Pub SAPO pushdown

Running update

segunda-feira, agosto 11, 2014
Ontem foi dia de treino longo. A Meia Maratona aproxima-se a passos largos - literalmente - e começa a chegar o medinho. Até aqui, e por me parecer que faltava muito tempo, não me preocupei muito com  o assunto. Ia treinando e tal, mas era assim uma coisa meio longínqua. Mas agora que vai ficando mais perto e que os treinos longos se intensificam, percebo que isto não vai ser assim tão fácil. Ontem corri 16 km, o meu máximo até agora, e foi duro. Cheguei ao fim com a certeza de que não era capaz de correr mais cinco para perfazer a totalidade da Meia. Eu sei que em provas é diferente, o espírito é outro, a motivação também, mas acho que ainda me faltam muitos quilómetros nas pernas para ter a certezinha absoluta de que faço 21 sem parar. O problema é que cada corrida é completamente diferente. A preparação ajuda, é claro, mas não é só isso. Tem a ver com o tempo (o calor é terríveeeeeeeeel, o vento também), com o que se comeu, com a hidratação, com os ténis, com a disposição... todo um conjunto de factores que fazem com que seja um bocadinho imprevisível saber como vai correr. Já fiz treinos de 10 km que não me custaram nada, e já houve dias em que ao fim de 2km não conseguia dar nem mais um passo. Mas pronto, ontem juntei-me ao treino da Correr Lisboa na Expo. Era um treino de 30 km, de preparação para a Maratona de Lisboa, mas também foi malta que anda a treinar para a Meia, que será  no mesmo dia, e que fez distâncias mais curtas. Queria tentar correr uns 14, mas fui sem grandes planos, que é como eu acho que resulta melhor. Acabei por ir aos 16. Começámos cedo, antes das oito, e os primeiros 10 km foram tranquilos. Depois veio o sol e foi um tormento. O calor dá cabo de mim e não ter levado água também não ajudou (não consigo correr com nada nas mãos). Quando, finalmente, encontrei um bebedouro devo ter engolido uns três litros de água e praticamente tomei banho ali, tamanho o calor. Enfim. Faltam 45 dias. E preciso de intervalar treinos longos com treinos curtos de velocidade. Pelo meio, espero que a paixão da corrida se instale. Para já é só mesmo teimosia.


14 comentários:

  1. Correr 16km sem levar água é tamanha irresponsabilidade pipoca. Ai ai ai

    ResponderEliminar
  2. Só gostava de ter coragem para começar a correr... adoro desporto, mas correr, admito que sempre me custou um bocadinho :)

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Ana,

    Relativamente ao facto de gostar de correr de mãos livres, e necessitar de se hidratar durante o percurso, sugiro-lhe que adquira um pequeno "Camel Bag" (designação), marca-CamelBak, há muito comercializada e conhecida no mercado (muito copiada). Embora seja um equipamento maioritariamente utilizado por praticantes de BTT, tambem é utilizado por alguns praticantes de atletismo, consiste numa espécie de mini-mochila (transportada nas costas) que possui no interior uma bolsa em pvc(existem em vários tamanhos/capacidade variável) onde se encontra depositado o líquido(água ou outro...) captado pelo utilizador através de um tubinho(acondicionado na alça dta ou esq da mochila), que permite a hidratação do atleta sempre que o deseje. O peso/desconforto no transporte do Camel é mínimo... e evita que entremos em colapso!
    Bons Treinos

    Maria do Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também ia dar este conselho! Até para caminhadas eu utilizo! Não é pesado e é perfeito para ter as mãos livres e, ainda assim, água sempre 'à mão' ! Acho que vais gostar..

      Eliminar
  4. Força Ana, claro que vais conseguir. Eu também gostava de ter coragem de correr uma Meia! Força, Foco e Motivação! Bons Treinos! ;)

    ResponderEliminar
  5. Vai ver que conseguirá Pipoca, muita força :D

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Eu também não consigo correr ao sol e quando já está muito calor. Tem sempre de ser cedo e pela fresca, porque ao calor, não dá mesmo :S
    A paixão da corrida, por norma acaba por aparecer, mas também temos aqueles dias em que só apetece andar. O corpo é que manda :)
    http://atitudesecomportamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Forca ai Ana!! Correr uma meia maratona é realmente um desafio!! já corri 4 e estou pensando em me arriscar numa maratona. Tem dias que são assim mesmo, uns bons, outros ruins. Treinos melhores virão! Confie no seu treinador, a motivação virá e vc terá uma super prova! Pode ter certeza!! Boa sorte!!!

    ResponderEliminar
  8. Fui acompanhado por aqui os teus relatos em relação à corrida e à forma como foste aumentando as distâncias. Acho que és mais um belo exemplo de que quando se quer, tudo se consegue.

    Parabéns! E continua o bom trabalho.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. http://www.bloglovin.com/frame?post=3251841151&group=0&frame_type=a&blog=22471&frame=1&click=0&user=0

    Força Pipoca!!

    ResponderEliminar
  10. Ontem senti o mesmo que tu. A partir de uma dado momento acusei demasiado o calor que se fazia sentir, o facto de não ter levado água também não ajudou (e tal como tu também não gosto de correr com nada nas mãos, quanto mais leve melhor) e quando encontrei aquele bebedouro na marina da Expo também devo ter bebido uns "3 litros" de água, tal não era a sede...

    De qualquer forma, não tenho dúvida que vais conseguir fazer a meia! Basta apenas continuares a treinar como tens feito até agora ;)

    ResponderEliminar
  11. Continua a ser um exemplo, Pipoca! Ninguém dúvida que vais conseguir. Força!

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis