Pub SAPO pushdown

Feliz dia para a minha criança (e para as vossas também, vá)

segunda-feira, junho 01, 2015
O Mateus tem os joelhos com arranhões e nódoas negras várias. Nem sempre anda tão limpinho como eu gostaria, porque rebolar no chão é um dos passatempos preferidos. Os ténis aguentam-se pouco tempo com bom ar, porque jogar à bola, sempre e a toda a hora, é a prioridade máxima na vida dele. O Mateus não está quieto um segundo, corre mais do que eu, que já me esfalfo para o apanhar. Não é de estar sentadinho, amoroso, a pintar ou a ver televisão. É mais de trepar para o sofá, para as cadeiras, para as mesas, para tudo o que apanhar a jeito. O Mateus faz birras quando é contrariado e eu tento não me passar. Os maiores desafios começam agora e eu ainda estou a aprender a ser mãe. Acho que vou estar sempre, e sei que tenho de encontrar o meu meio termo para não estar sempre a dizer "não" mas também não estar a criar um monstrinho com a mania que é dono do mundo. Todos os dias tenho vontade de o encher de beijos (e encho), de o abraçar assim com muita, muita força (e abraço), para que ele saiba como é a coisa mais importante da vida. E como me enche o coração vê-lo feliz. Porque mesmo com nódoas negras, mesmo mais sujinho, mesmo com birras e manias, olho para ele e sei que é um menino feliz. Muito feliz. Hoje também é o dia dele e eu invejo-o por ser assim. Pequenino, sem problemas de espécie alguma e tão fácil de alegrar. Feliz dia, meu amor.



 Obrigada ao Clube VII que ontem nos convidou para uma festinha do Dia da Criança de onde foi EX-TRE-MA-MEN-TE difícil arrancá-lo!

63 comentários:

  1. Wow!!! Enganaste-te no nome do(s) meu(s) filho(s), pipoca. Mas eu sei que estavas a falar dele(s)!!!
    :-)
    Feliz Dia da Criança!

    ResponderEliminar
  2. Feliz dia :) O Mateus nota-se que é feliz, tem um sorriso maravilhoso e está quase sempre a rir :)

    ResponderEliminar
  3. O Mateus está um máximoooooooooo...

    ResponderEliminar
  4. Ainda me lembro de si a dizer que detestava miúdos etc etc :) é tão bom mudar! Eu também era mais ou menos assim e agora estou aqui com o meu bebe de 2 meses lindo que só ele!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também dizia que não gostava de crianças, e continuo a não gostar. Mas amo e adoro o meu filho, só não sou a melhor amiga dos filhos dos outros, principalmente dos que não conheço.

      Eliminar
    2. Anónimo das 11.17 o seu comentário é tão infeliz que até dói.

      Eliminar
    3. Eu também só gosto muito do meu. Dos outros gosto moderadamente, não passei a ser louca por miúdos.

      Eliminar
    4. Infeliz porquê? Não temos de gostar de todas as crianças do mundo, tal como não gostamos de todos os adultos do mundo.

      Eliminar
    5. Antes de ter minha filha criticava muito os pais de crianças que os deixavam fazer espetáculos(birras!) em locais publicos. Ate quando tive minha Maria, a princesa das birras!!! Lol :P

      Eliminar
    6. Anónimo das 11:17h, Pipoca e Paula: CREDO!Como é possível não gostar de crianças, ou até "moderadamente"?? Elas representam tanta coisa boa.São inocentes e frágeis, umas mais alegres do que outras, umas mais bem educadas do que outras, mas TODAS adoráveis e passíveis de bem educar e amar!

      Eliminar
    7. Nós só temos coisas boas a aprender (e absorver) das crianças. Eu não quero perder o meu lado de criança (apenas perdi as birras, que remédio):))

      Eliminar
    8. Claro,eu também só gosto do meu. O da pipoca nao me diz nada.

      Eliminar
    9. E o vá no fim da frase,é o quê? Um favor?

      Eliminar
    10. O que eu gostava de perceber é porque é que alguém que não gosta de crianças se mete em ter uma... Não faz sentido nenhum. Seria de esperar que a probabilidade de arrependimento fosse grande. Ninguém tem medo disso? Ou calam para sempre?

      Eliminar
    11. Para o comentador das 12:10h: qualquer pessoa tem a liberdade de ser e pensar o que quiser, e não, de ser aquilo que os outros acham que deve ser. Que ousadia, dizer publicamente algo "socialmente incorrecto". Que desplante, não gostarmos todos do mesmo!!!

      Eliminar
    12. Até tinha gostado do post (apesar de não ter gostado da parte do parêntese no título), até ter lido o comentário da Pipoca ali acima em resposta ao comentário da leitora das 10:41...

      Eliminar
    13. Eu nunca fui especialmente fã de crianças, nem tive o desejo de ser mãe, até estar na relação que tenho actualmente e de achar que, assim, faz sentido sermos pais e termos um filho nosso. Mas continuo sem adorar todas as crianças com quem tenho contacto, mas há duas que adoro mesmo: uma prima e uma filha de uns amigos. Tenho algum contacto próximo com as duas e acho-as fantásticas e especiais, por alguma razão destacam-se das outras crianças com quem contactei e que não me cativaram tanto. Em relação a essas duas gosto mesmo muito delas e imagino que, se é possível sentir isso por elas, como será quando eu tiver filhos meus :)

      Eliminar
    14. Socialmente incorrecto neste momento e dizer que se gosta de criancas ou se gosta de ser mae, trendy e dizer que e tudo horrivel na maternidade e quem nao pensa assim, e fundamentalista ou nao tem vida propria ou tem inveja.

      Eliminar
    15. 13:51, existe uma diferença entre não adorar os filhos dos outros, e não querer ter filhos. A sua questão não faz sentido.

      Eliminar
    16. Anónimo das 13:06, não só é possível como acontece muito mais do que pensas. Infelizmente ainda nos cai tudo em cima quando dizemos que não gostamos de miudos... como se quem não gosta fosse automáticamente um(a) terrivel estripador(a) de criancinhas. Por isso a norma é ou calar ou mentir.
      Para quem os queira, sejam muito felizes, bem tratados e com muita saúde, mas para mim, putos não obrigada. E também não contem comigo para babysitter...

      Eliminar
    17. Eu também não gosto de crianças! Que mania essa de que toda a gente tem de gostar das crianças, nem todas nascemos para ser mães e afins. Certamente terei mais empatia por outras coisas, como por exemplo, animais.. adoro e estimo muito os animais. Acho que tem de haver um equilibrio, não somos todos iguais, cada um com a sua vocação no mundo :)

      Eliminar
    18. Tenho dois filhos que adoro porque... os tenho e claro que não quero sequer imaginar-me a ficar sem eles.
      Agora, se nunca os tivesse tido? Não tinha e pronto. Sou mãe porque quis e não me arrependo, hoje voltaria a sê-lo, mas a maternidade nunca foi prioridade para mim.
      Não sou louca por crianças, nunca fui e não me parece que venha a ser.
      Adoro-os, mas não gosto de tudo neles e não os acho adoráveis 24h por dia.
      Os filhos dos outros.... depende.
      Há crianças simplesmente insuportáveis e não sou obrigada a adorá-las só porque são crianças. Respeito e é só!

      Eliminar
    19. Anónimo das 13:06 e todos os outros que ficam chocadíssimos quando ouvem alguém dizer que não gosta de crianças:

      Acalmem-se. Ninguém está a dizer que odeia crianças e quer que elas desapareçam todas do mundo. É uma questão de empatia: para muita gente, eu incluída, é muitíssimo mais difícil lidar com crianças do que com adultos, porque não temos a sensibilidade de saber falar, brincar, estar com elas como vocês, e consequentemente elas também gostam menos de estar connosco do que com adultos com mais jeito para a coisa. Dizer "não gosto de crianças" é dizer que não sabemos como interagir com elas de forma satisfatória, para nós e para elas.

      Isto obviamente não significa que não tenhamos uma ou outra criança na nossa vida que adoremos (e não estou a falar de filhos), que para nós seja especial e com quem nos consigamos entender. Também obviamente, não quer dizer necessariamente que não queiramos ter filhos. O desejo de ser mãe (e pai) é muito mais do que o desejo de ter, cuidar e viver com uma criança nos próximos anos. É o desejo de partilhar e perpetuar o amor que se vive com alguém, de dar uma nova pessoa ao mundo, educada nos nossos valores para se tornar mais e melhor que nós próprios.

      Sim, há muita gente que "não gosta de crianças" e tem filhos, e, surpresa!, são bons pais, empáticos e carinhosos. Mesmo não adorando outras crianças para além da sua.

      Eliminar
    20. 14:24,só se for aí na parvónia.Grande boom de crianças aqui em Berlim! Haha!

      Eliminar
    21. Eu não gosto nem desgosto de crianças, consideradas como um todo. Da mesma maneira que não digo gosto de homens - gosto de alguns homens que conheço - ou de pessoas - gosto de algumas, outras não gosto, outras são-me indiferentes. Parece-me lógico que não tenho que gostar de um grupo inteiro pelas suas características enquanto grupo.

      Eliminar
    22. Acho que é completamente diferente dizer-se que não se tem muita afinidade com outras crianças porque, simplesmente não as conhecemos, do que dizer que só se gosta delas "moderadamente". Tal como não entedi a parte final do título do post, porque, não é por eu não ter muita afinidade com todas as crianças do universo que não posso desejar-lhes um bom dia da criança, tendo em conta, ainda por cima, o que isso representa. Até porque, para os nossos 8dos leitores) nem foi bem desejado um bom dia da criança, (pelo menos foi assim que entendi o "vá" do título), mas depois é giro estar aqui a receber comentários de que o "nosso" filho (leia-se, o da Pipoca) é lindo (e é, atenção, não o estou a contradizer) e isto e aquilo e o outro, quando, os leitores da Pipoca levam apenas com um "gosto dos outros miúdos moderadamente". Não, sei, calhou-me mal este comentário, só isso.

      Eliminar
    23. Ainda bem que há muita gente "politicamente correta" que é capaz de amar crianças que não saíram de dentro delas.

      Eliminar
    24. Não temos de ser todos loucos por crianças porque senão eramos todos educadores de infância. Também não temos de gostar de todas as crianças como gostamos dos nossos filhos. Mas não gostar de crianças?! Sempre ouvi dizer e concordo: Quem não gosta de crianças e animais não é boa pessoa.

      Eliminar
    25. Não gosto de crianças, não gosto de crianças e não gosto de crianças. Era o que me faltava não dizer o que penso por causa de um grupo de ofendidos. Não lhes acho piada, não tenho paciência e o pior que me podem fazer é convidar me para uma festa de miúdos...
      Ah! Só gosto de uma criança, da minha sobrinha. Basta um sorriso dela para me derreter toda, mas continuo a não gostar dos outros.
      E só para irritar mais ainda, gosto muito mais de animais, nem há comparação.

      Eliminar
    26. "Quem não gosta de crianças e animais não é boa pessoa". Uau, parabéns, usa argumentos sem qualquer tipo de fundamento e altamente generalizado.

      Eliminar
    27. Quem não gosta de crianças nem os próprios filhos ama realmente... Só os têm para não serem diferentes, pela sociedade, por moda, para poderem dizer que têm mais um estatuto - o de mãe - porque amor pelos filhos é coisa que vocês não têm, de vez em quando lá fingem que sim que os amam... Ah sim e tal detesto a maternidade mas amo-o muito, mas detesto a maternidade atenção...!

      Eliminar
    28. Anónimo das 20:51 que comentários mais descabidos, para não dizer idiotas...Eu não sou, nem nunca fui uma apaixonada por crianças. Mas isso não significa que as deteste, maltrate ou que ache que devam ser erradicadas da Terra...Tenho uma filha, já crescida, que adoro de paixão e que, eu sei, também tem o mesmo sentimento por mim. Já não vive comigo, mas telefonamo-nos diariamente. Digo-lhe muitas vezes que Deus me deu exactamente a filha que sempre quis, porque além de a amar profundamente tem tudo a ver comigo. Tenho muita sorte. Acha que este sentimento tem alguma coisa a ver com "moda, com estatuto" para citar alguns dos seus "inteligentes" comentários??? Já nem comento a sua frase "amor pelos filhos é coisa que vocês não têm, de vez em quando lá fingem que sim que os amam"...É de tal maneira imbecil que nem merece resposta. Duas perguntas: Bebeu??? Estava drogada??? Olhe, vá-se catar!!!

      Eliminar
    29. Parabéns, Anónimo das 20:51, ganhou o troféu de comentário mais idiota da semana!

      Eliminar
    30. Bem, por essa lógica e tendo em conta que a maioria da população se alimenta de cadáveres de animais, são todos más pessoas.

      Eliminar
    31. Gosto de crianças.... em casa delas.
      Sim, acho-as giras e tal, mas aquela adoração que vejo muitas pessoas que mesmo que eles sejam uns diabos, tudo lhe desculpam e continuam cheias de paciência não tenho.
      Se tenho filhos? Tenho. E por vezes só não os mando para casa deles, porque eles estão na casa deles...
      Se gosto deles? CLARO! Mas uma svezes mais que outras, como lhes digo e eles riem-se e dizem-me: também há alturas que gostamos mais de ti que outras (quando lhes faço as vontades, claro), mas adoramos-te e não te trocavamos por nada nem ninguém. Nem eu a eles e isto basta-nos.
      Mesmo que tenha dias em que me apeteça vende-los, são os meus filhos, os meus diabinhos e ADORO-OS. Há dias que os atuto porque...são meus!

      Eliminar
    32. Nelson Mandela: A evolução de uma nação se vê da maneira que a mesma trata as suas crianças"

      Eliminar
    33. Mas por acaso está aqui alguém a dizer que maltrata crianças ou que elas deviam todas morrer? E porque raio é que quem não gosta de crianças não pode ser boa pessoa?
      Eu por acaso conheço umas tantas que dizem que as adoram e são más. Incapazes de sentir compaixão, incapazes de estender a mão a quem não tem nada... isso é ser se bom?
      Pois eu prefiro não ter adoração por crianças e ser como sou.

      Eliminar
    34. Dizer :"eu nao gosto de crianças" é imaturo. Mas é verdade q as crianças sao como os gazes,só gostamos dos nossos. E se nao gosta de crianças,sim,é uma pessoa horrível. Distancia,please.

      Eliminar
    35. E como é que és ó tu das 14:55?

      Eliminar

    36. Aquela babysiter q malhava nos putos,tambem nao curtia lá muito crianças.

      Eliminar
    37. Parece-me é um pouco parvo dizer "bom dia da criança só para a minha" (sim, porque o resto do título bem que era dispensável, pois não foi, de todo, para desejar bom dia da criança para os filhos dos outros).

      Eliminar
    38. Eu acho que a pipoca,disse de bom coraçao.mas como boa capricorniana que é, é lhe dificil expressar sentimentos tão abertamente.ou entao,estava só a ser engraçada.
      Beijo pipoca.(i understand you!) :))

      Eliminar
  5. É "muita" Lindo o Pituru! (é o que eu chamo à minha Pituru de 14 meses!)

    ResponderEliminar
  6. Talvez estejas ainda a aprender a ser mãe, mas és sem dúvida a melhor mãe que ele podia ter :)

    ResponderEliminar
  7. é bonito parece ser feliz e isso é o que importa ( invejo lhe as pestanas ) :P

    ResponderEliminar
  8. Criança feliz tem que ter arranhões, negras e sujar-se, quanto ás birras adoro, não, não sou louca mas adoro uma boa birra e levar a minha avante, coisa que acontecia normalmente ...Feliz dia Mateus

    ResponderEliminar
  9. O Mateus é tão bonito :)

    ResponderEliminar
  10. Bem Pipoca... as pestanas do Mateus dão a volta ao mundo e voltam de tão grandes! Lindo!
    Um feliz dia das crianças pra ele, e também pra nós todos, não é? :)

    ResponderEliminar
  11. Dia da criança...?!? Dia da criança é isto... http://oescapemaisrouco.blogspot.pt/2015/06/dia-da-crianca.html :)

    ..., e um destes dias tens de vir andar de mota comigo, oh Pipoca!!

    http://oescapemaisrouco.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Está cada vez mais giro :)

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Pipoca o miúdo MATEUS esta um espanto de giroooo... sabe o que é que o pediatra do meu filho (agora com 21 anos), quando eu me queixava que ele andava sempre arranhado, com algumas nodoas negras, roto, despenteado e de um lado para o outro "non stop"? Dizia: "Ainda bem Cláudia, desconfie sempre daqueles meninos que estão sempre tão limpinhos... normalmente são doentes" Todas essas "mazelas" do Mateus são sinais de SAUDE, muita Saude...portanto, VIVA o MATEUS e toda a sua Alegriaaaaaa....

    ResponderEliminar
  14. Tão lindo o Mateus.
    Feliz Dia da Criança!

    blogdamariafrancisca.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. A prova de uma infância feliz: sorriso no rosto, sapatos rotos de jogar à bola, roupa suja de rebolar na relva e arranhões e nódoas negras de tanta brincadeira.... Eu também tive tudo isto e foi a melhor fase da minha vida!!

    ResponderEliminar
  16. o teu filho é tão lindo, que coisa fofa pipoca *.*

    ResponderEliminar
  17. Pipoca o teu Mateus é tão lindo e fofo. Beijinhos para os dois :)

    ResponderEliminar
  18. Tanta parceira nos comentários, Meu Deus!!!!Tenho 48 anos dois filhos (14 e 19) que amo incondicionalmente, são o melhor do mundo, daria a vida por eles se fosse preciso, mas.......não adoro bem nunca adorei crianças......comitê compreendo Pipoca!!!

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis