Pub SAPO pushdown

Alguns apontamentos sobre a gravidez

segunda-feira, junho 03, 2013
- Já não tenho bem noção do meu tamanho. Percebi isto quando tentava entrar no carro, que estava estacionado ao lado de outro, e a barriga ficou ali encalhada. Nem para trás, nem para a frente. Ainda me tentei encolher, mas isto já não vai lá assim;
- Já não tenho bem noção da minha mobilidade. Percebi isto quando deixei cair o telemóvel, me baixei para o apanhar, e fiquei a meio caminho. A barriga não me deixou ir mais além. Tive de pedir ao homem que o apanhasse por mim. E isto irrita-me, porque odeio ter de estar a chatear os outros para me fazerem as coisas. Optei por um outro processo, bastante mais moroso, que consiste em baixar-me muiiiiito devagarinho até ficar de cócoras e conseguir apanhar os objectos caídos. Atar sapatos também já não é o que era. Ou tenho um sítio mais alto para apoiar o pé, tipo uma gaveta, ou desisto e levo qualquer coisa sem atacadores maléficos. As sabrinas têm sido as minhas melhores amigas;
- Já não tenho bem noção do que me serve. Percebi isto quando tentei enfiar-me em 25 vestidos que tenho lá para casa e não me passavam das mamas. Está bonito. Têm-me valido as t-shirts e as leggings. A parte boa (??) é que tenho poupado uma fortuna em roupa. É que nem entro em lojas. Não me apetece nem estou para gastar dinheiro em peças tamanho L que depois me vão ficar a boiar (sou optimista, não sou?). Para aí há um mês que não ponho os pezinhos numa Zara, um verdadeiro recorde. Talvez lá vá hoje, só para saber o que é que vocês, pessoas giras e sem barriga, andam a usar;
- Já não tenho bem noção do espaço que vai entre mim e uma mesa. Percebi isto quando dei por mim a não conseguir acabar uma refeição sem ficar com uma qualquer nódoa nojenta e gordurosa na roupa. É triste.
- Já não tenho bem noção do que é dormir uma noite inteira. Percebi isto quando dei por mim a acordar a meio da noite para ir fazer xixi (logo eu, que tinha uma bexiga que parecia uma piscina olímpica, cabia lá tudo), ou para ir beber água, ou porque está calor, ou porque está frio, ou porque estou com sonhos estúpidos, ou porque não estou bem nem virada para a esquerda nem virada para a direita, ou porque não consigo respirar bem, ou porque o homem me está a dar cotoveladas e a dizer que estou a fazer ruídos estranhos (nas últimas noites eu própria acordei várias vezes com os meus gemidos de pessoa em fase terminal);

Tirando isto, a gravidez é uma cena espectacular. Juro.

30 comentários:

  1. Vendo por esses prismas é mesmo uma fase espectacular! (ou talvez não!) ;)
    Cris


    http://www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
  2. Eh Eh Eh!!! Sei bem o que isso é, fez-me lembrar os meus ultimos meses de gravidez! O que vale é que o meu ultimo mês foi em Dezembro passado e já não sofri com o calor dos meses de Verão! Hoje tenho uma menina e é lindaaaaa, vale tudo, tudo, vai ver quando o seu bébé nascer! As leggings e as tunicas foram também a minha salvação, não comprei nenhuma roupa de grávida, excepto algumas calças, pois a barriga teimava em não caber nas outras "normais"! :) Logo depois da gravidez ficamos com uma barriga enorme, parece que ainda estamos grávidas de 5 meses :), mas depois passa tudo... hoje passados 5 meses do nascimento da minha filha já estou quase no meu peso normal (ainda tenho 1kg para perder), mas o corpo mudou, e para isso não há nada a fazer... resta-nos olhar para os nossos rebentos queridos e pensar que valeu muito a pena :) Desejo-lhe tudo de bom e continuação de uma excelente gravidez!
    Beijinhos
    Maria Godinho

    ResponderEliminar
  3. O exemplo do carro...é muito bom para lembrar que:
    - Quando estacionamos ao lado de outro carro, é preciso deixar espaço para as pessoas entrarem nesse outro carro.
    - Porque o condutor desse mesmo carro pode ser uma mulher grávida, pode ser uma pessoa gorda, pode ser uma pessoa sem flexibilidade.
    - Porque assumir que todos pesamos 50kgs e somos jovens e cheios de ginástica para entrar pela porta do pendura... é estupido.
    A sério senhores condutores lembrem-se disto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que os tamanhos no chão , as riscas são mínimas...

      Eliminar
  4. Revejo-me nas tuas palavras :-) beijoca

    ResponderEliminar
  5. Junte-se ao clube! Estou com 35 semanas, segunda gravidez e esta a ser muito mais dificil do que a primeira.

    ResponderEliminar
  6. Pipoca, sei bem o que isso é. Tive que chegar ao ponto decadente de ter que pedir ao meu marido que me cortasse as unhas dos pés, ou então esperar pela pedicure. Quanto ao dormir, já no fim comecei com esses gemidos e a ressonar e a dormir sozinha!

    ResponderEliminar
  7. Ya miúda, é isso mesmo. Esta tua última frase convenceu-me mesmo ;)

    ResponderEliminar
  8. deixa lá, vai compensar quando o mateus nascer. até lá, aguenta coração :p

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Ahahah! You made my day! Este post está de chorar a rir!

    ResponderEliminar
  10. Já está quase Pipoca, é o bom disso! :)

    ResponderEliminar
  11. Tem imensa razão e é óptimo que não tenha perdido o sentido de humor que a caracteriza. Também já estive grávida e relembrei uma série desses problemas que atacam as grávidas. Um beijinho, já falta pouco... o melhor está quase a chegar.

    ResponderEliminar
  12. :))) ainda bem que tem coisas boas ;)
    Já faltou mais, agora é só mais um bocadinho...
    Força, vais ver que depois tudo compensa :)

    Tenho novo look no meu blog e sem barriga ;)

    R de Rita

    ResponderEliminar
  13. Faço check em quase todos os itens, menos no último, nem a gravidez me tirou o sono, n acoradava por nada, claro que de manha tinha de ir a correr fazer xixi, ainda assim dormia anoite inteirinha!!!

    ResponderEliminar
  14. Adoro o teu estilo de escrita, consegues colocar qualquer questão de forma mesmo inteligente e engraçada.
    Acho imensa piada ao facto de conseguires expressar coisas que eu também penso e que não saberia explicar de forma alguma. Dou por mim muitas vezes a sorrir (ou a rir) para o computador, ao ler os teus posts.:)

    Aproveito para desejar os parabéns pela gravidez (que ainda não o tinha feito).

    Comecei há pouco tempo o meu próprio blog de moda e se quisesses ir lá dar uma espreitadinha... you would make my day :)
    Se não, paciência. Não vou deixar de te seguir por isso :)

    www.mykindofjoy.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Vá, já faltou mais ;)!!

    www.semjeitonenhum.com

    ResponderEliminar
  16. MARAVILHOSO.
    Eu aos seis estava com mais 23kg em pleno Verão.Dieta ou internamento.Fome,muita fome até aos nove meses.
    E eu sentia-me a grávida mais linda á face da terra.
    Tentei dormir em tudo o que era sítio até encontrar o lugar ideal,CHÃO.
    Parto fórceps.E tinha finalmente o meu AMOR MAIOR com os seus quatro kg.
    Quando sai do hospital já estava com o meu peso 57kg e o meu metro e75.
    Continuo com o mesmo peso passados...muitos anos.
    SAUDADES muitas da minha bebe pequenina.
    Sem dúvida a fase mais linda da minha vida.
    Gostei do teu juro.LIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINDO.

    Conceição Torrado

    ResponderEliminar
  17. Acontece-me o mesmo, ainda com 26 semanas! Pequena e moço do lado de dentro grande origina grande barriga! O meu marido já teve que me cortar as unhas dos pés... True story!!´

    ResponderEliminar
  18. Sigo o blog há algum tempo, mas julgo que nunca comentei, mas este post em especial chamou-me carinhosamente a atenção. Tenho um menino, o Diogo, com 10 meses e também tive uma gravidez maravilhosa (juro!) e revi-me em todos os pontos que enumeraste, até nos sons maravilhosos que fazia a dormir e que também cheguei a acordar com eles.
    Felicidades para vocês :)

    ResponderEliminar
  19. Olá,

    no fim das gravidezes dormia com uma almofada entre as pernas. Vai por mim, é o verdadeiro lexotan! :)

    Já agora:
    1ª gravidez = +20kg (voltei aos 51kg no fim da licença)
    2ª gravidez = +17kg(voltei aos 49 kg no fim da licença !!!)

    Um quarto de hora bem pequenino!
    Anita

    ResponderEliminar
  20. Quem me dera que os meus apontamentos sobre gravidez fossem assim... Tive um rastreio positivo para trissomia 21 e 18, foram semanas de agonia ate saber os resultados da amniocentese, e agora estou internada por pré eclampsia. Uma fartura de coisas boas nesta gravidez...

    ResponderEliminar
  21. Aguardo ansiosamente para poder passar por isso também! Estar grávida deve ser mesmo uma sensação especial e diferente. Estás linda (como sempre)! beijinho

    ResponderEliminar
  22. Olá!

    Passei exatamente pelo mesmo parece que fui eu que escrevi! Tudo isso vai passar... e a mim não me deixou saudades nenhumas!

    Bj Lúcia

    ResponderEliminar
  23. adoro a tua escrita , diverte-me a maneira como escreves, que continues com essa boa disposição, estás linda:)

    ResponderEliminar
  24. Ri-me tanto mas tanto... Revi-me completamente no que escreveste! Está brilhante :)

    ResponderEliminar
  25. Ahahah. Sei bem o que isso é. Estou com 33 semanas e quis ir à praia, mas dei por mim a ir buscar o espelho para ver se as virilhas estavam em condições. Deprimente. looool

    ResponderEliminar

Teorias absolutamente espectaculares

AddThis