Pub SAPO pushdown

Fui para fora cá dentro #1

sexta-feira, março 28, 2014

O fim-de-semana passado quisemos ir para fora, mas para perto. Íamos com o Mateus e não nos apetecia fazer grandes viagens. Liguei para o sítio que tinha pensado inicialmente, mas não aceitavam crianças. Sem problemas, acho óptimo. De facto, tendo em conta o sítio que é, faz muito mais sentido que assim seja, e acho de louvar que haja sítios que promovam as sopas e o descanso, sem berrarias pelo meio. Mas como desta vez queríamos mesmo ir com o Mateus, este sítio ficou agendado para outras núpcias e passámos ao plano B. Foi assim que, por recomendação, fomos parar ao Cooking and Nature, perto de Porto de Mós, que se não é o hotel mais bonito onde já estive na vida, anda lá muito perto. Não li muito sobre o espaço, por isso ia sem grandes expectativas, mas quando lá cheguei fiquei de boca aberta. Como é que é possível haver sítios destes aí perdidos por este nosso Portugal? Viajamos tanto, vemos tantas coisas, e depois escapam-nos preciosidades destas. Que, segundo soube depois, foi considerado o ano passado como um dos 150 melhores hotéis do mundo pela Condé Nast Traveler. Que orgulho. O hotel é pequenino, acolhedor e lindo de morrer. Só tem doze quartos, todos diferentes, e a nós calhou-nos o mais romântico. Depois... depois há uma lareira sempre acesa, um bar onde os clientes se servem à vontade comprometendo-se a apontar o que consomem, uma sala de televisão sem Sport TV (perfeito quando não joga o Benfica, como foi o caso), muitos livros à disposição, uma mini-loja com produtos nacionais ou uma piscina que, infelizmente, não deu para experimentar. Tudo super bem decorado, com pormenores criativos e originais. As refeições também têm um conceito giro: escolhemos o que queremos almoçar/jantar, mas depois vamos para a cozinha com o chefe e metemos as mãos na massa. E depois há o carinho e simpatia com que somos recebidos, muito "a nossa casa é a tua casa". Gostei mesmo muito, muito do Cooking, fiquei com vontade de me mudar para lá, dava uma casa perfeita. Não podendo, resta-me a promessa de voltar. E partilhar algumas fotos (estava doida, apetecia-me fotografar tudo):























37 comentários:

  1. Uau, que conceito espectacular! Decoração excelente... Deve ser um local onde dá mesmo para descansar, é o que estou a precisar!

    http://mundodamafy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Fiquei muito curiosa com o espaço! A avaliar pelas fotos, parece-me muitíssimo bem :-)
    Boa dica :-)

    beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. E o Manolo? Nunca o levam convosco? Não é crítica, juro, mas como dona de cão gostava de ver sugestões de sítios para ir passar o fim-de-semana com a bicharada. E também nunca mais falaste dele, que tal a relação com o Mateus? E a adaptação, foi fácil? Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui são muito bem vindos =)

      www.casadastresmarias.blogspot.pt

      Eliminar
    2. Que bom, vou investigar :)

      Eliminar
  4. Tenho que conhecer... É LINDO!
    Parece mesmo um local fantástico para relaxar.

    R de Rita

    ResponderEliminar
  5. Que espectáculo!!!! Os pormenores são "uma coisa"!

    nomundodesilvia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Oi pipoca, parece delicioso mesmo! Please, agora fiquei curiosa, o homem faz anos para a semana, não temos texugos, ainda! e gostava de lhe fazer uma surpresa. Qual era a sua primeira opção? Talvez me sirva de inspiração!
    Catarina

    ResponderEliminar
  7. Um conjunto de apontamentos que culminam numa atmosfera cheia de emoção, excelente escolha =)
    De facto, há recantos encantados que aguardam e merecem ser descobertos e sentidos, não é por nada... ;)

    www.casadastresmarias.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. wow
    que sitio lindo e a banheira?? AMEI!

    Sónia
    Taras e Manias

    ResponderEliminar
  9. Que espaço giro. Vontade de conhecer.

    www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
  10. Foi o porto de abrigo que eu e o meu marido escolhemos depois de perdermos a nossa filha. Foi onde sofremos, chorámos, sorrimos, e nos reencontrámos. Acho que vai ficar agendada uma visita anual! É realmente mágico (mas pensei até que fosse pelo significado com que ficou para nós). Aparentemente não, é mágico também visto pelos olhos de outra pessoa :) Boa escolha!

    ResponderEliminar
  11. Que giro, nunca tinha ouvido falar deste hotel e é mesmo muito giro!!! Um sítio a visitar :))

    Http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. A decoração do espaço esteve a cargo da Ana Heleno (anabananadesign.com) e tem ideias e peças (como os sofás de chita) muito, muito bonitas!
    É realmente um sítio fabuloso!
    Beijinhos
    E.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conhecia, excelente trabalho. Muito obrigada pela partilha.

      Eliminar
  13. Como descobres sitios destes? queria um local assim para visitar.. há algum site com sugestões que apoiem o turismo rural?

    ResponderEliminar
  14. Já tinha visto as fotos no Instagram e realmente parece um pequeno pedaço de paraíso.

    http://thelusofrenchie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. Lindissimo! Esse hotel é a minha cara. Local a visitar sem dúvida. Obrigada pela dica Pipoca.

    ResponderEliminar
  16. Que lindo! Maybe one day... :)

    www.chamavalheumfigo.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  17. Que espaço fantástico!

    Giveaway:
    http://thatsthe-way.blogspot.pt/2014/03/giveaway-thats-way-mary-kay.html

    ResponderEliminar
  18. Como é que é?! Deixam-me ir para a cozinha?????????? É que é já!
    Obrigada pela dica... isto é ouro sobre azuk, bom gosto, requinte e ainda me deixam cozinhar com o chefe?! É a loucura!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se a cozinhar se refere à foto publicada... Alface, nozes, queijo, pão, tomate e uvas em cima de um prato, não lhe chamaria cozinhar, mas é só a minha opinião
      Ana Sofia

      Eliminar
  19. Gostei muito do lado shabby do hotel. Obrigada pela reportagem, fiquei com vontade de conhecer.

    ResponderEliminar
  20. Já tinha visto no IG. Muito bucólico, muito relaxante :)

    The gLiTtEr Side

    ResponderEliminar
  21. Sim, um espaço maravilhoso aqui na redondezas. Temos locais maravilhosos (e muitos deles desconhecidos) por estas paragens. Ainda bem que gostaste, Pipoca.

    ResponderEliminar
  22. O paraíso existe (: http://bdebeijinho.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  23. Maravilhoso, completamente inspirador! E depois de veres essa parede é uma boa altura para tratares dos teus pratos :D

    ResponderEliminar
  24. Tantas férias e fins-de-semana fora...depois diz que não tem tempo para nada...calma, não comecem já a chamar-me invejosa!!! Só não compreendo como pode queixar-se de falta de tempo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opa, por amor da santa! Há mesmo necessidade destes comentários?!?

      Eliminar
  25. Uma pessoa aqui referiu uma questão que já hámuito me colocava...
    O Manolo? Nunca mais falaste no Manolo, Pipoca! :(
    Saudades de ver o Manolo por aqui! :)

    ResponderEliminar
  26. Ficamos lá em Dezembro de 2012, quando fiz 40 e levamos os 2 miúdos. Espetacular de facto. Se gostou deste gostaram seguramente da Casa das Penas Douradas e do Rio do Prado. Eu entretanto fiquei doente e deixei de poder ter a vida que tinha... antes também era assim, correria, filhos, emprego, correria. Agora corro para o workshop da Vânia que Já me tinha inscrito...

    ResponderEliminar
  27. Oh Pipoca que fixe, vieste até Porto de Mós! Bjinhos ;)

    ResponderEliminar
  28. O sítio é lindo, só não entendo como achas normal existirem sítios que não aceitam crianças.
    Se um hotel recusar alguém pela cor ou religião é um escandalo, agora não aceitar uma criança é normal. Parece que são equivalentes aos animais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava mesmo para escrever "concordo! muito bem!", mas depois lembrei-me dos pirralhos irritantes a correr pelo supermercado e achei melhor não.
      Não, não sou um monstro e amo crianças, enternecem-me imenso, mas vamos combinar que há putos do mais irrequieto e barulhento possível... quando são os nossos filhos, achamos giro, mas quando são os dos outros, JASUS! Uma pessoa ir para um fim de semana romantico e de descanso e ter os filhos dos outros a correr à volta... enfim. Falo por mim, claro ;)

      Eliminar
    2. Ao contrário do "Anónimo" anterior, estou totalmente de acordo com o primeiro "Anónimo"... Se em vez de criancinhas a correr, fosse um grupo de britânicos bêbados já seria aceitável, suponho... Ou então uma senhora de voz estridente... Se calhar os hotéis deveriam restringir também o acesso a pessoas com tom de voz demasiado irritante...

      Eliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis