Pub SAPO pushdown

Novidades fresquinhas: Violeta by Mango #3

quinta-feira, fevereiro 27, 2014
Quando ouvi falar desta colecção pela primeira vez achei que tinha a ver com aquela série espanhola pela qual as pré-adolescentes deste mundo andam a arrancar cabelos. Nem sequer liguei. Até que ontem estava a ler uma revista espanhola e percebi que, afinal, não tinha nada a ver. A Violeta, esta Violeta, é sobrinha do fundador da Mango - Isac Andic -, e Violeta by Mango é uma nova marca para mulheres plus size (ou gordinhas, ou cheiinhas, ou gordas, ou o que lhes quiserem chamar, que já sei que nestas coisas acaba sempre tudo ofendido). Até ao final de 2014, a marca conta ter 100 lojas próprias espalhadas pela Europa. Por cá ainda não temos nenhuma, mas é possível encontrar algumas peças em algumas lojas Mango, ou então ter uma escolha mais alargada no site (que vende para Portugal). A ideia de Violeta Andic foi criar uma marca jovem e que acompanha as tendências, e fugir à ideia de que as roupas em tamanhos maiores têm de ser sempre chatas, monocromáticas e com altas semelhanças a sacos de batatas. Cada peça foi pensada estrategicamente e ao máximo detalhe, de forma a ser o mais confortável possível e a atenuar os pontos mais críticos. A linha está disponível do 40 ao 52, mas como em Espanha se instalou uma polémica de todo o tamanho por acharam ofensivo que o 40 fosse considerado um número grande, agora a Violeta by Mango opta por comunicar apenas que tem roupa até ao 52. Mas começa, efectivamente, no 40, e a marca defende-se dizendo que um 40 deles, por ser pensado para pessoas maiores, pode ser mais confortável e assentar melhor do que o 40 de uma loja normal. Espreitei todas as categorias e acho que podiam ter arriscado ainda mais um bocadinho. Continua a haver poucos padrões e muitas peças neutras. Percebo os motivos, mas gostava de ver outro arrojo. A linha de sapatos, apesar de acreditar que é do mais confortável que há, também me parece um bocadinho aborrecida. De resto, encontram-se peças mesmo muito giras e é bom haver mais opções para quem não se consegue vestir nas Zaras desta vida.


34 comentários:

  1. Boas notícias. Não há muita escolha no que toca a roupas grandes, mas sinceramente não sei o que é mais triste: 40 ser plus size ou só ir até ao 52. Gordinhas mas não muito... (digo eu que já fui 52 e agora fico-me por um 44).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. true. 52 equivale a uns 120 quilos...

      Eliminar
    2. Depende.

      Eu já tive 55kgs e equivalia a um 38. A minha anca é larga e eu sou baixinha. Agora (depois de ser mãe) tenho 60kgs e (dependendo da marca) visto o 38,40 ou 42.
      Se tivesse uns 1.70 provavelmente usaria um 34 ou 32.

      Eliminar
  2. Estou muito curiosa para ver as coisas da Violeta, já tinha ouvido uns zunzuns e parece que é mesmo verdade! Como tamanho 42 que sou tenho dificuldade em vestir peças sem elasticidade das Mangos e Zaras desta vida. Camisas, blusas, vestidos, é uma tristeza, os L e mesmo XL ficam apertadíssimos no peito, ombros costas, ancas, não dá! - viva a H&M, pensada para as suecas, que sempre são mais "compactas" ;) Por outro lado, as roupas de lojas plus size, além de serem horrorosas :) ficam-me todas a nadar e as empregadas a olhar para mim e a dizer que sou demasiado magra para as roupas que vendem - vale a pena ir lá só por este momento hahaha Portanto, acho óptimo que exista uma marca gira focada nestes tamanhos, já que as mulheres 42/44 são altamente prejudicadas nestas coisas dos trapos! Vou investigar.

    ResponderEliminar
  3. Aposto que vão ter uma forte adesão. É verdade que as peças não me parecem nada de espectaculares, mas é um belo início.

    ResponderEliminar
  4. Obrigada Pipoca! Para quem, como eu se encaixa nos XL's, realmente a oferta é mto fraquinha e o que existe é mto "asenhorado" e não faz de todo o meu género. E a Violeta by Mango não foge assim mto à regra, tem uns conjuntinhos mto à "tia". É porque somos umas piquenas duma certa idade e um pouco espaçosas, mas sem querermos parecer teenagers, gostamos de coisitas mais práticas e giras. Aliás, se tivesses $ pra isso, investia numa loja pra gorduchas ou isso. Slogan: Somos espaçosas, mas tb temos mais espaço para amar! e pronto!

    ResponderEliminar
  5. Olá Pipoca!
    Sou daquelas seguidoras fieis mas nunca comentei! Farto-me de rir com os seus posts e tem o dom de me por sempre bem disposta mesmo quando estou mais em baixo!
    Hoje resolvi finalmente comentar pois sou uma menina plus size, tenho um blogue de moda plus size (dos poucos que existem em Portugal porque é uma tristeza que as meninas tenham vergonha e se escondam) e é óptimo ver este assunto abordado num blogue como o seu!
    Obrigada e um grande beijinho,

    Mary ;)*
    www.marysbigcloset.com

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Pipoca! Para quem, como eu se encaixa nos XL's, realmente a oferta é mto fraquinha e o que existe é mto "asenhorado" e não faz de todo o meu género. E a Violeta by Mango não foge assim mto à regra, tem uns conjuntinhos mto à "tia". É porque somos umas piquenas duma certa idade e um pouco espaçosas, mas sem querermos parecer teenagers, gostamos de coisitas mais práticas e giras. Aliás, se tivesse € pra isso, investia numa loja pra gorduchas, ou isso ; ) Slogan: Somos espaçosas, temos mais espaço para amar! e pronto!

    ResponderEliminar
  7. realmente, hoje em dia ir só até ao 52 é um bocadinho limitado. Mas em portugal até um 40 era bem vindo porque é quase impossivel comprar roupa decente a cima do 40. decente e de cor! Eu comecei a comprar roupa da marca king louie, só cores e padrões a dar com um pau! literalmente escolhem padrões e cores vivas e põem-nos em varios formatos de corte de roupa. Isto faz com que todas os tipos de corpo consigam comprar no mesmo tipo de cores e padrões. Sou um 42 que compra vestido cintados, com bolsos e me faz parecer o violão que sempre deveriam ter visto em mim, mas que em Portugal é quase impossível ver porque fazem sempre roupa preta, bege ou as riscas, tudo formato quadro, coisa horrivel!!
    estou de mudança para portugal, se alguém tiver sugestões de marcas mais fixes para plus size que adora o seu corpão é partilharem sff, não guardem segredo! vá láaaaaa :p

    ResponderEliminar
  8. Concordo plenamente com a Pipoca. Eu sou target da marca e aprecio a iniciativa, mas vendo a colecção acho que deveriam ter ido mais longe. Ainda não consegui apaixonar-me por nenhuma peça.

    ResponderEliminar
  9. Talvez o 40 da Violeta seja decente. Visto o 40 da Mango e acho-o pequeno (visto o 38 de outras marcas) e, isso sim, deixa uma mulher triste. Por isso não vejo problema em assumirem um n.º 40 para mulheres mais generosas. É o que é.
    Mas também acho a coleção chatinha. As mulheres gorduchas (aquelas que dizem que são sempre mais bem dispostas) gostam, precisamente, de roupa diferente e original, colorida, estampada, com modelos de arrasar, porque para tristezas já basta o espelho. Nada de coisas justas, nem pensar! mas há peças grandes giríssimas. Pelo menos eu e a minha mãe, que é senhora de usar um 44/46, adoramos roupa que não esconda a nossa personalidade alegre e esta coleção não me arrebatou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que a questão nos números terá a ver também com as peças. Tenho várias calças 40 da Mango e não as acho nada pequenas, tendo em conta que visto o 40 em todas as outras marcas de que tenho roupa.

      Eliminar
  10. Quando foi lançada achei uma ideia fantástica e embora ainda não tenham arriscado muito, acho que já têm bastantes peças diferentes de outras marcas só com tamanhos maiores (Elena Miró, etc.) que têm linhas mais clássicas e antiquadas. Esta coleção tem já algumas peças bem trendy.

    Uma boa aposta da Mango.

    www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
  11. bem, eu sou 42 (zara, mango, massimo dutti), 44 (zara, mango, h&m, primark), 46 (mango, h&m, primark, la redoute), 48 (benetton, salsa) e por aí adiante... basicamente, visto o que me serve sem me importar com o numerozito que vem na etiqueta.
    acho bem que se pense em 'mulheres reais' (???) mas o que chateia mesmo é ser 42/43 de sapato e não haver o mínimo interesse por parte das marcas para cinderelas de pé grande... um dia ainda vou ter de costurar e construir a minha própria roupa e calçado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento não saber dar mais pormenores, mas na zona da expo, ao pé do cemitério, há uma fábrica de sapatos que faz sapatos por medida e com o tacão, altura, cor, tecido que quiser. Custam 35€ e demoram 2/3 semanas a fazer. A loja/armazém passa muito despercebida mas uma amiga minha já lá mandou fazer sapatos. Lamento não saber ajudar :/

      Eliminar
    2. Boa noite, penso que se refere a uma loja na avenida afonso iii ao pé do cemitério alto são joão... não é bem na zona da expo

      Eliminar
    3. Como eu a compreendo!

      Calço o 43 de sapatos e é impossível encontrar sapatos em Portugal! Tenho sempre de encomendar online do estrangeiro!

      Eliminar
    4. Acredito que seja complicado o 43, mas olhem que um 34/35 para uma jovem de 25 anos também não é pêra doce.. Até porque a maioria das marcas só fabricam a partir do 36.

      Eliminar
  12. neste segmento do mercado, existe uma marca que ha um ano esta a fazer expansão em portugal OCTOBER, tamanhos do 38 ate o 54, com padroes e cor. è moda para a mulher real com curvas.

    ResponderEliminar
  13. Também fui dar uma espreitadela a esta coleção e vi peças bem giras!

    Dona Micas
    http://donamicas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. E com estes comentários se percebe o porquê de as gordinhas, cheiinhas, roliças ou gordas (como lhe queiram chamar), muitas vezes parecerem mais gordas do que já são. Já vi a colecção e acho que está perfeitamente dentro das tendências. Um estilo clean, jovem e com classe. A sério que não percebo aquelas pessoas que acham que isto é roupa de "tia" e/ou velha! Juro que adorava conhecer o estilo dessas pessoas!

    Quanto à "limitação" dos tamanhos, tem uma explicação: tem que ver com o corte da roupa, a partir do 54 a roupa leva naturalmente mais tecido e dá mais desperdício de tecido, o que resulta em preços mais altos (atendendo a que estamos a falar da Mango, ninguém ia dar 75€ por uma camisa, ou 150 por um vestido).

    Ainda assim acho uma boa iniciativa (tanto a pipoca falar aqui como surgir esta linha) pena que em Portugal só se possam adquirir peças on-line (o que para pessoas com "dificuldades" nas dimensões do corpo não é muito útil).

    raquel

    ResponderEliminar
  15. Não acho que a marca peque pela falta de padrões, numa vista de olhos rápida até vi bastantes. Acho que peca, sim, pela falta de originalidade. Muitos vestidos iguais, sempre com o mesmo corte, varia a cor e o padrão. Até ia jurar que uma ou duas blusas são iguaizinhas a blusas da Mango da colecção passada, que estavam em saldos a meio tostão, em números grandes até. Pela expectativa que a marca criou, estava à espera de algo mais entusiasmante, que nos desse vontade de entrar de assalto numa pastelaria, sem medos de depois não entrar em modelitos mais "na moda".

    estenaoeumbloguedemoda.wordpress.com

    ResponderEliminar
  16. Aconselho a visitarem em Braga a boutique da tereza que tambem tem loja online. boutiquetereza.com

    ResponderEliminar
  17. Embora tenha perdido peso e arranje roupa com facilidade, houve uma altura em que fui mais pesadinha e o que arranjava ficava-me muito apertado e pouco favorecedor. Contudo quando ia ver roupa mais plus size irritava-me sempre porque essas lojas parecem que vêm "a gorda" como uma mulher que é sempre gorda por igual, ou seja, pernas, braços, barriga, mas principalmente mamas.
    Era gordinha mas esta concentrava-se especialmente na barriga, logo como geralmente a roupa de tamanhos grandes presume que as mamas são grandes não conseguia arranjar roupa também aí.
    Fico por isso contente ao ver estas imagens pois parece-me roupa mais acessível a vários tipos de curvas.

    Já agora, em relação a lojas normais. Alguém tem o mesmo problema que eu em experimentar umas calças que ficam muito largas, mas depois o número abaixo nem entra nas ancas?

    ResponderEliminar
  18. Obrigado pelo post Pipoca!

    Eu sou uma das gordinhas e aplaudo este tipo de iniciativas!

    Visto o tamanho 46 e geralmente vou á H&M. Têm roupa muito gira e jovem. Mas depois para as calças... tenho de ir á C&A. Detesto as calças da C&A! Lavo-as, uso-as uma vez e aí alargam uns 2 tamanhos e ficam-me a flutuar... até as lavar e encolherem de novo. -__-

    A Ana Sousa costumava ter umas calças de ganga maravilhosas. Mas depois as colecções tornaram-se um bocado excêntricas demais.

    Para além do rabo grande, também sofro com os pés grandes. É uma maldição!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenta na October, tem umas calças fantasticas

      Eliminar
  19. Hoje por acaso estive na loja da mango e dei uma olhada à Violeta achei que tinha boas opções. Não comprei nada porque o meu problema não é o número mas sim a barriga que a cada dia cresce com uma menina lá dentro. Aqui (em Munique) há pouca ou nenhuma opção para grávidas por isso tenho que optar por números grandes.

    ResponderEliminar
  20. Eu visto entre o 42 e o 46, dependendo da marca e do modelo, e os únicos sítios onde:
    a) a peça de roupa me serve em todo o lado (mamas e coxas são os meus sítios críticos)
    b) está em concordância com o meu gosto e estética
    c) é minimamente acessível
    são a h&m e a primark, onde, mesmo assim, é muito difícil encontrar algo que me agrade e fique decente (mesmo depois de arranjos).
    Uma das grandes dificuldades de vestir números maiores está em encontrar peças neutras, sem grandes farfalhos e padrões tigresse, com tecidos que respirem e não sejam lycras super reluzentes. E parece-me que esta colecção responde a esse problema muito bem.
    Já agora, um 40 tanto pode servir a uma pessoa alta e magra, como a uma pessoa tonificada, como a uma pessoa roliça; o tamanho não significa necessariamente que se é um monte de banhas (para a malta que se sente muito ofendida que um 40 é plus size), tem a ver com a estrutura óssea, distribuição de massa muscular e de gordura. Eu achava que isto era óbvio, mas não se pode estar sempre certa.

    ResponderEliminar
  21. Acho muito bem!! Já vi a colecção e está muito gira.

    http://strawberryleopard.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  22. A Ana esteve a ler a minha revista favorita de há quase três décadas a esta parte...aliás uma das fotos comprova!!!

    ResponderEliminar
  23. Boa noite Pipoca. É realmente muito bom saber que mais uma marca aderiu ao tamanhos grandes. Sempre fui gorda e cheguei a desesperar para comprar roupa que necessitava. Neste momento, mesmo assim já vai sendo mais fácil. O meu novo emprego, "obriga-me" a ter um estilo mais clássico, principalmente com fatos e nesse campo mais senhoril existe uma marca portuguesa, que não é barata, mas que tem artigos de qualidade que duram anos, que é a Univest. Tenho fatos desta marca com 5 ou seis anos. Valeram o investimento, sem dúvidas. Para o fim de semana ou para um look mais casual, a October tem peças bem jovens e cores giras. Outra marca com nºs grandes é a Punto Roma, que numa primeira abordagem parece mesmo roupa de pessoa mais velha, no entanto experimentando tem cortes porreiros principalmente vestidos, gangas, saias envelope e camiseiros. Gostaria de saber quais as lojas da Mango que na área de Lisboa têm esta coleção, vou averiguar em todos os centros comerciais da zona.
    Só um aparte para um anónimo que fez um comentário sobre os quilos: está errado, porque sou um nº50 (português) / 52 (espanhol) e não peso nem 100 quilos...

    ResponderEliminar
  24. Aqui em casa tmb ficámos animadas com a ideia da Mango pois a minha mãe veste um XXL ou 52/54 e só dá para comprar roupa para ela na C&A onde a variedade é um aborrecimento de cor e padrões. Ora que a Mango acabou por não fugir muito a isso também, e só para piorar, os preços são super altos. Eu que esperava um grande sucesso da Violeta acho que em Portugal não vai pegar... caro, monocromático, e com números pesudo-grandes.

    ResponderEliminar
  25. Represento um marca recente vocacionada para as meninas mais redondinhas, categoria em que me incluo. Chama-se "Mancha.pt" e tem uma pequena colcção de Outono/Inverni 2014 que por uma questão de má logística não foi exibida em Portugal.
    A nossa marca aposta nos bons materiais, design e fitting. Tem uma numeração própria derivada da nossa própria tabela de medidas, do 0 (zero) ao 5, que pretende desvincular das referencias existentes para corpos mais esguios.
    Não nos limitamos a pegar num modelo existente para um 42 ou 44 tipico, mas mudamos as medidas de forma a que a roupa assente melhor e traga mais conforto a quem a usa.
    Mais informações poderão ser pedidas para , estamos à disposição.
    Ajudem-nos na divulgação porque diz o ditado"da divulgação nasce a luz" :)

    Obrigada à "A Pipoca Mais Doce"

    ResponderEliminar
  26. Vai abrir alguma loja "Violetta.by.manho.em by Mango" em coimbra?

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis