Pub SAPO pushdown

Novidades fresquinhas #42

quinta-feira, abril 09, 2015
Ontem estive na apresentação das novas escovas de dentes da Foreo, as ISSA. Assim que os meus olhos bateram nelas tive vontade de lavar os dentes ali mesmo, de tão fofinhas que são. Não sou a maior fã de escovas eléctricas, acho sempre que foram inventadas para gente preguiçosa que nem vigor tem para lavar os dentes. Para além de que não me parece que tenham a mesma eficácia que as escovas tradicionais. Mas esta tem um design que nos faz bater palminhas e, claro, isso também vende. A ISSA é toda feita de silicone (incluindo as cerdas), tem vários níveis de intensidade, é flexível e é muito boa ao toque. Se é eficaz? Não sei, que ainda só a utilizei duas vezes, mas parece. Foi-nos explicado que é melhor usá-la com pouca pasta de dentes, para as cerdas de silicone actuarem de forma mais directa nos dentes, e assim tenho feito (sou uma abusada com a pasta de dentes, é um disparate). Mas se a ISSA é gira, mais gira ainda é a ISSA Mini, para os mais pequenos (a partir dos 5 anos). É em tudo parecida à escova dos grandes, mas dá para controlar se eles realmente escovaram os dentes com afinco, graças às Carinhas Luminosas. Se os miúdos escovarem os dentes durante os dois minutos que é suposto aparece uma cara feliz, se aldrabarem o processo e despacharem a lavagem antes do tempo aparece uma cara triste. A mesma cara triste que aparece se eles não usarem a escova durante mais de 12 horas. Tomem lá que é para não serem trafulhas. As ISSA já estão à venda nas lojas Douglas e custam 169€ (versão normal) e 99€ (versão mini).

128 comentários:

  1. 169€??? Sao mesmo bonitas para ficarem na prateleira. Mais um motivo para ganharmos vigor e continuarmos no modo manual!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A 99€ para uma criança de 5 anos é bom que elas durem praí até os 20 anos...

      Eliminar
  2. 169€? 99€?? Por uma escova de dentes XPTO?? Você só pode estar a gozar com os pobres!! Enfim, quem pode, pode. E oferecido ainda melhor, claro. Certa que não vai publicar este comentário, digo-lhe à mesma o que penso... Luísa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah Luísa, é assim mesmo, diga sempre aquilo que pensa! Ahah

      Eliminar
    2. A Sra. Luísa nunca aceitaria, mesmo que oferecido. Dignidade acima de tudo

      Eliminar
  3. Pipoca, até arregalei os olhos, por momentos pensei que estavas a fazer publicidade a outro tipo de artigo, é que essas escovinhas parecem mesmo outra coisa ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, também pensei o mesmo 😀

      Eliminar
    2. Pensei exactamente o mesmo! Ahah Mas acho que foi de ter trabalhado muito tempo na Groupon...

      Eliminar
    3. Pois, é que se fosse ISSO que vocês pensaram ,ainda valia a pena o investimento!!

      Eliminar
  4. Fiquei bem curiosa!

    beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Pelo preço devem não só lavar os dentes, como passar a ferro lol

    ResponderEliminar
  6. As escovas eléctricas limpam melhor os dentes. As oral B são óptimas. Infelizmente provocam-me dores de cabeça.

    ResponderEliminar
  7. Adorei o facto das escovas das crianças terem smiles :D ahahh muito bom!

    http://janeiroemparis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. :):):) essas escovas de dentes parecem outra coisa...:):):)

    ResponderEliminar
  9. uma escova de dentes que custa 169 euros é....como dizê-lo....estúpido.

    ResponderEliminar
  10. Querida Pipoca,

    Gosto muito de ler o teu blogue mas ultimamente a publicidade que aqui aparece cansa-me! Percebo que tens de ganhar para poder pagar as tuas contas mas penso que há limites! Tudo bem que te deram esta escova e agora tens de fazer com que venda mas por 169€ ou 99€ dá para pagar as tais escovas eléctricas que "foram inventadas para gente preguiçosa" e mais umas pastas de dentes durante os próximos tempos.
    Por isso é que quando fazes publicidade a este ou àquele produto não vou em cantigas porque, sinceramente, sei que estás a vendê-lo e se calhar só utilizas uma vez e pões de parte... Antes de aconselhares seja o que for utiliza bem o produto para que possas dar uma opinião sincera e positiva ou negativa.
    Hoje em dia este tipo de blogues, patrocinados pelas marcas, deixam muito a desejar pois só falam bem dos produtos e que são os melhores do mundo e temos de ir a correr e comprar. Um conselho para quem lê esta publicação ou sobre outro produto, por favor, informem-se antes de ir a correr a comprar seja o que for!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta rubrica serve, como o nome da mesma indica, para anunciar coisas novas. Produtos, serviços, lojas, marcas. Não sou paga para isso porque, tal como já expliquei umas 56 mil vezes, TODOOOOOOS os posts publicitários estão assinalados como tal. Terem-me oferecido um produto e eu falar dele não é, para mim, publicidade, é simplesmente informação. Estou a dizer que estas escova são novas, que foram agora lançadas em Portugal, que estão à venda e o preço. Oferecem-me muita coisa, não falo nem de 90%. Há uma outra rubrica chamada "Experimentei e vai que gostei", onde aí sim, recomendo produtos que usei durante algum tempo e que recomendo. Uma vez mais, não me pagam para isso. A informação existe e circula em todo o lado. Aqui, nos jornais, nas revistas, na televisão. Eu dou a conhecer aos meus leitores uma data de coisas, mas não instigo ninguém a comprá-las, nem quero saber se o fazem ou não.

      Eliminar
    2. A sério que não consideras isto publicidade? O Código da Publicidade tem uma opinião diferente:

      Artigo 3.º
      Conceito de publicidade
      1 - Considera-se publicidade, para efeitos do presente diploma, qualquer forma de comunicação feita por entidades de natureza pública ou privada, no âmbito de uma actividade comercial, industrial, artesanal ou liberal, com o objectivo directo ou indirecto de:
      a) Promover, com vista à sua comercialização ou alienação, quaisquer bens ou serviços;
      b) Promover ideias, princípios, iniciativas ou instituições.

      Eliminar
    3. Pipoca, a bem da transparência penso que seria também adequado indicar quando os produtos são oferecidos ou quando foram comprados pela própria. Eu pelo menos gostaria de ter essa noção. Fica a sugestão. Cumprimentos.

      Eliminar
    4. Quando, por exemplo, o jornal Público faz um artigo de três páginas sobre o novo iPhone, indicando as suas características, preço e ponto de venda, isso é publicidade ou informação? Para mim é informação.
      Eu escrever um texto, de forma totalmente livre e sem ter sido paga para isso, a dizer que há um novo produto no mercado, que custa X e que se vende aqui ou ali, para mim não é publicidade, é informação.

      Eliminar
    5. Pipoca, sabes bem que a forma do jornal Público (ou de outros meios de comunicação) transmitirem esses tipo de notícias é muito mais informativa e objectiva que a tua. As pessoas que escrevem esses artigos são jornalistas e estão sujeitas a uma série de obrigações deontológicas que tu, a partir do momento em que entregaste a carteira e te resolveste decidar ao blog full-time, abdicaste. Claro que tentas mascarar a coisa, porque é uma oferta e não foi paga em dinheiro, porque admites que ainda não a usaste muito e que não queres saber se a compram, mas depois dás todo um enquadramento à escrita que demonstra precisamente o contrário. Percebe-se que o fazes para que isto não caia no conceito de publicidade, percebe-se que estudaste o assunto, mas, lamento, é publicidade. E a tua sorte é a Direcção-Geral do Consumidor, a DGAE e outros que tais terem assuntos mais importantes com que se ocupar, se não já te tinham caído em cima :)

      Eliminar
    6. Tenho de concordar com a Pipoca. Isto é mais ou menos como o Boca a boca. É uma forma de comunicação, mas não de publicidade. A publicidade está sempre identificada ou deve estar. O facto da Pipoca dar-nos a conhecer este produto é o mesmo que nós dizermos a uma amiga ou conhecida que agora saiu um novo champô e está à venda no sítio X e até custa o preço Y. Não é publicidade de forma alguma.

      Eliminar
    7. Pipoca discordo, mas discordo tanto! informativo ou nao, isto e' publicicate e marketing de um produto. Achava mais giro e honesto que disseses simplesmente - olha deram-me esta escova de dentes e ate achei porreirinha.
      Como ja foi dito, compreendo que tenhas contas para pagar (e produtos para agradecer), mas este blog tinha muito mais piada quando era so teu, quando era mesmo mesminho o reflexo da tua personalidade. Lembras-te? oje em dia faz-me lembrar a Vogue ou uma revista pipi qualquer - muito abstracto e nao para a bolsa da maioria.
      ( escrito num teclado sem acentos)

      Eliminar
    8. Anónimo das 16:31, é óbvio que eu dou um cunho mais pessoal e opinativo aos meus textos. Precisamente por isto ser um blog e não um meio de comunicação oficial e eu ter liberdade criativa. Mas, já agora, acho que devia passar um mês numa redacção, sobretudo numa secção de moda ou beleza, para ver como funcionam realmente as coisas. Os interesses comerciais sobrepõem-se, tantas e tantas vezes, aos critérios editoriais, ao código deontológico e a essas coisas todas. Eu não tento mascarar nada, não preciso disso. Já expliquei que os textos publicitários estão assinalados, já expliquei que me oferecem dezenas de coisas e que eu não falo de 90% delas. Por exemplo, esta mesma marca já me ofereceu uma máquina para limpeza do rosto e eu nunca falei dela aqui. E já foi há uns bons meses. Ainda não a experimentei, não sei se é boa se má. Mas podia ter-me limitado a informar que a máquina saiu e que está disponível no mercado. Continuo a dizer que informar as leitoras sobre lojas, marcas ou serviços não é, para mim, publicidade. Se calhar posso passar a ser mais factual e a escrever só uma legenda, tipo "saiu a nova escova eléctrica da Foreo, 169€, à venda na Douglas". Pronto. Assim já é só informativo? E que venha de lá a Direcção-Geral do Consumidor, bring it on!

      Eliminar
    9. Cromossoma X, mas eu por acaso disse que comprei a escova? Eu disse que fui à apresentação da escova. Nas apresentações dos produtos é normal os mesmos serem oferecidos aos convidados. Mas vá, se eu tivesse dito, letrinha por letrinha, "ofereceram-me esta escova e faz isto, e isto e isto, e custa tanto, e vende-se aqui e ali". Isso já não era publicidade? Era só informação? Ainda ontem ou anteontem, nesta mesma rubrica, anunciei que havia duas novas lojas em Lisboa, a Adidas e a New Balance. Acha mesmo que fui paga para isso? Acha mesmo que isso é publicidade? Ou é só informação?
      Quanto à converso do "ai, gostava tanto do blog de antigamente", as pessoas parecem esquecer-se que este blog tem onze anos e que não pode, necessariamente, ser o mesmo que era. O blog foi mudando com o tempo, assim como eu. E sendo a minha profissão, é normal que os conteúdos também sejam diferentes.

      Eliminar
    10. Por acaso, Pipoca, acho que se "tivesse dito, letrinha por letrinha, "ofereceram-me esta escova e faz isto, e isto e isto, e custa tanto, e vende-se aqui e ali".", soaria a mais honesto. Pode soar estúpido o que vou dizer, mas gosto mais desse tipo de abordagem, como consumidora parece-me mais credível e honesta, que quando as bloggers (não é só a Pipoca) tentam criar toda uma história e um enquadramento pessoal à coisa, para depois acabar com a sugestão (ou informação) de um produto. Detesto isso e só me faz clicar logo na cruzinha no canto do ecran :) este post nem está muito assim, há outros mais óbvios e exemplificativos do que estou a dizer, mas mesmo assim foram "precisas" 17 linhas para passar uma "informação" que cabia em 3.

      Eliminar
    11. Para mim como leitora e consumidora seria importante a informação de que um produto é dado... para mim é diferente de um produto lhe ter chamado o suficiente a atenção para o comprar, gastar dinheiro nele... não deixa de ser uma forma de de publicidade (porque é com essa intenção que as marcas oferecem produtos) o que não invalida que seja também, informação. Mas para a informação chegar completa a este lado, sim, ficaria bem dizer se foi oferecida ou se gastou dinheiro nela.

      Eliminar
    12. Tem toda a razão, estou-me a lembrar por exemplo (nem todos os exemplos incluem a Pipoca) do take-away do pingo doce, , ou das pastilhas para a máquina da roupa,do compal essencial, do sumo "um bongo", dos chás da lipton, do leite sem lactose da mimosa (fiquei a saber que todas as bloggers portuguesas têm filhos intolerantes à lactose), entre muitos outros exemplos. É rídiculo as voltas que as bloggers deram para dar a "tal informação". E depois é o sair de um blog com uma história muito pessoal sobre um produto, entrar noutro blog e lá está outra história muito pessoal sobre o mesmo produto. Parece que nós, leitores, somos idiotas!!!

      Eliminar
    13. Anónimo das 17:22 tem toda a razão, estou-me a lembrar por exemplo (nem todos os exemplos incluem a Pipoca) do take-away do pingo doce, , ou das pastilhas para a máquina da roupa,do compal essencial, do sumo "um bongo", dos chás da lipton, do leite sem lactose da mimosa (fiquei a saber que todas as bloggers portuguesas têm filhos intolerantes à lactose), entre muitos outros exemplos. É rídiculo as voltas que as bloggers deram para dar a "tal informação". E depois é o sair de um blog com uma história muito pessoal sobre um produto, entrar noutro blog e lá está outra história muito pessoal sobre o mesmo produto. Parece que nós, leitores, somos idiotas!!!

      Eliminar
    14. Se não são idiotas porque é que é preciso vir tudo escarrapachadinho num texto? Só para depois se indignarem muito por os produtos serem oferecidos e que as bloggers são umas privilegiadas etc etc?

      Eliminar
    15. Com cariz publicitário, ou não, o que é que aqui estão a fazer afinal? Toda a gente é capaz de reconhecer que este blog é hoje muito mais comercial e, por isso, menos pessoal porque a dinâmica do mesmo se alterou com o tempo. A adaptação do mercado à blogosfera reflete-se com a entrega de produtos aos autores, e qual é o problema? Se estão sempre tão descontentes com todos posts, não visitem.

      Eliminar
    16. Subscrevo inteiramente Pim!
      Pipoca, todos nós sabemos que vives há custa dos patrocínios e afins ! Vá agora tens uma loja.
      Obviamente que fico sempre de pé atrás quando estás a promover algo porque muitas vezes é pura e simplesmente publicidade enganosa!
      Tenho a certeza que consegues fazer do pior produto,Subscrevo inteiramente Pim!
      Pipoca, todos nós sabemos que vives há custa dos patrocínios
      Obviamente que fico sempre de pé atrás quando estás a promover algo porque muitas vezes é pura e simplesmente publicidade enganosa!
      Tenho a certeza que consegues fazer do pior produto, o melhor de todos!

      Eliminar
    17. Vou explicar-lhe pipoca porque é que devia dizer letrinha por letrinha que um produto é dado. Há marcas (e provavelmente já recebeu ofertas destas, que acredito que não aceitou) que pedem a determinado bloguer para fazer publicidade do produto x e y, mas que só pagam/oferecem algo se não for mencionado que o produto foi oferecido ou que a publicidade foi paga... Por isso, é apenas uma questão de transparência, de confiança, porque como já alguém aqui mencionou é ridículo estarmos a falar de forma tão pessoal de um produto que pode ter sido comprado e depois vermos que, de repente, toda a bloga tem o mesmo problema, ou descobriu a pólvora ao mesmo tempo... e ah! afinal o produto foi oferecido e quebra a confiança, não só na bloguer como no próprio produto.

      Eliminar
    18. Desculpem lá, mas vocês são chatas que dói! Raio de mulherio (este aqui em cima) invejoso (e triste, muito triste!)...
      Tantos blogues "sinceros/honestos/humildeds/baratos/verdadeiros/acessíveis" para lerem e continuam a cá vir...

      Eliminar
    19. Basta pores um asterisco no final do texto a dizer que o produto foi oferta da marca e não pago com o teu dinheiro, como tantas bloggers internacionais fazem... Qual é o grande drama? Enquanto consumidora gosto de saber se é uma coisa boa o suficiente e que despertou o interesse da pessoa ao ponto da efectivamente ter desembolsado o seu próprio dinheiro ou se foi simplesmente oferta.

      Eliminar
  11. Estava toda entusiasmada a ler já me imaginando a comprar para o meu filho que é um aldrabão a escovar dentes até que vi o preço !!!!!! Podem ser muito boas e até valer o dobro do dinheiro mas é demais para a minha carteira :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para os meninos aldrabões na lavagem dos dentes há uma pomadinha que se compra para colocar nos dentes que fica cor de rosa se os dentes não forem bem lavados. Foi a dentista do meu filho (albradão da pior espécie) que aconselhou.
      Com rapazes funciona muito bem, que isso de ficar com dentes cor de rosa não é coisa de mini-macho! Duvido que funcione tão bem com meninas, que ainda eram capazes de lavar mal os dentes só para ficarem com eles coloridos :)

      Eliminar
    2. Existem uns temporizadores próprios para as crianças (e adultos) saberem o tempo que têm de escovar os dentes! Veja na Tiger por exemplo.

      Eliminar
    3. Tristes daqueles que ainda educam os filhos na dicotomia coisa de menino/coisa de menina.

      Eliminar
    4. Se calhar não são os pais, há mesmo todo um mundo direcionado para essa dicotomia.
      Conheço vários meninos pequenos, de diversas realidades sócio-culturais que se uniriam em não ficar com os dentes cor de rosa.

      Eliminar
    5. Menino e menina são difentes, sim. Homem e mulher são diferentes, sim. E ainda bem.
      Não quer dizer que não tenham direitos (e deveres, já agora) iguais. Igualdade não significa (ou pelo menos não deve significar) o anular das diferenças!

      Eliminar
    6. Menino e menino também são diferentes, assim como menina e menina. Só para lembrar que não há diferenças só de dois tipos. E como uma série dessas diferenças são fabricadas. Sim, fa-bri-ca-das. Se tiverem curiosidade, vejam a história do cor-de-rosa, e como, ainda não há muitas décadas, era convencionado que isso era cor de... meninOs!

      Fora a questão de educar meninOs com a ideia que usar e gostar de coisas de menina, e, por consequência, meninas, denigre e diminui, de alguma forma, a sua identidade e valor enquanto meninos. Afinal de contas, quando meninos educados na ideia de que coisas de meninas são inferiores e lhe arrancam pedaços, o que é que pode correr mal, quando estes meninos crescerem, não é?... De certeza não vão lavar cuecas, que isso não é digno de varões, qu'horror!

      Eliminar
    7. Quais diferenças? Entre o rosa e o azul? Não acha triste a redução da mulher presente em frases como "não chores, quem chora são as meninas" ou "rosa é de menina" ?

      Eliminar
  12. São mesmo fofinhas. Parecem a família Barbapapa ;)

    https://instagram.com/annabelle_madeira/

    ResponderEliminar
  13. Estou tentada é a comprar o Foreo Luna. Veremos se as escovas são assim qualquer coisas de extraordinário. Eu também sou apologista das escovas tradicionais. Bj

    ResponderEliminar
  14. 169€ por uma escova de dentes?! Mas estão a gozar com os pobres? Enfim... Nunca na vida vou ter uma destas mas pronto.

    Isto só é para quem pode não é para quem quer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como a maioria das coisas, são para quem pode. Em vez de vir comentar para aqui toda invejosa porque não consegue comprar uma reles escova de dentes, que tal tentar mas é melhorar a sua vida para então "poder" esta e outras coisas?

      Eliminar
    2. Reles escova de dentes? Para custar 169 euros não deve ser reles. Ah e lá vem a conversa muito gira que quem é pobre é porque não trabalha / tenta o suficiente. Clássico.

      Eliminar
    3. Adoro como falam de 169€ como se fosse o euromilhões. Eu, pessoalmente, tenho dinheiro que me permitiria comprar essa escova, mas não o farei porque não é algo que valorize como prioritário e que ache que valha a despesa. Mas não vou categorizar o seu preço de escandaloso, como muita gente que comentou. Ah e lá vem a conversa muito gira de quem é pobre a indignar-se com o preço das coisas que não estão ao seu alcance. Clássico.

      Eliminar
    4. Lá vêm as parvinhas da inveja, que é o único argumento que têm para quando alguém discorda delas. Mesmo quem possa... acho de uma futilidade extrema, a roçar o pecado, dar essa quantia de dinheiro por uma escova de dentes. Mas claro que cada um é que sabe onde gasta o dinheiro que ganhou com o suor do seu trabalho. E concordo com o anónimo das 15h53, até parece que é a coisa mais simples da vida "melhorar a vida" nos dias que correm, uma boa dose de realidade precisa-se.

      Eliminar
    5. Dose de realidade precisam vocês, que constantemente usam "os dias que correm" como justificação para não terem a vida que pretendem. Pois olhe que eu (e uma série de amigos meus), aqueles que sempre nos esforçámos pelos nossos objectivos, que acabámos os estudos em plena crise, mas que sempre corremos atrás das oportunidades, estamos todos empregados, em Portugal ou fora, e a ganhar de modo a, se quiséssemos, comprar esta treta de escova lol. Já outros colegas nossos, a quem reconheço pouco ou nenhum mérito, arrastam-se na autocomiseração própria de quem sempre arranjou desculpas e se fez de vítima para não conseguir algo na vida.

      Eliminar
    6. Anónimo das 16:12 parabéns por ter 169 para comprar uma escova, fico super feliz por si. Agora pense que há pessoas que não têm esse dinheiro para comer durante um mês. Acho bem que as pessoas comprem, nada contra! Se podem, podem. Agora não venham é dizer "ah se você quisesse muito, se trabalhasse podia ser rica e comprar esta escova". As coisas não funcionam assim.Reality check, 169 euros não é imenso dinheiro. Mas é imenso dinheiro para uma escova de dentes que costuma custa 2 ou 3 euros no supermercado.

      Eliminar
    7. "acho de uma futilidade extrema, a roçar o pecado, dar essa quantia de dinheiro por uma escova de dentes."

      meu deus, que sacrilégio. Quem comentou isto deve vestir-se só com uma bata e habitar numa gruta, apanhando bagas nos tempos livres para comer. Geezuz.

      Eliminar
    8. Não estou a ver qual foi a dificuldade de acabar os estudos em "plena crise". Milhares de pessoas (inclusive eu) fazem o mesmo e não me parece ser grande coisa. Certamente não é uma garantia de sucesso profissional ou financeiro

      Eliminar
    9. Oh Anónimo 09 abril, 2015 16:53, nem sei como acabou efectivamente os estudos, com uma capacidade de interpretação tão pobre! Eu referia-me a pessoas, como eu e outros, que acabaram os estudos em plena crise e estão a trabalhar, bem empregados e a ganhar um salário decente. Porque muitos outros da nossa geração (e de outras) usam a desculpa da crise para não o estarem. Estava a dar como exemplo pessoas que acabaram os estudos e entraram no mercado de trabalho quando este estava mais difícil e em crise e, mesmo assim, ao contrário do suposto desemprego que lhes era destinado (ou emprego a ganhar nem para uma escova de dentes), prosperaram.

      Eliminar
    10. Anónimo das 17:03... Como te compreendo. Afff, haja paciência para estes pobres preguiçosos! Nem dinheiro para esta reles escova de dentes têm! Cambada de preguiçosos! Não querem é trabalhar nem ganhar dinheiro! Sabem lá o que é ter objectivos! Deviam ter estudado com o dinheiro dos papás e arranjado um emprego por cunha! Mas não, isto é gente que tem de pagar os próprios estudos e arranjar emprego pelos próprios meios, uma miséria! Se quisessem ser ricos já eram! Eu sei, eu sei... Provavelmente até no papel higiénico tentam poupar... comprar o mais barato... Venha a pipoca dizer que lhe ofereceram um rolinho de papel higiénico por 100€ que eu sou logo a primeira a ir procurar às lojas!

      Enfim. Como deves calcular nem toda a gente tem interesse em dar 169€ por uma escova de dentes, quando há coisas muito melhores para se fazer com esse dinheiro. Essa escova de dentes, terá muito em breve (caso faça sucesso) réplicas de diversas marcas muito mais baratas. Portanto ninguém quer saber se tens dinheiro, muito menos qual a tua opinião sobre quem não tem. Nem sabem quem és, não dás propriamente a cara como a pipoca faz, por isso qual foi a intenção com estes comentários ridículos? Fez-te sentir assim a pessoa que não és? É que como vês, nos comentários, até podemos ser o Pai Natal! Foi desprezível a forma como falaste sem conhecimento. Se a vida para ti correu bem, para muita gente não corre. Ninguém escolhe o ordenado que quer ganhar. Isso não faz das pessoas umas preguiçosas sem objectivos de vida.

      Quanto à pipoca, toda a gente sabe que grande parte do que ela apresenta lhe foi oferecido. O blog é o seu trabalho e um meio das marcas se aproveitarem. Eu acredito que ninguém lhe tenha pedido para fazer este post, mas à partida já calculavam que ela o iria fazer. Tenho a certeza que muita gente que leu vai comprar, cada um tem as suas prioridades. Eu cá vou esperar que as marcas comecem a fazer a sua própria versão. Tenho a impressão que daqui a uns meses vai haver em qualquer supermercado por um preço muito mais reduzido.

      Eliminar
  15. Estes preços estão correctos? Credo, parecem engano! Podem ser muito giras, mas por este preço, mais vale pôr dentes novos!!!

    ResponderEliminar
  16. Com esse preço vai ser um sucesso de vendas.....

    ResponderEliminar
  17. espera aí que eu vou já gastar mais de cem euros numa escova de dentes só porque é toda pipi. reconheço que essa ideia da cara triste e feliz é muito original mas o preço é exageradamente exagerado!
    beijinhos pipoca!

    ResponderEliminar
  18. Não sei se sou só eu que tenho uma mente poluída (e até sou dentista) mas quando vi estes utensílios veio-me à cabeça outra coisa LOL. :P

    ResponderEliminar
  19. ahahahah parecem vibradores de mulher!

    ResponderEliminar
  20. Vou investigar, os dentes são aquela parte do corpo que nunca é demais cuidar.

    Passatempo Pé de Mar a decorrer em www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
  21. Girissima a ideia!
    Mas caríssimas!!! Onde é que eu dava isso por uma escova de dentes em vez de num mega jantar? Nunca!

    ResponderEliminar
  22. Para escovas de dentes são caras e, para além disso, parecem vibradores.
    Vou continuar a usar a minha que nem 2€ custou e que tem todo o aspecto de uma escova de dentes...

    ResponderEliminar
  23. Fofinhas são mas numa coisa eu sou obrigada a discordar: as escovas eléctricas são MAIS eficazes que as escovas tradicionais. Digo isto porque já experimentei o melhor dos dois mundos e NUNCA em momento algum senti os meus dentes tão bem lavados com a escova tradicional, como com a escova eléctrica. Uma diferença absurda! Mas isto sou eu.
    Agora...jamais daria semelhante quantia por uma escova dos dentes, a Oral B does the job too well.

    xx Sara
    www.thecitified.com

    ResponderEliminar
  24. escovas eléctricas são melhores do que as normais. Para além de lavarem melhor, não agridem o esmalte nem as gengivas.

    ResponderEliminar
  25. Ahahah
    Muito bom: "acho sempre que foram inventadas para gente preguiçosa que nem vigor tem para lavar os dentes".
    É mesmo isso Pipoca! Mas estas parecem ser boas, são é um bocadinho puxadinhas!

    Amigas do Closet
    http://amigasdoclosetblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  26. 169 por uma escova de dentes?!?!?? A sério que isso está certo?

    ResponderEliminar
  27. Giras mas caritas....

    ResponderEliminar
  28. Essas escovas de dentes têm muito ar de..."massajadores faciais",
    Não posso ser a única a ter pensado logo nisto...sou?

    www.mariadaspalavras.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AH!ah! mesmo!!

      Eliminar
    2. considerando a quantidade de comentários que já li acima a dizer o mesmo, não, não é

      Eliminar
  29. Lá giras até são. E o design é bem atractivo! Mas o preço não é para qualquer um...

    http://adorosercomosou.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  30. Estas enganada Pipoca. As escovas elétricas são mais eficazes na escovagem dos dentes. Vários dentistas recomendaram-me a utilização de escova elétrica e quando decidi experimentar percebi o porque.

    ResponderEliminar
  31. Adorei a estratégia das carinhas na escova dos miúdos! É um excelente incentivo, já que lavar os dentes é coisa que a maioria dos miúdos não gosta! :)

    ResponderEliminar
  32. Deus me livre de algum dia pagar €169 por uma escova de dentes... Esse valor corresponde a cerca de 1/3 do salário mínimo nacional.

    ResponderEliminar
  33. Loooollllllllllllllllll...isto é a minha gargalhada...do preço e claro ...parecem mesmo vibradores!!!

    ResponderEliminar
  34. À primeira imagem pareceram-me vibradores.
    Será da minha mente? Ou deveria pensar mais no meu dente?

    ResponderEliminar
  35. Irra....por 169€ é bom que lave os dentes e limpe a casa! Credo......

    ResponderEliminar
  36. Estas também têm de ser substituídas de 3 em 3 meses? É que são um bocadito caras para isso... Mas lá giras são elas! Já tive umas quantas escovas elétricas e acho que são mais eficazes, principalmente para os preguiçosos. :P

    http://entreosmeusdias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veja no site da marca. A limpeza das mesmas é semelhante ao Foreo Luna. Beijinhos :)

      Eliminar
  37. credo....mas isto tá tudo louco??? Dá pra ir ao dentista pelo menos 2 vezes!!!

    ResponderEliminar
  38. Adorei o detalhe das carinhas pros miúdos.. Acho que minha filha não vai gostar muito... hehehe!

    ResponderEliminar
  39. Eu dou 169 euros por um vibrador mas não por estas escovas ahaha

    ResponderEliminar
  40. Além de serem assim para o carotas (e parecerem vibradores), ficaria muito desiludida com qualquer miudo que não descobrisse como aldrabar o sistema das carinhas passado um dia ou dois...

    ResponderEliminar
  41. Achei muita piada a essas novas escovas... mas a 169€... fica para outra altura! ;)

    Só um reparo no que disse sobre as escovas eléctricas... tradicionais: são igualmente eficazes - e até mais, quando usadas correctamente - e até devem ser a escovas de eleição de pessoas que tenham problemas de gengivas, pois não é necessário aplicar tanta força na escovagem, não provocando maiores danos na junção dente-gengiva. :)

    Parabéns pelo blog.

    Sofia

    ResponderEliminar
  42. É muito gira sim senhores, mas por esse preço vou continuar a "dar ao braço".

    ResponderEliminar
  43. Portanto, as escovas tradicionais são melhores que as elétricas, mas esta é excelente porque é fofinha. Não será porque custa 170€ e a pipoca trouxe uma para casa de borla e achou por bem fazer um post para "agradecer"?
    Isto na minha terra é publicidade, mas para si só é publicidade quando lhe pagam em dinheiro, em bens não conta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde é que eu disse que é excelente? Tal como já disse, recebo dezenas de produtos semanalmente e não me sinto minimamente na obrigação de os comunicar ou fazer agradecimentos. E quando digo dezenas são mesmo dezenas. Se gosto ou se acho o conceito interessante para os meus leitores falo, se não gosto não falo. Tão simples como isso.

      Eliminar
    2. Exacto. Se o minipreço lhe tivesse oferecido uma nova escova macia para dentes e gengivas sensíveis, que lançou agora mesmo e só custa 0,99€, também iria postar sobre ela com tanto entusiasmo, numa de "partilhar informação"?

      Eliminar
    3. Se a escova do Minipreço tivesse este design e estas funcionalidades falaria igualmente dela. Mas duvido que uma escova igual a estas custasse 0.99€, mesmo no Minipreço.

      Eliminar
  44. Não acredito nem um pouco nessa aparente partilha de informação "desinteressada", desculpe lá. Você sabe-las todas, essa é que é essa... bom proveito lhe faça!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem de acreditar, não podia estar-me mais nas tintas para isso. =)

      Eliminar
    2. até porque se não falasse em produtos que lhe oferecem, deixaria de receber borlinhas

      Eliminar
    3. As pessoas, de facto, quando empancam para um lado não há nada a fazer. Só lêem os comentários que lhe interessem. Mas eu repito pela 30a vez, pode ser que a mensagem passe: recebo dezenas de coisas semanalmente, não falo de quase nada no blog. Já tinha recebido outros produtos da Foreo e nunca falei deles. Ainda assim, a marca ofereceu-me a escova. Logo, não é verdade que se eu não falar das coisas que recebo não me oferecem mais. Eu só falo daquilo que me apetece.

      Eliminar
    4. Desculpe pipoca nem fui eu que fiz o comentário, mas isso é conversa para miúdos de 2 anos, você não divulga aqui os produtos dos parolos que lhe enviam bugigangas da treta sem utilidade e que deita para o lixo, você com os produtos de marca não faz o que lhe apetece....

      Eliminar
    5. Que parte de "não publico 95% das coisas que me oferecem, incluindo produtos da Foreo, que é uma marca cara" é que lhe escapou?

      Eliminar
    6. Ainda que queira fazer publicidade a determinado produto (até acho que está no seu direito), o blog que gere nao é dirigido ao publico alemao, sueco, dinamarques,... É um blog portugues, e com o estado actual das coisas parece lhe de bom senso escolher, das dezenas de produtos que refere receber, uma escova de dentes deste preco? É um desproposito, nao tenha duvida disso.

      Eliminar
    7. Ai senhores, cambada de gente chata!!!

      Eliminar
  45. Que algazarra por aqui vai, não sei como tens paciência Ana.
    Bem pelos vistos esta escova é uma autêntica revolução, não pelo que a Ana escreveu mas pelo que li, se funciona mesmo não sei mas para já dizem que sim.
    Em relação ao preço, eu também acho que é elevado, mas tudo é uma questão de perspetiva, se realmente for superior como dizem pode livrar-nos de umas quantas idas ao dentista que pagam a escova em dois tempos, quanto à das crianças acho que poderá converter-se numa poupança ainda maior, já que uma boa higiene oral na infância pode poupar diversos dissabores mais tarde e consequentes custos.
    Tudo é uma questão de prioridades, assim de repente eu preferiria investir numa escova destas do que fazer madeixas 4x ao ano.
    O cabelo desde que lavado está sempre bem, já os dentes depois de os perdermos não há nada a fazer e os implantes dentários esses sim é que têm um valor obsceno já que os dentes são essenciais para o bem-estar das pessoas e para a sua saúde já que a parte mais importante da digestão se dá na boca.
    (Dei o exemplo do cabelo poderia ter dado qualquer outro, apenas dei este porque conheço muita gente que anda com o dinheiro contado, mas não dispensa a ida à cabeleireira.)
    Pensem quantas pessoas é que conhecem com mais de 30 anos que ainda têm a dentição sem intervenções, quase ninguém, talvez porque não valorizamos os dentes como deveríamos valorizar.

    ResponderEliminar
  46. pode dizer o que quiser. A partir do momento em que está a falar de um produto que lhe foi oferecido (acha que a marca lhe ofereceu o produto porque gosta muito de si???!?!) trata-se de um acto comercial. É uma estratégia de marketing muito usada nos nossos dias.O que é mais ridículo nem é que os bloguers façam dinheiro com isto mas sim que sejam apresentados à sociedade como grandes empreendedores e apareçam na tv como exemplos a seguir, quando na realidade ganham dinheiro através de esquemas e da manipulação das pessoas com as tais opiniões pessoais... sempre com uma marca ou um produto associado. Não me parece assim tão nobre. Claro que não se enxergam e para eles é tudo super normal. Ai não...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é essa. As marcas oferecem-me coisas (e aos outros blogs) e claro que esperam ver os seus produtos publicados. Mas não há qualquer obrigação. Nem da parte deles, nem minha. Publico exclusivamente coisas que acho engraçadas, úteis ou relevantes para quem me segue. Quanto a ser empreendedora... Bem, criei o meu negócio, a minha marca, ganho o suficiente para me sustentar... para mim é o suficiente.

      Eliminar
    2. Só não consigo compreender como todos aqueles (e são muitos pelo que vejo) que são contra a publicidade nos blogs ou contra o dinheiro ou bens que o blogger ganha continuam a ler o blog e ainda por cima a fazer comentários. É opção completamente voluntária e individual a escolha dos sites que visitamos. Isto é, só lemos (ou deviamos ler) aquilo que de alguma forma nos desperta interesse. Se é uma escandaleira existirem blogs que falam sobre produtos tão caros não leiam esses blogs! Se consideram todo o "negócio" dos blogs um ultrage não os visitem nem comentem! São as visitas e os comentários que fazem com que os blogs "cresçam". Sejam coerentes...
      Eu acesso quase diariamente. Se o faço é porque tenho interesse na informação veiculada ainda que possa ou não ter dinheiro para adquirir os produtos.
      Pipoca, parabéns pelo seu trabalho! Continue a fazer aquilo que lhe traz felicidade! Sara

      Eliminar
    3. lá vem a conversa do não gostam não vejam.Não devemos ser tão primários. O debate é outro caro anónimo das 09:26. Não há nada contra as pessoas que ganham a vida com isto, que muitas delas são pessoas interessantes e tiveram arte e engenho para criar algo que tanta gente visualiza. A questão é a valorização que se dá a isto... que até palestras na universidade dão, são exemplos a seguir na tv...etc etc. sinceramente não me parece que seja uma arte assim tão nobre (não significa que as pessoas não mereçam, que não tenham valor, etc ,etc) ter um blog que seja primordialmente comercial aliado a opiniões pessoais e que, em muitos casos, há uma clara falta de transparência. Quando se vê um anúncio na TV sabemos que é publicidade, ponto final. Está regulamentado. Nos casos dos blogs não é assim tão evidente. Agora toda a gente quer criar um destes blogs de opiniões pessoais para ganhar dinheiro e prendas das marcas. Isto é que é ser empreendedor? Isto é nobre? É isto criar algo útil para a sociedade? Tudo isto é um debate interessante em termos de técnicas de marketing (outra técnica pouco transparente é o product placement) e de defesa dos direitos dos consumidores. O consumidor está cada vez mais fragilizado contra as técnicas sofisticadas que as empresas utilizam. Qualquer pessoa que queira ser objetiva e isenta percebe isto.
      É só isto e nada mais. Nem é nada em relação ao blog A ou B, é geral. A autora deste blog tem o seu valor e mérito e tem algo que não abunda nos dias que correm, que é o facto de escrever bem.
      Agora claro que as suas opiniões sobre esta temática serão sempre enviesadas, como é compreensível. Deixo um conselho final... pensem mais longe e deixem de parte essa conversa do "não gosta não vê"...do "isto é um blog pessoal"...etc etc.

      Eliminar
    4. Não dá para fazer um like neste comentário das 11:57??

      Eliminar
  47. Muito giro mas não há dinheiro para esses "brinquedos" :-)

    www.moncloset.com

    ResponderEliminar
  48. Ai por amor de Deus, eu não sei como é que a Pipoca tem pachorra para vos aturar.

    1º O blog mudou? Mudou. Para melhor? Na minha opinião, sim! Para outros, provavelmente, não. Mas não se pode agradar a todos. A blogosfera evoluiu e a Pipoca não ia ficar sentada a olhar.

    2º Em relação à publicidade. A mim tanto me dá que seja publicidade ou não, é para o lado que eu durmo melhor. O que me interessa é conhecer produtos novos, espaços novos e negócios novos.
    Posso comprar a maioria das coisas? Não. Com muita pena minha, porque tenho um bom pé para algum dos sapatos que aqui vejo, o meu corpo também assentava muito bem em algumas roupinhas e esta escova ia deixar os meus dentes muito mais felizes. Mas não posso. E não é por isso que venho vomitar ódio e inveja para aqui.

    Joana

    ResponderEliminar
  49. E esta revolta toda por causa do preco da escova ahaha - convertam para libras que o numero e mais pequeno

    ResponderEliminar
  50. Vendo todo este Carnaval de comentário a questão que coloco é: mas porque raio se está aqui a discutir se a Pipoca está ou não a fazer publicidade? Porque raio este sururu todo? Mas o blog deixou de pertencer à Pipoca, em algum momento que eu não tenha percebido? Palavra que não estou a entender! É que já ouve situações em que achei que a troca de ideias fazia sentido, desta vez é completamente parva.
    E quanto a queixarem-se dos preços das coisas e que a Pipoca não percebe que há pessoas que não conseguem ter determinadas coisas, atentem estas três coisas pessoas:
    1,º Ainda que haja leitores que não tenham capacidade para adquirir determinados produtos, acredito que a maioria, outros têm. E, mais uma vez, a Pipoca continua a ser livre de publicar o que bem lhe passar pela cabeça neste espaço;
    2.º Há pessoas que gostam de ser informadas das novidades, mesmo que não as possa adquirir, só assim para andar informada;
    3.º Há pessoas que gostam de sonhar e de se inspirar para lutar por uma vida melhor, que lhe possa proporcionar algumas coisa;
    No meu caso insiro-me nas duas últimas e, ainda que não tenha dinheiro para determinadas coisas, não me sinto NADA ofendida por serem aqui mostradas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e o que é que ter deixado de pertencer à pipoca ou não tem a ver com o dever mencionar publicidade?

      Eliminar
    2. Tem a ver que o espaço é dela e ela põe o quer e bem lhe apetece. Por acaso também alguém o vai chatear quando partilha uma notícia qualquer, de um produto novo, no seu facebook (ou noutra rede social qualquer)?
      Há imensa coisa que não concordo com a Pipoca, como ha outras tantas que até concordo, mas palavra que não entendo algumas "revoltas".

      Eliminar
    3. Muito bem anónimo das 21:31.Estou nas 2ª e 3ª pessoas!! Que coisa! Ó gente lá dizia o poeta "o sonho comanda a vida".

      Eliminar
    4. Engana-se anônimo, o espaço é dela, mas a publicidade tem, legalmente (Apesar dos blogues fazerem de conta que não) que ser mencionada, por isso não depende só do que quer ou não colocar. entendeu agora a polêmica, ou nem assim?

      Eliminar
    5. Nem assim, veja lá. Porque continua a achar que isto é uma opinião dela! E continuo a perguntar-lhe se acha escandaloso quando publica algum produto numa conta sua em alguma rede social? É que nesse ponto de vista, eu publicar uma foto de iphone 6 no meu facebook, dizer que é extraordinário, que o quero e que o preço dele é de 699€, também é publicidade, é isso? Ou a diferença aqui é que foi oferecido? É que se é isso, por favor não aceite amostras, não vá você depois gostar do produto e partilhar a sua opinião num espaço da Internet que considera seu e pimbas, lá tem que você que pagar pela publicidade que fez. E aquelas promoções "na compra de 25€, leve um produto à sua escolha" ou um "leve 2, pague", Deus nos livre, são o diabo. Vai daí a pessoa gosta do produto que trouxe de oferta, publica a sua opinião numa rede social sua e cai-lhe tudo em cima. Enfim

      Eliminar
    6. Tem tudo a ver realmente... a apple até lhe ofereceu o iphone 6 com essa intenção, de ser publicitado

      Eliminar
    7. Então é por a marca oferecer com a intenção de ser publicitado que passa a ser considerado publicidade?
      Lembrei-me também que não deve participa nos passatempos que a Pipoca, porque vai adquirir uma coisa sem pagar, imagine se cai no erro de partilhar a sua opinião? Olhem pessoas, não se preocupem tanto com pouco destas e preocupem-se mais em fazer coisas úteis pela vossa vida, sejam pessoas resolvidas.

      Eliminar
  51. Antes de estudar Medicina Dentária também tinha a ideia de que as escovas eléctricas eram para "gente preguiçosa que nem vigor tem para lavar os dentes".
    Na verdade não servem apenas para gente preguiçosa... Há pessoas que fazem uma força excessiva quando lavam os dentes, que pode provocar recessão gengival, sensibilidade dentária e exposição das raízes dos dentes; As escovas eléctricas são óptimas para essas pessoas, porque permitem controlar a pressão da escovagem :). Não são só para gente que não tem vigor a lavar os dentes, são também para quem lava os dentes com um excesso de vigor :)

    ResponderEliminar
  52. A funcionalidade anti trafulhas desta escola linda, parece-me muito bem!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  53. As escovas são lindas mas se tivesse uma, penso que teria pena de a "gastar" cada vez que lavasse os dentes :)

    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  54. Eu não tenho dinheiro para comprar carros topo de gama, mas não é por isso que fecho os olhos quando passam por mim na estrada ou quando dão anúncios na tv. Gosto de os admirar
    mesmo assim... Se eu vir um mercedes, sou capaz de olhar para ele e pensar: "Este carro é lindo" Mas depois alguém ao lado diz: "E então? É caro, não tens dinheiro para teres um." Como não tenho dinheiro para ter um Mercedes tenho de falar mal de quem tem? Não posso fazer elogios ao carro, não posso olhar para o carro? É como dizerem: "Ah nem vale a pena veres o preço dessa mala, nem entrares nessa loja, é caríssima, não tens dinheiro para comprar, depois ficas chateada, porque gostas da mala e não a podes ter" Posso não ter, mas posso olhar e posso ver o preço, posso não comprar, mas ainda não se paga por sonhar. Essas pessoas é que me enervam! Só porque não se pode comprar não se pode falar sobre isso, não se pode olhar, não se pode tocar. O blog é da pipoca, ela escreve o que quiser, se quiser informar informa, se quiser publicitar publicita. Há roupas e produtos para todos os gostos e todas as bolsas e como tudo na vida cada um compra se quiser, se gostar e se tiver dinheiro.

    ResponderEliminar
  55. Vocês são um pouquito parvitos! O que é que interessa se a escova é cara, se é barata, se funciona, se é pior ou melhor que as escovas tradicionais, se a Pipoca a experimentou uma ou trinta vezes? Não acham interessante chegar aqui ao blog e ler um post deste género? são novidades, gente!!! Provavelmente se não fosse este post, eu não iria ficar a conhecer estas escovas (não é que seja uma informação que me acrescente muito enquanto pessoa mas lá está...é uma informação. Fiquei a saber que existem escovas de dentes a custar mais de 100 euros, coisa que nunca pensaria que existisse ahahaa). Agora passando à parte da publicidade/informação/divulgação/fonte de rendimento da Pipoca......poupem-me!!!! A Pipoca não está a fazer publicidade...ela está a mostrar um produto, uma novidade, sei lá, o que lhe queiram chamar...é uma curiosidade! Como ela disse (e como todos já sabíamos) ela recebe uma série de produtos e só revela no blog uma parte...revela aqueles que ela acha que vamos gostar, que até poderemos pensar em adquirir ou até mesmo, como é este caso, algo que a maioria não precisa/não quer/não pode comprar....é apenas uma divulgação! cuidem-se!

    ResponderEliminar
  56. Tendo em conta o preço, o formato e o facto de vibrar, às tantas é escova de dentes de manhã e vibrador à noite!!

    ResponderEliminar
  57. Eu sinceramente não percebo a vossa inquietação...Este blog tornou-se um blog com uma grande visibilidade. Não acham normal que uma série de marcas queiram fazer uma "parceria" com a Pipoca? Que eu saiba, a partir do momento em que o blog passa a ser a grande ocupação da Pipoca é porque ela está a lucrar com ele, certo? O que é perfeitamente compreensível....E tenho a dizer que também me irritam aquelas figuras públicas que fazem publicidade a isto e àquilo de uma forma nada subtil e descarada....o que não acontece aqui neste blog. Sempre (ou quase sempre) que a Pipoca faz uma publicação com conteúdo publicitário, dá-lhe sempre o seu toque pessoal. Não se limita a dizer: "olhem, estão a ver este creme anti-rugas? usem-no porque reduz mesmo as rugas, rejuvenesci 30 anos depois da 1ª aplicação"...talvez preferissem que ela fizesse uns vídeos nos quais apareciam testemunhas contratadas como o que acontece com o calcitrim e com o cogumelo do tempo que passam 3934873738 vezes nos programas da manhã e da tarde! Posso até ir mais longe....há uns tempos vi que a Cristina Ferreira tinha publicado umas fotografias no seu blog a lavar os dentes com um dentrífico da colgate. Isto foi só a coisa mais estúpida que já vi....fotografias ali em frente ao espelho toda arreganhada com a escova de dentes na boca e o dentrífico na mão....isso sim, é daquele tipo de publicidade irritante. Pelo contrário, sempre que a Pipoca faz publicidade a algum produto, eu raramente penso: "pronto, lá vem ela 'vender' mais merdinhas"...não, sei que no post vou encontrar uma opinião pessoal e (creio) realista! é tudo....sosseguem.

    ResponderEliminar
  58. Era bonito deixar a escova à vista no wc e vir cá a casa a minha sogra.
    Essas cerdas de silicone não me convencem, deve estragar todo o esmalte dos dentes.

    ResponderEliminar
  59. O circo que para aqui vai. Realmente o pessoal apoquenta-se com pouco e descarregam as frustrações nos sítios errados.

    ResponderEliminar
  60. Cambada de invejosos/as....o que importa se as marcas dão ou não coisas a pipoca...graças a ela é que ficam a conhecer muita coisa... Deviam pagar lhe também....
    Continue pipoca...

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis