Fiz uma festa parecida com esta, com uma empresa contratada para decoração e catering, um jardim e uma equipa de animação (mas sem fotografo porque tenho uma maquina e um marido eheh). Foi muito melhor, os miúdos divertem-se mais, estão ao ar livre, não estamos com aquela preocupação se irão partir a jarra da nossa bisa-avó, só temos que aparecer com o aniversariante. Que descontração! Não acha muito melhor?

      Eliminar
    5. Já não se usa, agora é assim! Depois cada um vai até onde pode, experimente vai adorar!

      Eliminar
    6. Anónimo21 julho, 2015 14:18, eu acho que se for uma festa em que se encomende numa pastelaria X rissóis e croquetes, compram-se no supermercado uns pratinhos e copos de plástico, bem como uns pacotes de batatas fritas e chocolates, faz-se um bolo caseiro de véspera (eu, não tendo filhos, já faço sempre bolos quando é o aniversário do meu namorado, ou alguma ocasião especial em que levo um para os meus colegas de trabalho), convidam-se os miudos e os pais amigos para casa ou um jardim e leva-se a própria máquina para tirar umas fotos de vez em quando... o que tem isso de difícil? Acho que se torna difícil se se quiser fazer a festa num espaço todo decorado, pôr tudo em pratinhos que condizem com os copos e com a decoração, pôr papelinhos a identificar cada comida, ter uma decoração temática, ter animação, etc... essas coisas dão trabalho, sim, e querendo tê-las, acredito que seja uma mais-valia contratá-las e não ter o trabalho. Mas para quê tê-las? Eu quando era pequena nunca fui a festas assim e sempre achei normal que assim fosse... e fui a festas de miudos mais ricos e outros mais pobres e era sempre em casa das pessoas, com uma mesa com a comida nos moldes que referi e passávamos o dia a brincar uns com os outros com os pais ali à volta. Este tipo de festas parece-me uma novidade dos últimos para aí 3 ou 4 anos para cá... mesmo de amigos/conhecidos, vejo no Facebook os babyshowers, aniversários, etc, tudo neste modelo de cupcakes, cake pops, frasquinhos individuais, decoração toda a condizer, tudo super elaborado! Eu acho que fica bonito, mas começa a tornar-se um pouco repetitivo e "da moda" (fazendo os pais também gastar muito mais dinheiro e sentirem a pressão para organizar algo "espectacular" em coisas que deviam ser normais e simples) e eu pessoalmente gosto de coisas mais espontâneas e descontraídas, acho que um dia que tenha filhos não vou aderir a este modelo de festas :)

      Eliminar
    7. Soraia, percebo o seu ponto. Já agora, pode-me dizer quanto fica mais ou menos uma festa dessas organizada com serviços contratados? Eu confesso que sou um bocado "desapegada" no que toca a comemorar "datas importantes", não dou muita importância a celebrar este ou aquele dia "em grande" porque é um aniversário, sou mais de ir gastando ao longo do ano em coisas que gosto e me fazem feliz continuamente, por isso faz-me um bocado de confusão gastar logo de uma vez uma boa quantia (imagino eu) para uma festa que, a meu ver, cumpre os mesmos propósitos se feita com uma série de coisas de supermercado. Mas pronto, admito que a minha visão não é a da maioria, mesmo em relação a um casamento, por exemplo, não me vejo (nem o meu namorado), a gastarmos o balúrdio que se gasta num evento desses e a passarmos 1 ano a planeá-lo, simplesmente não damos grande importância a cerimónias. Talvez com filhos a coisa mude de figura e acho muito boa a ideia de se fazer a festa no jardim, acho é que eu a faria de forma mais simples, até eventualmente em modo pic-nic e cada pessoa traria algo de comer (seria muito mau, sugerir aos convidados que trouxessem algo? ahah a mim pareceria-me normal se me pedissem isso para uma festa e teria todo o gosto em fazer uma quiche ou uns queques).

      Eliminar
    8. Eu tenho uma daquelas fotos Kodak do meu aniversário de 1 ano (em '88), em que estou a soprar uma vela do meu bolito feito pela minha mãe, numa mesa com os avós e alguns tios à volta... vejo estas festas agora como uma atualização normal e decorrente de tantas outras atualizações que foram acontecendo a tantos outros conceitos. Se eu me identifico? Não, acho que uma festinha "banal" e igual à que fazíamos nos anos 80 (lol) cumpre o mesmo propósito. Mas é a vida :) também acho que passamos demasiado tempo em frente ao computador/tablet/telemóvel, também acho que há uma maior preocupação dos pais (que tem um efeito bola de neve) de sobreprotegerem os seus miudos, também acho que há uma maior tendência das pessoas de quererem ter tudo e mostrar (serem mais materialistas) e também acho que esses aspectos estavam mais atenuados, ou eram mesmo inexistentes, nos anos 80... mas há outros que eram piores na altura e são melhores agora. É a vida, a evolução das coisas, nem sempre ao nosso gosto... mas felizmente não temos de fazer tudo igual, nem temos de criticar ou excluir quem opta por fazer diferente de nós :)

      Eliminar
    9. Anónimo21 julho, 2015 15:09

      É assim, eu não sou de Lisboa, sou de uma pequena cidade, acredito por isso mesmo que o valor já seja diferente. Como é óbvio é mais económico fazer a tal festinha em casa mas penso que juntando todos os pormenores a diferença não seja assim tãoooo grande, pelo menos eu não achei que foi dinheiro mal gasto nem que paguei muito, pelo serviço que tive fiquei satisfeita. Mas lá está acho que por ser de uma cidade pequena e não ser muito comum este tipo de festas por cá, ou seja não está na moda, o valor deve ser muito mais acessível, digo eu.

      Eliminar
    10. Por amor de deus, cada um faz a festa como bem entende e gasta o dinheiro que quer. Pouco importa se são copos de plástico ou de vidro, se é em casa ou na rua, se servem croquetes ou tremoços, se o bolo foi feito pela tetravô ou se foi comprado no continente, se está na moda ou não... O importante é a criança estar feliz e os convidados bem, o resto são escolhas conforme o gosto pessoal de cada um.

      Eliminar
    11. Mas parte da beleza de fazer a festa de anos não é precisamente essa confusão? O fazer os bolos na véspera, limpar a casa toda, ver os miúdos a dsarrumar tudo etc ? De facto não entendo...mas acho isso muito mais giro do que contratar uma empresa e pagar um serviço que não tem o cunho e amor da mãe (só mesmo o dinheiro....).

      Eliminar
    12. Há uma coisa chamada publicidade e tal...

      Eliminar
    13. Porque vêm aqui destilar veneno? Há tanto psicólogo e psiquiatra por esse país para vos tratar!

      Eliminar
    14. Fiz há pouco a festa do primeiro ano do meu filho, para 35 pessoas, com tudo decoradinho a condizer, tudo feito em casa, e apenas ajudada por 2 pessoas. Se deu trabalho? Deu! Se deu assim taaanto trabalho? Não, e para o ano que vem irei repeti-la nos mesmos moldes. Agora o conceito "demasiado trabalho" varia de pessoa para pessoa. Eu senti imenso prazer em ter o meu cunho pessoal e amor em toda a festa, mas também tive disponibilidade para me dedicar à sua organização! Mas não vejo qual é o mal de a pipoca ou outra pessoa decidir deixar tudo a cargo de uma empresa, se não tem disponibilidade para se dedicar ela à festa...no final o que interessa é que os convidados se divirtam e as memórias que ficam.

      Eliminar
    15. Graças à pipoca que vai colocando fotos e fazendo publicidade às empresas k fazem do aniversário da criança um dia de sonho eu aproveito e cusco para tirar umas ideias. Como o orçamento não permite fazer igual, faço eu. Obrigada pipoca :)

      Eliminar
    16. A festa - ano 221 julho, 2015 21:58

      Isto é a sequela, se lerem o post sobre a festa do primeiro aniversário encontram muitas semelhanças nos comentários. Já lá se falava em excesso, ostentação e tudo e tudo.

      Já há um ano que a Pipoca sabe: uma boa mãe, dedicada e carinhosa, serve pães de leite e bongos, batatas fritas e pipocas e o bolo que ela mesma fez (mesmo que não tenha a mínima queda para a pastelaria). E também se ocupa de todos os detalhes, servir, limpar, controlar os miúdos e está sempre feliz, sem nenhuma queixa.
      Isto tudo já ela sabe mas está à vista que ela é uma péssima mãe (ela até já o disse), por isso vai continuar a mostrar estas coisas todas e rezar para que ninguém da CPCJ leia isto.

      Agora a sério, não compreendo a necessidade das pessoas compararem festas e motivos e mais não sei o quê. Cada um fará aquilo que gosta mais e melhor lhe convém e eu não sou ninguém para dizer que a minha forma de fazer as coisas é a correcta e é a que demonstra mais amor.
      Oferecida, paga a pronto ou às prestações, a festa é da Pipoca para o filho e foi linda e tem todo o amor da mãe.

      Eliminar
    17. Concordo plenamente com o fato de hoje em dia muitas pessoas optarem por catering e essas coisas todas e as festas tradicionais de fazer tudo em casa, com aquelas coisinhas simples e maravilhosas ficaram de lado. E na minha opinião, atenção, minha opinião, perde o encanto. Acho que o fato de estar a preparar as coisas, fazer o melhor que podemos é depois muito mais reconfortante, porque sabemos que tivemos o trabalho mas que vale a pena.
      Hoje em dia já ninguém quer ter o trabalho de organizar uma festa em casa, ou arranja-se este tipo de festas como o da pipoca, ou então vão a um restaurante e cada um paga o seu e pronto.
      É como no Natal, as pessoas enchem as padarias para comprarem todos os doces e em casa não fazem nada. Onde é que ficou aquele dia tão tradicional que se via a mãe e à avó à volta do fogão a fazer aqueles doces maravilhosos e a encher a casa com um aroma tão bom.
      Perde-se as tradições mais importantes é pena.

      Eliminar
    18. Concordo com alguns dos comentários que foram aqui deixados. Agora com estas festas da moda a preocupação é mais ter uma mesa xpto cheia de cake pops e cupcakes, mas uma série de objetos decorativos, do que ter aquelas coisas típicas das festas infantis que os miudos gostam como o salame, as gelatinas, mousses, sandes de pão de forma e afins. No primeiro aniversário do meu filho fiz tudo em casa (foi em Dezembro) e tive uma decoração com tema, bandeirolas, cartões de identificação de comida, convites, balões etc. Mas fiz eu o bolo, que modéstia à parte, foi elogiado como sendo melhor que muitas pastelarias, e eu não sou um às da pastelaria, pelo contrário! Mas como tive muitas crianças na festa, fiz questão de ter comidas simples que elas gostassem. A festa do Mateus está miolo gira, só vejo ali comidas que não me parecem ser do agrado dos miudos.

      Eliminar
    19. Pipoca és uma sacana e uma péssima mãe. Onde está a tradição? E as febras? E os croquetes? Como é possível tu seres mãe e não passares a noite inteira a cozinhar para a festa do menino?

      Eliminar
    20. Para quem já experimentou este tipo de festa, e dado não conhecer ninguém do ramo, será que me podem dizer quanto fica preparar uma festa destas (valor aproximado)? Com catering, decoração e animação... Obrigada.

      Eliminar
    21. Acalmem-se, defensores acérrimos da Pipoca! Ninguém está a dizer que ela é uma mãe, ou que devia ter feito isto ou aquilo. Está-se apenas a comentar uma tendência, a que a Pipoca, entre muitas outras pessoas, aderiu, de ter as festas dos miudos todas organizadas por diferentes empresas e de se estar a perder o conceito de festa "do antigamente". Ninguém está a apontar dedos, é apenas uma constatação de quem não se identifica com este tipo de festas e tem pena de as ver a tornarem-se a regra (quando há uns anos eram a exceção).

      Eliminar
  7. Carinha de "Anjo"!
    Que sejas sempre muito feliz Mateus.
    Beijinho da Maria

    ResponderEliminar
  8. Oh! Pah!
    Que homenzinho mais fofo. *-*

    ResponderEliminar
  9. Tudo fantástico! Adorei o bolo... a beleza encontra-se mesmo nas coisas mais simples. :)
    E o Mateus está um fofo... Só dá vontade de o apertar e encher de beijos... o princípe ideal para a minha M... ;)
    Ana

    ResponderEliminar
  10. De facto todas as fotos estão espectaculares, mas aquela onde estão os três é para mim a elegida e o Mateus está radiante! Parabéns aos papás e ao menino (sim porque já não é bebé).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eleita, sim senhor. Foi do entusiasmo, mas ainda bem que há pessoas sempre alerta.

      Eliminar
  11. Parabéns tudo muito bonito. De onde são as sandálias do Mateus? Obrigada

    ResponderEliminar
  12. Linda festa, lindo menino! Parabéns!

    ResponderEliminar
  13. LIndo mesmo. Haja dinheiro (e bom gosto). Parabéns!

    ResponderEliminar
  14. De onde e o macacao?

    ResponderEliminar
  15. Não sabia que era possível alugar o jardim do Príncipe Real. Acho-o lindo, lindo. Talvez ainda faça lá alguma festa. Já agora, alguém me sabe dizer se é muito caro, se exige muita burocracia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acha que se aluga o jardim? Really? Pode fazer piqueniques simplesmente. E um jardim público.

      Eliminar
    2. Ahah não fui quem comentou em 1.º, mas já agora, uma dúvida: fazendo uma festa assim em que se ocupa algum espaço e se vai decorar uma parte do jardim, levar mesas, etc... é preciso pedir alguma autorização? ou informar previamente que se fará lá uma festa? ou é só aparecer?

      Eliminar
    3. A título de esclarecimento: os jardins são públicos... precisamente. O que quer dizer que qualquer pessoa pode usufruir do espaço. Por essa mesma razão, e para que possa ser feita a gestão dos mesmos (podiam ter havido ali mais 100 festas ao mesmo tempo) é mesmo necessário solicitar autorização à Câmara Municipal de Lisboa. É permitido fazer festas em qualquer jardim da cidade, mas é necessário pedir autorização por uma questão de gestão e outras questões que terão a ver com limpeza do local e até segurança. Nem todos os jardins são assim tão "públicos" como o da Estrela por isso é conveniente informar a Câmara onde se vai fazer a festa.
      Não sei se foi o caso da festa do Mateus, era só mesmo um esclarecimento genérico.

      Eliminar
    4. julgo haver outros jardins mais adequados e preparados para as festas como o parque dos índios e outro lá ao pé também em monsanto que não me recordo o nome
      tem mesas, zonas a sombras, sítios para se fazer churrascos.

      Eliminar
    5. Já fiz festas em jardins públicos sem pedir autorização nenhuma, mas claro não é com toda esta produção e ocupação de espaço, ainda mais num jardim pequeno como é o do Príncipe Real. Até acho esse jardim muito mauzinho para este efeito, a relva está mal cuidada, cocós de cão com fartura, ruas movimentadas em redor, muita gente a ver o que se passa, mas compreendo porque se deve a uma preferência sentimental da mãe.

      Eliminar
    6. No jardim da estrela aos fds há dezenas de piqueniques, dos mais simples aos mais complexos com móveis e acessórios, e até à data dos que fui, fiz e tive conhecimento, não é necessário uma autorização. E é tão bom, os jardins ficam com outra vida.

      Eliminar
    7. Não disse o que disse à toa, mas também não preciso de explicar porque é que sabia.
      Mas aqui fica o link com esclarecimentos da CML.
      http://www.cm-lisboa.pt/perguntas-frequentes/ambiente/iniciativaseventos-em-espacos-verdes

      Eliminar
  16. Lindos, parabéns Pipoca! Parabéns ao pequeno Mateus! Gosto imenso de ti, e espero que continues sempre por aqui para nos alegrares um pouco a vida com os teus posts sempre deliciosos! :D

    ResponderEliminar
  17. Parabeeeeeens Mateus e Pais. Foto dos três um espanto de lindaaaa. Mateus cada vez mais lindoooo. Quanto ao resto concordo com os anônimos que acham este tipo de "festinha" demasiado armada, demasiado artificial, demasiado cara! Claro que cada um sabe de si e se a PMD assim decidiu nada a ver o dinheiro é dela... Mas da que pensar. Atenção: isto não é inveja nem ressabiamento, é mera opinião...

    ResponderEliminar
  18. Tudo lindo Ana!!! E parabéns porque o Mateus tem cara de ser um menino super feliz e só isso é que importa!!! é sinal que como pais fazem um excelente trabalho :)
    Muitos beijinhos
    Maria João

    ResponderEliminar
  19. Só gostava de te fazer uma pergunta Pipoca, porque é que continuas a aturar esta gentinha frustrada.... bloqueias alguma mensagem que te enviam? É que já chateia tanta acusção.... e uma pessoa normal, esclarecida e bem com a vida como eu tem a tendência a deixar de ler tanta parvoice e deixar o teu blog... infelizmente... porque gosto do que escreves...como escreves... gosto do teu bom gosto (embora como qualquer pessoa normal não goste de algumas escolhas). Mas embora possa ter ou não capacidade de compra... embora possa ou não ter fisico para o que vestes... embora possa ou não ter capacidade fisica para as tuas aventuras no exercício físico... seria incapaz de criticar e de dizer as alarvidades que essa gentinha diz.... vou inicar uma petição... "Block the Stupids" porque o "não gosto dessa roupa porque és feia e gorda"... "as tuas férias são de luxo"... "a festa do teu filho é de luxo"... "não educas o teu filho"..."essa roupa e esse creme foram oferecidos"... isto cansa....de certeza que no meio de todas as tuas sugestões é possivel adaptar tudo a opções mais em conta... de toda a festa do Mateus podem tirar-se ideias fantasticas a custo zero... a minha mãe organiza-me teatros ela propia... fazia tudo...e fantches tambem fez uma vez... e sem pagar um unico tostão, ela costurava e organizava tudo... e sempre fez os meus bolos... se não têm dinheiro para que alguém organize tirem as melhores ideias e façam vocês próprias.... e toda essa gente que se mete na tua vida cansa.... e se eles próprios não têm o bom senso de deixar de te ler... tem tu o bom senso de os bloquear... de não dar voz a tanta estupidez... (é uma sugestão....)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ninguém espera que o que está publicado não seja alvo de críticas, sejam elas boas ou más. E a verdade é que eu também gosto da pipoca, mas tem vezes que a partilha dela transmite um quê de ostentação e é isso que azeda o fígado. O meu também:-) as maiores felicidades para o Mateus que é lindooo!

      Eliminar
    2. Mas quem é que a manda ler os comentários? Alguém a obriga? Leia só o blog que já não se chateia.

      Eliminar
    3. Ressuscitou a Madre teresa de Calcutá!

      Eliminar
    4. O que verdadeiramente me irrita nisto tudo, e me faz ver o blog menos vezes, é esta espécie de clubismo entre os apoiantes da pipoca, que acham que ela pode dizer tudo e tudo e nunca ser criticada, e os outros, os do contra, que tanto querem criticar que acabam dizendo parvoíces e estupidez.
      A pipoca escreve um blog e, como pessoa inteligente que parece ser, com certeza já espera alguns comentários em tom de crítica. Eu gosto do blog mas não concordo sempre com as opiniões expressas pela pipoca. E acho que tenho direito de dizer que não concordo, tal como digo quando concordo.
      Esta mesquinhez das pessoas, tanto dos apoiantes como do grupo do contra, é irritante nas horas. Comentem os posts e pronto. É preciso insultos e beu beu? Irra!!

      Eliminar
    5. As reticências estavam em promoção no Continente?

      Eliminar
    6. @ isabel: tem toda a razão. É também por isso que visito o Blog bem menos do que antes. Um post sobre a festinha de anos de uma criança transforma-se quase numa verdadeira batalha entre os comentadores. Enfim!

      Eliminar
  20. Não. Acho a produção maravilhosa, linda e apropriada. Só podia, feita por profissionáis.
    A festa é para as crianças mas não nos podemos esquecer dos pais, nossos amigos que ficam lá todo o tempo. Acaba por ser uma oportunidade para juntar os amigos enquanto as crianças se divertem.
    O meu tem 3 anos e faço sempre grandes festas dentro das minhas possibilidades, os amigos adoram e é um pretexto para nos juntarmos. BEM BOM !!!

    Adorei Pipoca, linda festinha!

    bjs*

    ResponderEliminar
  21. Adorei o bolo, simples e com muito bom gosto!
    Como tudo aliás!
    Ficam lindooos os 3 ! Adoro...
    Muitas felicidades
    Bjs*

    ResponderEliminar
  22. Só não gostei do bolo, o do ano passado era muito mais giro!! De resto impecável!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato, foi a unica coisa que não gostei muito não

      Eliminar
  23. Sejamos realistas, aos dois anos alguém se lembra das suas festas de anos?? Isto para mim é gastar dinheiro à toa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que estas festinhas são mais para os pais. O que é legítimo, é uma oportunidade de os amigos se encontrarem, passarem uma tarde juntos, trazerem também os seus filhos e bricnarem todos... mas os miudos ficam felizes com pouco e iam-se divertir também se não houvesse tema, se a decoração não fosse matchy matchy, se comessem umas sandes feitas pelos pais e não o catering da empresa XYZ. Acho que estas festas são mais para os pais organizarem algo a seu gosto e que acham bonito, ainda que interiorizem que é pelos miudos :)

      Eliminar
    2. Deixem de ser invejosos. O Mateus não se lembrará, mas todas as nossas vivências são importantes para o nosso crescimento, e é bom ter momentos de alegria e felicidade em todas as idades. Vai tornar-nos melhores pessoas e menos ressabiados como muitos que aqui comentam e lançam o veneno das suas vidas tristes.

      Eliminar
    3. Acho que este blog tem 3 tipos de comentadores: os ressabiados anti-Pipoca, os ressabiados pro-Pipoca e os normais (que tanto podem concordar, como discordar, do que a Pipoca posta). Porque é que quando uma pessoa diz, educadamente, que não se identifica com A ou B que a Pipoca posta, é logo porque é invejoso, triste, frustrado? Não pode ser alguém que apenas está a transmitir a sua opinião e tê-la verdadeiramente, sem 2as intenções ou sentimentos? Ao se expressarem assim, estão a ser tão maus como os que insultam a Pipoca gratuitamente (estão a fazê-lo aos seus comentadores, sem ter havido qualquer ataque)...

      Eliminar
    4. Existem várias formas de transmitir a a nossa opinião. E se verificar aqui a maioria não transmite opinião, apenas fala mal. Não sou fã número 1 da Pipoca, nem tão pouco sou fã, sou uma leitora mais ou menos assídua, que por vezes gosta e outras nem por isso, mas não venho criticar por criticar, falar mal por falar mal. Achar que por eu não ter as possibilidades que Pipoca tem, isso me dá o direito de criticar por criticar. Por engano respondi a um comentário, não estava a falar do comentário em si, mas dos comentários no geral. Acho que todos nós poderíamos ser melhores pessoas

      Eliminar
    5. "Achar que por eu não ter as possibilidades que Pipoca tem, isso me dá o direito de criticar por criticar."

      Mas porque assume que quem critica não tem as possibilidades da Pipoca? Eu não sei quanto ganha a Pipoca, mas eu pessoalmente tenho possibilidades de fazer/comprar uma série de coisas iguais às dela e não o faço, por opção própria, por ter prioridades diferentes quanto àquilo em que gosto de gastar o meu dinheiro. A Pipoca posta sobre aquilo que gosta e com o qual se identifica. A partir do momento em que o torna público, eu posso responder com um comentário a dizer que não gosto disso, porque tenho gostos/opções diferentes, sem que isso faça de mim uma invejosa pobretanas, percebe?

      Eliminar
    6. Eu desde sempre que tive festas de anos, nunca falhou nenhuma. Mas sinceramente? Só me lembro das minhas festas a partir dos 5/6 e assim muito vagamente. Mas gosto de folhear os álbuns de fotos e ver eu com o meu bolo do 1º aniversário ao colo do meu avô (mesmo que estar ali e estar num seminário sobre trigonometria seria a mesma coisa) e de todos os anos que se seguiram. Mostra o amor que a minha família tinha por mim mesmo sabendo que nunca me iria lembrar daquilo mais tarde.

      Eliminar
    7. Ops anónimo 14:52, mas o dinheiro não é seu... por isso viva a sua vidinha com o seu dinheirinho.

      Eliminar
    8. "Isto para mim é gastar dinheiro à toa.". E depois? É o seu dinheiro?

      Eliminar
  24. O Mateus está tão crescido! Lindo rapaz que tens ai Ana :) Tudo de bom para a família!

    ResponderEliminar
  25. Desculpa lá, pipoca, pelo comentário que certamente vais banir e até pode vir a parar no comentador mais parvo.. que fique desde já esclarecido que é a primeira vez que comento e até é mais quase em forma de curiosidade do que propriamente de maldade (caso assim o entendas). Mas o Mateus não contacta com o irmão mais velho? É que nunca aparece em festas, fotografias, férias, nada.. e julgo que deve dar-se bem e até gostar com certeza do mano.. Perdoa se fui indiscreta. Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Mateus está frequentemente com o irmão mais velho e adoram-se (se bem que o Mateus é um bocado chato). Simplesmente, os pais dele preferem que não apareça no blog.

      Eliminar
    2. Já pensei que se calhar a pipoca é que não gosta de expor o irmão do Mateus visto que não é filho dela. E como pode ver pelas fotos a maioria das crianças aparece de costa, só a menina a ser pintada é que lhe vemos a cara. Já pensou que é por respeito aos pais e às próprias crianças que a Ana não expõe as suas caras!?

      Eliminar
    3. O arrumadinho já disse no blog dele, que nao irá expor o Henrique, por decisao da mae do pequeno!

      Eliminar
    4. Se calhar não aparece porque não mostram as fotos dele e não porque não esteve presente. A Pipoca mostra as fotos do filho DELA no blog DELA, por opção (e ainda bem porque o raio do puto é adoravel)

      Eliminar
    5. Sempre a meterem o bedelho.
      Haja paciência pipoca.

      Eliminar
    6. A meter o bedelho? Então a Pipoca fala de tudo da sua vida, família, até da festa de aniversário do filho de 2 anos faz um post com o que comeram, fizeram.. Temos uma visão para a vida dela que a maior parte das pessoas não deixam ter (chama-se privacidade). Claro que quando se sabe muito, quer-se saber mais. Não é meter o bedelho, é curiosidade.

      Eliminar
    7. Desculpem, mas aqui acho que não foi ''meter o bedelho'', foi apenas uma questão que não tinha nenhuma crítica inerente. Apenas queria saber. Deixem de ver coisas onde não existem!

      Eliminar
    8. Vocês deviam era ter 7 vidas como os bexanitos,para andarem mais ocupadas com as vossas vidas.
      Beijinhos

      Eliminar
  26. Que festa tão querida. :) E só consigo imaginar a cara do Mateus quando apareceram as 3 laranjas gigantes!

    Novo post: Coisas que adoro descobrir (mas não devia)

    ResponderEliminar
  27. sou louca pelos caracois do rapaz! coisa mais fofa :) e que sorriso lindo, principalmente na foto com os pais

    ResponderEliminar
  28. Não sei se foi coincidência ou não mas achei mesmo giro a roupinha do Mateus ser semelhante à do ano anterior, está um fofo este rapaz! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que memória! ;)

      Eliminar
    2. Não foi memória, mas com tantos comentários a referir que a festa do ano passado era mais gira e apropriada tive curiosidade e fui ver ;)

      Eliminar
  29. Boa tardeeeee. Que festaça, adorei e o rapaz também deve ter gostado muito. Ideias muitos giras que eu vou copiar certamente :) Muitos parabéns aos Pais.

    ResponderEliminar
  30. Ana, desde que o Mateus nasceu que brilha em si uma luz diferente, mais intensa. Muitos parabéns para ele.

    Diana Moura |+351|

    ResponderEliminar
  31. Gosto tanto de aqui vir, Ana Martins,
    Vai-me desculpar, mas o seu blog é o meu guilty pleasure,
    só um bocadinho menos mau do que a Casa dos Segredos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Volte sempre e traga amigos. Quantos mais pageviews melhor.

      Eliminar
    2. Sim, porque o blogue tem pornografia, porrada, palavrões, a Ana escreve SUPER MAL, cheia de erros (ironia). Mas uma coisas tem um comum com a Casa de Segredos: seguidores parvos como o anónimo 15:39.

      Eliminar
    3. Por acaso não achei nada de mal com o comentário das 15:39, é também o meu guilty pleasure Às vezes para me rir do que se comenta... está tudo muito assanhado enfim...

      Eliminar
    4. o seu maridão é bem giro pipoca!!!

      Eliminar
    5. E defensores acérrimos como o anónimo das 15:49.

      Eliminar
    6. A sério que a pipoca escreve sem erros, anonimo das 15:49??? Ja detetei uns milhoes!!!
      (ironia)(nao me levem a serio que eu tambem nao)(ironia outra vez so porque sim)

      Eliminar
    7. Acho que o anónimo das 15:49 se estava a referir aos comentadores do blog.
      Alguns, especialmente aqueles que insultam outros comentadores, são um prato!

      Eliminar
    8. E o meu voto de expulsão vai para o anónimo das 15:39. ahaaahaaa

      Eliminar
  32. Muitos parabéns pelo Mateus, que tem um ar muito muito doce! Um bonequinho!

    ResponderEliminar
  33. Mas que circo se tornou uma simples festa de criança!!!!!! Eu não sei se colocaria a festa dos 3 anos!!!!!
    Haja paciência!
    O menino é muito giro e a festa tem pormenores e detalhes muito bonitos.
    Felicidades.

    ResponderEliminar
  34. Prababéns ao Mateus e pais! Adorei as fotos da festa!

    ResponderEliminar
  35. Eu adoro as minhas festas de aniversário, desde há 6 anos que são temáticas com decorações do genero da festinha do Mateus, com a diferença que eu tenho mais 28 anos do que ele!! :D mas gosto, pronto.
    No entanto sou eu que faço tudo, desde a decoração à comida, faço tudo, convites lembrancinhas, bolo de aniversário, etc... Se dá trabalho? um bocadinho... qual a minha técnica? começar a preparar tudo com calma com uns 3 meses de antecedência. Exceto a comida que tem de ser mais próxima da data, é claro, se bem que há coisas que dão para fazer 4 ou 5 dias antes e colocar no congelador. Se fica caro? não tanto como as pessoas pensam porque, fica a dica, se vou a um hiper 4 meses antes e vejo um determinado refrigerante com mega desconto, compro já em quantidades para a festa. E vou comprando a maioria das coisas assim. Pelo facto de estarem em promoção e pelo facto de não despender do valor todo de uma vez, pouco noto no meu orçamento.
    Um dia que tenha um filho vou fazer exatamente o mesmo que a pipoca, mas irá continuar a ser tudo organizado por mim porque eu amo toda a preparação de uma festa. Claro que ajuda tambem ter um gosto especial por cake design, logo os docinhos ficam elaborados mas a preço reduzido.
    Em suma, não se desculpem com a falta de dinheiro e de tempo, porque se temos falta de ambos, só temos de ter criatividade e empenho para compensar.

    Ps.: Os meus proprios amigos também me acham meio maluquinha por preparar uma festa com meses de antecedência e por com esta idade fazer festas temáticas, mas é vê-los no dia completamente maravilhados... :D

    ResponderEliminar
  36. Quando leio os comentários que por aqui andam, só penso que há por aí outros bloggers que fazem coisas muuuuito mais elaboradas, cheias de pormenorzinhos da treta e ninguém vai para lá destilar ódio e inveja! Enfim, as pessoas não percebem que cada um tem o nível de vida que pode, de acordo com as prioridades que define para si e para a sua família!
    No entanto, é mais do que óbvio que o Mateus é uma criança feliz e, no fundo, é só mesmo isso que importa! Parabéns Ana e Ricardo, ele é lindo e vai quebrar muitos corações, daqui a uns aninhos! ;) Um beijinho grande*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem comentários negativos porque se calhar o blogger simplesmente não os aceita

      Eliminar
  37. Nascer no Verão tem isto de bom poder fazer a festa de aniversário ao ar livre.
    Embora ache as cores escolhidas demasiado sóbrias para uma festa de 2 anos nota-se que foi tudo preparado ao detalhe e a comida tem ótimo aspeto. Os fantoches foi uma ideia muito gira, mas o melhor de tudo é ver a felicidade das pessoas.
    Com certeza nem toda a gente poderá fazer uma festa assim, mas com imaginação e boa vontade pode-se fazer algo similar.
    Isso de só agora se dar importância às festas de anos não é bem verdade, sempre existiram festas e festas, o meu marido tem convites, respetivos brindes e fotos de festas de anos de alguns amigos que são muito similares ao que se faz hoje em dia.
    A grande diferença é que hoje estas coisas são mais acessíveis, a própria informação está mais acessível e claro tudo é mais divulgado.
    Mas concordo que existe pressão sobre os pais para fazerem tudo como a sociedade espera, desde as festas às sessões fotográficas. É verdade que muitas vezes parece maus um competição do que outra coisa.

    ResponderEliminar
  38. Olá Pipoca,

    A festa estava perfeita, adorei a decoração e o local que escolheu para festejar com as crianças. Nesta época do ano estes espaços são um encanto e super agradáveis para se passar uma tarde entre família e amigos. Estou nesta altura a preparar o meu casamento para o próximo ano e dei por mim a pensar que todos estes preparativos (da festa de aniversário do seu filhote) se compraram a preparação de um casamento. Não sabia que agora as festas de aniversário eram assim tão evoluídas e com tanto pormenores: decoração, animação, fotografo... Se calhar sempre foi assim, eu é que sou simples de mais e sempre me habituei a ter no aniversário bolinhos feitos pela minha mãe, e ainda hoje assim é, com quase 30 anos :) Parabéns ao Mateus!

    ResponderEliminar
  39. Parabéns Pipoca (pelo Mateus e pela festa)! O miúdo é um amor e a festa estava linda! Mas porque é que será que ultimamente os comentadores estão seeemmmmpre prontos a dizerem mal? Admiro-te a paciência e o bom humor... Sofia Fernandes.

    ResponderEliminar
  40. Que fotografias lindas! O ar de felicidade do Mateus é o melhor :) Lindo, lindo!

    ResponderEliminar
  41. Está tudo lindo e perfeito mas não parece uma festa de crianças. Quando eu era criança gostava era de chegar a uma festa cheia de côr e de preferência com os personagens dos desenhos animados da TV. E depois esta moda da animação nas festas...e maquilhagem...não entendo...então a parte gira das festas de anos não era ir a casa dos outros meninos ou meninas e brincar com as coisas deles, desarrumar a casa toda, estragar uns quantos brinquedos, etc? oh saudosos anos 90... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou dos anos 90 e nem festinha em casa com os amiguinhos fazia! Cortava o bolo na escola! Que felicidade!! No entanto divertia-me imenso nas que podiam fazer: umas um lanchinho, outras já um churrasquinho, outras com catering e aquelas decorações maravilhosas com guardanapos e chapéus da minie! Outras no chiqui-park (é assim que se escreve?)... Aniversário era sempre aniversário! Ainda bem que não eram todos iguais e ainda bem que as mães dos meus coleguinhas não tinham pena de mim por não ter festinha e me convidavam para desfrutar das deles!! Ricos pais que tive! A inveja é tramada! E saber que cada um pode fazer coisas diferentes com orçamentos diferentes faz parte da educação! As crianças só são frustradas se os pais forem! A minha mãe dizia quem puder gastar que gaste e faça os outros ganhar! Quem não puder não deixe os outros em apuros! Eu sempre compreendi isso!

      Eliminar
    2. :) é isso mesmo...saudosos anos 70..

      Eliminar
  42. Sou so eu que gostava era de Ruffles Matutano e gomas Haribo nas festas de anos?!!

    ResponderEliminar
  43. Festa linda, filho lindo, família linda! Adoro!

    ResponderEliminar
  44. De onde é as jardineiras do Mateus? São lindas...

    ResponderEliminar
  45. Que panda que é o Mateus.. fofinho que só ele! :)

    ResponderEliminar
  46. Mas está gente só sabe dizer mal???! Cambada de gente mais infeliz. Pipoca, as fotos estão LINDAS e a festa foi a coisa mais mimosa do mundo. Este ano o meu bebé fez dois anos e inspirei-me imenso na festa do Mateus do ano passado. Ficou tudo maravilhoso e vai ficar na memória de todos...por favor, continua a inspirar-nos e não ligues a estes comentários de gentinha que é uma secaaaa. Parabéns ao Mateus e aos pais ;)

    ResponderEliminar
  47. Fico mesmo triste de andar a percorrer blogs e ver tanto comentário agressivo e ofensivo! O pessoal anda todo maluco... Que irá na cabeça desta gente?! E no coração.... Meu deus não sou nenhuma madre Teresa de Calcutá mas por favor! Haja educação e bom senso! Estão a falar para seres humanos... Com sentimentos... E que por vezes embora possam parecer estar protegidos pelo escudo do ecrã sentem o peso dos muitos comentários que aqui leio!
    Enfim... Pipoca o teu menino está mesmo lindo, tem mesmo uma carinha de puto feliz!

    ResponderEliminar
  48. Parece que virou moda o pessoal dizer tudo o que lhe apetece! Ou melhor esse nem é o problema... É dizer tudo o que lhe apetece da forma que bem entender! A gente tem essa liberdade porque se partiu do princípio que o bom senso reinaria na hora de falarmos ou de escrevermos! Mas vejo que falta bom senso a muita gente! Porque não dizer "não gosto muito disto ou daquilo" vez de dizer "Pipoca devias tropeçar na primeira pedra que te aparecesse por estares a usar amarelo"... Um exemplo ridículo que espelha a meu ver a desproporção dos muitos comentários! Por favor.... Pipoca faça um filtro porque de facto deprime-me ler este comentários negros!

    ResponderEliminar
  49. É apenas uma publicação sobre o aniversario da criança e há tanto comentario desnecessario! Benzódeus!

    ResponderEliminar
  50. Existe uma t-shirt p criança q diz "my mom doesn't want your opinion". Acho q devias comprar uma para o Mateus! É q os posts sobre o Mateus são os q têm mais comentários a opinar! Q horror!

    ResponderEliminar
  51. Festa linda! Adorei!
    Os comentários negativos são de gente invejosa e mesquinha que não tem ocupação.
    Parabéns Pipoca pela linda família que tem.

    ResponderEliminar
  52. Que pormenores tão amorosos, muito giro mesmo.
    Parabéns ao Mateus (que está cada vez mais lindo) e muitas felicidades para todos =)
    *

    ResponderEliminar
  53. Absolutamente delicioso. E o Mateus é de" se comer" de tão fofo e giro que é . Parabéns "coisa boa"

    ResponderEliminar
  54. antes de mais parabens ao mateus e aos pais..e nao sei qual é o segredo para fazer um filho assim, ,mas o miudo é giro que se farta..felicidades a todos

    ResponderEliminar
  55. Família feliz!!!
    Os caracóis do Mateus são uma delícia...
    Felicidades para a família ;)

    blogdamariafrancisca.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  56. O Mateus é tão fofo.
    Muitos parabéns pipoca, nota-se que ele estava feliz e no fundo é isso que importa.

    ResponderEliminar
  57. O sonho de qualquer mãe: uma festa linda que não deu trabalho algum!

    Uns fazem o bolo, outros a decoração, outros o catering e outros tiram as fotografias.
    Também quero festas assim!

    Bjs,
    Paula
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  58. Olá, Pipoca!
    A festa do seu menino estava linda, mas não mais do que o aniversariante! :D
    Confesso que li alguns comentários que lhe fizeram ao post e não resisto em dar-lhe uma sugestão: coloque um "filtro" para a publicação de comentários. Sei que, de certo modo, dá a entender que respeita a opinião de todos os leitores. Mas, vá lá! Não deixe que o veneno e a inveja de algumas pessoas lhe estraguem o blog! Por favor, pense nisso!

    ResponderEliminar
  59. Já comia ! Tem tudo tão bom aspecto :)
    Fazem um casal muito bonito Pipoca, e o Mateus é a cereja em cima do bolo!
    Felicidades !!!

    Bjs*

    ResponderEliminar
  60. Nada contra a festa, mas o tema em si parece-me despropositado para uma criança de 2 anos, tal como acharia uma festa de maquilhagem ou saltos altos para uma menina da mesma idade.

    ResponderEliminar
  61. Oh Pipoca, gabo-lhe a paciência... Sugiro que para a próxima faça um pequeno questionário para os seus seguidores mais críticos e sempre do contra votem o tema da festa da criança! (NOT)
    Mas agora a Ana não pode escolher o tema que bem lhe apetece para a festa do filho? E não pode gastar o que quer e bem lhe apetece (ou que tem) na festa?
    Há comentários que são mesmo tipo os da escova de dentes XPTO que custa não sei quantas dezenas de euros ou das carteiras LV...
    Caros seguidores do blog: a Ana faz o que quer e lhe apetece! Tal como vocês fazem. Gostam? Comentem. Não gostam? Passem à frente ou comentem sem serem desagráveis.

    ResponderEliminar
  62. Mas estão todas loucas?? A maldade e a inveja é tão feia!

    Ana, estava tudo lindo, o Mateus é um amor :) Parabéns, por tudo!!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  63. A festa esta muito gira e o miudo é simples lindo... e a unica coisa que da para ver a distância é a felicidade dele... parabéns não so pela festa, nao só pelo aniversário do Mateus mas principalmente e acima de tudo por conseguir ter um filho feliz... o que infelizmente não deve acontecer com os filhos dos frustrados que aqui comentam... beijinhos

    ResponderEliminar
  64. Só nao entendo uma coisa, vá em jeito de desabafo: qualquer comentário que desaprove ou expresse uma opiniao contrária relativamente a um post é imediatamente detonado. Portanto, um comentador que tenha uma opiniao diferente é logo um invejoso, rancoroso, sei lá que mais. Nao só neste blog, já verifiquei o mesmo cenário em outros blogues. Mas o que é isto? É a pide da blogosfera, é isso? E quem vem para cá detonar os outros comentadores é o que? Menos mal amado, rancoroso, etc?Ou foi instaurado oficialmente o lambebotismo e ninguém avisou? Nao faco o reparo por mim, pois tenho bastante cuidado enquanto comentadora quando tenho de discordar de algo manter sempre o respeito. Mas vejo outros comentadores que apenas expressam uma opiniao com toda a educacao e sao logo chamados de tudo e mais alguma coisa. Entao onde ficamos com a boa educacao?

    ResponderEliminar
  65. De onde são os óculos? ADOROOO

    ResponderEliminar
  66. E já agora, Parabéns ao Mateus! ;D

    ResponderEliminar
  67. Abriu recentemente um espaço de festas de aniversário na Parede, Cascais, perto do Colégio dos Maristas bastante diversificado, organizado e muito bom gosto. Chama-se Funny Parties. Adorei e os preços são muito acessíveis. http://funnypartiesparede.webs.com.

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis