Pub SAPO pushdown

Anyone?

quinta-feira, novembro 27, 2014
Mais alguém que passe largos momentos a tecer longas discussões na sua cabeça, coisas espectaculares (más ou boas) que gostaria de dizer a outra pessoa?  Passo a vida nisto. Imagino as minhas respostas, as respostas da outra parte, crio verdadeiros diálogos cinematográficos.

Pior, pior, é depois haver oportunidade e deixar-me estar calada.

Já estou como o António Zambujo: "Lamento, mas só daquilo que eu não digo é que  me arrependo".

104 comentários:

  1. Ainda hoje me aconteceu isso.
    Na minha cabeça foi espectacular, fui uma guerreira, aliás...

    Depois na hora, piu!!

    ResponderEliminar
  2. Identifico-me! Há coisas que gostaria de partilhar mas opto por ficar calada e "discutir" comigo mesma. à noite então é quando esses pensamentos me atacam!
    with love CAT ♥

    ResponderEliminar
  3. Faço isso imensa vezes, é bom poder sonhar, inventar algo que possivelmente nunca irá acontecer, não, não és a unica!
    Por acaso já pensei que estava casado ctg Pipoca lool, estou a brincar,com todo o respeito pelo teu marido arrumadinho!
    www.markmargo.net (site de celebridades)

    ResponderEliminar
  4. Ai, quantas e quantas vezes! Mas quando chega a hora da verdade... há qualquer coisa que falta!

    ResponderEliminar
  5. Tantas, mas tantas vezes. Mas nunca chega o momento certo para tal diálogo da nossa parte.

    ResponderEliminar
  6. Não é nada pior. Perco tanto por falar demais. Raios parta . Deve ser do meu signo. Mas o sangue ferve.

    ResponderEliminar
  7. Meu deus, quantas vezes por dia... e ás vezes até imagino finais felizes...
    Helena

    ResponderEliminar
  8. Sim! E muitas vezes não ter sequer essa oportunidade, a de dizer o que se imaginou.

    ResponderEliminar
  9. Sou igualzinha!!!
    Será de sermos capricórnio?

    ResponderEliminar
  10. Acontece-me tanta vez.. Mas quando conduzo já sei que há sempre diálogo mental.. O pior é quando percebo que estou a falar mesmo no meio da rua..

    ResponderEliminar
  11. Todo o santo dia...

    ResponderEliminar
  12. Junta-te ao Grupo! Depois só me apetece chicotear-me!

    *

    ResponderEliminar
  13. Tal e qual! ;)

    http://acaraoucoroa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Oh, oh, bem vinda ao clube. Verdadeiras batalhas filosóficas, não passam disso também.

    ResponderEliminar
  15. neste momento só me passa isto na cabeça para o ex:

    Quer ir embora vai
    Adeus bye bye
    Quando você me quiser
    Estarei no ilê já não te quero mais

    Até chorar chorei não pude suportar
    Ao ver se acabar todo amor que lhe dei
    E pra curar então
    O pobre coração

    Eu vou sair no ilê
    Vou me esquecer de você no meio da multidão
    Eu vou com o negro mais lindo
    Desfilar na avenida e me matar de paixão

    Ivete Sangalo

    ResponderEliminar
  16. Sempre, no dia a dia é muito bom esse exercicio, tenho sempre a resposta na ponta da lingua....a não ser em algumas situações (poucas) que não vale a pena abrir a boca, porque como costumo dizer o tempo mostra tudo e muitas vezes não vale a pena o nosso desgaste.

    ResponderEliminar
  17. À noite! De noite!!! Rrrrrrrrr

    Www.moncloset.com

    ResponderEliminar
  18. Eu eu eu eu eu! Faço isso imensas vezes e depois se por acaso acontece na realidade é super estranho, como um déjà vu.

    http://entreosmeusdias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  19. Ana faço esse exercicio muitas vezes, é um exercicio perigoso, porque por vezes torna-se quase real, a dada altura uma pessoa já não sabe se aqueles diálogos aconteceram mesmo ou não. Por outro lado, quando não dizemos aquilo que idealizamos, faz-nos encher, encher, encher, e um dia sai tudo de uma forma completamente desproporcionada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. estava aqui a pensar exatamente nisto... sente-se como se a conversa tivesse sido real...
      e, ás vezes até fico aliviada como se tivesse tido mesmo a conversa ...
      outras fica tudo cá dentro a encher...

      Eliminar
  20. Às vezes esses diálogos cinematográficos são bem mais felizes do que os encontros espontâneos.... faz como Merly Streep, http://www.ccstylebook.com/2014/09/i-no-longer-have-patience.html, é bem melhor ;)

    ResponderEliminar
  21. Acontece-me a toda a hora! O mais frustrante é quando alguém nos diz algo inesperado (bom ou mau mas geralmente mau) e ficamos ali abananadas sem tempo para reagir. Depois fico a imaginar as centenas de respostas espetaculares que podia ter dado às pessoas mas não tive oportunidade!argh. Felizmente isso acontece-me cada vez menos e a resposta está quase sempre pronta!chama-se ganhar estaleca ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo...comigo é igual.

      Eliminar
  22. todos os dias no final do dia de trabalho, sobretudo com as situações menos positivas. por acaso já me tinha questionado se seria só eu. bem mais descansada fico por saber que não.

    ResponderEliminar
  23. antes de ver a minha sogra faço sempre isso e depois quando chega a hora .... nao sai nada Lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual. que nervos que me dá. a minha tem a mania das piadas e que é sabichona, e eu que tenho que me calar :$

      Eliminar
  24. Ui! Tantas vezes!

    Vanessa S.
    De Saltos por Lisboa,
    desaltosporlisboa.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  25. Pipoquinha quantas vezes? E aquelas em que estás mesmo inspirada e até à merda mandas a pessoa? E logo a seguir a dita aparece à tua frente e tens de sorrir? Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii arrependo-me tanto do que não digo!

    ResponderEliminar
  26. Quantas vezinhas.....! Ensaio perguntas e respostas ao mais alto nível e depois quando chega a hora H... sai tudo ao contrário! Deixo-me ficar calada.... terrível defeito!

    ResponderEliminar
  27. Eu tenho um problema maior. É que verbalizo essas conversas (falo sozinha.....). Mas é genético o meu pai é igualmente doido

    ResponderEliminar
  28. Verdade verdadinha Pipoca! Tiraste-me as palavras da boca!

    Inês D.
    http://amigasdoclosetblog.blogspot.pt/
    (projeto recente, todo o apoio é bem-vindo)

    ResponderEliminar
  29. todos os dias eu faço diálogos, levanto perguntas, respondo a elas...

    normalmente se tiver oportunidade, não passa disso.. oportunidade

    ResponderEliminar
  30. eu !!!! muitas vezes!

    ResponderEliminar
  31. Eu sou óptima nisso! E detesto guardar o que penso, mas parece que às vezes tem mesmo de ser... uuuunf

    ResponderEliminar
  32. Ui...Muitas vezes!! E depois não digo nem metade!

    ResponderEliminar
  33. Ui podes crer Pipoca! É com cada diálogo nesta cabeça que nem é bom falar mesmo senão uma pessoa ainda vai presa hehehe

    ResponderEliminar
  34. Eu e, pior do que isso, em voz alta :)

    ResponderEliminar
  35. Estou sempre nisso....as vezes até tenho a cabeça cansada de pensar tanto!!!

    ResponderEliminar
  36. Eu sou mais do tipo Ally Mcbeal. :-)

    ResponderEliminar
  37. tantas e tantas vezes, faz -nos tanto mal não poder dizer tudo aquilo que pensamos...grande diálogos e eu saio sempre a ganhar claro :-)

    ResponderEliminar
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  39. Serei a única a não fazer isto? (pelo menos assim tão frequentemente)

    ResponderEliminar
  40. Todos os dias.... Se calhar devia ir ao médico... :)

    ResponderEliminar
  41. Tal e qual!!! Grandes batalhas que por vezes andam nesta cabeça... Por vezes até via isso, para me rir um bocado, como um amigo imaginário que era o espelho do meu "Eu"... (e aquele que nunca tive em criança ;) )

    ResponderEliminar
  42. Pensava que era a única pessoa!!! Afinal, pelo que vejo, sou eu e muitas mais.
    Será da nossa condição de mulheres? Só mesmo nós para andarmos com estas coisas na mente... :)

    ResponderEliminar
  43. Bolas... presente! Ou quando até começamos a dizer mas depois parecer que na cabeça fazia bem mais sentido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tantas vezes. Até me sinto ridícula!

      Eliminar
  44. Tal e qual!!! Pensava que era só eu.

    blogdamariafrancisca.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  45. Faz mindfullness que isso passa.

    ResponderEliminar
  46. Toda eu de acordo!
    Há vezes em que até imagino que um estalo bem dado na cara fazia todo o sentido no momento. Mas mais vale ficar caladinha e quieta, que assim nunca se perde a razão :P

    ResponderEliminar
  47. Constantemente! mas quando preciso, esqueço-me!

    ResponderEliminar
  48. Tb o faço... Talvez seja uma forma de libertarmos tudo o q está entalado e a moer-nos, evitando o real conflito para não magoarmos a outra pessoa a serio, ou sairmos (ainda) mais magoadas e apaziguarmos a revolta q sentimos no momento...
    :)))

    ResponderEliminar
  49. Infinitas discussões tenho eu sozinha no carro (por exemplo). Toda uma argumentação bem estruturada e assertiva, depois cara a cara opto por evitar o confronto :S
    Giro é quando o marido me apanha a discutir sozinha, farta-se de rir comigo porque já está habituado :)

    ResponderEliminar
  50. Bem, pelo que vejo, vulgo leio, não estou a ficar senil :)
    Mas o pior da telenovela toda que passa na minha rica cabecinha é que depois quando se passa verdadeiramente à acção varre-se-me tudo da cabeça e o pior é que só me lembro da resposta genial 5 segundos depois de ter dado a resposta parva!
    Ok, mas com o tempo vamos-nos refinando, vamos aprendendo que não é uma resposta ressabiada que é bem dada mas sim uma resposta inteligente, aquelas que os deixam a pensar, as respostas vão saindo naturalmente e vão sendo cada vez melhores!

    ResponderEliminar
  51. Confere! Passo tempos nisso e, chegada a hora da verdade, nadica de nada... Até me enervo a mim própria! :-)

    ResponderEliminar
  52. Tens imenso tempo livre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só pensa nos tempos livres? Parabéns, espero que tenha muitos.

      Eliminar
  53. Eu é quando lavo a loiça. Torno-me uma guionista.

    IC

    ResponderEliminar
  54. Sou perita nisso, mas das vezes que falo... Menina! Fujam todos para os abrigos!

    ResponderEliminar
  55. Ui, nem me digas nada!! Então no trabalho, xiiiiiiii..... ás vezes dá vontade de mandar para aquela banda, mas pronto respiro fundo conto até 10,20... ou mais. :) e finjo que nada se passou.Depois começa os diálogos na minha cabeça!! Por vezes não me consigo calar, quando as barbaridades são muito grandes! Temos pena!!

    ResponderEliminar
  56. Eu, eu, eu :)
    Passo horas a fio nisso, a sério. Fico muito feliz por saber que há mais como eu :)

    ResponderEliminar
  57. Muitas vezes! Preparo todo um diálogo na minha cabeça, o q eu digo, o q a pessoa responde, depois vou toda lançada falar com a pessoa....a pessoa em causa dá-me uma resposta q eu n previa e pimbas.....foi-se-me o discurso todo pela pia! Hehehehe

    ResponderEliminar
  58. Pensei que era só eu.... e sinto-me má quando acontece - e tento pesar noutra coisa qualquer.

    ResponderEliminar
  59. És um espectaculo Pipoca obrigada por estes post inteligentes, eu sou uma autentica guionista mas depois quando é para verbalizar ui ui. E por isso a minha vida é uma sequencia de filmes com estreias adiadas. Já ganhei o dia pensava que era só eu, mas NÃO ESTAMOS SÓS ;).

    ResponderEliminar
  60. Sem dúvida Pipoca, não és a única, não te preocupes.
    Quantas vezes não dou por mim em frente ao espelho da casa de banho, logo pela manhãzinha a ter verdadeiras discussões interiores? Provavelmente muitas pessoas dirão: bem, esta gente é toda maluca, mas a realidade é que esta atividade até é bastante terapêutica e ajuda-nos, várias vezes, a chegar a conclusões. Ou então não. Às vezes vou mesmo com os dilemas na cabeça pelo dia fora, mas isso sou eu :)

    ResponderEliminar
  61. Thanks god, não sou só eu a tolinha!!!

    ResponderEliminar
  62. Tal e qual como eu! Preparo o discurso todo na minha cabeça e depois não sai nadinha! Claro que me arrependo!

    Portuguese Girl with American Dreams
    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  63. Tal e qual....e ultimamente até me imagino a destratar aquela que diz que o seu filho é feio!!!as coisas que eu lhe dizia e fazia,e não é comigo!!!!pronto,não me aguentei!

    ResponderEliminar
  64. Já fui muito pior. Ainda me calo com muita coisa, principalmente no trabalho, mas porque tem mesmo que ser. Mas às vezes imagino-me a dizer tudo o que quero e penso e não seria bonito....No entanto, tenho um exercício bom: como geralmente de manhã passo cerca de 1 hora sozinha no escritório, às vezes aproveito para mandar um grito alto ou chamar um nome ou dois em voz alta. Liberta-me tanto! Se eu pudesse, até pancada já tinha dado a muita gente!!!
    De qualquer forma, o não já consigo dizer. Ainda esta semana me tentaram convencer a comprar uma coisa. Ouvi enquanto consegui, mas quando me tentaram marcar novo encontro para, muito provavelmente, efectivar a coisa, saiu-me só: Nâo vale a pena encontrarmo-nos, eu não te vou comprar nada! O pior é que a pessoa em questão é a modos que amiga e depois fiquei com alguns pesos na consciência de ter sido um pouco bruta. Mas pior teria sido marcar e ter que a ouvir novamente tentar convencer-me. No fundo, fiquei até um pouquinho orgulhosa de o ter feito!

    ResponderEliminar
  65. Pipoca!! Estamos conectadas hj, estou a passer por esta situação agora... Que chatisse, ainda mais com meu melhor amigo :(

    ResponderEliminar
  66. (ahah) Penso que é uma "questão" que engloba muita gente!! ;)

    Style Statement

    http://www.style-statement.com/

    ResponderEliminar
  67. É bom saber que não sou a única!

    ResponderEliminar
  68. Todos os dias. Quanto mais a conversa for importante, mais isso acontece. E depois há o fenómeno de ficar mais aliviada só de ter a conversa na minha cabeça. Maluquice.

    Maria das Palavras
    http://daspalavras

    ResponderEliminar
  69. Como eu te entendo Pipoca..

    ResponderEliminar
  70. Euzinha da silva! :) aliás, no meio do trânsito, se alguém me olha, é capaz de me ver a falar e a falar mas sempre sozinha :) verdadeiras telenovelas :) ahahah
    beijo

    ResponderEliminar
  71. Olha eu aqui igualzinha, até faço "ensaios " frente ao espelho, mas depois....bem depois fico a pensar, para a próxima não me escapas.....lolllll....Deve ser moda da malta que nasceu para aí entre 1 a 9 de Janeiro( eu a 9 )......

    ResponderEliminar
  72. Sempre Ana. Tenho diálogos permanentes na minha cabeça, em frente ao espelho, sozinha em casa...

    ResponderEliminar
  73. A culpa é da minha mae que sempre nos ensinou a nao dizer nada. ''Mais vale ficar calada par nao haver problemas'' e a tradiçao continua...Grrr!!! loll

    ResponderEliminar
  74. Não tenho muitos, mas quando os tenho depois aplico o que pensei assim que tenho oportunidade. Detesto ficar com sapos presos na garganta.

    ResponderEliminar
  75. Sim, sim, sim!!! Penso tanto que até tenho trilha sonora para cada cena kkkkkkkkkkkk!

    Beijos!!!

    O muito que nós temos visto não passa de gotas
    Diante daquilo que podes e queres fazer

    Gisley Scott|Querido Deus,obg por me exportar

    ResponderEliminar
  76. Tal e qual! E sofro com o (não) digo!

    ResponderEliminar
  77. Fiquei tão mais descansada quanto á minha sanidade mental depois de ler este post e respectivos comentários!
    Passa-se tantas vezes comigo, imagino a cena toda e, por vezes, até verbalizo (sobretudo quando estou no duche ao final do dia)...o meu marido já nem liga quando me ouve falar sozinha.
    Confesso que, apesar de tudo, é libertador (pelo menos para mim, porque as pessoas a quem eu gostaria de dizer "poucas e boas" não estão lá para ouvir, pois claro!).
    Raquel

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis