Pub SAPO pushdown

O que dizem os meus olhos? Que vejo mal

segunda-feira, fevereiro 02, 2015
Foi para aí aos 7 ou 8 anos que uma ida ao oftalmologista me trouxe o pior dos diagnósticos: "a menina vai ter de usar óculos". Pronto, estava tudo estragado. Naquela altura, usar óculos e/ou aparelho era a pior coisinha que nos podiam fazer, e tenho a sensação que TODA a gente por lá passou (a única coisa cool era partir um braço ou uma perna para poder usar gesso e toda a gente o rabiscar). Já estava a imaginar todo o bullying de que seria vítima (naquele tempo chamava-se outra coisa): caixa de óculos, quatro olhos, etc e tal. Vá-se lá saber porquê, a minha mãe deixou-me escolher uns cor-de-rosa que ficavam LIN-DOS com a minha franja e o meu cabelo curto (quando encontrar a foto prometo partilhar). De facto, estava mesmo a pedir para ser gozada. Enfim. Lá fui usando os óculos, sem grande método, que também não via assim tão mal quanto isso. Eram mais "para a vista cansada, para ler e ver televisão".  Ou seja, nunca os usava. Aos 18, quando percebi que já se começava a tornar difícil ver o número do autocarro ao longe, achei que estava na altura de ver bem a tempo inteiro. Mas claro que não fui para os óculos, virei-me para as lentes de contacto, a melhor invenção de sempre, a maravilha descomplexada de ver sempre tudo de forma nítida. O tempo passou, ando quase sempre de lente, mas hoje em dia adoro óculos e adoro andar de óculos. Assim que chego a casa a primeira coisa que faço é tirar as lentes e suspiro por aqueles dias em que não tenho de sair de casa para poder andar de óculos o tempo todo. Ah, e tal, mas porque é que não sais à rua de óculos? Saio, mas geralmente à noite, para ir ao cinema ou assim. É que durante o dia não consigo tolerar a claridade,  o que me obrigaria a ter de ter óculos de sol graduados. E se os graduo, depois não os posso usar quando estou de lentes (para além de que nem todas as lentes podem ser graduadas). Enfim, uma mera questão logística. Já pensei em ter só um ou dois pares de óculos de sol graduados, mas ainda não me dediquei muito ao assunto. Eu adorava ser tipo Manuel Luís Goucha, que deve ter uns 100 pares de óculos, de todas as cores e feitios. Mas não, só tenho mesmo uns, castanhos. Só compro novos quando os anteriores já deram o que tinham a dar. Porque é que não tenho mais? Porque as armações não são baratas e as lentes ainda menos. Ah, pois! Se partilham este drama de "quero ter mais óculos mas são caros", vale a pena espreitarem a linha que a Mango desenvolveu em exclusivo para a Opticalia. São mais de 200 modelos a 79 euros, já com lentes incluídas. Um óptimo preço, não? Pela parte que me toca, fiquei de olho nos modelos mais coloridos. Acho que vou ser uma grande doidona e arriscar nuns azuis ou nuns rosa (para relembrar a infância). Deixo-vos alguns dos meus preferidos:


Post escrito em parceria com a Opticalia

73 comentários:

  1. 79 euros com lentes incluídas?!
    Desculpa, mas não acredito.
    Os meus óculos custaram 700 euros, 100 euros para a armação e o resto foi para as lentes. E olha que não os gastei porque quis nem por vaidade. Foi o mais barato que encontrei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi exactamente o que paguei, foram 79 euros!!
      Não procurou muito ou foi enganado à grande!!

      Eliminar
    2. É possível. Mas o mais certo é as lentes não serem de espessura reduzida e não terem tratamento anti-reflexo. As suas lentes para serem esse preço é porque devem ser progressivas... Mas há muito mais baratas do que 600euros. Não têm é campo de visão tão alargados... Mas encontram-se lentes progressivas a 125€/par. Mas uma boa lente progressiva já andará na casa dos 250€/cada. Mas depois depende da marca, características, etc. ;)

      Eliminar
    3. Concordo. Mas se calhar são daquelas lentes de graduação mais comum. Do estilo que se vende na farmácia, talvez de melhor qualidade. Sinceramente, não sei

      Eliminar
    4. Umas lentes tão caras sou capaz de apostar que tem lentes progressivas que normalmente rodam esse preço e não há volta a dar.
      Seja como for, o máximo que paguei por uma lentes andará à volta dos 100€ e poucos e são sempre da essilor. Todos os anos mudo as lentes aos óculos por isso sou fiel à mesma ótica, já me conhecem, fazem sempre uma atenção, porque sou cliente e acho-os mesmo honestos. Alem disso compro lá sempre óculos de sol e essas coisas.
      Depois porque aviso sempre que a única especificidade que quero nas lentes é para evitar o reflexo por passar demasiadas horas ao computador. Não me venham com mais X€ por causa do anti-marcas, mais x€ por causa de serem anti-risco e anti-pó e o diabo a 4. Mudo de lentes todos os anos, é um encargo enorme e opto só pelas características das lentes que são, para mim, essenciais.

      Eliminar
    5. Marta P, as lentes progressivas são realmente caras, como diz já se arranja esse tipo de lentes mais baratas hoje em dia, mas também depende muito da otica onde se compra. Tenho uma pessoa na minha família que pagou exatamente o mesmo que a anónima. Claro que ela queria a lente anti-reflexos (acho essencial), mas a ótica fez as lentes com inúmeras especificidades que o oftalmologista não exigiu e que não perguntaram à compradora se queria ou não.

      Eliminar
    6. Há pessoas que têm graduaçoes muito altas e outras que têm que usar lentes progressivas e ai o preço SÒ das lentes vai dos 400 aos 600 o par. Depois falta colocar aqui a armação, ficam muito limitados ao tipo de armação que se pode usar com essas lentes.
      Tudo depende dos problemas de saude dos olhos de cada um.

      Os que têm graduaçoes leves, só vêm mal ao perto ou só ao longe, têm muita escolha em termos de armaçoes e pagam lentes muito baratas. Seguramente que estes oculos da mango são para situaçoes dessas. São bonitos, para quem tem problemas leves acho que é uma boa compra.

      Eliminar
    7. Eu dei exactamente 79€ pelos meus MAAAAS....
      Para começar, isso de existirem 200 modelos à escolha, é tanga.
      Por acaso havia o que eu queria mas fora isso tinha 3 modelos para escolher (é um bocado diferente de 200).
      Depois começaram os "ses" todos. Se quiser anti-reflexo é mais X, se quiser isto e aquilo é mais Y...
      No meu caso, que só preciso de óculos para ler, fiquei-me pelo básico, mas se quisesse uns óculos "a sério" não me tinha pago menos de 300€ por esses mesmo óculos que aí vêem.

      Eliminar
    8. ? Eu tenho miopia nos dois olhos, 5 diopetrias num e 0,5 noutro e comprei recentemente uns óculos + lentes na Multiópticas por 200€ tudo :)

      Eliminar
    9. Pois...quem tem 5 dioptrias de miopia em cada olho não pagará seguramente 79€! Isso é metade do valor de cada lente! Com espessura reduzida (e ainda assim são fundos de garrafa!) e anti reflexo. É por isso que não uso óculos na rua, detesto e sinto-me horrível, por mais gira que seja a armação. As lentes de contacto sim, são a melhor invenção de todos os tempos. Tenho uns rayban modelo wayfarer tartaruga graduados que já me têm dado jeito para quando faço conjuntivutes e assim. São um clássico que não passa de moda. O chato é que no meu caso, que não vejo nada, tenho de andar a trocar de óculos conforme entro ou saio dos sítios. Mas são situações esporádicas.

      Eliminar
    10. As minhas lentes não progressivas ficam na ordem dos 200€.. Cada uma.

      Eliminar
    11. Os meus óculos são da mango da colecção passada. lindos que só eles, os únicos óculos que ando na rua sem qualquer tipo de constrangimento, adoro-os. mas sim, não paguei os 79€ porque vejo mal'zinho e precisava de redução da lente e como uso demasiado o computador quis também com tratamento e portanto passou para uns queridos 160€. Ok, não é o que publicitam mas tendo em conta que se fosse a outro sítio qualquer pagaria muito mais é uma boa opção na mesma. Para além disso todas as armações que vi são giríssimas :)

      Eliminar
  2. São muito giros!
    Gosto particularmente dos rosa! ;)
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
  3. Eu também acho que as lentes são a melhor invenção de sempre, apesar de já ter gostado menos de usar óculos. Os últimos pares que comprei foram na Ópticalia, justamente para aproveitar as promoções deles! :)


    Também já falei sobre a minha experiência sobre o facto de ver mal aqui: http://entreosmeusdias.blogspot.pt/2014/12/as-vantagens-de-ver-mal.html

    ResponderEliminar
  4. Isto só pode ser um complô ou alguém está a mangar comigo. :)))

    Recuso-me a usar óculos! Eles são lindos e fantásticos, o problema é mesmo a minha rica carinha (que minha mãezinha fez em tamanho melão) que não fica bem com nada ...

    Momentos em Cápsulas

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito dos últimos! :)

    http://janeiroemparis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Pena é que essas campanhas nunca abrange que tem miopia e estigmatismo.
    As lentes não tem anti reflexo... e uma camada de características, que quem precisa mesmo de usar óculos não deve dispensar...
    Quanto a usar as lentes apenas para sair, faço o mesmo, tal como a Ana não suporto a claridade e óculos de sol graduados, isso ai chega mesmo ao bolso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está!tenho exactamente esse problema. Neste momento, se me falha uma lente de contacto, nem tenho óculos para remediar.
      Ando há imenso tempo a tentar comprar uns, para substituir os meus velhinhos que estão completamente desactualizados, mas....e conseguir folga orçamental?

      Eliminar
    2. Os óculos não são para remediar, são obrigatórios! As lentes devem ser usadas com moderação, nunca mais de 8 horas por dia. Um dia arranja ai um problema sério :/

      Eliminar
    3. Sim, há 15 anos que uso lentes desde que acirfo até que me deito, o meu oftalmologista sabe que não uso os óculos. Enquanto ele me der as boas notícias que tem dado fico descansada. E não me obrigou a pôr óculos.
      No entanto fazem-me falta. Eu sei disso.

      Eliminar
    4. Lua não era uma crítica destrutiva, era um aviso :) mas devia tentar descansar mais do uso das lentes, embora acredite que veja muito melhor com elas.. pense nisso como um investimento no futuro :)

      Eliminar
    5. Eu percebi, o meu comentário não foi um ataque, calma!=)
      E disse que tenho consciência de que preciso de uns óculos. Felizmente os meus olhos criaram uma relação de amor com as lentes, o médico diz sempre que nunca viu olhos tão saudáveis (dentro das doenças de que padecem claro...) e que nem entende como me dou tão bem com elas. Mas dou! Desde o primeiro dia.
      Claro que penso que não irá ser sempre assim. Mas odeio mesmo óculos, usar desde bebé até aos 18 anos foi dose. E ficam-me mal, mal mal mal! Entro numa óptica , experimento tudo o que posso pagar e o que não posso e saio sem nada.
      Além disso, depois de duas cirurgias (não estéticas) ao nariz, faz-me impressão ter os óculos, parece fiquei sensível, é muito desagradável.
      Para já, os únicos azares que tive foram mesmo perder lentes e ser o último par, e lá tive que usar os óculos que tenho uns dias...bahhh...

      Agora, também digo uma coisa, as consultas são caras (eu tenho seguro vá...), os óculos são caros, as minhas lentes são caríssimas...com que moral um médico me pode obrigar a usar óculos? Ainda para mais todos os anos mudo de graduação. Portanto o meu investimento teria um futuro bem curto =´(

      Eliminar
    6. Boas tardes, não sei se venho tarde mas vou dar a conhecer a minha experiência e talvez nos ajudar em termos de orçamento.
      Comecei a usar óculos a 10 anos, o primeiro par de lentes já tinha uma graduação acima dos 2,5 de miopia. A consulta e a compra foram feitos num dos consultórios com melhor fama da minha região. Paguei 900 euros, chamaram-me coitadinha,que nunca ia poder tirar os óculos e lá me enfiaram a conta. Continuei a ir lá durante 5 anos, anualmente, rondando sempre os 600/700 euros.
      Mas eu não me sentia confortável quando mudava de óculos, parecia que o aumento era demais para mim. Decidi ir a uma optometrista em vez de uma oftalmologista, a consulta foi metade do preço e os óculos foram 300. Fiquei feliz!! Que baratos!! Pensava eu. Claro que os óculos tinha todos os cuidados, redução de lente e bla bla bla
      O ano passado lá fui a consulta, o orçamento era de 400,eu disse que tinha ficado mais caro e uma recepcionista disse me logo: "pois, são lentes progressivas!". Eu estranhei mas fiquei pela palavra dela, trouxe a receita e fui ver online... "óptica24" preços tão bons que é difícil acreditar... Tentei, não ia perder nada. Os óculos demoraram um pouco... 3 semanas mas são os mais bonitos que alguma vez tive e nem experimentei. Não tive qualquer problema de adaptação, excelente construção, realmente apenas tem o tratamento de redução da lente, mas também para mim basta isso, atendimento excelente. Lá escolhi as lentes progressivas e pus a minha receita, encomendei. 140 euros, fiquei feliz...
      Recebo um telefonema a dizer que as lentes não podiam ser fabricadas porque eu não preciso lentes progressivas!! Foi me devolvido o dinheiro, fiz nova encomenda e no final paguei 82 euros!! E foram super honestos, simpáticos, boa qualidade e tudo o que não encontrei nas ópticas físicas em que fui atendida.

      Eliminar
  7. Eu só uso óculos para descanso da vista, em situações como ver televisão, ler ou estar no computador e já estou no ponto em que preciso de lentes progressivas que custam um dinheirão. Acredito que esta promoção abranja, de facto, muitas realidades, mas a minha e a de quem de facto tem problemas graves como os já supracidatos estigmatismo ou miopia (mais comuns) não se enquadram também, porque para uns óculos custarem esse preço as lentes não serão as mais adequadas a quem tem maiores problemas. Acho muito difícil uns óculos de armação barata, de que é exemplo a Vogue, ficarem por menos de 200€ com as lentes adaptadas a alguém na minha situação, para não falar das pessoas com condições mais graves por isso na realidade estas promoções são um bocado enganosas porque uma pessoa vai a ver e é só em casos ultra excecionais que o preço é aplicável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade. Adoro ver os preços da multiopticas e ver em letras muito pequenas "aplicavel em graduações inferiores a 2.5" e eu que tenho 6 ia pagar o triplo do anunciado em letras grandes, brilhantes e lindas.
      Fácil resolver, passei a comprar online, nenhuma queixa das lentes, já as armações as vezes são demasiado grandes (culpa minha que não ligo as medidas), não me ficam bem (não experimentei e quis uma coisa diferente). Mas nada que não se resolva fácil e pelo preço a que compro, posso comprar bastantes mais óculos. Compro na optica24

      Eliminar
  8. A Dona Pipoca diz que as armações são caras mas depois usa malas Prada. Não entendo mas está bem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era mesmo isso que estava a pensar! Como é que uma pessoa tem 500 sapatos louboutin, 500 malas Prada, 378 casacos chanel e não tem dinheiro para um par de óculos?!

      Eliminar
    2. Decididamente, as pessoas não sabem ler e/ou interpretar a língua portuguesa. Nada que me admire, depois de professores terem dado 20 erros numa só frase.

      Eliminar
    3. "Porque as armações não são baratas e as lentes ainda menos. Ah, pois!" O quê que foi mal interpretado?! Não são baratas, mas não são assim tão caras. E são, decididamente, mais baratas que uns louboutin. É tudo uma questão de prioridades. Percebi que quis dizer isso para mostrar que o produto ao qual está a fazer publicidade é acessível à maioria dos seus leitores (coisa que os sapatos e carteiras não são), mas não faça os outros de burros.

      Eliminar
    4. "Eu adorava ser tipo Manuel Luís Goucha, que deve ter uns 100 pares de óculos, de todas as cores e feitios. Mas não, só tenho mesmo uns, castanhos. Só compro novos quando os anteriores já deram o que tinham a dar".

      Eliminar
    5. Afinal foste tu, pipoca, que nao percebeste!! Hahahah Benza-a Deus!

      Eliminar
    6. E faz o mesmo com os sapatos? Só compra quando os anteriores já deram o que tinham a dar? Pois, bem me parecia lol

      Eliminar
    7. Uma pessoa tem um problema de visao e como tal compra uns oculos. Ja tendo uns oculos, a partir do momento em que comeca a comprar mais oculos ou mais armacoes e uma questao de vaidade, nao se trata propriamente de uma necessidade. Portanto nao faz de todo sentido que seja acusada de ter prioridades erradas. Corrigiu o problema de visao, comprou uns oculos (mas se nao quisesse comprar uns oculos e lhe apetecesse esbanjar o dinheiro todo em malas Prada, o que sera que nos tinhamos mesmo a ver com isso?! Nada...). Portanto agora pode fazer tudo o que bem entender com o dinheiro. Claro que antes tambem podia.
      Imaginemos agora que a pessoa em questao compra malas prada e afins, mas nao compra mais oculos e armacoes porque acho caro e nem sequer e um produto que utilize frequentemente. Qual e o problema?! Se calhar ate acha uns louboutin caros, mas nao se importa de investir neles, acha que vale a pena.
      O conceito de preco e muito relativo. Depende do produto em si, da importancia que a pessoa da ao produto... Mas enfim, tudo isto nao passam de suposicoes e divagacoes. Mas acho um bocado mesquinhos os comentarios dos anonimos acima. A preocupacao com a vida alheia, sempre um assunto tao importante e alvo de debate...

      Eliminar
    8. Prefiro comprar sapatos/carteiras do que óculos. É tão simples quanto isso. E o facto de ter algumas carteiras ou sapatos mais caros não faz com que depois tenha de achar que tudo o resto é muitíssimo acessível ou que não me possa queixar dos preços das coisas. E Sim, acho que os óculos graduados são caros. Posso?

      Eliminar
    9. As cavalidades que tu aturas, Pipoca :)

      Eliminar
    10. O anónimo das 19:00 diz que tem cérebro mas depois não o usa. Não entendo mas está bem...

      Eliminar
    11. Há uma coisa chamada patrocínio.....

      Eliminar
  9. Como é possível senhores?? Isto é um atentado a saúde!! Sou oftalmologista e vender óculos com lentes sem prescrição médica deveria ser crime. Quem os usa ou algum dia usará não sabe o mal que está a fazer aos seus olhos. Muito mau publicitar tal produto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se eu já sei a minha graduação qual é o problema?? E se tiver uma prescrição do médico e encomendar as lentes e os óculos da mango?? Não vejo qual o drama.

      Eliminar
    2. Ninguém disse ser sem prescrição, penso.

      Eliminar
    3. O que é um atentado são os preços pornográficos que vocês praticam.
      Tanto em consultas como em óculos que, bem vistas as coisas, estão altamente sobrevalorizados, vocês arranjaram mas foi um negócio e tanto!
      Mesmo eu admitindo que não hão-de ser as melhores lentes do mundo, estamos a falar de um óptica que tem profissionais da área.
      Mas se fica tão chocado, tem bom remédio: apresente queixa. Não se esqueça é de assinar, que as queixas anónimas são proibidas por lei.

      Eliminar
    4. Oh gente, calma lá. A Maria Eduarda tem razão, em parte. É um crime publicitar estes produtos, porque não têm a melhor qualidade e muita gente que não é entendida na área compra gato por lebre.
      As pessoas só pensam no baratinho e em ter 5 ou 6 pares de óculos, mas esquecem-se que trabalham no computador ou com luz artificial ou ambos e comprar lentes sem tratamento anti-reflexo. Por outro lado, têm uma graduação muito alta e como não pagam lentes de espessura reduzida, ficam com lentes fundo de garrafão. Além disso, um dia a lente cai e a ótica não faz garantia, tendo que arrumar os óculos ou pagar lentes novas.
      Ninguém precisa de ir ao oftalmologista para ter receita para óculos. Os óculos são prescritos por optometristas. Os oftalmologistas estão capacitados para doenças associadas aos olhos, não para este tipo de incapacidade. Apenas é aconselhado ir ao oftalmologista caso hajam doenças oftalmicas associadas.
      Agora escolham: variedade ou qualidade??

      Eliminar
    5. Esta eu a ler as barbaridades aqui escritas sobre lentes ( agora toda a gente entende de lentes ) e até problemas visuais como estigmatismo ( é astigmatismo ) e vejo um comentário de uma Dra. Oftalmologista. Preparava-me para comentar a infeliz publicação q ela fez mas não é necessário pois a D. Catia explicou muito bem o que a minha profissão exerce. Sim somos licenciados por uma universidade pública há mais de 30 anos. Em relação ao q a Cátia disse não posso concordar pela simples razão de serem lentes com qualidade. Em relação á campanha 79€ é com lentes sem anti reflexo mas se o cliente quiser com anti reflexo fica SÓ por 129€.
      Obrigado

      Eliminar
    6. Os óculos não são pré graduados. Leva-se a prescrição e pronto.
      Pelo menos eu levei a minha, lá cheia de astigmatismo e miopia, era aquilo que iria usar, se o preço não tivesse subido, subido, subido....
      Já foi há uns tempos, mas penso que continua igual. Não percebi o comentário da/do oftalmologista!

      Eliminar
    7. Ahah lentes receitadas por optometr quê? São empregados de balcão de uma ótica é o que é... Licenciatura sim e depois? Continuam a ser empregados de balcão que acham que sabem avaliar os meus ricos olhinhos.

      Eliminar
    8. E o anonimo das 20:58 até pode ser doutorado que continua a ser só estupido.

      Eliminar
    9. Empregados de balcão que acham que sabem avaliar os meus ricos olhinhos??? Mas a senhora acha MESMO que os optometristas não estudaram para aquilo? Acha o que? Que recebem uma formaçãozeca na Loja e vai a andar? Ou nem isso? Leio aqui com cada barbaridade meu deus....

      Eliminar
    10. Mais um anônimo ( 20:58h ) completamente estupido. Realmente para lhe receitar umas palas para colocar nas orelhas não é necessário um optometrista em qq loja de animais lhe vendem isso.Para sua informação neste momento já existem optometristas no SNS. Mas como somos um país onde existem Mts atrasados ( basta olhar para o anônimo 20:58) nos EUA todos os pacientes se dirigem em primeiro lugar ao optometrista.
      Obrigado

      Eliminar
    11. Caro anónimo das 20:58 agradecia que se não sabe do que fala não se pronunciasse, sou OPTOMETRISTA e caso não saiba optometristas e empregados de balcão são coisas diferentes. Apesar de que um optometrista poder estar sim a trabalhar também no balcão, um empregado de balcão que não seja devidamente qualificado (licenciatura em Optometria e Ciencias da Visão) não pode efectuar consultas de optometria!
      Nós aprendemos a avaliar os seus "ricos olhinhos" sim! Somos capazes de avaliar a sua visão, fazer a prescrição de óculos, lentes de contacto e afins e somos também capazes de identificar problemas patológicos ligados à visão, os quais no caso de ser necessário encaminhamos para oftalmologia.
      Se prefere ir a um oftalmologista fazer a consulta a escolha é sempre sua, mas não tente denegrir uma profissão que pelo que vejo não conhece!

      Eliminar
  10. E a operação lasik, pipoca? Não pode?

    Usei lentes de contactos praí 10 anos e há 4 anos fui operada à miopia.
    Foi o melhor que fiz! Aconselho!
    Com um bom seguro, hoje em dia já fica mais acessível..
    Beijinhos,
    viagemdoceviagem.blogspot.com | Facebook

    ResponderEliminar
  11. A tua história é igual à minha. Usei óculos na adolescência mas quando descobri as lentes de contacto foi das melhores sensações. Ando o dia todo de lentes mas quando chego a casa adoro por os óculos. Até memso por causa da poeira, etc. E fazes bem andar de óculos de sol com lentes de contacto foi a primeira coisa que me recomendou o oftalmologista.

    ResponderEliminar
  12. Eu deveria ter usado óculos deste tenra idade (3, 4 anos), mas acha mais engraçado usá-los para puxar o triciculo... é por isso que os pequenos óculos rosa dessa época parece que andaram na guerra. Com a idade passou e agora até acho piada. Também gostava de ser como o Goucha, mas não tenho carteira para isso, portanto só há um par. Tinha uns de sol graduados, quem nem sequer eram de uma marca xpto, mas roubaram-mos (devem ter servido de muito, com o meu nivel de vesguice...).

    fuieuquedisseblog.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. Estou contigo na ideia de lentes de contacto uma das melhores invenções à face da terra. Mas cá eu já detesto usar óculos. Nem estes todos bonitinhos me convencem muito.

    Maria

    ResponderEliminar
  14. "O que dizem os meus olhos? Que vejo mal"
    Fogo, Pipoca, roubaste-me a resposta para o Alta Definição! </3

    ResponderEliminar
  15. Oh, duvido que lentes para astigmatismo estejam incluídas na campanha =(

    ResponderEliminar
  16. Podias ter salientado que salvo rara excepção é que os "óculos com lentes incluidas" ficam a 79€. Quem necessita realmente de óculos para ver, e não para passar apenas o modelito, paga mais de o dobro

    ResponderEliminar
  17. As lentes da campanha são como já referiram sem tratamento anti reflexo, mas a mesma lente ( mesma espessura) com tratamento anti-reflexo, fica, na opção mais cara 129€ e não os 300€ como alguém referiu!! Esta campanha abrange astigmatismo até 2D ( lentes de Stock). Quanto à miopia/astigmatismo, se for alta, convém optar por uma espessura reduzida, que vai acrescendo ao preço como é óbvio, mas é sempre um preço de campanha, acessível!
    Quanto à pipoca, se escolheu os óculos sem tratamento anti reflexo, não tire fotos com eles, vai ficar tudo refletido na lente! E não, não é bonito!

    ResponderEliminar
  18. Carolina Leitão03 fevereiro, 2015 10:34

    O que eu tenho sofrido por causa dos olhos...
    Lembro-me de que em miúda via lindamente. Via mesmo bem, até aquelas letrinhas pequeninas que quase ninguém conseguia ler. Nessa altura era parva (vá, ainda sou um bocadinha) e queria usar óculos. Há gente que sonha ter uma barbie qualquer ou ir à Disneyland, eu cá era uma miúda que sonhava usar óculos. Cheguei a ir ao oftamologista e mentir nas letrinhas que ele me pedia para identificar para ver se saía de l+a com uns óculos. Óbvio que o médico não foi na cantiga.
    Alguns anos mais tarde, tinha 19 ou 20, reparei que ia ao ginásio e via tudo às manchinhas (com as luzes parvas que normalmente os ginásio têm). Mais... as pessoas acenavam-me e eu acenava de volta mas na verdade nem sabia quem eram. Não via nadinha de jeito. E lá fui ao médico. Primeiro ao público - um homem que devia ter uns 80 anos e que via pior que eu certamente - e depois a um privado - que realmente analisou a sério os meus olho e me meteu a ver bem. Saí do consultório feliz da vida, com miopia e astigmatismo mas a parecer que via em HD ahah
    Um anito mais tarde já via de novo pior ..Novas lentes = um balúrdio.
    Meio ano depois decidi mudar para as lentes de contacto e a adaptação até foi fácil (apesar de no início demorar meia hora a meter cada lente). Até ao dia em que tive uma conjutivite adenoviral. Coisa nada linda. Olhos vermelhos, comichão, remelas gigantes, nhanha constantemente.. e altamente contagioso e sem cura. "É meter gotinhas lubrificantes, compressas de água fria e deixar andar". Pena é ser jornalista e ter um jornal para fazer e como tal não pode esar menos que oito horas em frente à bosta do pc a trabalhar.
    Mais tarde a conjutivite passou.. e desde então foi sempre a ver pior ao ponto de nem conseguir olhar para um livro sem ver tudo desfocado, olhos a doer e secos. De volta ao oftalmologista : "Tens cicatrizes na córnea por causa da conjuivite. Foi das piores, das que deixa sequelas". Fo*****.
    E aqui estou eu, 100 euros depois de duas consultas. Com cicatrizes que ainda não passaram e que como tal não permite ver as minhas dioptrias (que também já estavam desactualizadas). E com a promessa de que tenho que comprar uns novos óculos. (Já estava de olho nesta promoção até. São bem giros !).
    Entretanto nada de lentes, o que significa que não posso usar óculos de sol (não tenho nenhuns graduados porque sou vaidosona e gosto de ir mudando consoante a roupa), óculos embaciados quando bebo algo quente, óculos a cair da cara nas aulas de ginásio.. buh

    ResponderEliminar
  19. Pipoca, eu só quero dizer uma coisa. Você tem que ter muita paciência para ler certos comentários, pois eu não tinha. Como diz o velho ditado popular: "É presa por ter cão, e por não ter". Se a Pipoca gasta dinheiro em malas Prada, e não gasta nuns óculos caros, a opção é sua, isso não nos diz respeito, cada um gasta o dinheiro onde prefere, é uma opção pessoal, o dinheiro é de cada um, mas aqui em PT é um velho costuma, que é criticar as opções dos outros, isso irrita-me tanto, tanto que nem imagina, ah devias ter feito assim e não assim, ouve-se isto montes de vezes, mas cada um é LIVRE de fazer o que acha melhor, e nunca podemos agradar a TODOS. É por isso que eu adoro a mentalidade de alguns países em que ninguém se mete na nossa vida, em que há uma privacidade tal que usamos o que queremos, e há uma diversidade de maneiras de viver diferentes uns dos outros, mas aqui em PT isso nunca irá acontecer. É uma pena, já evoluímos nalgumas coisas mas a mentalidade de muitas pessoas está muito longe de evoluir.
    Manuela

    ResponderEliminar
  20. aos 25 anos era gozada por causa do aparelho e óculos??
    da-se com pessoas estranhas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Foi para aí aos 7 ou 8 anos que uma ida ao oftalmologista me trouxe o pior dos diagnósticos: "a menina vai ter de usar óculos". - qual a parte mesmo que não percebeu???? Gente implicativa, caramba!

      Eliminar
  21. Sou a anónima que fez o primeiro comentário. A minha graduação é alta. 11 dioptrias num lado e 9 noutro. Uso óculos desde os 10 anos e lentes desde os 15 anos, mas tenho que ter sempre um par de óculos. Essas publicidades NUNCA abrangem a minha graduação. Sei do que falo, já passei dos 50 e ando nisto há muito tempo.
    Acreditem que não pago monstruosidades porque quero, nem ando de óculos na rua. Procuro sempre o mais barato, mas existem mínimos de preços.
    Já corri todas as óticas e mais algumas e os preços são os mesmos em todo o lado. Moro na margem sul e já fui até Sintra. Por isso não é à falta de procurar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ena, é a primeira pessoa que encontro com mais graduação que eu :) tenho 8 num olho e 8,5 no outro, uso óculos desde os 6 anos e lentes desde os 14. mas infelizmente e apesar da médica aconselhar não consigo mesmo andar de óculos, mal os ponho fico mal disposta e enjoada (e não é problema de graduação que fui aumentar recentemente). faz-me imensa impressão ver os lados desfocados em vez da visão 360º que tenho com as lentes

      Eliminar
    2. Olá.
      Desculpe a pergunta: ainda não vê mal ao perto?
      Eu fui operada há 15 anos. Voltei a ser miope. Agora comecei a ver mal ao perto e os meus olhos não se adaptaram às lentes contacto progressivas...

      Eliminar
  22. Já ouviste falar da pequena operação LASIK? vale bem a pena, dizes adeus às lentas aos oculos, é incrivel...

    ResponderEliminar
  23. Também sou pitosga, herança de família! :-) Mas não me importo! Quero lá saber!

    ResponderEliminar
  24. Adoro os castanhos! :)

    https://www.etsy.com/shop/printablelovers?ref=hdr_shop_menu

    ResponderEliminar
  25. Dou as seguintes informações com conhecimento de causa, pois comprei os meus óculos na Opticalia há uma semana:
    - Não, não abrangem todas das graduações. Só as mais baixinhas, e se se juntar miopia e astigmatismo, já não entra na promoção, por exemplo;
    - As lentes são as mais básicas do mercado, sem tratamento antirrisco ou antirreflexo. Quem usa óculos todos os dias sabe que umas lentes sem isto não valem a pena.
    Ainda assim destaco o atendimento que recebi na loja, que foi de uma grande qualidade (sem me tentarem impingir nada). Existem outras opções em conta para além desta promoção (não tão baratas por causa das lentes, mas ainda assim a preços simpáticos), com uma gama de armações para todas as carteiras e muito giras. Recomendo!

    ResponderEliminar
  26. Também uso oculos há quase 20 anos e adorava usar lentes mas não consigo...não tenho lagrima suficiente e mesmo usando lagrima artificial gastava uns 3/4 frascos por dia (aquilo é minusculo).....vou ter de me aguentar com os oculos......
    Também me aconselhei com um profissional sobre o Lasik mas o que me foi dito foi que daí a uns anos estaria a ver mal novamente e desta vez não só ao longe como ao perto......é genetico, não ha nada de definitivo que possa fazer.....e o Lasik nem sempre é comparticipado pelos seguros de saude......no meu caso não é.

    ResponderEliminar
  27. Lentes de contacto já usei,mas não me dava muito bem com elas,logo pela manhã começava a ficar com os olhos vermelhos,para além de ficar muito mais caro que óculos,pois tinha de comprar de meio em meio ano,mas também sempre tive dificuldade em usar óculos,sim é verdade esses preços nunca abrangem quem tem astigmatismo e miopia,e é sempre para quem tem pouca graduação que quase nem precisa de óculos.

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis